Goiás

Rotam prende grupo suspeito de roubo e receptação de veículos em Goiânia

Durante a ação, foram apreendidos três carros que haviam sido roubados esta semana na capital.
21/09/2018, 17h47

A Rotam prendeu na tarde desta sexta-feira (21/9) quatro suspeitos de roubo e receptação de veículos em Goiânia. Com o grupo, foram apreendidos três carros que haviam sido roubados esta semana na capital, além de duas armas de fogo, drogas, e objetos furtados de estabelecimentos comerciais.

Kaio Cézar Macedo Teixeira, de 18 anos, Wanderson Eustáquio Andrade Silva, de 20 anos, e Marcus Vinicius Moreira Gondim, de 27, foram presos durante patrulhamento da Polícia Militar na Avenida dos Alpes, Vila União, região Sudoeste de Goiânia. No momento da abordagem, eles estavam em um veículo de luxo que havia sido roubado ontem (20/9) na capital. Em seguida, os policiais seguiram até o local onde os presos confessaram guardar os produtos roubados. Na residência, Glaucia Teixeira de Morais também foi presa.

Por fim, o grupo criminoso indicou aos PMs uma casa no Residencial Eli Forte, onde outras pessoas estariam esperando para receber um dos carros roubados em Goiânia. Ao chegarem na casa, de acordo com a Rotam, João Victor Ferreira entrou em confronto com a Polícia. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A Rotam acionou equipes da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) e a Polícia Científica. De acordo com a PM, João, tinha passagens por receptação, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Ao todo, durante a ocorrência, foram apreendidos três veículos roubados, drogas como maconha e crack, munições e produtos roubados de estabelecimentos comerciais como notebooks e celulares. Os quatro presos, que já tinham diversas passagens por roubo, furto, receptação, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e lesão corporal, foram encaminhados para a Central Geral de Flagrantes de Goiânia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Força-tarefa apreende roupas, semijoias, produtos de beleza e drogas em Rio Verde

A ação foi realizada pelas Polícias Civil e Militar em parceria com o Corpo de Bombeiros e o Gabinete de Gestão Integrada Municipal.
21/09/2018, 18h46

Uma força-tarefa coordenada pela 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Rio Verde apreendeu drogas, roupas, semijoias e outros produtos furtados no município. Além das apreensões, quatro pessoas foram presas e foram cumpridos mandados de busca e apreensão. A ação foi realizada pelas Polícias Civil e Militar em parceria com o Corpo de Bombeiros e o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M).

De acordo com a delegada Taisa Antonello, responsável pela operação, as ações cumpridas em várias regiões da cidade, principalmente onde existe mais registro de pessoas assaltas em ponto de ônibus. Segundo o delegado Titular do Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri), Carlos Roberto Batista, também um dos coordenadores da força-tarefa, foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em residências de pessoas suspeitas de envolvimento com tráfico de drogas, furtos, e roubos.

Ao todo, quatro pessoas foram presas, e foram apreendidas porções de maconha e crack prontas para revenda, além de objetos furtados, como roupas novas e com etiquetas, dezenas de peças de semijoias, produtos de beleza e dinheiro em espécie.

Balanço da força-tarefa

Reginaldo da Silva foi preso no Residencial Veneza com porção de crack e cigarros de maconha. Já João Gabriel Sousa e Silva foi detido na Vila Serpró, com uma porção de maconha e algumas sacolinhas com resquícios da mesma droga, prontas para serem vendidas. O homem foi autuado por tráfico de drogas.

Segundo o balanço da força-tarefa divulgado pela Polícia Civil, Edinacir Divino da Silva Cardoso foi preso no Parque Betel em cumprimento a um mandado de prisão, mas o crime pelo qual deve responder não foi divulgado.

O quarto preso foi identificado como Lucas Zanatta e preso no Jardim Presidente. No hotel onde o homem estava hospedado foram encontrados diversos produtos furtados, como várias peças de roupas novas e com etiquetas, dezenas de peças de semijoias. Lucas tem furtos registrados em Mineiros, interior de Goiás. Os policiais apreenderam ainda um aparelho utilizado para impedir o acionamento de alarmes de veículos e travamento de portas

Já na casa de um menor, responsável por uma boca de fumo, a polícia apreendeu 20 tabletes de maconha, um revolver calibre 38 com seis munições, um simulacro de arma de fogo, R$ 2. 465 em espécie, quatro rodas de carro, uma balança de precisão, algumas pedras de crack e um caderno com anotações referentes à venda das drogas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Fernando Haddad cumpre agenda em Goiânia na próxima sexta-feira

O presidenciável deve participar de atos públicos nas ruas e reuniões juntamente com a candidata ao governo de Goiás, Kátia Maria.
21/09/2018, 19h40

Fernando Haddad, candidato à Presidência da República pelo PT, cumpre agenda de campanha em Goiânia na próxima sexta-feira (28/9). O presidenciável deve participar de atos públicos nas ruas e reuniões com a coligação em Goiás, juntamente com a candidata ao governo de Goiás, Kátia Maria. Já no fim de semana, dias 29 e 30, o PT organiza reuniões nos estados brasileiros.

Candidatura de Fernando Haddad

A oficialização da candidatura de Fernando Haddad ocorreu no dia 11 de setembro em substituição ao ex-presidente Lula, que está preso desde o dia 7 de abril deste ano na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Como candidata a vice o partido anunciou Manuela D’Ávila (PCdoB).

Lula havia sido confirmado como candidato à Presidência da República pelo PT no dia 15 de agosto, mas após ser contestada mais de dez vezes, foi impugnada, pois o ex-presidente está enquadrado na Lei da Ficha Limpa, além de ter condenação em segunda instância.

No dia 10 de setembro, véspera da oficialização da candidatura de Haddad, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em carta aberta, que Fernando Haddad é sua “voz” na eleição. A carta dizia ainda: “Minha voz é a voz de Fernando Haddad e de todos os companheiros em nossa jornada destemida para resgatar a dignidade nacional”.

Quem é Fernando Haddad

Fernando Haddad nasceu em São Paulo, no dia 25 de janeiro de 1963. Na Universidade de São Paulo (USP),  foi graduado em direito, mestre em economia e doutor em filosofia. Passou a ser professor na instituição em 1990. É filiado no PT desde 1983.

Foi ministro da Educação de 2015 a 2012 nos governos de Lula e Dilma Rousseff. Teve participação direta no desenvolvimento de projetos como o Programa Universidade para Todos (ProUni), o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Em 2012 foi candidato e elegeu-se prefeito da capital paulista. Em 2015, retomou a atividade docente na USP paralelamente ao exercício do mandato.Publicou diversos artigos acadêmicos e livros, entre eles “O Sistema Soviético” (1992) e “Em Defesa do Socialismo” (1998).

Imagens: Nossa Política 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Que tal encerrar a semana empregado? Confira 371 oportunidades

Do total de vagas, 21 são para a função de manicure e outras 214 oportunidades de ampla concorrência.
21/09/2018, 20h37

Fim de semana chegando e nada melhor que uns dias de tranquilidade, não é mesmo? Mas se você é o time que está em busca de uma colocação no mercado de trabalho, aproveite as 371 oportunidades ofertadas nesta sexta-feira (21/9) pelo Sine Goiânia e encerre a semana praticamente empregado. Do total de vagas, 21 são para a função de manicure e outras 214 oportunidades de ampla concorrência. Para as pessoas com deficiência (PCD), a unidade oferece 136 oportunidades, sendo 71 delas para vigilante.

Os interessados em alguma das ofertas podem procurar o Sine Municipal, localizado na Rua 4, esquina com a Rua 6, Edifício Parthenon Center, no Setor Central. O horário de funcionamento no local é das 7h30 às 18h e, durante esse período, os candidatos podem providenciar o preenchimento de solicitação e ainda apresentar as carteiras de Identidade e Trabalho, CPF e comprovante de endereço atualizado.

A prestação de serviços feita pela unidade da Prefeitura também está disponível no aplicativo Sine Fácil. A ferramenta é gratuita e o acesso garante aos usuários a possibilidade de agendar entrevistas de emprego para as vagas disponíveis, caso o cadastro e currículo estejam devidamente atualizados.

Veja as oportunidades para encerrar a semana empregado

  • Agente de vendas de serviços 1
  • Ajudante de obras 3
  • Alinhador de pneus 2
  • Analista de crédito (instituições financeiras) 1
  • Analista de custos 5
  • Analista de desenvolvimento de sistemas 1
  • Analista de pcp (programação e controle da produção) 1
  • Atendente de lanchonete 2
  • Auxiliar de estoque 6
  • Auxiliar de expedição 1
  • Auxiliar de logística 1
  • Auxiliar de marceneiro 1
  • Auxiliar de pessoal 1
  • Auxiliar de serigrafia 1
  • Auxiliar de vidraceiro 1
  • Borracheiro 7
  • Cabeleireiro 1
  • Cartazeiro 1
  • Caseiro 1
  • Cobrador externo 2
  • Consultor de vendas 15
  • Copeiro 1
  • Corretor de imóveis 3
  • Cortador de carne em matadouro 1
  • Costureira de máquina overloque 1
  • Costureira de máquina reta 4
  • Cozinheiro geral 1
  • Dedetizador 1
  • Desenhista de páginas da internet (web designer) 1
  • Desossador 3
  • Editor de TV e vídeo 1
  • Empregado doméstico arrumador 1
  • Fonoaudiólogo em audiologia 1
  • Garçom 5
  • Gerente de coordenação de marketing 1
  • Gerente de restaurante 1
  • Impressor de máquina ofsete 1
  • Impressor serigráfico 4
  • Instalador de som 1
  • Instalador fotovoltaico 2
  • Lanterneiro de automóveis (reparação) 1
  • Lavador de artefatos de tapeçaria 1
  • Limpador de piscinas 1
  • Manicure 21
  • Marceneiro 1
  • Mecânico de direção e freios de automóveis 1
  • Mecânico de manutenção de automóveis 3
  • Mecânico de manutenção de caminhão a diesel 6
  • Mecânicos de veículos automotores 1
  • Modelista de roupas 1
  • Montador de equipamentos elétricos 2
  • Montador de estruturas metálicas 4
  • Motofretista 3
  • Motorista carreteiro 3
  • Motorista de caminhão 9
  • Motorista de caminhão guincho pesado com munk 10
  • Motorista entregador 1
  • Motorista entregador 5
  • Operador de atendimento receptivo (telemarketing) 1
  • Operador de câmera de televisão 1
  • Operador de extrusora de borracha e plástico 1
  • Operador de pesagem de matéria-prima 1
  • Pintor de carros 2
  • Pintor industrial 1
  • Pizzaiolo 1
  • Porteiro 1
  • Professor de ensino fundamental de primeira a quarta séries 2
  • Professor de física (ensino superior) 1
  • Programador de computador 1
  • Projetista de móveis 2
  • Promotor de vendas 1
  • Recepcionista atendente 3
  • Repositor em supermercados 1
  • Representante comercial autônomo 6
  • Sacristão 1
  • Secretária(o) executiva(o) 1
  • Serralheiro 2
  • Soldador 2
  • Supervisor de vendas comercial 1
  • Técnico de enfermagem 1
  • Técnico em segurança do trabalho 1
  • Técnico mecânico (máquinas) 1
  • Torneiro mecânico 1
  • Vendedor de serviços 1
  • Vendedor interno 6
  • Vendedor pracista 28

Vagas exclusivas para PCD

  • Ajudante de carga e descarga de mercadoria 1
  • Arrumador de hotel 2
  • Atendente de lanchonete 2
  • Auxiliar administrativo 4
  • Auxiliar de almoxarifado 2
  • Auxiliar de limpeza 7
  • Auxiliar de pessoal 2
  • Auxiliar de produção farmacêutica 1
  • Chefe de serviço de limpeza 1
  • Enfermeiro 1
  • Estoquista 2
  • Operador de caixa 12
  • Porteiro 1
  • Recepcionista atendente 1
  • Repositor em supermercados 9
  • Servente de limpeza 11
  • Socorrista (exceto médicos e enfermeiros) 1
  • Telefonista 3
  • Vendedor pracista 2
  • Vigilante 71
Imagens: Doméstica Legal 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

MP manda prefeito de Carmo do Rio Verde vender caminhonete para pagar servidores

De acordo com o promotor que atua no caso, o prefeito teria adquirido uma caminhonete S10 para uso pessoal com dinheiro público, deixando os servidores municipais sem salário.

Por Ton Paulo
22/09/2018, 09h04

Uma recomendação expedida na última sexta-feira (21/9) pelo promotor de Justiça Marcos Alberto Rios, do Ministério Público, pede que o prefeito de Carmo do Rio Verde, Delson José dos Santos (PSDB), efetue o pagamento do salário dos servidores municipais, que já conta com atraso de dois meses. Para cumprir essa orientação, o promotor recomenda que o prefeito venda um veículo que teria sido adquirido de forma ilícita com dinheiro público.

O MP recebeu a denúncia de que, baseado em Lei Municipal, o administrador vendeu bens inservíveis ao município com o intuito de pagar o salário dos servidores, mas, depois da venda, o dinheiro não foi investido nesse propósito.

Nesse mesmo período, o prefeito, que já possuía um veículo particular, comprou uma caminhonete S10 no valor de R$ 114.800 reais levantando, então, a suspeita de ato de improbidade administrativa.

Diante disso, o promotor recomendou que, em um prazo de 10 dias, Delson José dos Santos venda o veículo e com o valor arrecadado pague os salários que estão em atraso.

Justiça determinou afastamento de prefeito de Carmo do Rio Verde em 2013 por envolvimento em esquema

Em 2013, a Justiça de Goiás afastou, por meio de liminares, três dos 12 prefeitos presos na Operação Tarja Preta, suspeitos de fraudar licitações para a compra de medicamentos e equipamentos hospitalares, entre eles Delson José.

De acordo com a investigação do Centro de Segurança Institucional de Inteligência (CSI), do MP-GO, em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), a base da organização criminosa era formada por seis empresas do ramo de medicamentos sediadas em Goiânia, que fizeram uma espécie de loteamento de licitações em todo o estado para a venda de produtos superfaturados.

De acordo com o coordenador do CSI, José Carlos Nere, as fraudes tiveram início na última eleição municipal, quando os prefeitos envolvidos foram aliciados pela quadrilha. Em troca do financiamento de campanha, os futuros administradores garantiam exclusividade as empresas para a venda de medicamentos nas cidades.

Depois de eleitos, esses prefeitos e demais envolvidos cumpriram o acordo e participavam das irregularidades, fraudando documentos para que a atividade tivesse a aparência de legalidade. Ainda segundo Nere, as empresas se dividiam entre elas, pois uma cobria a outra nas falsas licitações. A própria quadrilha montava o edital e já definia alguns critérios que restringiam as concorrentes que não eram do grupo. Com isso, vendiam da forma e com o preço que quisessem.

A reportagem do Dia Online tentou contato com a assessoria do prefeito, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

Via: MP-GO G1 
Imagens: Diário do Norte 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.