Entretenimento

Mônica Martelli relembra carreira antes do sucesso no teatro

06/09/2018, 15h59

Gabriela Pugliesi recebeu Mônica Martelli em seu programa Vendi meu Sofá no YouTube, onde a atriz falou sobre o início de sua carreira e relembrou como começou “Os Homens são de Marte, e é para lá que eu vou”, peça que ficou mais de uma década em cartaz e mudou a vida dela.

“Antes de Os Homens são de Marte, eu fiz muita coisa, muita participação. As pessoas acham que eu estava no Leblon, e pensei ‘vou ali no teatro fazer um sucesso e já volto’. Não, é muito trabalho, eu levei vários ‘não’ na minha vida”, contou Mônica, que desde o ano passado está em cartaz com a peça Minha Vida em Marte.

Ela disse que estava fazendo diversas participações especiais e pontas na TV, mas aquilo não lhe trazia reconhecimento profissional e ela ficou com receio de ter de mudar de profissão. “Eu pensei: ‘Eu não pago as contas com a minha profissão, vou ter que fazer outra coisa’, e aí que caiu a ficha de que aquele caminho não era para mim, e parti para escrever minhas coisas”, falou.

Mônica contou que se formou em jornalismo no início da década de 1990, e durante a faculdade já se apaixonou por teatro, então resolveu investir na área. “Eu comecei a trabalhar, fiz teatro infantil, e não tinha nenhum artista na família, nada. Na época, na minha cabeça, eu pensava que para ser artista tinha que ser filho ou neto de alguém, então eu escondi essa vontade por muito tempo”, falou.

Mas com a falta de papéis importantes, Mônica resolveu se arriscar em escrever para o teatro. “O teatro é a casa do ator, ser ator é o teatro. Eu comecei então a escrever textos sobre casos que eu tinha, de namoro, tudo inspirado na minha vida. Eu escrevo sobre o que eu passo, o que eu sinto. Falar de mulher solteira, sobre a busca de amor, todo mundo já falou disso. O que interessa é a forma como você fala. Essa solteira da peça é minha”, comentou.

A atriz lembra que ficou muito nervosa com a estreia, que foi realizada em um teatro pequeno do Rio de Janeiro. “Uma semana depois, a crítica mais temida do Rio, a Bárbara Heliodora que morreu em 2015 foi assistir ao espetáculo, escreveu uma crítica maravilhosa. Na segunda semana, o meu marido falou: ‘Mônica, tem muita gente voltando. Você não quer fazer uma segunda sessão?’ Eu lembro que entrei no palco, 23h, naquele teatro pequenininho, e eu vi pessoas sentadas na escada. Começou a lotar, foi aí que percebi que minha peça era um sucesso”, relembra.

Isso ocorreu em 2005 e a peça ficou em cartaz durante 11 anos, em diversas cidades do Brasil e também no exterior. A peça foi adaptada para o cinema, com o título homônimo, em 2014. No mesmo ano, estreou no GNT uma série inspirada na peça, que ficou no ar até 2017.

Questionada sobre a idade, Mônica falou que não acredita em um momento ideal para fazer sucesso. “Cada um tem uma idade, cada um tem um tempo. Eu tive o meu primeiro reconhecimento profissional de verdade aos 35 anos, então isso é muito relativo. Isso tem a ver com o que você está vivendo. Hoje eu me sinto mais bonita do que se eu tivesse 28, 29 anos, por exemplo”, falou.

Ela foi mãe aos 40 anos, de Júlia, sua única filha. Ela contou a Gabriela Pugliesi que não foi fácil engravidar e que teve três abortos espontâneos antes disso. “Eu perdi três, aborto espontâneo, má formação. Depois que eu perdi a terceira, foi aí que eu decidi fazer a peça. Eu já tava sentindo essa pressão, tava com 34 anos na época, já casada com o pai da Julia. Mas aí não deu e pensei: ‘Vou focar na minha profissão’. Eu precisava primeiro viver o sucesso da peça. Aos 40, não conseguia engravidar, fui ao médico, tava disposta a iniciar um tratamento. Aí eu fui para Nova York e pronto, voltei grávida”, contou.

Mônica ainda disse que sua filha, hoje com 11 anos, gosta de teatro porque praticamente “nasceu no teatro”, mas que ela não incentiva que ela siga a profissão de atriz: “Ela fez uma peça infantil, mas eu não incentivo, deixo ela fazer o que ela quiser. Claro que eu devo influenciar muito, mas eu vou deixar ela seguir o caminho dela”.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Bolsonaro leva facada durante passeata em Juiz de Fora

Caso ocorreu na tarde de hoje (6/9).
06/09/2018, 16h29

O candidato a Presidência da República Jair Bolsonaro leva facada durante passeata em Juiz de Fora, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (6/9).

Por meio de imagens divulgadas nas redes sociais é possível ver que, em momentos antes ao atentado, o presidenciável aparece sendo carregado por apoiadores e rodeado de uma multidão na passeata. Em seguida o vídeo é interrompido logo após um tumulto, momento em que Bolsonaro é atingido na barriga por uma faca.

Confira nas imagens abaixo:

O autor do ataque foi preso, mas não teve a identificação relevada.

Bolsonaro foi encaminhado para a Santa Casa de Juiz de Fora e está sendo atendido neste momento.

Imagens: O Globo 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Filho de Bolsonaro tranquiliza apoiadores nas redes sociais: "foi apenas superficial e ele passa bem"

Bolsonaro levou uma facada durante passeata em Juiz de Fora, na tarde de hoje (6/9).
06/09/2018, 16h54

Flávio Bolsonaro, filho do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, tranquiliza apoiadores nas redes sociais sobre o estado de saúde do pai. De acordo coma postagem, o presidenciável está bem e o corte foi apenas “superficial”.

“Jair Bolsonaro sofreu um atentado agora em Juiz de Fora, uma estocada com faca na região do abdômen. Graças a Deus, foi apenas superficial e ele pesa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!”, diz Flávio em seu perfil no Twitter.

Confira:

Ataque a Bolsonaro

O presidenciável foi esfaqueado na tarde de hoje (6/9) durante uma passeata em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Por meio de imagens divulgadas nas redes sociais é possível ver que, em momentos antes ao atentado, o presidenciável aparece sendo carregado por apoiadores e rodeado de uma multidão na passeata. Em seguida o vídeo é interrompido logo após um tumulto, momento em que Bolsonaro é atingido na barriga por uma faca.

Veja o momento do ataque:

Jair Bolsonaro foi encaminhado à

Logo após o ataque, Bolsonaro foi retirado do local às pressas, em um carro da PF, e encaminhado à Santa Casa de Minas Gerais, onde recebe atendimento médico. O candidato será submetido a alguns exames para saber se houve algum dano aos órgãos internos, mas inicialmente precisou receber seis pontos na barriga.

Informações preliminares apontam que o autor do crime foi preso pela Polícia Militar mineira, mas não teve a identidade revelada. A PF vai instaurar investigação para apurar a agressão sofrida pelo candidato.

Via: O Globo 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Suspeito de esfaquear Jair Bolsonaro é preso em Juiz de Fora

Bolsonaro passa por exames médicos neste momento na Santa Casa de Minas Gerais.
06/09/2018, 17h35

Foi preso pela Polícia Federal (PF) o homem suspeito de esfaquear o candidato do PSL a Presidência, Jair Bolsonaro, na tarde desta quinta-feira (6/9) durante um ato público em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso em flagrante após sofrer uma tentativa de linchamento dos apoiadores do presidenciável, que presenciaram o atentado.

Veja nas imagens o momento em que a população segura o suspeito de dar a facada em Bolsonaro:

O homem foi levado para a delegacia da Polícia Federal em Minas Gerais, e confessou o crime, segundo informações da PF.

Estado de saúde de Jair Bolsonaro

Nas redes sociais, o Flávio Bolsonaro, filho do candidato, tranquilizou apoiadores sobre o estado de saúde do pai. De acordo com a postagem, o presidenciável está bem e o corte foi apenas “superficial”.

“Jair Bolsonaro sofreu um atentado agora em Juiz de Fora, uma estocada com faca na região do abdômen. Graças a Deus, foi apenas superficial e ele pesa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!”, escreveu Flávio em seu perfil no Twitter.

Bolsonaro foi encaminhado à Santa Casa de Minas Gerais, em um carro da PF, onde recebe atendimento médico. O candidato está sendo submetido a alguns exames para saber se houve algum dano aos órgãos internos, mas inicialmente precisou receber seis pontos na barriga.

De acordo com boletim médico, existe uma suspeita de lesão no fígado. Uma equipe de três médicos atendem o candidato.

Confira o momento em que o presidenciável é carregado após o ataque:

Ataque a Jair Bolsonaro

O candidato a Presidência da República Jair Bolsonaro leva facada durante passeata em Juiz de Fora, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (6/9).

Por meio de imagens divulgadas nas redes sociais é possível ver que, em momentos antes ao atentado, o presidenciável aparece sendo carregado por apoiadores e rodeado de uma multidão na passeata. Em seguida o vídeo é interrompido logo após um tumulto, momento em que Bolsonaro é atingido na barriga por uma faca.

Veja o momento em que Bolsonaro é esfaqueado:

Imagens: Mundo ao Minuto 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

O que fazer em Goiânia no feriado prolongado de 7 de setembro

Se não for viajar durante o feriado prolongado de 7 de setembro, fique sabendo que Goiânia ainda reserva bons eventos para você curtir durante estes dias!
06/09/2018, 17h35

Quando falamos em feriado prolongado, a primeira coisa que vem em mente é que seria uma excelente oportunidade para viajar. Mas, como já dizia o ditado: querer não é poder. Então, o que dá pra fazer nesses 3 dias de folga? Acredite, ficar em casa não é uma opção para este 7 de setembro.

O fim de semana na capital goiana promete e dispõe de um leque de possibilidades. Alguns eventos foram marcados justamente pensando no feriado e ainda dá tempo de você garantir seu ingresso e curtir! Dá uma olhada!

Confira o que fazer durante o feriado prolongado de 7 de setembro:

1 – Ir ao festival Vaca Amarela

O que fazer em Goiânia no feriado prolongado de 7 de setembro

Em sua 17ª edição, o Festival Vaca Amarela chega em Goiânia justamente no feriado de 7 de setembro, para a alegria do público. Considerado como um dos mais importantes eventos musicais do país, é marcado por abranger a diversidade cultural, trazendo para os palcos goianienses nomes do cenário nacional e internacional de música independente, navegando entre o rock, pop e MPB.

Este ano o evento promete profunda imersão sonora, trazendo o pop eletrônico da cantora carioca Letícia Novaes, com sua banda Letrux, e do também carioca Rubel, que arrancará suspiros do público com seu folk inspirado.

Data: 7/9 (sexta-feira)

Local: Centro Cultural Martim Cererê

Horário: Abertura dos portões às 16h

Valor do ingresso: Meia R$ 30 e inteira R$ 60

2 – Ir para a Conferência Internacional Radicais Livres

O que fazer em Goiânia no feriado prolongado de 7 de setembro

Também para animar o feriado prolongado de 7 de setembro, a Conferência Internacional Radicais Livres chega para mais uma edição em Goiânia. Com muitos louvores, cultos, palestras e atividades, o público poderá aproveitar os dois dias de evento, que começa na manhã dessa sexta (7/9) e vai até a noite do sábado (8/9).

Data: 7 e 8 de setembro (sexta e sábado)

Local: Ginásio Internacional Goiânia Arena

Ingressos: Venda na Secretaria da Igreja ou na bilheteria do evento

Horário: Sábado – abertura dos portões das 8h às 9h. Domingo – abertura das 14h às 14h10

3 – Participar da Mostra Goiana de Danças Urbanas

O que fazer em Goiânia no feriado prolongado de 7 de setembro

Com início hoje (6/9) e término no domingo (9/9), acontece em Goiânia a 3ª edição da Mostra Goiana de Danças Urbanas. Promovido pela Enjoy Cultura e com apoio da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), tem por objetivo valorizar as danças urbanas em nosso estado e também formar novos profissionais.

O espetáculo conta com entradas a R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Vale lembrar que aulos dos workshops que serão oferecidos também custam R$ 5,00 cada. Vale a pena conferir!

Datas: de 6 a 9 de setembro (de quinta a domingo)

Local: Teatro Madre Esperança Garrido

Inscrições/Ingressos: na portaria do Teatro Madre Esperança Garrido; na sede da Vibe 62 Urban Studio (rua Orestes Ribeiro, 60, setor Bueno) e no site da Enjoy Cultura (www.enjoycultura.com.br)

4 – Ir ao show do Henrique e Juliano (projeto A Casa)

O que fazer em Goiânia no feriado prolongado de 7 de setembro

Se aproximando do fim de sua segunda edição em Goiânia, o projeto “A Casa”, que é nada menos que o maior complexo de entretenimento de Goiás, traz para a cidade no dia 8 de setembro (sábado) a dupla sertaneja Henrique e Juliano. Então, se você está procurando algo para fazer durante o feriado prolongado, esta pode ser uma boa escolha.

Data: 8 de setembro (sábado)

Horário: 18h

Local: Próximo da Faculdade UNIP

5 – Ir ao último show do Matanza em Goiânia

O que fazer em Goiânia no feriado prolongado de 7 de setembro

Se o seu feriado prolongado já começa na noite de hoje (6/9), então temos aqui uma boa opção, principalmente se hardcore for algo que te interessa. Os cariocas do Matanza chegam ao palco do Bolshoi Pub para a sexta e última edição do Derradeiro Matanza Fest.

Não faz muito tempo que os fãs da banda foram surpreendidos com a notícia de que encerrariam suas atividades definitivamente, para ingressarem em projetos pessoais. Então, se você não quer ficar de fora desse show histórico, ainda dá tempo de aproveitar! Tem ingresso nos pontos de venda e na portaria.

Data: 6 de setembro (quinta)

Horário: 23h30

Local: Bolshoi Pub

Valor do ingresso: R$ 80 nos pontos de venda, até o dia 6. R$ 100 na portaria (sujeito a lotação)

6 – Assistir ao desfile cívico-militar de 7 de setembro

O que fazer em Goiânia no feriado prolongado de 7 de setembro

Segundo a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secut), já está tudo preparado para o desfile de 7 de setembro que acontecerá amanhã de manhã. Com local marcado para a Avenida Tocantins, no Setor Central, partirá da Praça Cívica e seguirá até a Rua 4.

O evento terá início cedo, logo às 8h45 da manhã, momento em que haverá o hasteamento das bandeiras. A execução do Hino Nacional ficará sob responsabilidade da Banda Juvenil de Goiânia. O desfile também contará com a apresentação de militares, incluindo do exército, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Metropolitana de Goiânia (GCM) e profissionais do SAMU. Também haverá apresentação de bandas de escolas estaduais. A previsão para o término do evento está marcada para 11h30.

Data: 7 de setembro (sexta)

Horário: 8h45

Local: Avenida Tocantins, no Setor Central

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.