Goiás

Circuito Gastronômico Goiás 2017 chega ao Vale do Araguaia

Evento acontece num total de dez cidades diferentes.
31/10/2017, 16h57

A próxima festa do Circuito Gastronômico de Goiás acontece no Vale do Araguaia, em Luiz Alves, de 2 a 4 de novembro. A informação é do Goiás Agora.

O evento que acontece desde 2014 realiza um total de dez festas em diferentes cidades até dezembro. A primeira aconteceu em São Simão, seguido pelo Terê Oxente, em Terezópolis de Goiás, em abril. Em junho, foi realizado o festival de Nova Veneza. Em seguida, chegou a vez da cidade de Goiás, que sediou a festa em setembro. Depois veio Pirenópolis, também em setembro; Caldas Novas em outubro; e agora, Luiz Alves. Goiânia vai ter seu festival de 16 a 19 de novembro; e Trindade, de 30 de novembro a 2 dezembro. A festa em Alto Paraíso, de 14 a 17 de dezembro, encerra o Circuito.

Programação

A abertura do festival em Luiz Alves é às 19 horas desta quinta-feira (02/11) com a presença  de autoridades municipais e estaduais, no salão da Prefeitura. E às 20 horas, no mesmo local, o chef Rodrigo de Melo estreia a programação com sua aula-show. Às 22 horas, sobe no Palco Praça a cantora Vanessa Oliveira.

Na sexta-feira, dia 3, as aulas-show são com Amanda Oliveira, às 18 horas; Bia Lippy às 19h15 e Eudes Assis a partir das 20h30. Às 22 horas, no Palco Praça, Fernando Perillo e sua banda fazem uma apresentação. A discotecagem que encerra a noite começa às 23h30.

No sábado, nesses mesmos horários, tem aulas-show com Keyla de Lemos, a dupla Jed e Carol, além de Viviane Gonçalves. Às 22 horas tem show com Tom Chris e, a partir das 23h30, a discotegem fecha a programação do Festival Gastronômico Luiz Alves.

Cada chef demonstra o preparo da comida, explica o processo de criação do prato e delicia a plateia, em uma sessão de degustação. Todos os dias a Vila Gastronômica começa a servir as comidas típicas a partir das 17h30.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Governo anuncia redução no salário mínimo para 2018

Atualmente, o salário mínimo está em R$ 937.
31/10/2017, 17h00

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou nesta segunda-feira (30/10) a estimativa de redução no valor do salário mínimo para o próximo ano. O recuo será de R$ 4,00 no total, passando de R$ 969,00 para R$ 965,00. Atualmente, o salário mínimo está em R$ 937.

É a segunda revisão feita no ano – em agosto, a estimativa de salário mínimo já havia caído de 979 reais para 969 reais.

A estimativa consta da mensagem modificativa da proposta de orçamento de 2018, que ainda será enviada ao Congresso Nacional. “Esse não é o valor que está sendo definido, mas uma projeção para fins orçamentários. O valor será fixado apenas em janeiro, como determina a lei, com a publicação de um decreto. É uma estimativa com base na estimativa da inflação”, diz o ministro Dyogo Oliveira.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Meninas de Luz oferece vagas para adolescentes e jovens gestantes

Antes do parto, as gestantes ganham um kit de enxoval para bebê.
31/10/2017, 17h43

O Programa Meninas de Luz oferece vagas nos períodos matutino e vespertino para o atendimento gratuito a gestantes. A atividade é voltada para adolescentes e jovens de até 21 anos.

Para participar basta ir à unidade, no Setor Campinas, e apresentar documentos pessoais (Carteira de Identidade e CPF), Cartão da Gestante, comprovante de endereço e exame de ultrassonografia. As inscrições podem ser feitas das 8h às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

O Meninas de Luz oferece atendimento social e de saúde inclusive às vítimas de violência ou exploração sexual e assegura às futuras mamães direitos fundamentais e uma perspectiva de inclusão social. Uma equipe multidisciplinar trabalha temas relacionados à saúde, educação sexual, cuidados com o bebê, planejamento familiar e direitos do cidadão, além de atendimento odontológico. Antes do parto, as gestantes ganham um kit de enxoval para bebê.

As jovens participam de passeios, ensaios fotográficos e oficinas de beleza, atividades que contribuem para elevar a autoestima das futuras mamães. O programa também oferece aulas de artesanato, como forma de aumentar a renda familiar e desenvolver a criatividade. Após o nascimento da criança, a jovem mãe continua recebendo orientação e apoio por um ano.

Leitura e vínculo familiar

O projeto é desenvolvido pelo Centro Social Dona Gercina Borges, unidade da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). Ele conta também com o projeto Cantinho da Leitura, que tem como objetivo despertar nas adolescentes e jovens mamães o interesse pela leitura. A ação beneficia mensalmente cerca de 80 gestantes e mães. O espaço conta com cerca de 500 livros literários.

Outro trabalho desenvolvido é o projeto Família Fortalecida. Uma vez ao mês, em reuniões previamente agendadas, assistentes sociais orientam as famílias das gestantes e discutem com elas temas diversos, entre os quais: drogas e alcoolismo, planejamento familiar, economia doméstica, educação sexual e importância do apoio familiar no dia a dia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Subsídios na conta de luz podem aumentar 35% no próximo ano

A Aneel prevê cobrança de 12,6 bilhões de reais em encargos nas contas em 2018 contra 9,35 bilhões neste ano.
31/10/2017, 17h53

Segundo relatório divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira (31/10), consumidores brasileiros podem sofrer impacto de 35% na conta de luz em 2018. A informação é do Uol.

A Aneel prevê cobrança de 12,6 bilhões de reais em encargos nas contas em 2018 contra 9, 35 bilhões neste ano. Se considerados todos os consumidores, o impacto tarifário desse repasse às contas de luz será de 2,15 %. O custo total previsto também subiu, para 18 bilhões contra 16 bilhões neste ano.

Essa estimativa consta de proposta da Aneel para o orçamento da  Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) de 2018, e foi colocada em audiência pública nesta terça-feira (31/10).

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

ENEM - Preparação para a reta final inclui aulas de meditação 

Colégios de Goiânia têm investido em programações que ajudem na estabilidade emocional dos alunos.
31/10/2017, 19h00

Na reta final da preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio, vale de tudo para os alunos manterem a calma e relaxarem. Para ajudar essa turma, que tem estudado a maior parte do tempo, colégios de Goiânia têm investido em programações que foquem também na inteligência emocional e momentos de lazer.

Aulas de Programação Neurolinguística e até meditação  estão na lista das atividades para ajudar os alunos a manterem a tranquilidade. “Preparamos nossos alunos para ter foco e motivação, mas percebemos que, mesmo muito bem preparados, alguns deixavam o lado emocional influenciar no momento da prova. Por isso, decidimos investir em ciclos de palestras e momentos de meditação para que eles consigam lidar melhor com a ansiedade e desacelerar”, afirma Alexandre Pullig, Diretor–Geral do COPE Ensino Médio.

Meditação

A coach Fernanda Leal, responsável por ensinar meditação aos estudantes, explica que a atividade auxilia a se concentrar em coisas positivas e não perder o foco. “A escola tem uma preocupação muito grande com o desempenho e o bem-estar dos alunos, e a meditação chegou para agregar, trazer mais estabilidade emocional para aquele aluno de alta performance, que está bem preparada, estuda bastante e tem domínio do conteúdo. Fizemos com muitos atendimentos individuais, palestras e momentos de meditação, ensinando a eles como meditar sozinhos. Isso se tornou uma ferramenta para ajudá-los a alcançar os resultados esperados e serem gratos e terem orgulho de cada conquista”.

A estudante Izadora Cunha Rocha participou das aulas de meditação e diz que está mais tranquila.  “A gente sente uma leveza muito grande. O resultado é ótimo. Isso vai me ajudar muito na hora da prova”, conta ela, que adianta que “todos os dias antes de dormir, vai fazer os exercícios que aprendeu.

Ana Clara Pereira Braga, quer cursar Biologia na USP e tem aliado a rotina intensa de estudos aos exercícios relaxantes e de concentração. ” Os exercícios me ajudaram a conhecer meu corpo melhor, saber o meu limite e me organizar. Houve uma melhora de 100% na estabilidade, tanto emocional quanto física. Eu estudava demais e ficava muito estressada. Ao fazer os exercícios de meditação diariamente, principalmente antes de estudar, percebo que o meu rendimento é muito maior. Tanto que no dia do ENEM, eu pretendo chegar uma hora mais cedo para poder meditar e ficar mais tranquila na hora da prova”.

As provas do Enem serão realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. Mais de 6 milhões de brasileiros se inscrevam no exame.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.