Saúde

Outubro Rosa Pet: saiba como prevenir e identificar o câncer de mama nos animais

Amor e cuidado!
24/10/2018, 08h23

A campanha Outubro Rosa, que ocorre todo mês de outubro e tem como objetivo conscientizar sobre a prevenção do câncer de mama, está chegando ao fim. Mas nunca é tarde para alertar sobre os cuidados a serem tomados também com os animais. De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), cerca de 45% das cadelas e 30% das gatas desenvolvem algum tipo tumor, sendo 85% deles malignos.

O risco entre os felinos é ainda maior do que nos cães, pois a incidência de tumores malignos nas gatas é de 80% a 90%, já nas cadelas, de 50% a 60%. Mas você sabe o que pode salvar o bichinho? O diagnóstico precoce. Quanto mais cedo o problema for detectado, mais fácil é o tratamento.

Como prevenir o câncer de mama nos pets

Segundo o CFMV, fatores relacionados à idade, tratamento com progestágenos, obesidade nos primeiros anos de vida e dieta baseada em comida caseira, são apontados como principais razões para a crescente incidência deste tipo de doença.

Uma das formas mais eficazes de prevenir o câncer, e recomendada pelos veterinários, é a castração do animal, que deve ser feita ainda nos primeiros meses, antes do primeiro cio. Mesmo se tratando de um procedimento cirúrgico, o método é eficaz e causa menos danos às fêmeas do que uso de contraceptivos.

Atualmente, cerca de 17% dos diagnósticos, principalmente em cadelas, são realizados de forma tardia, o que reduz as chances de cura. Durante o processo de diagnóstico, a atenção do dono é essencial. Para isso, basta fazer, regularmente, apalpação nas mamas para verificar qualquer alteração, além de observar o aparecimento de lesões. Caso observe mudanças significativas, o animalzinho deve ser levado médico veterinário para as providências necessárias.

Tratamento contra o câncer de mama

No Brasil, já existem diversos tipos de tratamento contra o câncer de mama. Caso o animal seja identificado com a doença, o mais indicado é a cirurgia para a retirada dos tumores ou das mamas. Em casos mais extremos, além do procedimento cirúrgico, o bichinho pode passar por sessões de quimioterapia antineoplásica.

Imagens: E+ Estadão 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Refis de Aparecida de Goiânia oferece até 90% de desconto na regularização de impostos

Negociação começa dia 1º e segue até 17 de novembro.
24/10/2018, 09h03

O programa de Recuperação Fiscal 2018 (Refis) da Prefeitura de Aparecida de Goiânia oferece aos contribuintes e empresas inadimplentes condições especiais para a regularização de impostos e tributos. As dívidas, tanto de Pessoas físicas quanto jurídicas, podem ser pagas à vista ou parceladas, mas em caso de pagamento à vista, o contribuinte pode receber descontos de até 90%. A ação ocorre de 1º a 17 de novembro. Para participar, é necessário procurar uma das sete unidades do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) ou os postos de atendimento nos Vapt Vupts.

De acordo com o decreto 289, o desconto de 90% será aplicado sobre juros e multas para quitação à vista, até o dia 4 de dezembro, de Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Territorial Urbano (ITU), Imposto Sobre Serviço (ISS) e outras taxas. O Refis prevê ainda redução de 60% para multas formais decorrentes de infrações ambientais, consumeristas, obras e edificações, posturas, tributárias e vigilância sanitária também à vista.

Descontos para parcelamento no Refis

Segundo a Prefeitura de Aparecida, quem optar pelo pagamento parcelado de ITBI, IPTU, ITU e ISS também terá redução sobre juros e multas. Já quem dividir os débitos em até seis vezes, terá 70% de desconto. Em caso de pagamentos divididos de sete a 12 vezes, o desconto será de 60% e para quitação de multas formais, os percentuais serão de 50 e 40%, respectivamente.

Para as empresas que estão inadimplentes, a negociação de ISS em até 36 vezes gera desconto de 60% sobre juros e multa moratória. Mas para tanto, a parcela mínima deve corresponder ao valor do referido tributo vencido no mês da adesão ao Programa de Recuperação Fiscal.

Como participar do Refis 2018

Podem aderir ao Refis 2018 pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, inclusive aquelas que se encontrarem em recuperação judicial. O atendimento será feito nas unidades dos SAC’s, de segunda a sexta-feira das 8h às 17h30, nos Vapt Vupt’s Buriti, das 8h às 20h, e no Araguaia Shopping, das 8h às 19h30.

O decreto que estabelece o Refis 2018 esclarece que os débitos fiscais parcelados, quando não pagos na forma e na data dos respectivos vencimentos, serão acrescidos de juros de mora e multa, nos termos do Código Tributário Municipal.

Locais de atendimento para adesão ao Refis 2018

SAC Centro

  • Rua João Batista de Toledo nº 16 – Centro de Aparecida – Telefone: 3545-5828 / 3545-5829
  • Horário de Atendimento: 8h às 17h30

SAC Garavelo

  • Av. Igualdade s/nº Praça da Igualdade – Setor Garavelo – Telefone: 3545-6032
  • Horário de Atendimento: 8h às 17h30

SAC Mansões Paraíso

  • Rua J-6 Q.76 lt.22 – sala 26 – Mansões Paraiso – Telefone: 3545-6086
  • Horário de Atendimento: 8h às 17h30

SAC Polo Empresarial

  • Rua 01 esquina c/eixo primário Qd. 3 Lt 13 e 14  – Polo Empresarial – Telefone: 3545-9191
  • Horário de Atendimento: 8h às 17h30

SAC Parque Flamboyant

  • Praça céus – Parque Flamboyant – Telefone: 3545-4700
  • Horário de Atendimento: 8h às 17h30

SAC Cidade Livre

  • Av. Independência Qd. 2 Lt. 3 – Cidade Livre – Telefone: 3283-8076
  • Horário de Atendimento: 8h às 17h30

SAC Vila Brasília

  • Rua Fortaleza Qd. 48 Lt. 10 – Jardim das Esmeraldas – Telefone: 3545-5802
  • Horário de Atendimento: 8h às 17h30

Vapt Vupt Admar Otto – Buriti Shopping

  • Av. Rio Verde quadras 102 lote A– Vila São Tomás – Telefone: 3545-5840
  • Horário de Atendimento: 8h às 20h

Vapt Vupt  Araguaia Shopping

  • Rua 44 nº 399 Setor Ferroviário – Telefone: 3225-5559
  • Horário de Atendimento: 8h às 19h30
Imagens: Revista Zap 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Goiânia comemora 85 anos com tradicional desfile cívico-militar, atividades de lazer e show nas águas

Confira as atrações do dia e programe-se!
24/10/2018, 09h58

Hoje, 24 de outubro, Goiânia comemora seus 85 anos de fundação! E para celebrar em grande estilo, a cidade promove o tradicional desfile cívico-militar, que ocorre na Avenida 24 d outubro, no Setor Campinas; atividades de lazer e de gastronomia; entrega de prêmios de concurso de redação e inédito espetáculo Show nas Águas, no Parque Vaca Brava. Todas as atividades são gratuitas!

Goiânia, 85 anos: programação de aniversário

A primeira atração, que começou por volta das 8h, na Avenida 24 d outubro, é o desfile cívico-militar que este ano conta também com a banda do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, pertencente ao 7º Distrito Nacional. A estimativa de público é de 10 mil pessoas e o evento deve durar cerca de oito horas.

Também na manhã desta quarta-feira (24/10), o público pode participar, a partir das 9h, do “Goiânia Pulsa”, na Praça do Sol. O evento é organizado pela Agência Municipal de Turismo Eventos e Lazer (Agetul) e conta com apresentações artísticas, brinquedos, jogos, gastronomia muita e diversão.

Às 16h30 a banda do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília se apresenta novamente, mas dessa vez, na Praça Tamandaré, no Setor Oeste, onde ocorre a entrega da revitalização do busto de Joaquim Marques Lisboa, o Almirante Tamandaré.

Logo mais, às 18h, ainda na Praça Tamandaré, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) juntamente com a Marinha do Brasil, entregam a premiação dos vencedores do concurso de redação “Almirante Tamandaré”.

Este ano, o encerramento da festa será feito com a abertura do espetáculo inédito Show nas Águas, no Parque Vaca Brava. A ação é uma parceria da Prefeitura com o Goiânia Shopping, e se trata de projeções de vídeos numa tela d´água de 162 m², acompanhadas de efeitos musicais.

Serão quatro sessões (19h; 19h30; 20h e 20h30), cada uma com duração de 15 minutos, as animações contarão a história de Goiânia, com pontos importantes, como a gastronomia, cultura e claro, o povo goiano. A abertura deve começar às 18h30, com show da Banda de Música do Comando de Operações Especiais do Exército.

Imagens: I ❤ Trip 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Caminhoneiros de Goiás falam em bloquear estradas para exigir piso mínimo do frete

Movimento prevê bloqueio nas estradas do Estado na próxima segunda-feira (29/10).
24/10/2018, 11h57

Irritados com o descumprimento da tabela do piso mínimo do frete e o que entendem ser uma falha da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em fiscalizar a medida, caminhoneiros de Goiás estão se mobilizando para bloquear as estradas do Estado na próxima segunda-feira, 29, para fazer uma fiscalização informal.

“Vamos bloquear a pista, as entradas das fábricas. Todos os caminhões que estiverem carregados abaixo do piso mínimo vai (sic) ter de voltar para a transportadora. Só sai de Catalão dentro do piso mínimo”, diz Wallace Landim, o Chorão, uma das lideranças da categoria. Assim, o bloqueio deverá atingir as cargas que vêm do Sul do País através de São Paulo.

O movimento não deve atingir São Paulo, segundo informou presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens (Sindicam) de São Paulo, Norival de Almeida Silva, o “Preto”.

Porém, os bloqueios podem não ficar limitados a Goiás. Em Santa Catarina, a categoria deve se reunir para decidir se adere ou não ao movimento, segundo informou o autônomo Alexandre Fróes, que atua no porto de Itajaí. “A movimentação está em todos os Estados”, informou.

Além da mobilização do dia 29, há uma paralisação sendo convocada para o dia 10 de novembro. “Precisamos fazer valer a lei”, disse o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Ponta Grossa (PR), Neori “Tigrão” Leobet. “‘Tamo’ juntos.”

Iniciativa dos caminhoneiros de Goiás

Dentro da própria categoria há quem coloque em dúvida a efetividade da iniciativa dos caminhoneiros de Goiás. “A ideia é ótima, mas a execução é muito complicada”, avaliou o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac) de Ijuí (RS), Carlos Alberto Litti Dahmer. “Se existe a lei e a penalidade e o caminhoneiro se sente acuado para cobrar seu direito, não acredito que vá enfrentar a transportadora de cara limpa.”

Uma queixa recorrente dos caminhoneiros é essa: as transportadoras estão pagando frete abaixo do piso mínimo estabelecido nas tabelas da ANTT. Se o caminhoneiro não aceita, ele entra para uma espécie de “lista negra” e não é mais contratado. Assim, eles se sentem impedidos de exigir seus direitos. Por isso, cobram uma ação mais contundente da ANTT.

A agência, porém, ainda está elaborando uma versão completa das tabelas de piso mínimo do frete e o regulamento com as penalidades para o descumprimento delas. Nada disso está pronto.

Existe uma tabela em vigor, feita às pressas para encerrar a paralisação, mas os próprios caminhoneiros reconhecem que ela contém erros. Por exemplo, cobrar mais barato para transportar uma carga perigosa do que uma carga comum. A ANTT também tem feito fiscalizações, mas ainda não aplica penas.

A demora causa impaciência. “Eu não acho justo parar um país para fazer uma agência de governo funcionar, mas é isso que pode acontecer”, disse Chorão.

Prazos e ritos

A agência informa que tem trabalhado na maior rapidez possível. No entanto, não pode atropelar prazos e ritos, para não prejudicar a solidez jurídica das normas que está elaborando.

No momento, a agência ainda colhe sugestões para elaborar as penalidades pelo descumprimento da tabela.

O prazo para apresentação de propostas acaba no dia 9 de novembro. Depois disso, elas ainda precisarão ser consolidadas para só então ser elaborada a norma.

É por causa desse prazo do dia 9 que algumas lideranças chamam uma paralisação para o dia 10. Mas a ideia divide a categoria. “Preto”, por exemplo, não pretende mobilizar a base paulista para esse movimento tampouco.

“Eu não vou tomar uma decisão antes de falar com o presidente eleito”, informou “Chorão”. Ele já conversou com o candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), o general Hamilton Mourão, para pedir uma audiência com aquele que acredita que será eleito no próximo domingo.

Outras lideranças também esperam dialogar com o presidente eleito ainda este ano, na expectativa de obter dele algum compromisso de apoio à categoria. O próprio Supremo Tribunal Federal (STF), que analisa a constitucionalidade de o governo elaborar tabelas com preços mínimos do frete, também aguarda o resultado das urnas.

Entre as medidas adotadas para encerrar a greve, está o subsídio destinado a garantir um desconto de R$ 0,30 por litro de diesel.

Essa medida acaba no dia 31 de dezembro próximo. Porém, não é algo que mobilize os caminhoneiros, porque as regras para o cálculo da tabela dos preços mínimos do frete contemplam o repasse das variações de preço do combustível.

No entendimento deles, se a tabela for mantida e for cumprida, o subsídio não é necessário.

Imagens: DOL 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Açougue faz promoção para eleitores de Bolsonaro e é notificado

Depois de receber a notificação, foi publicado no perfil do estabelecimento uma lamentação do dono do local.
24/10/2018, 14h55

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) orientou que  o proprietário de um açougue interrompesse promoção para eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) que fossem ao estabelecimento com adesivo da campanha do candidato.

Uma postagem foi feita chamando os clientes, mas fiscais do TRE acionaram o local, proibindo a promoção nesta quarta-feira (24/10). Depois de receber a notificação, foi publicado no perfil do estabelecimento uma lamentação do dono do local.

Na intimação, o Tribunal Regional Eleitoral orienta que o dono do frigorífico interrompa imediatamente a venda do produto. No post da conta no Instagram, o proprietário do açougue escreve: “Depois de um dia de muito trabalho olha a recompensa que acabei de receber”.

Açougue que fez campanha irregular para Bolsonaro conta com mais de 150 mil seguidores

A pagina conta com 156 mil seguidores e muitos deles reagiram à reclamação do proprietário do açougue. “O comércio é sei, a carne é sua, faça o que vc quiser, é o fim”, escreveu um seguidor. “Faz coisa errada e vem dar um de vítima!”, retrucou outro. “Tá errada sim.. burro e quem não aproveitou essa ótima promoção.”

Na decisão do TRE, no Procedimento Administrativo por Propaganda Política, o estabelecimento foi denunciado por meio de, fotos do estabelecimento comercial “oferecendo vantagens indevidas a eleitores do candidato a presidente Jair Messias Bolsonaro”.

O documento diz, ainda, que o “ato” de campanha vai contra a Lei 9504/97, em que diz que é “proibido na campanha eleitoral a confecção, utilização, distribuição por comitê, candidato, ou com sua autorização, de camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor.”

Jair Messias Bolsonaro concorre a presidência da república contra o candidato Fernando Haddad (PT). A eleição será no próximo domingo, dia 28 de outubro.

Na Legislação:

“A veiculação de propaganda em desacordo com o disposto no caput deste artigo sujeita o responsável, após a notificação e comprovação, à restauração do bem e, caso não cumprida no prazo, a multa no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) a R$ 8.000,00 (oito mil reais).” (Art. 37, § 1º da Lei 9.504/97) (grifo nosso)

https://www.instagram.com/p/BpTGRsTHV6w/?taken-by=frigorifico_goias

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.