Goiás

Bandidos explodem banco em Senador Canedo; veja o vídeo

As polícias Militar e Federal estão apurando o caso.

Por Ton Paulo
04/09/2018, 09h08

Bandidos invadiram uma agência do Banco do Brasil em um shopping localizado em Senador Canedo, região metropolitana de Goiânia, na madrugada desta terça-feira (4/9) e explodiram os caixas eletrônicos.

A explosão dos equipamentos deixou a agência parcialmente destruída. Não há informações se os bandidos conseguiram levar algum valor da agência.

Segundo a assessoria da Polícia Civil ao Dia Online, as polícias Militar e Federal estão neste exato momento no local para apurar o caso.

Logo, mais informações.

Veja o vídeo de como ficou a agência após a explosão:

Vídeo por: Bill Guerra

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Dois dias após incêndio no Museu Nacional, Temer faz reunião no Planalto

Após a tragédia, a comunidade artística e intelectual cobrou explicações de autoridades públicas.
04/09/2018, 09h41

O presidente Michel Temer tem reunião no Planalto nesta terça-feira (4/9) com ministros, secretários, coordenadores e os presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Caixa Econômica e do Banco do Brasil.

A reunião acontece dois dias após o incêndio que atingiu o Museu Nacional do Rio de Janeiro e destruiu 90% do acervo histórico, científico e artístico. As informações são da Agência Brasil.

Deverão participar da reunião os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Rossieli Soares da Silva (Educação), Sérgio Sá Leitão (Cultura), Esteves Colnago (Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) e Sergio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República).

Também são esperados os secretários Georges Soares (Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão), Júlio Alexandre (Planejamento e Assuntos Econômicos do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão), e Sidrack Oliveira (Patrimônio da União do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão).

Devem participar ainda os presidentes do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli; do BNDES, Dyogo Oliveira; e da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza; além do diretor da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação, Mauro Luiz Rabelo; e do coordenador da Subsecretaria de Planejamento e Orçamento do Ministério da Educação, Adalton Rocha de Matos.

Reunião no Planalto acontece após cobranças da comunidade artística e intelectual

Após a tragédia, a comunidade artística e intelectual cobrou explicações de autoridades públicas, alegando que houve alertas sobre problemas de infraestrutura e manutenção do local, colocando em risco os mais de 20 milhões de itens expostos. Inicialmente, deverão ser investidos R$ 15 milhões apenas para a reconstrução física do prédio.

Na segunda-feira (3/9), no Rio de Janeiro, os ministros Rossieli Soares e Sérgio Sá Leitão anunciaram a criação de um grupo de trabalho para reunir parcerias em torno da recuperação do museu. Porém, peças raras se perderam. O esforço, no primeiro momento, será para a reconstrução do edifício.

O Museu Nacional, localizado na Quinta da Boa Vista, é vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que faz parte do Ministério da Educação. Contudo, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) é ligado ao Ministério da Cultura.

Em junho, o BNDES assinou um contrato para o repasse de R$ 21,7 milhões à terceira fase do plano de investimento de revitalização do museu. No entanto, a interpretação da instituição sobre a lei eleitoral impediu a liberação dos recursos para o Museu Nacional.

Imagens: R7 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Presidente da Câmara Municipal de Santa Bárbara de Goiás é preso acusado de corrupção

Segundo informação repassada ao Dia Online por fonte próxima ao vereador e que ainda está sendo apurada, ele também teria promovido uma festa particular em sua chácara há poucos dias.

Por Ton Paulo
04/09/2018, 10h05

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Santa Bárbara de Goiás (a 50 quilômetros de Goiânia), Paulo Sergio Batista (PHS), foi preso pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (4/9) acusado de uso indevido de verba pública.

De acordo com informações da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap), Paulo Sérgio estava sendo investigado na Operação Cota Extra, da Polícia Civil, por, supostamente, ter usado dinheiro público da Câmara Municipal de Santa Bárbara de Goiás para pagar contas particulares.

Segundo o delegado Alexandre Otaviano, responsável pelas investigações, o vereador Paulo Sérgio Batista, mais conhecido como Serginho Antena, foi preso pelo que configura crime de peculato – desvio de dinheiro público.

Conforme falou uma fonte próxima ao vereador, que pediu sigilo, Paulo Sérgio teria promovido ainda uma festa particular em sua chácara, no município de Santa Bárbara de Goiás, há poucos dias. A informação ainda está sendo apurada pela reportagem do Dia Online, mas o vereador teria usado seus próprios recursos.

A polícia ainda está na operação do caso, e mais informações serão repassadas até o final da manhã.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Defesa de Márcia Zaccarelli afirma que vai entrar com pedido de revogação da prisão

Márcia Zaccarelli foi presa em seu apartamento nesta segunda-feira (3/9) em Goiânia.
04/09/2018, 10h35

A professora Márcia Zaccarelli, acusada de matar a filha recém-nascida e esconder o corpo durante cinco anos, foi presa em seu apartamento nesta segunda-feira (3/9) em Goiânia. Ela foi levada para a Casa de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia.

O advogado da acusada disse que vai recorrer da decisão.

Márcia foi condenada em júri popular a 18 anos e 8 meses de prisão no dia 1º de agosto pelo homicídio, mas foi inocentada na acusação de ocultação de cadáver, o que deu à professora o direito de recorrer em liberdade.

A acusada já tinha sido presa em 2016, quando o ex-marido encontrou o corpo do bebê em um escaninho no prédio em que ela morava, no Setor Bueno. Na época, Márcia chegou a confessar que matou e escondeu o corpo da própria filha, mas mudou a versão no julgamento.

Ela responde o caso em liberdade há dois anos, mas ontem, o juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida e Tribunal do Júri da comarca de Goiânia, decretou a prisão preventiva de Márcia por desobedecer determinações judiciais.

Segundo o magistrado, durante o período em que esteve livre, a ré “não providenciou enterro digno aos restos mortais de sua filha” e nem se manifestou a respeito quando foi invocada.

O juiz também destacou que a defesa de Márcia foi intimada para restituir os autos em cartório mas não o fez.

Advogado de Márcia Zaccarelli vai recorrer

Segundo o advogado de Márcia Zaccarelli, Paulo Roberto Borges da Silva, o decreto de prisão é infundado.

Ele afirma que foi surpreendido com o decreto quando pegou o processo para análise.

Outro advogado deveria ter analisado e entregado o processo na última quinta-feira (30/8), mas não o fez por problemas de saúde.

Paulo Roberto disse que vai entrar com pedido de revogação da prisão.

Via: G1 TJ-GO 
Imagens: TJ-GO 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Alunos e professores da rede estadual são homenageados após resultado do Ideb

Goiás cumpriu todas as metas de crescimento estabelecidas, e está entre os poucos estados que alcançaram a meta no Ensino Médio.
04/09/2018, 10h52

Estudantes, professores, diretores e servidores da Educação da rede estadual de Goiás foram recebidos e homenageados pelo Estado de Goiás, por meio do secretário da Educação, Cultura e Esporte (Seduce), Flávio Peixoto, na tarde desta segunda-feira, 3, no Palácio das Esmeraldas.

É o reconhecimento pela dedicação e empenho de toda a comunidade escolar que fez da rede pública goiana a líder nacional no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no Ensino Médio e no Ensino Fundamental II. No Ensino Fundamental I, o Estado ficou na 2ª colocação.

Goiás cumpriu todas as metas de crescimento estabelecidas, e está entre os poucos estados que alcançaram a meta no Ensino Médio. Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério da Educação (MEC)

Na ocasião, o governador José Eliton enfatizou que o “extraordinário resultado” no Ideb é uma demonstração da força e da pujança do Estado na Educação. “Demonstra ainda a força dos alunos, professores, da turma da merenda, administrativo, coordenadores, enfim, todos que fazer uma educação campeã”, pontuou.

O governador falou de sua alegria em ver o Brasil reconhecer e reverenciar Goiás pela sua Educação. “Outros estados são mais ricos, mas nenhum tem a Educação que nós temos. Temos alunos dedicados, que se preocupam com seu futuro e com o futuro do Estado. Temos professores bem formados, 100% deles com ensino superior. Temos hoje a melhor Educação do Brasil”, comemorou José Eliton.

Rede estadual

“Hoje é um dia histórico, somos campeões e devemos isso a vocês que aqui estão”, disse Flávio Peixoto, ao recepcionar a comunidade escolar. O secretário enfatizou o entusiasmo de todos da Educação com as notas alcançadas pela rede e a importância da valorização dos números.

“Precisamos lembrar que esses números representam a consolidação de vários investimentos feitos na Educação, principalmente nos últimos oito anos”, observou.

Flavio citou as melhorias na infraestrutura e a valorização dos professores da rede estadual. “Tudo isso fez com que Goiás fosse campeão. Mas, antes de mais nada, deve-se esse resultado ao professor que sabe ensinar e aos alunos, que souberam aprender e a todos que fazem parte da Secretaria Estadual de Educação. Parabéns, Goiás. ”

Aluno do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Pedro Gomes, Victor Hugo Xavier Dias representou os estudantes durante a homenagem e falou da satisfação em fazer parte da rede estadual de Goiás. Para ele, o resultado do Ideb reflete bem o dia a dia em sala de aula. “A gente trabalhou arduamente para chegar aqui hoje e ter esse reconhecimento pelo esforço que nós tivemos”, salientou.

A estudante Larissa Alves, do 3º ano do Ensino Médio do Centro Educacional de Tempo Integral Luís Perillo, falou do orgulho em ver Goiás se destacar com a nota do Ideb. “Pude perceber que a gente não se destacou só pela Educação, mas como Estado”, disse e enfatizou a importância da Escola de Tempo Integral. “Esse novo modelo nos dá a chance de avançar, aprender muito. Desperta, inclusive, em alunos antes desinteressados, a vontade de aprender, de crescer”, reforçou.

Dados do Ideb

Dados do Ministério da Educação (MEC) mostram Goiás com nota 4,3 no Ensino Médio, superior à projeção do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que era 4,2. Já no Ensino Fundamental II, a média foi 5,2, ou seja, 0,4 a mais que o estipulado (4,8).

No Ensino Fundamental I, Goiás apresenta crescimento de um ponto: o Inep apresentou meta de 5,6, mas a rede estadual goiana fez 6,6. As provas foram realizadas em 2017.

Via: Assessoria de Imprensa 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.