Goiás

Período crítico do estado de saúde das siamesas separadas em Goiânia já passou 

Elas seguem internadas mas os médicos consideram surpreendente a forma como as duas vem evoluindo.
03/09/2018, 11h10

De acordo com boletim médico, o período crítico de saúde das gêmeas siamesas já passou.

Elas seguem internadas em estado grave na UTI do Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), em Goiânia, mas os médicos consideram surpreendente a forma como as duas vem evoluindo.

Elas ainda não tem previsão de alta. A mãe delas, Viviane de Menezes dos Santos, de 30 anos, já recebeu alta médica e passa bem.

Viviane é de Salvador (BA) e veio para Goiânia em busca de um parto seguro, visto que HMI é uma unidade de referência no Brasil em separação de gêmeos siameses.

Cirurgia de separação foi feita com êxito

Débora e Catarina nasceram no dia 22 de agosto com 37 semanas. Ligadas pelo tórax e abdômen e compartilhando apenas o fígado, as duas vieram ao mundo.

A separação aconteceu no dia seguinte em caráter emergencial, pois uma das meninas, Débora, nasceu com uma cardiopatia cianogênica grave.

A cirurgia foi feita com êxito. O procedimento de separação, que foi o foi o 18º realizado no HMI,  durou aproximadamente 4h30 e contou com a participação de cerca de 15 profissionais.

O médico-cirurgião foi Zacharias Calil, um dos mais procurados para separar siameses no mundo. No currículo dele, são mais de 37 casos, com 17 separações de bebê.

Recuperação surpreendente

A recuperação das duas é surpreende justamente pela gravidade do quadro. A situação ainda é delicada, mas o período crítico passou. Hoje Catarina já respira voluntariamente, ela ainda recebe oxigênio, mas só como auxílio.

Débora ainda precisa dos aparelhos, mas o quadro geral é bom. A medicação já diminuiu e a cicatrização das duas está sendo rápida.

As duas se alimentam com leite materno por meio de uma sonda.

Débora, ainda precisa de uma nova cirurgia, mas primeiro precisa ganhar peso e se fortalecer, por isso ainda não se sabe quando o procedimento poderá ser feito.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Candidata ao governo de Goiás que havia desistido da eleição volta atrás e entra na corrida novamente

Em nova mudança, cenário eleitoral do partido volta ao que era antes.

Por Ton Paulo
03/09/2018, 12h07

Faltando apenas 18 dias para o prazo final de alteração de candidatos que encabeçam as chapas, o Partido da Causa Operária (PCO) retomou, em nova decisão na última sexta-feira (31/8) a candidatura da professora Alda Lúcia Souza à disputa pelo Governo de Goiás. Na semana anterior, em razão de problemas pessoais e de saúde, ela tinha sido substituída pelo Professor Alessandro Aquino, o qual também voltou-se à sua intenção original de tentar uma cadeira no Senado. A definição, ressalta ela, foi coletiva. Ao Dia Online, Alda havia declarado que a decisão inicial da substituição foi do partido.

De acordo com Alda Lúcia, que volta a concorrer ao cargo de governadora de Goiás, a mudança seria burocrática demais para pouco tempo disponível. Ela conta que teve problemas pessoais e acharam que seria melhor fazer a mudança. “Só que descobrimos, a partir de idas e vindas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que é muita burocracia para pouco tempo. Assim, decidimos deixar como estava, pois só temos quatro semanas. É possível tocar até o final”, conta a um jornal local.

Conforme esclareceu a candidata, as trocas não prejudicaram a campanha ou a veiculação dos conteúdos eleitorais da sigla no rádio e na TV. Para ela, nesse aspecto, o problema é o pouco tempo. Segundo Alda, eles (do PCO) têm espaço nesses canais, mas ele seria muito reduzido. “São alguns segundos em que não é possível dizer uma frase minimamente entendível. Por outro lado, temos veículos de imprensa, nosso jornal semanal, e canal no YouTube, por meio dos quais divulgamos a situação da campanha e dos candidatos não só em Goiás, mas em todo o País”, finaliza.

A desistência inicial

Alda Lúcia (PCO) havia comunicado a desistência de concorrer ao pleito em agosto deste ano. Ela seria vice na chapa de Alessandro Aquino, que volta a concorrer ao Senado pelo mesmo partido.

Em entrevista ao Dia Online, Alda Lúcia declarou que a retirada de sua candidatura tinha sido uma decisão do PCO, que decidiu substituir sua candidatura pela de outro nome da legenda.

Via: Mais Goiás 
Imagens: Eleições 2018 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

"Oramos minutos antes do incêndio", diz dona de clínica clandestina em Goiânia; dois morrem

Depois de ser internado contra a própria vontade, uma semana depois homem coloca fogo no quarto.
03/09/2018, 14h49

Um incêndio na noite de domingo (3/9) em uma clínica clandestina em Goiânia matou dois homens e deixou outro ferido.

A Comunidade Terapêutica Beth Shalom, no Sítio Recreio Pindorame, atendia homens há um ano e meio. Administrada por Elizete Beltoldi, a unidade contava com 32 homens – entre dependentes de álcool e drogas – distribuídos em seis quartos.

Um interno, identificado como Lindomar Venâncio Paixão, de 28 anos, teria provocado o incêndio colocando fogo em colchões e cobertores. A suspeita da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DEIH) é que o homem quisesse fugir.

Depois de utilizar o isqueiro – que deveria ter entrada proibida no local – para colocar fogo no colchão de uma das oito beliches, Lindomar fugiu. Dois internos com quem dividia o quarto morreram asfixiados no quarto.

André Alves Ramos, de 32 anos, e Emanoel Júnior Resende da Costa, de 17 anos, se esconderam no banheiro do quarto e acabaram morrendo. O Corpo de Bombeiros chegou ao local, combateu o fogo e encontrou os corpos. Francisco Charles dos Santos, de 24 anos, sofreu queimaduras pelo corpo e foi levado para o Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

Lindomar fugiu para uma clínica próxima, mas foi preso por policiais e levado para a Central de Flagrantes. O delegado Marco Aurélio Euzébio, responsável pelo inquérito, não quis dar detalhes da investigação.

Homem queria fugir em clínica clandestina em Goiânia

Para a Polícia Civil, Lindomar contou que é usuário de crack, cocaína e maconha. Ainda na delegacia, disse que se arrependeu do que fez e que a vontade de sair do local o motivou a atear fogo. Ele acreditava que a fumaça obrigaria os coordenadores do local a abrirem as portas.

Na clandestinidade, conforme apurou o Portal Dia Online, pelo menos 20 dos 32 internos chegaram à unidade compulsoriamente, ou seja, contra a própria vontade. “Os dois que morreram e o que ateou fogo são alguns dos que vieram por determinação de juiz”, diz Elizete Beltoldi, presidente da instituição, sem dar detalhes. “Tenho os documentos”, garante.

Elizete não esconde que ainda não conseguiu cumprir as exigências para obter alvará de funcionamento: nem permissão dos Bombeiros nem da Vigilância Sanitária.

“Por isso não consideramos que ali seja uma comunidade terapêutica. Eles têm característica de clínica, mistura de pacientes”, comenta a representante da Associação Goiana das Comunidades Terapêuticas, Sherydan Luiza.

Não é raro encontrar residências com placas e promessas de restauração de instituições. Nos ônibus, nos terminais e em sinaleiros, milhares de panfletos são distribuídos para a promoção de lugares sem documentação. “Em Goiânia, temos apenas 15 Comunidades Terapêuticas cadastradas”, revela Célia Aparecida, que faz parte do Conselho Municipal de Política sobre Drogas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Para quem procura bons pontos de turismo em Goiânia, vale a pena conferir a listinha que preparamos!
03/09/2018, 15h05

De acordo com dados colhidos pelo IBGE em 2017, Goiânia é a segunda maior cidade de todo o Centro-Oeste, atrás apenas do Distrito Federal. Por outro lado, ainda é a maior cidade do estado de Goiás, abrigando quase 1,5 milhões de habitantes. Considerando estas informações, é natural imaginar que o turismo em Goiânia seja forte e que ainda possua potencial crescimento.

Para aqueles que estão apenas de passagem ou que se mudaram recentemente para a região, vale lembrar que a capital goiana dispõe de um leque de lugares que valem realmente a pena conhecer. Abaixo separamos uma lista com os melhores e maiores parques da capital, apresentando também outros lugares que podem ser do seu interesse.

Além dos aqui mencionados, você ainda pode conferir listas que já fizemos com os melhores bares e pubs, que certamente, também fazem parte das possibilidades para turismo em Goiânia. Conheça!

Confira agora alguns lugares para turismo em Goiânia:

1 – Praça Cívica

turismo em Goiânia

Para quem pretende conhecer Goiânia, a Praça Cívica é sem dúvida um ponto de parada obrigatório. Foi inaugurada no ano de 1933, e é considerada como o marco inicial da construção em nossa capital. É um espaço arborizado localizado bem no centro histórico, com monumentos, edifícios cívicos, museus e também é onde concentra o Palácio das Esmeraldas.

2 – Parque Areião

turismo em Goiânia

O parque também fica entre os mais conhecidos da região, contando com amplas pistas de corrida, ideais para quem pretende fazer aquela caminhada para manter a saúde em dia. Também oferece a seus visitantes um espaço infantil e vasta área verde que dispõe de um lago. Contato com a natureza é o ponto forte!

3 – Parque Flamboyant

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Localizado em uma região nobre de Goiânia, o parque conta com ótimas pistas para caminhada e um espaço verde amplo, ideal para um passeio com os amigos e piqueniques ao ar livre.

4 – Parque Vaca Brava

turismo em Goiânia

O nome do parque faz referência a uma das três fazendas que foram utilizadas durante o processo de construção da cidade. Também oferece para seus visitantes pistas para caminhadas, um ambiente arborizado, lago e chafariz.

5 – Parque Lago das Rosas

turismo em Goiânia

O parque foi construído na década de 40 é o mais antigo da capital. Antes de ser construído, o local continha um grande jardim de rosas, o que justifica a escolha de seu nome. É possível encontrar diversas plantas pelo parque e um amplo espaço verde, sendo o lugar ideal para fazer aquela roda de violão com os amigos. É ali que também se encontra outro ponto turístico: o zoológico, que tem acesso a partir do parque.

6 – Bosque dos Buritis

turismo em Goiânia

O bosque é um dos espaços verdes mais visitados de Goiânia, considerado como o mais antigo patrimônio paisagístico da capital. Conta com lagos artificiais e um deles ainda abriga o maior jato de água da América do Sul. Vale a pena conhecer!

7 – Praça do Sol

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Já conhece a praça do sol? Assim como os parques que apresentamos acima, é um lugar perfeito para quem gosta de muito espaço verde. É excelente para a prática de skate, patins e bicicleta, representando também uma boa escolha uma boa escolha para quem gosta de passear com seu cãozinho. Por lá, você também encontra muita arte, moda e comida. Sim, tudo isso em um só lugar!

8 – Parque Cascavel

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Para quem está nas redondezas do Jardim Atlântico, o Parque Cascavel também é um excelente lugar para se conhecer em Goiânia. Oferece um amplo espaço arborizado, com muito contato com a natureza. Sem contar que ainda possui lago, equipamentos de ginástica, pista para bicicletas, playground e muitos outros recursos.

9 – Jardim Botânico

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

E aqui temos mais um lugar acolhedor para quem busca por turismo em Goiânia, de preferência, ao ar livre. O Jardim Botânico se concentra em um espaço de muita sombra e verde, ideal para quem é fã de uma boa leitura. Imagine só, sentar na sombra de uma árvore e ler aquele seu livro preferido? Com a vista deslumbrante que o parque oferece, a experiência se torna ainda melhor. Também é ótimo para quem pretende fazer um bom passeio com a família e amigos.

10 – Parque Beija Flor

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Para quem está nas proximidades do Setor Jaó, esta é sem dúvida uma boa escolha. O parque é ideal para quem pretende manter o corpo em forma, já que dispõe de um amplo espaço para quem gosta de praticar caminhada ou corrida. Também é legal para um passeio com as crianças ou amigos.

Feiras

1 – Feira Hippie

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Quando falamos de feiras em Goiânia, é claro que não poderíamos deixar de começar pela Feira Hippie. É a mais tradicional da capital goiana, sem contar que ainda é conhecida por ser a maior feira ao ar livre do Brasil e de toda a América Latina. Apenas para que você tenha ideia, por ali atuam cerca de 6 mil barraquinhas e o número apenas cresce. É possível encontrar uma grande variedade de produtos com preços baixos, o que costuma atrair sempre um grande público. A feira acontece sempre aos sábados e domingos.

2 – Feira da Lua

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

A feira é bastante conhecida até mesmo entre os goianienses que nunca tiveram a oportunidade de ir até lá. Isso porque sua fama se espalha na cidade, como uma excelente opção para quem pretende comprar roupas, ou simplesmente desfrutar de bons pratos. Situada na Praça Tamandaré, possui comércios diversos, capazes de atender todos os tipos de gostos. Funciona todos os sábados, desde 1992.

3 – Feira do Sol

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

E se temos a Feira da Lua, por quais motivos não teríamos a Feira do Sol, não é mesmo? Todos que visitam o local se apaixonam. Para quem busca por novas experiências gastronômicas, este é sem dúvida um lugar que irá agradar, oferecendo preços baixos e acessíveis. Também representa o comércio de artesanato local e outra variedade de produtos. Se localiza em uma das praças que já citamos anteriormente, a Praça do Sol.

4 – Cepal Setor Sul

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

O local atrai eventos culturais de todas as naturezas, sendo palco de encontros e até mesmo alguns shows. No entanto, o que realmente atrai a população até o local é a feira que acontece por lá durante alguns dias da semana. É uma feira pequena mas de grande variedade, com comidas, bebidas e diversidade de produtos.

5 – Feira do Cerrado

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Esta é uma feira de artesanato que todos os goianienses e turistas deveriam conhecer. Possui bordados, comidas típicas, doces e também conta com muita música. É um lugar gostoso e acolhedor, perfeito para quem procura por um pouquinho de paz. Funciona durante as quintas e domingos.

Shoppings

1 – Passeio das Águas Shopping

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Um dos mais novos shoppings da cidade e também o maior, já caiu no gosto popular e se tornou um dos mais frequentados. Pessoas vem de longe apenas para fazer compras no local ou passar o dia e desfrutar das opções de lazer que o ambiente oferece. Para os turistas, vale a pena conhecer!

2 – Flamboyant Shopping Center

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Se você escutar alguém dizendo que vai no “Flambas”, não se assuste. Este é apenas o apelido carinhoso que o shopping acabou ganhando, depois de conquistar um espacinho no coração do povo goianiense e das redondezas. Com ampla gama de lojas conceituadas e restaurantes populares no mundo inteiro, o ambiente também oferece boas opções de lazer para família e amigos.

3 – Banana Shopping

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

O Banana é bastante conhecido entre a galera que adora pegar um cinema. Por apresentar um serviço de alta qualidade e com ingressos bem mais em conta, costuma ser a melhor escolha. No entanto, também possui diversas lojas e restaurantes que por sinal, também tem como ponto forte os preços mais acessíveis.

4 – Goiânia Shopping

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Situado em uma das regiões mais nobres de Goiânia e ao lado do parque Vaca Brava, é um shopping moderno com diversidade de produtos e serviços, desenvolvidos para todos os gostos.

5 – Shopping Bougainville

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Localizado também em uma das regiões mais nobres de Goiânia, tem como foco atingir o público premium. Conta com excelentes opções de lojas para quem adora fazer compras, e também representa uma boa opção para quem é fã de um bom cineminha.

Espaços diversos

1 – Centro Cultural Oscar Niemeyer

turismo em Goiânia

Aberto à diversidade, é um complexo de espaços culturais que recebe pessoas para as mais distintas finalidades. Há quem goste de ir para o lugar no fim de tarde andar de patins, bicicleta ou skate, por exemplo. Mas também vale considerar que o espaço recebe palestras e outros tipos de eventos.

2 – Estádio Serra Dourada

turismo em Goiânia

Se você quer um lugar dedicado aos esportes, especialmente ao futebol, o Estádio Serra Dourada é o lugar certo!

3 – Jardim Zoológico de Goiânia

turismo em Goiânia

Criado no ano de 1946, abriga mamíferos, pássaros e répteis. Conta ainda com cinco canais, áreas de alimentação e lagos para visitar. É um ótimo lugar para as crianças se divertirem e aprenderem mais sobre educação ambiental.

4 – Museu Memorial do Cerrado

turismo em Goiânia

Se você é fã de museus, em Goiânia existem algumas opções. Uma delas é o Museu Memorial do Cerrado, que conta com exposições sobre o cerrado e sua ocupação, dispondo de cenários naturais de plantas, habitações primitivas e réplicas de animais. É o lugar certo para aprender mais sobre nossas raízes!

5 – Museu de Arte de Goiânia

turismo em Goiânia

O local é cercado pelo Bosque dos Buritis, permitindo que o visitante tenha uma experiência ainda mais intensa. É um museu de artes plásticas que conta com diferentes peças, agradando aos mais apurados gostos. Ainda dispõe de uma biblioteca, visitas guiadas, salas de exposição e áreas com esculturas.

6 – Mercado Central

turismo em Goiânia

Claro, não poderíamos deixar de mencionar o Mercado Central, que é tão popular entre os moradores de Goiânia e de cidades vizinhas. É o mais tradicional da região, acolhendo diversas lojas. Ainda assim, vale destacar a venda de produtos artesanais, que são os que realmente ganham o coração de quem faz uma visita ao local.

7 – Vila Cultural Cora Coralina

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Para quem é fã de exposições culturais e artísticas, a Vila Cultural Cora Coralina é uma excelente pedida. Com um espaço acolhedor e bem localizado, justamente no centro de Goiânia, costuma receber eventos que valorizam a diversidade cultural e algumas feirinhas com produtos autorais.

8 – Beco da Codorna

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Um espaço completamente diferente e que inspira a arte urbana, esse é o Beco da Codorna. Se você ainda não conhece, vale a pena dar uma conferida! O espaço é uma verdadeira obra de arte, onde artistas se deixaram levar por suas raízes e fizeram das paredes do ambiente grandes telas de pintura. Regularmente o local recebe alguns eventos e shows que valorizam a cultura local.

9 – Antiga estação Ferroviária de Goiânia

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

Quando falamos de turismo em Goiânia, é claro que não podemos deixar de mencionar a antiga estação. É realmente um marco para a história local e foi tombado como patrimônio histórico. No entanto, vale considerar que poderia ter mais atenção do poder público, uma vez que a estrutura do local apresenta precariedades. Por lá funcionava a antiga estação ferroviária, onde ainda podemos encontrar a Maria Fumaça. Se não sabe muito bem como chegar ao local, basta se orientar a partir da rodoviária da capital, já que a praça fica ao lado.

10 – Avenida Goiás

Turismo em Goiânia: conheça os mais tradicionais pontos turísticos da capital

E aqui temos mais um pouquinho do que ainda representa a história de nossa cidade. A Avenida Goiás é, sem dúvida, uma das mais movimentas da capital, mas também é uma das mais bonitas. Talvez quem passe por ali todos os dias não repare, mas a composição do ambiente é simplesmente deslumbrante, com o melhor que nossa Art Decó tem para oferecer.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Justiça põe Marconi Perillo no banco dos réus por corrupção

A denúncia foi oferecida em março de 2017 pela Procuradoria-Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).
03/09/2018, 15h54

O juiz da 8ª Vara Criminal de Goiânia, Ricardo Prata, determinou abertura de ação penal contra o ex-governador de Goiás e candidato ao Senado, Marconi Perillo (PSDB), pelo crime de corrupção passiva. Também estão no banco dos réus os empresários da Delta Fernando Cavendish e Claudio Dias Abreu e o contraventor Carlinhos Cachoeira.

A decisão é do dia 6. O tucano é acusado de corrupção passiva, por ter parte de uma dívida de campanha eleitoral, no valor de R$ 90 mil, supostamente paga em troca de um aditivo realizado em contrato do Estado com a Delta Engenharia.

A denúncia foi oferecida em março de 2017 pela Procuradoria-Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Com a renúncia de Perillo para disputar as eleições, o caso foi enviado à primeira instância.

De acordo com a PGR, Carlinhos Cachoeira se valeu de “estreitas relações” com agentes políticos de Goiás para que a Delta estabelecesse “contratos vultosos, vários deles firmados com violação de dispositivos expressos de lei ou com prejuízo flagrante aos cofres públicos”.

Em troca, o contraventor – considerado na denúncia um “operador oculto dos interesses da Delta” – oferecia propina aos agentes públicos.

As defesas dos acusados ainda não se manifestaram.

Marconi Perillo teria recebido propina

Quando assumiu o governo do Estado em 2011, Marconi Perillo, conforme divulgou a PF, firmou um “compromisso com a construtora Delta, sob o intermédio do bicheiro Carlinhos Cachoeira. A Delta teria de pagar propina ao Marconi assim que pagasse os serviços prestados ao governo de Goiás.

Segundo a PF, a primeira parcela do pagamento foi uma casa do ex-governador de Goiás. Marconi venderia o imóvel e receberia R$500 mil. Cachoeira e Delta aceitaram e pagariam em três parcelas usando chefes que laranjas.

Ainda conforme a investigação, Perillo teria recebido os cheques de Cachoeira, como forma de pagamento, feitos entre março e maio do ano passado. O dinheiro vinha das contas da Delta e era lavado por empresas fantasmas de Cachoeira e, em seguida, repassado a Perillo. A construtura, ainda, teria entregue uma diferença de R$ 500 mil.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.