Thyélen Lorruama
04/05/2018, 19h05

Delegacia de Trânsito divulga dados de acidentes com mortes em Goiânia

A Avenida Perimetral Norte, uma das vias mais movimentadas da Capital, aparece nos dados com 26 mortes por acidentes de trânsito.

A Delegacia Estadual de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict) divulgou nesta sexta-feira (4/5), um balanço dos números de acidentes de trânsito com vítimas fatais ocorridos em Goiânia.

De 2013 até maio deste ano, em todos os acidentes de trânsito com mortes, a maioria das vítimas pilotavam ou eram passageiros de motocicletas.

Em 2016, houveram 244 acidentes, sendo que 74% das vítimas estavam em motocicletas. Já em 2017 ocorreram 194 acidentes com vítimas fatais em Goiânia, onde 64% também estavam em motocicletas. Neste ano, os dados da Dict apontam que até nesta quinta-feira (3/5) 63 pessoas morreram em acidentes na Capital. Dez delas vítimas de atropelamento.

A Delegacia pontuou também os horários em que os acidentes mais ocorrem, sendo: em primeiro lugar, das 17h às 20h, em segundo lugar das 8h às 11h e em terceiro das 5h às 8h. De acordo com os dados, 50% dos acidentes ocorreram aos finais de semana.

Outro dado importante divulgado pela Dict, é que entra as vítimas fatais, 36% tinham de 18 a 35 anos de idade.

A Avenida Perimetral Norte, uma das vias mais movimentadas de Goiânia, também apareceu nos dados com números alarmantes de mortes. Entre janeiro de 2015 e 16 de abril de 2018, 26 pessoas morreram vítimas de acidente na Avenida.

Campanha Maio Amarelo 

Com o objetivo de reduzir o número de acidentes de trânsito, o Detran e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançaram  na última segunda-feira (2/5) a campanha Maio Amarelo.

Saiba mais:

PRF e Detran lançam campanha Maio Amarelo