Goiás

Trio acusado de matar homem que, supostamente, estuprava um deles é preso em Goiânia

Um dos acusados do crime relatou à polícia que estaria sendo vítima de abuso sexual por parte da vítima há mais de um ano, além de sofrer ameaças dele.

Por Ton Paulo
12/10/2018, 13h03

Três jovens foram presos na última quinta-feira (11/10), acusados de matar a facadas e pedradas um homem que, supostamente, abusava sexualmente de um deles, em Goiânia. Um deles, que teria sido a vítima dos abusos, pediu ajuda a dois amigos para cometer o crime.

Através de investigação da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), foram presos ontem e apresentados hoje (12/10) Brunno Eduardo Rodrigues de Macedo, 18 anos, Isaque Vinícius de Jesus Souza, 19 anos, e José Alfredo Araújo França, 18 anos. Eles foram foram autuados em flagrante delito pela prática do homicídio qualificado do autônomo William Damasceno de Lima, 33 anos, assim como pela ocultação do cadáver da vitima.

De acordo com informações do delegado Hellyton Carvalho, responsável pelo caso, a um jornal local, o crime ocorreu no dia das eleições, 7 de outubro de 2018, por volta de 19h30. Ainda segundo a polícia, Brunno, Isaque e José Alfredo mataram Willian a facadas e pedradas, na Avenida Paranaguá, no setor Jardim Novo Mundo, em Goiânia. O corpo foi encontrado somente na quarta-feira (10/10).

O crime teria sido motivado pelo fato de William estar supostamente praticando abusos sexuais contra Brunno, situação que teria durado mais de um ano.

Brunno confessou que esfaqueou a vítima com a ajuda de dois amigos, Isaque e José Alfredo. O rapaz contou que os amigos imobilizaram a vítima para que ele desse os golpes de faca.

O acusado do crime ocorrido em Goiânia relata que era estuprado pela vítima do homicídio

Segundo informações do delegado Hellyton Carvalho à imprensa, Brunno relatou que estaria sendo vítima de estupro por parte da vítima. Bruno contou que Wlliam achava que ele fosse homossexual, e o estuprava há mais da um ano. Ele ainda conta que William o ameaçava, e ameaçava matar sua mãe caso o rapaz não fizesse sexo com ele.

O jovem disse ainda que levou o caso à polícia por medo das ameaças e também por constrangimento devido ao fato.

Como as ameaças não paravam, Brunno disse que decidiu contar sobre os abusos para os dois amigos e planejaram o assassinato.

Durante a apresentação do caso à imprensa, José Alfredo confirmou que apenas imobilizou a vítima. Isaque também disse que participou do crime dando pauladas em William.

A Polícia Civil chegou até os suspeitos após uma testemunha informar que viu o momento do crime e apontar o trio como autor do assassinato.

Agora, a polícia vai tentar confirmar a motivação do homicídio. “A história dele é um pouco inacreditável, porque vinha sofrendo esses abusos há mais de um ano, nunca denunciou e nem falou para ninguém. Também recebia presentes da vítima. Mas o inquérito ainda está aberto e toda essa versão será apurada”, disse o delegado Hellyton Carvalho à imprensa.

Via: G1 
Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Deputados com mais de 20 anos na câmara foram reeleitos

Dos 513 Deputados Federais eleitos nas eleições deste ano, apenas 240 conseguiram a reeleição.
12/10/2018, 15h22

O primeiro turno das eleições aconteceu no último dia (7/10), onde foram eleitos os Governadores, Senadores, Deputados Estaduais e Federais de cada Estado. Alguns foram eleitos para o cargo pela primeira vez, outros já não são tão novos assim, têm Deputado que esta a mais de 40 anos na casa.

Embora tenhamos uma grande renovação na câmara dos deputados depois do pleito deste ano. Existem pelo menos 11 deputados que conquistaram a sua reeleição e estão a mais de 20 anos na câmara dos deputados.

Miro Teixeira da Rede é o deputado com mais tempo na Câmara

Deputados com mais de 20 anos na câmara foram reeleitos
Foto: Veja

O mais velho da casa é o deputado Miro Teixeira do partido Rede do Rio de Janeiro, eleito 11 vezes para ocupar o cargo e ficando na câmara dos deputados por 44 anos. Ele saiu para concorrer a uma vaga no Senado Federal nas eleições deste ano, mas não conseguiu ser eleito e deixa o cargo em 2019.

Entre os deputados que estão a mais tempo na casa e já foram eleito pelo menos 7 vezes estão: o deputado Átila Lira do PSB do Piauí, Átila Lins do PP do Amazonas e Gonzaga Patriota do PSB de Pernambuco.

Além deles mais oito candidatos conquistaram a reeleição e vão para mais um mandato na câmara dos deputados, sendo eleitos em pelos menos seis oportunidades, entre eles estão: Jandira Fegalhi, Arlindo Chinaglia, Hermes Picianello, Claudio Cajado, Lauro Lopes, Ivan Valente, Eduardo Barbosa e José Rocha.

Os deputados reeleitos aprovaram a renovação pela qual a câmara vai passar, uma vez que dos 513 deputados eleitos para a legislatura nessas eleições apenas 240 conquistaram a reeleição, o que é menos da metade dos que compõe a casa.

Os partidos com o maior número de cadeiras serão o Partido dos Trabalhadores (PT) com 56 no total e o Partido Social Liberal (PSL) que teve o maior salto, saindo de um deputado para um total de 52 deputados na casa.

Imagens: G1 Veja 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Caixão cai de carro funerário no Tocantins e motorista segue viagem

O caso não é inusitado no Brasil, em Goiânia aconteceu em abril deste ano e em julho de 2016.
12/10/2018, 17h39

Séria Cômico, se não fosse trágico! Durante o caminho para levar o corpo de uma mulher para sepultamento, caixão cai de carro funerário na madrugada desta sexta-feira (12/10) na Avenida Filadélfia, em Araguaína, zona norte do Tocantins.

O incidente aconteceu depois do carro funerário passar por um quebra-molas e a porta traseira abrir, com isso o caixão caiu na avenida Filadélfia. O que chama a atenção é que o motorista do carro funerário não parou, seguindo viagem sem o caixão.

O fato foi registrado por testemunhas e por parentes da mulher que seguiam o comboio atrás do carro funerário. Pode até parecer brincadeira, mas, o fato foi confirmado pela Polícia Militar (PM) ao portal de notícias G1.

O nome da mulher que estava sendo transportada não foi informado. O corpo estava sendo levado de Araguaína para ser sepultado na cidade de Filadélfia que fica a 100 quilômetros de distância.

A publicação informou também que a PM foi chamada para auxiliar os familiares da mulher falecida, até a funerária mandar outro carro para fazer o translado do corpo. A polícia informou também que os familiares não registraram uma ocorrência.

O G1 informou que houve a tentativa de entrar em contato com a funerária, mas até o fechamento da matéria a funerária não respondeu as ligações.

Em Goiás

Está achando que isso não aconteceu por aqui também né? Então vamos lembrar do fato: No início de 2018, mais precisamente no mês de abril, durante o translado de um caixão, o carro funerário deixou a urna funerária cair na Rua 9 esquina com a Avenida D, indo parar na calçada.

Calma, está não foi a primeira vez que um carro funerário deixou um caixão cair em uma avenida movimentada em Goiânia. Em julho de 2016 ao passar pela Avenida Castelo Branco em um cruzamento com a Marginal Cascavel, na região de Campinas, um caixão também caiu durante o translado até o sepultamento.

Via: G1 
Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Caminhonete capota na BR-060 próximo a Alexânia e deixa três feridos

As vítimas foram resgatadas e dois foram encaminhados para Alexânia, não há informações sobre o terceiro ferido até o momento.
12/10/2018, 17h48

Uma caminhonete capotou no início da tarde desta sexta-feira (12/10) na BR-060 no km 40 entre as cidades de Rio Verde e Alexânia, no Entorno do Distrito Federal (DF), deixando três pessoas feridas.

As informações foram confirmadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) que informou ao Portal Dia Online que duas vítimas em estado grave foram encaminhadas para a cidade de Alexânia e a outra vítima foi levada para o Hospital de Anápolis pela concessionária Triunfo/Concebra.

A PRF confirmou também que o Helicóptero do Corpo de Bombeiros de Alexânia esteve no local, mas não fez o transporte de nenhuma das vítimas.

Durante o acidente a pista foi parcialmente interditada para o atendimento das vítimas e houve congestionamento de 4,5 quilômetros. A pista foi liberada totalmente a partir das 15h20.

O nome das vítimas não foi divulgado pela PRF. Ao todo durante o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida,  já foram contabilizadas pelo menos 4 mortes provocadas por acidentes.

Operação Nossa Senhora Aparecida

A operação, realizada pela PRF começou ontem (11/10) e tem o objetivo de intensificar as ações de fiscalização nas estradas federais de todo o Estado de Goiás durante o feriado.

De acordo com a PRF, o feriado irá refletir no aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais. Além da preocupação em garantir a segurança, conforto e fluidez do trânsito, a PRF está empenhada em reduzir 50% do número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito.

Entre as principais infrações flagradas pela PRF estão o excesso de velocidade, a ultrapassagem em local proibido e o não uso do cinto de segurança. O mau estado de conservação do veículo e a falta de documento obrigatório ou documentação vencida também entram nas infrações recorrentes em períodos de feriados prolongados.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suposta troca de tiros entre policiais e ladrões termina com dois mortos em Luziânia

Dois suspeitos que estavam na caminhonete morreram e um conseguiu fugir durante a ação policial.
13/10/2018, 09h37

A Polícia Militar (PM) através das equipes das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM) conseguiram tirar mais dois ladrões das ruas, depois de uma suposta troca de tiros, na DF-180, próximo a cidade de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, na noite da última sexta-feira (12/10).

A PM disse ao Portal Dia Online que os policiais da ROTAM viram um veículo do modelo Ford Ranger branco, que tinha registro de roubo e ao abordar os suspeitos, o motorista da caminhonete fugiu em alta velocidade, dando início a perseguição.

Motorista perdeu controle e deu início a troca de tiros

Durante o acompanhamento o condutor da caminhonete perdeu o controle do veículo que capotou. Os suspeitos desceram carro e tentaram fugir a pé pela mata, efetuando disparos contra os policiais envolvidos na ocorrência.

Suposta troca de tiros entre policiais e ladrões termina com dois mortos em Luziânia
Foto: Divulgação/ROTAM

A PM informou que os policiais revidaram a agressão e que na mata a troca de tiros continuou, com dois dos suspeitos sendo baleados, que não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Segundo as informações fornecidas pela polícia, o terceiro suspeito de integrar o bando conseguiu fugir.

Além de recuperar veículo roubado, que foi subtraído do dono na última quarta-feira (10/10) em Goiânia. A polícia apreendeu com os suspeitos uma pistola Tauros PT 24/7 e uma .40 que pertencem a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), com duas munições intactas e um revólver de calibre 38, com seis munições, com três delas intactas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.