Eurico Rocha
30/04/2018, 17h04

“Benvenuti a Nova Veneza”: um pedacinho saboroso da Itália no interior de Goiás

A influência dos imigrantes italianos deu origem a um dos mais tradicionais festivais do Estado.

O Brasil é o país com o maior número de descendentes de italianos do mundo, segundo o último “Rapporto Italiani nel Mondo” (Relatório Italiano no Mundo), feito pela Fondazione Migrantes.

São cerca de 30 milhões de brasileiros com origens familiares na Itália. O número corresponde à metade do total das pessoas com ascendência italiana do mundo — excluídos os nascidos em solo italiano, evidentemente. A maioria desses descendentes, que ainda hoje mantém uma forte influência cultural vinda daquele país, concentra-se no sul e sudeste brasileiro.

Mas em Goiás, a menos de 30 quilômetros de Goiânia, no Centro-Oeste do Brasil, a pequena cidade de Nova Veneza guarda um saboroso pedaço da bella Italia.

Com cerca de 60%  de sua população formada por descendentes italianos, o município é uma das 15 cidades que integram o Circuito Gastronômico de Goiás.

O projeto do governo do estado reúne, basicamente, localidades que já realizavam e atraiam turistas com festivais de gastronomia, entre elas Nova Veneza, que será palco da 14ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza, entre os dias 7 e 10 de junho.

Reduto dos colonos italianos que vieram para o Brasil há mais de 100 anos, Nova Veneza  é símbolo da imigração no Estado. Stival, Bisnoto, Faquim e Bosco foram as primeiras famílias vindas da Itália e que se fixaram na região por volta de 1924, unindo-se aos Sousa, Alves, Santos, Ferreira, Vargas, Peixoto e Constantino.

A localidade, por anos, ficou conhecida como “Colônia dos Italianos”, mas em 1958 tornou-se município e foi batizada de Nova Veneza. Para chegar na cidade, o acesso é pelas rodovias GO-462 ou GO-222.

Mesmo após mais de um século da imigração de italianos para o Brasil, Nova Veneza tem uma forte influência daquele país, não só na culinária, mas também na arquitetura e no urbanismo, que remetem ao país de origem de seus fundadores, com edificações que possuem colunas romanas, praças com chafarizes e ruas com estátuas clássicas.

Ainda hoje, são muitos os habitantes da cidade que usam no seu dia a dia várias expressões da língua italiana, aliás, o idioma é inclusive ensinado nas escolas do município.

O festival Italiano

E foi justamente essa influência dos imigrantes italianos que vieram para Goiás que deu origem a um dos mais tradicionais festivais do Estado.

Com o tema central “Um dia em  Veneza”, o Festival Italiano de Nova Veneza, que será realizado entre os dias 7 e 10 de junho, promete trazer aos seus visitantes a sensação de estar dentro da Itália, mais precisamente em Veneza, cidade famosa por seus canais e gôndolas que levam turistas apaixonados.

Entre as novidades para este ano, está uma mostra de cinema italiano, que contará com um apoio da Embaixada Italiana no Brasil.

Em 2017, mais de 100 mil pessoas passaram pelo festival. Na Cantina da Nona, restaurante oficial do evento, 20 mil pratos foram servidos. Durante o evento, os visitantes podem apreciar comida, música, dança, artesanato e a história dos italianos e dos imigrantes italianos no Brasil.

O Festival Italiano de Nova Veneza também mexe com a rotina dos moradores que participam ativamente da organização e realização da festa.

De acordo com Hermione Stival, presidente da Comissão Organizadora, toda a mão de obra contratada é preferencialmente de Nova Veneza. “Buscamos valorizar nossos conterrâneos e oportunizar criação de emprego e renda aqui”, finaliza.