Goiás

Quinze policiais trabalham nas buscas por envolvidos em morte de advogada, em Goiânia

O crime ocorreu na noite da última quinta-feira (10/5) enquanto Laís procurava uma vaga para estacionar, no Setor Alto da Glória.
16/05/2018, 21h11

Desde a morte da advogada Laís Fernanda na última quinta-feira (10/5), vítima de tentativa de assalto enquanto buscava uma vaga para estacionar, em Goiânia, a Polícia Civil tem feito buscas para chegar aos suspeitos do crime.

Quinze policiais estão nas ruas fazendo o possível trajeto feito pelos criminosos e a procura de imagens de circuitos de segurança que possam ajudar nas investigações. Está sendo feito também um levantamento de gravações de comércios da região onde Laís foi assassinada.

De acordo com o delegado Valdemir Pereira, responsável pelo caso, ainda não se tem a identificação dos suspeitos. O que a Polícia Civil apurou até o momento é que quatro pessoas teriam participado do crime.

Imagens divulgadas pela polícia um dia após o crime (11/5) mostram o momento em que dois homens fogem, depois da morte da advogada. No vídeo é possível ver os suspeitos entrando, por uma só porta, em um carro branco que sai em alta velocidade.

Laís Fernanda Araújo Silva, de 30 anos, era advogada e trabalhava como assessora jurídica do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). A mulher foi vítima de uma possível tentativa de latrocínio no Setor Alto da Glória, em Goiânia, enquanto procurava uma vaga para estacionar.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Temer anuncia 50 mil novas casas do Minha Casa Minha Vida ainda em 2018

O anúncio aconteceu durante o 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção, em Florianópolis.
17/05/2018, 07h33

O presidente Michel Temer anunciou, na noite desta quarta-feira (16/5), a construção de mais 50 mil casas pelo programa Minha Casa, Minha Vida ainda este ano.

O anúncio aconteceu durante o 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção, em Florianópolis. Em seu discurso, o presidente, que estava acompanhado do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, disse que não poderia chegar ao evento de “mãos abanando”.

“Hoje de manhã, estávamos reunidos no meu gabinete, eu e o ministro Baldy. Chegamos à conclusão de que não poderíamos vir de mãos abanando. Tínhamos que chegar e declarar que, além das milhares de casas já autorizadas para a construção, já autorizei hoje de manhã mais 50 mil casas para serem construídas neste ano”.

Temer e a presidência da República não forneceram detalhes sobre quais faixas do programa serão beneficiadas. Originalmente, a intenção era beneficiar famílias mais pobres da faixa 1 – que têm renda familiar de até R$ 1,8 mil e pagam prestações mensais entre R$ 80 e R$ 270 por até 120 meses.

Com o incremento anunciado por Temer, o principal programa habitacional do programa federal deve levantar número próximo de 700 mil residências neste ano. O valor já estava dentro das margens anunciadas em fevereiro, quando o governo anunciara que o MCMV tinha como meta construir entre 600 mil e 700 mil unidades em 2018.

Temer exaltou a geração de empregos que vem com a medida, e também fez um afago no setor da construção civil. Disse que o setor é importante para o crescimento da economia do país. “Neste esforço de erguer um Brasil mais justo e próspero, a construção civil é um aliado indispensável”.

O presidente retornou para Brasília após a cerimônia. Nesta quinta (17/5), ele terá uma reunião com Baldy pela manhã, no Palácio do Planalto. À tarde, visitará, também no Planalto, a abertura de uma exposição alusiva à participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Em penúltimo ranking antes da Copa, Brasil mantém segunda posição

O último ranking será divulgado uma semana antes do início da competição, em 7 de junho.
17/05/2018, 07h51

A seleção brasileira masculina se mantém em segundo lugar no ranking da Federação Internacional de Futebol (Fifa), atrás apenas da Alemanha. A lista divulgada hoje (17/5) é a penúltima antes do início da Copa do Mundo da Rússia, que começa em 14 de junho.

O próximo ranking será divulgado uma semana antes do início da competição, em 7 de junho.

As 47 primeiras colocações da lista mantiveram-se inalteradas em relação a abril. Abaixo do Brasil, aparecem as seleções da Bélgica (3º), Portugal (4º), Argentina (5º), Suíça (6º), França (7º), Espanha (8º), Chile (9º), Polônia (10º), Peru (11º), Dinamarca (12º), Inglaterra (13º), Tunísia (14º), México (15º), Colômbia (16º), Uruguai (17º), Croácia (18º), Holanda (19º) e Itália (20º).

Dos 20 primeiros colocados, o Chile, a Holanda e a Itália estão fora da Copa do Mundo. Dos times que participarão da competição, apenas a Arábia Saudita mudou sua colocação em relação ao ranking de abril, ao subir da 70ª para a 67ª posição. Apesar disso, os sauditas continuam sendo os participantes da Copa com pior desempenho na lista.

Veja a posição, no ranking da Fifa, das equipes que participarão da competição:

  • 1º Alemanha
  • 2º Brasil
  • 3º Bélgica
  • 4º Portugal
  • 5º Argentina
  • 6º Suíça
  • 7º França
  • 8º Espanha
  • 10º Polônia
  • 11º Peru
  • 12º Dinamarca
  • 13º Inglaterra
  • 14º Tunísia
  • 15º México
  • 16° Colômbia
  • 17º Uruguai
  • 18º Croácia
  • 22º Islândia
  • 23º Suécia
  • 25º Costa Rica
  • 28º Senegal
  • 35º Sérvia
  • 36º Irã
  • 40º Austrália
  • 42º Marrocos
  • 46º Egito
  • 47º Nigéria
  • 55º Panamá
  • 60º Japão
  • 61º Coreia do Sul
  • 66º Rússia
  • 67º Arábia Saudita

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

SMT organiza trânsito na região da Pecuária

Diferente de outros anos, não haverá mudanças nos sentidos das vias; Marginal Botafogo é liberada.
17/05/2018, 08h14

Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) irão organizar o tráfego da região próxima ao Parque de Exposições Agropecuárias – Nova Vila e Leste Vila Nova – entre os dias 18 e 27 de maio.

As vias próximas ao evento não serão modificadas nesta edição da festa.

Com a expectativa de atrair cerca de 500 mil pessoas nesses nove dias de festa, a SMT intensificará a fiscalização e fará orientações para coibir infrações na região.

A liberação da Marginal Botafogo nesta quinta-feira (17/5) ajudará no acesso ao parque. A via, que estava fechada para reparos por conta da chuva, não será mais interditada.

O secretário Fernando Santana orienta que a população prefira utilizar o transporte público para deslocar até o local. “Ir de ônibus ou táxi é uma boa opção e ajuda a melhorar o trânsito na região.

Se for consumir bebida alcoólica a orientação é que deixe o carro em casa”, pondera.“É um local adensado, mas de fácil acesso e, se possível, chegar mais cedo para poder curtir com a família, os amigos o melhor da festa e com segurança”, concluiu.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Polícia realiza operação contra pedofilia em Goiás, Brasília e outros 23 Estados

Mais de 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes estão sendo cumpridos.
17/05/2018, 08h39

O Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) deflagrou, nesta quinta-feira (17/5), a Operação Luz na Infância 2.

Cerca de 2,6 mil policiais civis cumprem mais de 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

A operação está sendo deflagrada em parceria com as Polícias Civis de Goiás, do Distrito Federal e outros 23 estados.

De acordo com nota do ministério, suspeitos já estão sendo presos em flagrante. Os alvos foram identificados por meio de material obtido em ambientes virtuais.

Em Goiás, estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão em Goiânia, Senador Canêdo, Anápolis, Luziânia, Valparaíso, Pontalina, Iporá, Rio Verde e Jataí.

De acordo com os investigadores, esse material representa “indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva”.

O material foi recolhido ao longo de quatro meses e repassado às Polícias Civis – em especial delegacias de proteção à criança e ao adolescente, e repressão a crimes informáticos – que instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais a expedição dos mandados.

Operação Luz na Infância

A operação foi intitulada Luz na Infância porque os acusados deste tipo de delito agem nas sombras da internet, e os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes são considerados obscuros e bárbaros.

A primeira fase da Operação foi realizada em 20 de outubro de 2017. 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais foram cumpridos.

Durante a apreensão desses materiais nos 24 estados e DF, foram identificadas e presas 112 pessoas que utilizavam esses equipamentos para produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet.

A primeira fase foi resultado de seis meses de levantamentos e investigações coordenados pela Senasp/MESP, em conjunto com as agências de inteligência das Polícias Civis.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.