Esportes

Campeão do US Open, Djokovic sobe para 3º do ranking e já ameaça Nadal e Federer

10/09/2018, 10h35

Campeão do US Open, no domingo, o tenista sérvio Novak Djokovic segue ascendendo no ranking da ATP. Na lista atualizada nesta segunda-feira, ele subiu três posições e já aparece na terceira colocação, estando atrás somente do líder, o espanhol Rafael Nadal, e do vice-líder, o suíço Roger Federer.

Ao faturar o seu 14º título de Grand Slam, o sérvio chegou aos 6.445 pontos, a menos de 500 de Federer (6.900) e a pouco mais de 2 mil pontos de Nadal (8.760), que não defendeu o título conquistado no ano passado e sofreu um considerável desconto em sua soma.

A posição dos líderes poderá ser ameaçada nesta reta final da temporada. Isso porque Djokovic não tem pontos a defender. No ano passado, ele finalizou a sua temporada de forma precoce, logo após Wimbledon, em julho, em razão de problemas físicos. Assim, terá oportunidade para somar bons pontos nos Masters 1000 de Xangai e Paris e também no ATP Finals, além de outros torneios de nível ATP 500.

Até o fim do ano, Federer defende os títulos de Xangai e Basileia, além da semifinal do ATP Finals. Nadal, por sua vez, foi campeão em Pequim no ano passado, vice em Xangai e fez quartas de final em Paris. Para piorar, o espanhol está machucado – abandonou a semifinal do US Open por conta de dores no joelho direito – e pode perder Pequim e Xangai.

Será a oportunidade para Djokovic subir ainda mais no ranking. O ex-número 1 do mundo vem recuperando terreno na lista da ATP desde junho, quando chegou a figurar em 22º. Mas os títulos de Wimbledon e US Open deram forte impulso ao sérvio em busca da retomada do topo.

Ao subir para 3º, Djokovic desbancou Juan Martín del Potro para o quarto lugar. O argentino ocupava seu melhor posto da carreira, mas perdeu a posição ao ser derrotado pelo próprio sérvio na final do US Open por 3 sets a 0.

O alemão Alexander Zverev também perdeu uma colocação com a ascensão de Djokovic e caiu para o quinto lugar. Ao mesmo tempo, o croata Marin Cilic subiu para o sexto lugar. O búlgaro Grigor Dimitrov (7º) e o austríaco Dominic Thiem (8º) e também conquistaram uma posição cada. O sul-africano Kevin Anderson caiu quatro posições (9º) e o norte-americano John Isner subiu para o 10º posto

Outros destaques do ranking foram o japonês Kei Nishikori e o suíço Stan Wawrinka. O primeiro subiu sete posições e aparece em 12º lugar após alcançar a semifinal do US Open. Wawrinka, por sua vez, galgou 13 colocações e voltou ao Top 100, agora em 88º.

BRASILEIROS – Entre os tenistas nacionais, o destaque foi Thomaz Bellucci. O ex-número 1 do Brasil subiu nada menos que 37 posições e voltou ao Top 300. Depois de encerrar a parceria com o técnico André Sá, ele aparece em 274º após passar pelo qualifying e chegar à semifinal do Challenger de Gênova, na Itália, no fim de semana.

A sua frente, estão Thiago Monteiro (117º), Rogério Dutra Silva (149º) e Guilherme Clezar (207º). Os dois primeiros ganharam uma posição cada na lista. Clezar perdeu sete colocações e segue fora do Top 200.

Nas duplas, Marcelo Melo voltou ao Top 10 ao ser vice-campeão do US Open, ao lado do polonês Lukasz Kubot. Ele subiu oito posições na lista e figura agora em 6º lugar. Bruno Soares é o 12º colocado.

Confira a lista dos 20 primeiros colocados do ranking:

1.º – Rafael Nadal (ESP), 8.760 pontos

2.º – Roger Federer (SUI), 6.900

3.º – Novak Djokovic (SER), 6.445

4.º – Juan Martin del Potro (ARG), 5.980

5.º – Alexander Zverev (ALE), 4.890

6.º – Marin Cilic (CRO), 4.715

7.º – Grigor Dimitrov (BUL), 3.755

8.º – Dominic Thiem (AUT), 3.665

9.º – Kevin Anderson (AFS), 3.595

10.º – John Isner (EUA), 3.470

11.º – David Goffin (BEL), 3.435

12.º – Kei Nishikori (JAP), 2.475

13.º – Fabio Fognini (ITA), 2.225

14.º – Diego Schwartzman (ARG), 2.110

15.º – Stefanos Tsitsipas (GRE), 1.962

16.º – Kyle Edmund (ING), 1.855

17.º – Jack Sock (EUA), 1.850

18.º – Borna Coric (CRO), 1.825

19.º – Lucas Pouille (FRA), 1.825

20.º – Milos Raonic (CAN), 1.755

117.º – Thiago Monteiro (BRA), 469

149.º – Rogério Dutra Silva (BRA), 385

207.º – Guilherme Clezar (BRA), 269

274.º – Thomaz Bellucci (BRA), 190

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Quer começar a semana empregado? Confira as 251 oportunidades de emprego do Sine Goiânia nesta segunda

Há oportunidades para a ampla concorrência e vagas exclusivas para pessoas com deficiência.
10/09/2018, 11h14

Para quem deseja começar a semana empregado, há 251 oportunidades de emprego disponíveis no Sine Goiânia nesta segunda-feira (10/9). Há vagas para a ampla concorrência (202) e exclusivas para pessoas com deficiência (49).

Os interessados devem procurar o Sine Municipal entre 7h30 e 18h munidos de carteiras de Identidade e Trabalho, CPF e comprovante de endereço atualizado.

Após avaliação do perfil profissional do candidato, a equipe do Sine faz o encaixe com as exigências definidas para ocupação das vagas de emprego e encaminha a pessoa à empresa que cadastrou a oferta.

As vagas também estão disponíveis no aplicativo Sine Fácil. Por meio da ferramenta os usuários podem agendar entrevistas de emprego para as vagas disponíveis, caso o cadastro e currículo estejam devidamente atualizados. O aplicativo é gratuito.

Oportunidades de emprego do dia

  • Acabador de pedras 1
  • Açougueiro desossador 1
  • Açougueiro retalhista 1
  • Ajudante de estruturas metálicas 2
  • Ajudante de serralheiro 3
  • Alinhador de pneus 1
  • Alinhador de rodas 4
  • Analista contábil 1
  • Analista de custos 5
  • Analista de suporte de sistema 2
  • Apontador de produção 2
  • Arrumador no serviço doméstico 1
  • Assentador de vidros 1
  • Atendente de lanchonete 2
  • Auxiliar de cobrança 1
  • Auxiliar de jardinagem na conservação de vias permanentes 3
  • Borracheiro 4
  • Cabeleireiro 3
  • Caseiro 1
  • Colchoeiro (confecção de colchões) 5
  • Consultor imobiliário 30
  • Corretor de imóveis 15
  • Corretor de seguros 1
  • Costureira de máquina reta 3
  • Costureira de máquinas industriais 3
  • Cozinheiro geral 2
  • Desenhista de páginas da internet (web designer) 12
  • Eletricista 3
  • Eletricista de instalações 5
  • Eletricista de instalações de veículos automotores 1
  • Eletricista de instalações (veículos automotores e máquinas operatrizes, exceto aeronaves e embarcações) 1
  • Eletrotécnico 1
  • Encanador 4
  • Estoquista 2
  • Garçom 1
  • Instalador de som 1
  • Lavador de artefatos de tapeçaria 1
  • Limpador de vidros 2
  • Manicure 1
  • Mecânico de automóvel 2
  • Mecânico de manutenção de caminhão a diesel 3
  • Mecânico eletricista de diesel (veículos automotores) 1
  • Merendeiro 5
  • Montador 1
  • Montador de equipamentos elétricos 2
  • Motorista carreteiro 4
  • Nutricionista 5
  • Operador de acabamento (indústria gráfica) 1
  • Operador de extrusora de borracha e plástico 1
  • Operador de retroescavadeira 1
  • Operador eletromecânico 1
  • Orientador de tráfego para estacionamento 5
  • Passador de roupas 2
  • Pintor de alvenaria 2
  • Programador de computador 3
  • Serralheiro 4
  • Soldador 1
  • Soldador de veículos 3
  • Subgerente de oficina (assistência técnica) 2
  • Supervisor administrativo 1
  • Supervisor de montagem e instalação eletroeletrônica 1
  • Técnico eletrônico 1
  • Técnico em agrimensura 3
  • Técnico em programação de computador 2
  • Técnico mecânico (máquinas) 1
  • Torneiro mecânico 1
  • Vendedor pracista 9
  • Vidraceiro 1

Oportunidades de emprego exclusivas para pessoa com deficiência

  • Ajudante de carga e descarga de mercadoria 1
  • Arrumador de hotel 2
  • Atendente de lanchonete 2
  • Auxiliar administrativo 3
  • Auxiliar de almoxarifado 2
  • Auxiliar de limpeza 6
  • Auxiliar de linha de produção 4
  • Auxiliar de produção farmacêutica 1
  • Enfermeiro 1
  • Recepcionista 1
  • Servente de limpeza 4
  • Socorrista (exceto médicos e enfermeiros) 1
  • Telefonista 1
  • Vigilante 20

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Operação da Polícia Rodoviária no feriado termina com sete mortos e 50 feridos

Desde a última quinta-feira (6/9) até a meia-noite de domingo, sete óbitos foram registrados em quatro acidentes graves nas BR 050, 153 e 364, todos em trechos de pista simples.

Por Ton Paulo
10/09/2018, 11h46

A Operação Independência, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em todo o país, encerrou no Estado de Goiás com números preocupantes. A operação, que foi executada pelo contingente integral da PRF teve com objetivo fiscalizar e prevenir acidentes em razão do feriado, teve início na última quinta-feira (6/9) e finalizou ontem (9/9) com sete mortos e 50 feridos.

Desde a quinta-feira até a meia-noite de domingo, sete óbitos foram registrados em quatro acidentes graves nas BR 050, 153 e 364, todos em trechos de pista simples.

Foram, também, feitas apreensões de drogas e outros registros de ocorrências conforme postagens feitas na Agência PRF.

Veja os números da operação:

Pessoas fiscalizadas 1740

Veículos fiscalizados 1616

Acidentes 33

Pessoas Feridas 50

Pessoas Mortas 7

Pessoas ilesas 16

Autos de Infração 1144

Testes de Alcoolemia Realizados 1169

Alcoolemia (bafômetro) – autuações 44

Alcoolemia (bafômetro) – prisões 10

Cinto de Segurança – Condutor Sem 115

Cinto de Segurança – Passageiro Sem 66

Cadeirinha – crianças sem utilizar 19

Autuações por ultrapassagem 230

Excesso de velocidade 3109

A Operação Independência

Conforme a PRF, as ações da Operação Independência tiveram como metas principais:

– Redução dos índices de embriaguez ao volante

– Redução da alta velocidade empregada por alguns condutores através dos diversos radares colocados em pontos estratégicos

– Utilização do cinto de segurança e cadeirinhas para crianças

– Uso do capacete por ocupantes de motocicletas

– Coibir as ultrapassagens proibidas ou indevidas

Houve ainda restrição ao tráfego de veículos dotados de Autorização Especial de Trânsito – AET nas rodovias de pista simples.

Dados de 2017

De acordo com os dados da PRF, no feriado do 7 de setembro de 2017, foram fiscalizados 7.213 veículos e 5.654 pessoas do dia 6 a 10 de setembro.

Quanto aos acidentes no mesmo período, foram 39 acidentes, 38 pessoas feridas, quatro pessoas Mortas, 41 pessoas ilesas 41 e 4353 autos de infração.

O número de testes de alcoolemia realizado (bafômetro) foi de 1813, com 43 autuações.

Em casos de emergência, o cidadão deve entrar em contato com a PRF através do telefone de emergência 191.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Bebê chorava ao lado da mãe ensanguentada em Aparecida, diz conselheiro tutelar

Jovem de 21 anos levou dois tiros na cabeça com a criança no colo na tarde de domingo no Jardim Helvécia.
10/09/2018, 12h20

Maiane Silva de Souza, 21 anos, tinha uma passagem marcada para às 22h30 de domingo (9/9) para Lucas do Rio Verde, município de Mato Grosso, mas foi encontrada ensanguentada no início da tarde, atingida duas vezes na cabeça quando parecia fugir, com duas bolsas e o filho, um bebê de 1 anos e dez meses, no Jardim Helvécia, em Aparecida de Goiânia.

Quando chegou logo depois de Maiane ser levada ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel (Samu), o presidente do conselheiro tutelar de Aparecida de Goiânia, Iron Cordeiro, encontrou um bebê em choque. Uma testemunha viu a criança caindo ao chão abraçada com a mãe.

“Ele chorava muito, estava com sangue – tanto da mãe quanto dele mesmo. É que ele caiu e tinha estilhaços de bala pelo corpo”, conta ao Portal Dia Online. “Ainda identificamos um corte na cabeça do bebê”, complementa.

Ensanguentada, criança foi atingida

A criança foi levada para um abrigo. Lá, não conseguiu desgrudar de uma conselheira tutelar.

Internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hugo, o estado de saúde de Maiane é gravíssimo. Sedada e entubada, Maiane teria vindo do Pará a Goiás no dia 7 de agosto deste ano.  Segundo testemunhas, ela foi baleada por um homem que conduzia um carro e que se aproximou e disparou duas vezes, na região da cabeça.

De acordo com boletim médico divulgado pela assessoria do Hugo, Maiane foi operada por uma equipe de Neurocirurgia na noite de domingo.

A reportagem não encontrou o responsável pelo inquérito na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Aparecida de Goiânia (Deam). Policiais adiantaram, contudo, que um homem, que seria ex-companheiro da jovem, é o suspeito dos disparos. O caso engrossa as estatísticas de violência contra a mulher, já que passa ser investigado como mais uma tentativa de feminicido.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Veja 10 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

De museus a coretos, Goiânia possui várias construções e monumentos que, apesar de passarem despercebidos pela rotina e pela pressa dos goianienses, resistem de pé para contar a história da cidade.

Por Ton Paulo
10/09/2018, 13h06

Nascida na década de 1930 em meio a inúmeras transformações políticas no país, Goiânia – cujo “pai” pode ser considerado Pedro Ludovico Teixeira – transpira história e mudança por suas ruas. Em constante transformação e modernização, a capital de Goiás se desenvolve mas não deixa para trás suas raízes.

Goiânia, que hoje conta com mais de um milhão e trezentos mil habitantes, possui várias construções e monumentos que, apesar de passarem despercebidos pela rotina e pela pressa dos goianienses, resistem de pé para contar a história da cidade.

Veja agora 10 lugares históricos em Goiânia que estão aí para contar a história da cidade que se impõe no coração do Brasil

1 – Museu Zoroastro Artiaga

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

Criado em 1946, é o primeiro e mais antigo museu de Goiânia. Localizado na Praça Cívica, o prédio faz parte do acervo art déco da capital. Zoroastro foi o maior pesquisador de Goiás e reuniu documentos relacionados a cultura indígena e mineralogia do estado.

2 – Museu do relógio

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

Inaugurado em 1942 junto com o Batismo Cultural da cidade, o relógio foi projetado por Américo Vespúcio Pontes. Endereço: Avenida Goiás, ao lado do Coreto – Setor Central.

3 – Grande Hotel

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

Inaugurado no dia 23 de janeiro de 1937, o Grande Hotel de Goiânia foi a primeira grande obra construída durante o governo do interventor Pedro Ludovico Teixeira, recebia importantes hóspedes em suas visitas à capital. Atualmente, o prédio recebe eventos culturais. Faz parte do acervo de art déco da cidade. Endereço: Avenida Goiás, esquina com a rua 3, St. Central.

4 – Goiânia Palace Hotel

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

Fundado em 1953, o Goiânia Palace Hotel faz parte do acervo de Art Déco e recebe hóspedes até hoje. Endereço: Avenida Anhanguera, N5195, Centro.

5 – Colégio Lyceu de Goiânia

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

Colégio mais antigo de Goiânia, este ano faz 81 anos de existência na cidade. Ele foi construído inicialmente na Cidade de Goiás em 1846 (172 anos). Também faz parte do acervo de art déco da cidade.

6 – Hotel Dom Bosco

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

O hotel, que possui mais de 50 anos de história, entra para a lista do acervo de art déco de Goiânia. Endereço: Avenida Araguaia, N655, Setor Central.

7 – Teatro Goiânia

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

O Teatro Goiânia, inaugurado em 12 de junho de 1942, é o mais tradicional espaço cultural de Goiânia. Integra o conjunto arquitetônico Art decó do arquiteto Jorge Félix.  Além de sua importância histórica, o teatro, na atualidade, é um dos principais espaços de apresentação de dança, teatro e música erudita e popular da cidade, tendo sido declarado Patrimônio Nacional em 2003.

8 – Rua do Lazer

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

A Rua do Lazer (Rua 8), no Centro de Goiânia, foi fechada para o trânsito de veículos em 1977, dando lugar a um charmoso espaço, com ares franceses, e que já abrigava comércios populares e eventos políticos e culturais. A rua fica entre a Avenida Anhanguera e a Rua 3 do St. Central.

9 – Coreto da Praça Cívica

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

Inaugurado em 1942, o Coreto da Praça Cívica foi, e é, palco de várias manifestações políticas, artísticas e culturais. A obra voltou ao seu modelo arquitetônico original em 1978, quando foi necessário que a Prefeitura buscasse o pedreiro que havia participado da primeira construção para a revitalização.

10 – Museu Pedro Ludovico

Veja 15 lugares históricos em Goiânia que trazem memórias da capital

O casarão traz uma história da antiga casa do fundador de Goiânia, com acervo de móveis, roupas, livros e documentos originais. Endereço: Rua Gercina Borges Teixeira (Rua 26), Centro.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.