Política

Advogado vai pedir soltura de homem que esfaqueou Bolsonaro

Agressor passa por audiência de custódia às 16h desta sexta-feira (7/9), em Juiz de Fora (MG).
07/09/2018, 14h54

O advogado responsável pela defesa de Adélio Bispo de Oliveira, preso após perfurar o candidato a presidente Jair Bolsonaro, Pedro Augusto Lima Possa deve pedir a substituição da prisão de seu cliente por liberdade com medida cautelar. Adélio passa por audiência de custódia às 16h desta sexta-feira (7/9), em Juiz de Fora (MG).

O agressor será ouvido pela  juíza de plantão Patricia Alencar Teixeira de Carvalho. A defesa informou que seu cliente confessou ter praticado o crime por discordar de Jair Bolsonaro em seus posicionamentos, muitos dos quais, acrescenta o advogado, preconceituosos contra gays, negros e mulheres.

“Na medida do possível” ele está tranquilo, informou Pedro Possa. “Não chegamos a falar de arrependimento “, acrescentou.

Por causa da enorme repercussão do caso, a audiência de custódia será fechada, principalmente para evitar agressões aos envolvidos.

O candidato Jair Bolsonaro foi transferido nesta manhã para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de passar por uma cirurgia para estabilizar hemorragia e lesões nos intestinos grosso e delgado na Santa Casa de Juiz de Fora.

Ainda não existe previsão para quando o candidato deverá receber alta.

View this post on Instagram

JAIR BOLSONARO É TRANSFERIDO PARA HOSPITAL DE SÃO PAULO Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, estava internado até a manhã desta sexta-feira (7/9) na Santa Casa de Juiz de Fora, para onde foi levado após ser esfaqueado durante uma passeata na cidade, na tarde de ontem, 6 de setembro. O candidato foi avaliado por uma equipe médica de São Paulo e está sendo tranferido neste momento para o Hospital Albert Einstein. O quadro de saúde de Bolsonoro segue estável e a transferência não apresenta riscos à saúde do deputado federal. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, Bolsonaro, ainda na Santa Casa, agradece o apoio e diz que “só quer agradecer a Deus por esse momento”. O presidenciável agradece ainda a equipe médica que o está acompanhando e a todo o Brasil. Imagens: Reprodução

A post shared by Dia Online (@portaldiaonline) on

Cirurgia de Jair Bolsonaro

Na tarde de ontem, na Santa Casa de Minas Gerais, Bolsonaro foi submetido a uma “laparotomia exploratória”, procedimento feito pelos médicos para  investigar possíveis lesões internas. Ele sofreu perfurações no intestino grosso e delgado, o que provocou uma hemorragia interna, controlada durante o procedimento. Segundo informações da Santa Casa, a lesão no fígado foi descartada.

Ataque a Jair Bolsonaro

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro levou uma facada durante passeata em Juiz de Fora, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (6/9).

Logo após o ocorrido, nas redes sociais, Flávio Bolsonaro, filho do candidato, tranquilizou apoiadores sobre o estado de saúde do pai. De acordo com a postagem, o presidenciável estava bem e o corte foi apenas “superficial”.

autor confesso do crime, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso em flagrante após sofrer uma tentativa de linchamento dos apoiadores do presidenciável, que presenciaram o atentado. O homem foi levado para a delegacia da Polícia Federal em Minas Gerais.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.