Entretenimento

Marília Mendonça lança clipe de música gravada na Praça Cívica

Show gratuito foi realizado no dia 30 de agosto.
07/09/2018, 12h58

A cantora Marília Mendonça anunciou nesta sexta-feira (7/9) o lançamento da música “Bem Pior Que Eu”, gravada em um show gratuito, no último dia 30, na Praça Cívica, em Goiânia.

O comunicado foi feito por meio das redes sociais da cantora. “Saaaaaaiu, corre e vem conferir #BemPiorQueEuYouTube.com/mariliamendoncareal”, escreveu Marília no perfil oficial no Instagram.

Assista ao clipe da música “Bem Pior Que Eu” gravado em Goiânia:

A gravação na Praça Cívica faz parte do novo projeto de Marília Mendonça, “Te Vejo Em Todos Os Cantos”. A cantora viajará por 27 capitais, onde gravará uma música inédita em shows abertos ao público para compor o álbum.

O show gratuito foi anunciado no dia 30 de agosto, também pela cantora nas redes sociais, marcando encontro com o fãs às 19h. “Hoje é no meu estado! meu Goiás que amo sendo representado também nesse novo projeto. 19 horas, na Praça Cívica, e o melhor… entrada: 10 kg de sofrencia não perecível ou um par de chifres (totalmente gratuita) kkk. To te esperando!”, comunicou.

“Te Vejo Em Todos Os Cantos”

O novo projeto de Marília Mendonça, intitulado “Te Vejo Em Todos Os Cantos”, deve ser gravado em 26 estados e no Distrito Federal.

Seis dias antes do show em Goiânia,  a cantora havia lançado o clipe do novo hit “Ciumeira”, que em menos de 12 horas alcançou 2 milhões de visualizações no YouTube.

Essa música também faz parte do projeto “Te Vejo Em Todos Os Cantos” e foi gravada na Praça do Relógio, na capital do Pará, Belém.

Assista o clipe de “Ciumeira”:

Já no dia de setembro, foi a vez de Palmas receber um show surpresa da cantora. A apresentação contou ainda com a participação da dupla sertaneja Henrique & Juliano. O show reuniu mais de 35 mil pessoas na Praça dos Girassóis em Palmas, Tocantins.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Advogado vai pedir soltura de homem que esfaqueou Bolsonaro

Agressor passa por audiência de custódia às 16h desta sexta-feira (7/9), em Juiz de Fora (MG).
07/09/2018, 14h54

O advogado responsável pela defesa de Adélio Bispo de Oliveira, preso após perfurar o candidato a presidente Jair Bolsonaro, Pedro Augusto Lima Possa deve pedir a substituição da prisão de seu cliente por liberdade com medida cautelar. Adélio passa por audiência de custódia às 16h desta sexta-feira (7/9), em Juiz de Fora (MG).

O agressor será ouvido pela  juíza de plantão Patricia Alencar Teixeira de Carvalho. A defesa informou que seu cliente confessou ter praticado o crime por discordar de Jair Bolsonaro em seus posicionamentos, muitos dos quais, acrescenta o advogado, preconceituosos contra gays, negros e mulheres.

“Na medida do possível” ele está tranquilo, informou Pedro Possa. “Não chegamos a falar de arrependimento “, acrescentou.

Por causa da enorme repercussão do caso, a audiência de custódia será fechada, principalmente para evitar agressões aos envolvidos.

O candidato Jair Bolsonaro foi transferido nesta manhã para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de passar por uma cirurgia para estabilizar hemorragia e lesões nos intestinos grosso e delgado na Santa Casa de Juiz de Fora.

Ainda não existe previsão para quando o candidato deverá receber alta.

View this post on Instagram

JAIR BOLSONARO É TRANSFERIDO PARA HOSPITAL DE SÃO PAULO Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, estava internado até a manhã desta sexta-feira (7/9) na Santa Casa de Juiz de Fora, para onde foi levado após ser esfaqueado durante uma passeata na cidade, na tarde de ontem, 6 de setembro. O candidato foi avaliado por uma equipe médica de São Paulo e está sendo tranferido neste momento para o Hospital Albert Einstein. O quadro de saúde de Bolsonoro segue estável e a transferência não apresenta riscos à saúde do deputado federal. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, Bolsonaro, ainda na Santa Casa, agradece o apoio e diz que “só quer agradecer a Deus por esse momento”. O presidenciável agradece ainda a equipe médica que o está acompanhando e a todo o Brasil. Imagens: Reprodução

A post shared by Dia Online (@portaldiaonline) on

Cirurgia de Jair Bolsonaro

Na tarde de ontem, na Santa Casa de Minas Gerais, Bolsonaro foi submetido a uma “laparotomia exploratória”, procedimento feito pelos médicos para  investigar possíveis lesões internas. Ele sofreu perfurações no intestino grosso e delgado, o que provocou uma hemorragia interna, controlada durante o procedimento. Segundo informações da Santa Casa, a lesão no fígado foi descartada.

Ataque a Jair Bolsonaro

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro levou uma facada durante passeata em Juiz de Fora, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (6/9).

Logo após o ocorrido, nas redes sociais, Flávio Bolsonaro, filho do candidato, tranquilizou apoiadores sobre o estado de saúde do pai. De acordo com a postagem, o presidenciável estava bem e o corte foi apenas “superficial”.

autor confesso do crime, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso em flagrante após sofrer uma tentativa de linchamento dos apoiadores do presidenciável, que presenciaram o atentado. O homem foi levado para a delegacia da Polícia Federal em Minas Gerais.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Morre aos 41anos o MC Naldinho, do polêmico funk "Um Tampinha não dói"

Pai de dez filhos, Naldinho estava internado há dois meses em um hospital em Itaboraí, contando com a ajuda financeira de amigos.
07/09/2018, 16h32

Morreu o MC Naldinho, aos 41 anos, na tarde de quinta-feira (6/9). O funkeiro Aguinaldo Timotio Alves, autor de um grande sucesso do início dos anos 2000, o hit “Um tapinha não dói”.

Bob Rum, empresário do cantor, divulgou a informação por meio do perfil no Facebook. Depois familiares se manifestaram, confirmando a morte do funkeiro.

Naldinho estava internado há dois meses em um hospital em Itaboraí, no interior do Estado do Rio, com problemas grave nos rins. O MC passava por sessões de hemodiálises e contava com a ajuda financeiras de amigos. Ele deixa dez filhos.

Treze anos depois de estourar nas paradas de sucesso, a música Um Tapinha no Dói continua a render polêmica. Acusada de ser um estímulo à violência contra a mulher, a composição fez com que o grupo Furacão 2000 fosse condenado a pagar uma multa de meio milhão de reais.

MC Naldinho e o luto

“Infelizmente nosso querido amigo Mc Naldinho (‘Um tapinha não dói’ e ‘Dança da motinha’, faleceu esta tarde. Descanse em paz meu amigo. Deus abençoe e conforte toda família”, postou Bob Rum na rede social.

Uma das filhas do cantor usou as redes sociais para falar da morte do pai. “Onde estiver, olha por mim. O meu amor não vai ter fim. Tudo que passou do meu lado, estará pra sempre marcado. Tudo que vem tem que ir, é a lei da vida, não é feita por mim. Descansa em paz, agora o senhor está em lugar melhor e mais feliz, sem dor e sofrimento. Está nos braços do Papai. Te amo pra sempre”, escreveu Karolyne Souza no Facebook.

No dia 17 de agosto, Naldo Benny fez um vídeo pedindo orações para MC Naldinho que já se encontrava internado em Itaboraí. “Com essa campanha de oração e força positiva vamos poder comemorar o retorno dele aos palcos em breve. Força, meu camarada.”

Onde estiver, olha por mim.O meu amor não vai ter fim. Tudo que passou do meu lado, estará pra sempre marcado…Tudo…

Posted by Karolyne Souza on Friday, September 7, 2018

Escute a música de sucesso do cantor.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Corpo de ator goiano é enterrado 45 dias depois de ser assassinado na África

Também professor, o ator morreu aos 41 anos no dia 22 de julho de 2018 quando estava morando, há oito anos, na Luanda, África.
07/09/2018, 18h03

O corpo de ator goiano foi enterrado no Cemitério Jardim da Paz, na Vila São Joaquim, em Aparecida de Goiânia na tarde desta sexta-feira (7/9).  Adélcio Candido de Jesus, conhecido também como Yaru Cândido, era professor e ator.

Ele morreu aos 41 anos no dia 22 de julho de 2018 quando estava morando, há oito anos, na Luanda, África. O corpo chegou em Goiânia na última quinta-feira (6/9).

Ele desapareceu após sair de uma festa. A família estranhou que o professor não dava notícias, já que ele diariamente ligava. Seu corpo foi encontrado dois dias depois de do desaparecimento.

Ator goiano foi morto a facadas

Desde que foi encontrado morto em seu apartamento, a familiares e amigos se esforçavam para conseguir trazê-lo de volta para um sepultamento com direito à despedida. O jovem teria sido morto por asfixia em um latrocínio – roubo seguido de morte. O carro dele teria sido roubado após sair da festa. A polícia angolana conseguiu prender dois suspeitos que o mataram a facadas.

Segundo o jornal local NJOnline, Wilton Adão da Silva Gonçalves, de 33 anos e Dario Augusto Silvestre, de 31, passaram a noite no apartamento.

Na época em que foi constada sua morte, amigos e familiares usaram as redes sociais para lamentarem o crime. “Entender os desígnios da vida não é nada fácil,pois perder um primo que era a alegria e auto-estima em pessoa para a maldade de um ser humano é inaceitável, Yaru como gostava de ser chamado marcou minha vida com sua garra e determinação em mostrar para todos ao seu redor que todos podemos ser o que sonhamos basta correr atrás é persistir e lutar e não desistir nunca,seu coração era enorme vai fazer muita falta,Que DEUS te receba e nos console pois vai ser difícil não poder te ver,estou arrasada pois até agora não consigo acreditar”, postou outra prima da vítima.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Rodovias goianas registram quatro mortes no início do feriado

Entre as vítimas está uma criança de 12 anos.
08/09/2018, 08h33

O primeiro dia do feriadão da Independência registrou quatro mortes por acidente de trânsito nas rodovias goianas. Entre as vítimas está uma criança de 12 anos. Na maioria dos casos, os acidentes foram causados por excesso de velocidade ou ultrapassagens proibidas.

A Operação Independência, deflagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Goiás, contabilizou nesta sexta-feira (7/9) três acidente graves com carros de passeio, que resultaram nas quatro mortes.

De acordo com a PRF, os acidentes ocorreram em rodovias goianas onde os trechos são de pista simples, e todos de colisão frontal, o que indica que os acidentes tenham sido causados por ultrapassagens proibidas ou indevidas.

O primeiro caso ocorreu na madrugada de sexta-feira na BR-364, próximo a Cachoeira Alta, região Sudoeste de Goiás. O carro saiu da pista, por motivo desconhecido, e com o impacto o motorista morreu.

Os outros dois acidentes ocorreram na BR-153, no trecho que liga Anápolis a divisa com o Tocantins. Nos dois casos, os carros bateram e frente, provocando a morte e outras três pessoas.

Alerta nas rodovias goianas

A PRF alerta os motoristas sobre a importância na conscientização nas estradas, principalmente durante o período do feriado.De acordo com a corporação, apesar de todas as recomendações e sinalização, muitos motoristas ainda dirigem de forma imprudente.

Para auxiliar na prevenção de acidentes, a PRF lançou na última quinta-feira (6/9) a Operação Independência, com o objetivo de reforçar o policiamento e a fiscalização em pontos estratégicos.

Entre as principais metas da operação estão: a redução dos índices de embriaguez ao volante, redução da alta velocidade empregada por alguns condutores através dos diversos radares colocados em pontos estratégicos, utilização do cinto de segurança e cadeirinhas para crianças e coibir as ultrapassagens proibidas ou indevidas.

Melhor horário para voltar de viagem

No período do feriado o tráfego nas rodovias goianas aumenta consideravelmente, momento em que a atenção precisa ser redobrada. E para auxiliar motoristas na volta para casa, a Triunfo Concebra indica que os condutores escolham um melhora horário com menos fluxo no trânsito.

Sendo assim, no domingo, fim do feriado prolongado, o horário ideal para colocar o pé na estrada é no período da manhã, até às 12h.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.