Juliana Nogueira
07/02/2018, 09h02

Decreto determina que servidores só adquiram passagem aérea na classe econômica

Decreto foi editado pelo presidente Michel Temer e obriga servidores públicos e seus dependentes a adquirir apenas as passagens mais baratas em voos.

O presidente Michel Temer e o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, editaram o Decreto 9.280/2018, que determina que a passagem aérea destinada ao servidor e aos respectivos dependentes será adquirida pelo órgão competente sempre na classe econômica.

Pelo texto, se o servidor optar por outros meios de transporte, outra classe tarifária no transporte aéreo ou outra companhia aérea, “as passagens serão adquiridas somente após a cobertura pelo servidor de eventual diferença a maior”.

O decreto está publicado no Diário Oficial da União (DOU), desta quarta-feira (7/2).