Brasil

Primeira parcela do 13º salário de aposentados começa a ser paga hoje

Os depósitos serão feitos junto com a folha mensal de pagamentos do INSS até o dia 10 de setembro.
27/08/2018, 07h38

A primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa a ser paga nesta segunda-feira (27/8).

Os depósitos serão feitos junto com a folha mensal de pagamentos do INSS até o dia 10 de setembro. Quase 30 milhões de beneficiários devem receber o abono que que será de 50% do valor do benefício.

A segunda parcela deve ser paga junto com os benefícios de novembro.

Confira a Tabela de Pagamentos de Benefícios 2018:

Foto: Reprodução

Quem tem direito a receber a primeira parcela do 13º salário

Tem direito a primeira parcela do 13º salário quem recebeu benefícios como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade durante o ano.

Já aqueles que recebem benefícios como Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia não tem direito ao abono salarial.

O Imposto de Renda será cobrado apenas na segunda parcela, que começa a ser paga em novembro. Nesta primeira parcela não haverá desconto do tributo.

No geral, aposentados e pensionistas devem receber 50% do valor do benefício. Mas há uma exceção: quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018 terá o valor calculado proporcionalmente.

Quem recebe auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do 13º será proporcional ao período recebido.

Antecipação da primeira parcela do 13º salário

A gratificação natalina é fixado pela Lei 4.749/1965 e determina que haja parcelamento em duas vezes do pagamento e que a primeira parcela seja quitada de 1º de fevereiro até o dia 30 de novembro, enquanto a segunda, até o dia 20 de dezembro.

O governo antecipa a primeira parcela na folha de agosto desde 2006. Ano passado ela começou a ser paga no dia 25 de agosto. Cerca de 29 milhões de beneficiários receberam o benefício que resultou em R$ 19,8 bilhões na economia do país nos meses de agosto e setembro.

Neste ano, a estimativa do governo é que a antecipação da primeira parcela resulte em um total de R$ 20,7 bilhões na economia.

Via: G1 
Imagens: INSS Agência Brasil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Adolescente ferida em acidente no parque de diversões de Ceres precisou retirar um rim e parte do intestino

Segundo testemunhas que estavam no local, o brinquedo começou a girar mais rápido do que o normal e a trava de segurança que mantém as pessoas sentadas acabou se abrindo. O acidente aconteceu na madrugada do último domingo (26/8).

Por Ton Paulo
27/08/2018, 08h09

A primeira das quatro jovem que se envolveram em um acidente no parque de diversões de Ceres Tecnopark, no brinquedo mecânico “Surf”, na madrugada do último domingo (26/8), está internada em estado gravíssimo no Hospital de Urgências de Anápolis (Huana). A adolescente Isabela do Amaral Vieira, de 16 anos, sofreu traumatismo craniano, lesões nos órgãos internos e na coluna.

Segundo um familiar da vítima, ela retirou um dos rins e parte do intestino. De acordo com o proprietário do parque, o operador do brinquedo puxou a garota quando ela caiu e impediu que ela fosse atropelada pela máquina.

A adolescente Mariane Oliveira Dias, também de 16, teve fratura no punho e no tornozelo direitos e está no Hospital Ortopédico de Ceres, onde passou por uma cirurgia na manhã de ontem para colocar pinos.

Tatiele Carvalho Evangelista, de 16, foi internada no Instituto Médico de Ceres (Imec), passa bem e deve receber alta nesta segunda-feira (27). Já Talia Aparecida Pires, de 16, também está internada no hospital de Ceres. A adolescente teve várias fraturas e poderá ficar um período sem andar.

O acidente no parque de diversões

As quatro adolescentes, de 16 anos cada uma, ficaram feridas após um acidente com o brinquedo “Surf”, em um parque de diversão de Ceres, na madrugada de domingo (26/8).

O acidente aconteceu por volta das 2h, no espaço em que o parque foi montado, no Setor Central. O brinquedo tem capacidade para 22 pessoas, mas não se sabe quantas estavam nele no momento do problema. As causas do acidente são investigadas.

Segundo testemunhas que estavam no local, o brinquedo começou a girar mais rápido do que o normal e a trava de segurança que mantém as pessoas sentadas acabou se abrindo.

Frequentadores acionaram o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

As equipes socorreram as quatro adolescentes para três unidades de saúde da cidade.

Via: O Popular O Hoje 
Imagens: O Hoje 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Obra em Anel Viário de Aparecida de Goiânia desvia trânsito no local a partir desta segunda

As intervenções devem durar cerca de 20 dias.
27/08/2018, 08h39

O trânsito próximo ao Anel Viário de Aparecida de Goiânia terá alterações a partir desta segunda-feira (27/8) por conta de obras no local que começam hoje.

A intenção é promover melhores condições e segurança no tráfego dando fluidez ao trânsito.

As intervenções acontecem em trecho da BR-060/Anel Viário na região dos setores Cidade Vera Cruz, Mansões Paraíso, American Park, Bairro Itapuã e Morada dos Pássaros.

A Secretaria de Mobilidade e Defesa Social desvia o trânsito na altura do Setores Cidade Vera Cruz e Morada dos Pássaros (Avenida Uirapuru) desde as 6h de hoje para a implantação de uma elipse.

A obra será executada pelo Consórcio Goiás e deve durar cerca de 20 dias. Além da intervenção, dois postes de energia serão mudados de lugar pela Enel e uma  duplicação das vias de acesso à elipse também deve ser feita.

As intervenções são parte do convênio firmado entre Prefeitura e o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT), com o objetivo de estruturar a via que liga a BR-153 à GO-040.

O convênio de cooperação terá a duração de três anos quando as obras estarão sob responsabilidade do DNIT. Após esse processo, a via será municipalizada.

Rotas alternativas no Anel Viário

Haverá sinalização informativa no local das opções de desvios durante o período da obra.

No sentido BR-153  rumo a GO-040 (Garavelo), o desvio será feito pela Rua J-66 e Avenida Senador Antônio Carlos Ramos, retornando ao Anel Viário pela Avenida V-05.

Para quem segue da GO-040 (Garavelo), em direção à BR-153, deverá pegar o desvio pela Avenida Senador Antônio Carlos Ramos, na altura da Escola Municipal Ari Caetano e Rua J-56, retornando ao Anel Viário. Os motoristas percorrerão cerca de 1,5 km a mais devido às rotas alternativas.

Duplicação de vias

Juntamente com as obras da elipse, a Avenida H-161 entre a Avenida V-8 e Avenida Antônio Carlos Ramos será duplicada. Outra Avenida que também passará por estruturação é a V-6, que fica na altura da Feira Coberta da Cidade Vera Cruz e que dá acesso ao Hospital Municipal.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Empresa de ônibus entra em greve e deixa quase 200 mil passageiros sem transporte no Distrito Federal

A paralisação começou no início desta manhã (27/8), e pegou a direção da empresa de surpresa.

Por Ton Paulo
27/08/2018, 08h52

Aproximadamente 2.500 motoristas do transporte rodoviários da empresa São José fazem uma greve na manhã desta segunda-feira (27/8). A greve deixa aproximadamente 200 mil passageiros sem ônibus na bacia 5 do Distrito Federal, que atende os municípios de Brazlândia, Ceilândia, SIA, SCIA, Vicente Pires, Estrutural, Recanto das Emas e parte de Taguatinga.

Os ônibus só começaram a sair dos terminais por volta das 7h da manhã, o que gerou reflexos nas paradas de ônibus e na estação do metrô de Ceilândia, que enfrenta fluxo intenso de pessoas.

O Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal ainda não deu detalhes do motivo da paralisação, mas informou que acontece por problemas internos entre trabalhadores e a empresa. Eles também pedem que os ônibus passem por manutenção e que os ex-funcionários da Cootarde sejam contratados.

Já a assessoria de imprensa da São José informou que a paralisação dos rodoviários pegou a empresa de surpresa. “O sindicato parou toda a empresa de manhã, mesmo estando em período de negociação da database e a São José tendo participado de todas as negociações, não fomos informados dessa paralisação”, informou ao Correio Braziliense.

A reportagem do Dia Online tentou entrar em contato com a empresa, mas não obteve retorno.

Além de greve, falha no metrô

Além da falta de ônibus na região oeste do DF, o metrô também apresenta problemas em Ceilândia. A fila de passageiros chega ao estacionamento da estação.

De acordo com o Metrô-DF, a falha ocorre nas catracas e não há previsão de quando a situação será normalizada.”As apontadas falhas são de ciência e o METRÔ-DF vem buscando medidas junto ao órgão responsável, nesse caso o DFTrans.

“Cabe esclarecer que, apesar de instalados nas estações, os equipamentos pertencentes ao apontado sistema são geridos pelo DFTrans e possuem o serviço de manutenção restrito aos técnicos do citado órgão. Contudo, ainda não é possível informar previsão de reparo”, informou o órgão.

Imagens: Correio Braziliense 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

"Nem conseguiu comemorar o aniversário", diz tio de motociclista atingido por carro em Goiânia

Lucas foi levado por volta das 12h20 de domingo em estado grave para o Hugo, mas morreu no início da noite.
27/08/2018, 09h11

Lucas Lourenço Fleuri atingido por um carro no Setor Oeste, em Goiânia, decidiu comemorar o aniversário no domingo (26/8). Ele completou 21 anos no dia anterior. Ele transitava pela Rua R-11 quando, pela Rua R 17, um Toyota Corola conduzido por um jovem de 19 anos não respeitou a placa de Pare. Lucas não conseguiu parar ou se desviar do carro, batendo na traseira do carro.

“Ele ia buscar a namorada. Nem conseguiu comemorar o aniversário”, diz o tio, Ernesto Fleury. Lucas foi levado por volta das 12h20 em estado grave para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu e morreu no início da noite.

Conforme a Delegacia de Investigações de Crimes de Trânsito (Dict), a perícia e depoimentos de testemunhas vão concluir o que aconteceu.

A mãe do condutor do Toyota Corola, que pediu anonimato, informou que o filho não viu Lucas. “Pela foto do carro vocês tiram as conclusões do que acontece. Ele não furou o Pare. Ele parou. Olhou para cima e não viu o motoqueiro. O motoqueiro com mais de 90 km, basta ver a frenagem, o porte da moto e lá não tem sinaleiro. Tem duas árvores imensas”, argumenta.

Para ela, as fotos “mostram o tanto que o motoqueiro estava correndo” e defende que o filho não ingerira bebida alcoólica. “Tem que fazer exame toxicológico no motoqueiro”, sugere ela.

Ainda de acordo com a mulher, a família prestou assistência desde o acidente. “Ficamos no local, ligamos para o socorro e nos comunicamos com a família.”

O condutor do Corolla perdeu o controle do carro e bateu em um Mitsubishi Pajero, que estava parado no cruzamento.

A Dict informou ainda que será instaurado um inquérito para apurar o acidente. Os dois motoristas serão intimados para prestarem suas declarações.

Veja o vídeo do momento do acidente:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.