Entretenimento

A primeira série de TV de Julia Roberts

02/11/2018, 07h08

Julia Roberts é a mais nova estrela de Hollywood a se bandear para a tela pequena. O responsável pelo feito é Sam Esmail, o criador de Mr. Robot, que leva para a Amazon Prime Video o mesmo clima de paranoia em Homecoming, que entra no ar nesta sexta-feira, 2. “Fiz porque era o Sam Esmail”, resumiu a atriz, em entrevista em Los Angeles. Mas ela já era fã do podcast criado por Eli Horowitz e Micah Bloomberg, em que a série se baseia. “Os dois escreveram uma história de mistério clássica que também é um conto moral moderno”, disse Roberts. “E esse material nas mãos talentosas e estilosas de Sam parecia um lugar seguro para estar.”

Seu único pedido foi que Esmail dirigisse todos os dez episódios de cerca de meia hora cada – na televisão, é comum utilizar mais de um diretor. “Ter uma pessoa a cada semana tentando entender meu cérebro seria injusto com a sociedade”, disse a atriz, em tom de brincadeira. Para Esmail, foi perfeito. “Eu também prefiro dirigir tudo.” Mas ele evitou usar o clichê de que foi como rodar um filme. “Temos episódios bem definidos, com créditos no começo e no fim.” Roberts confessou que foi um desafio mental diário. “Eu amei. Muitas vezes foi o combustível: quantas cenas vamos conseguir roda amanhã?”

Em Homecoming, Julia Roberts interpreta Heidi Bergman, que trabalha numa empresa que acompanha soldados recém-chegados de zonas de combate tentando se readaptar à sociedade – um grande problema na sociedade americana. São rapazes como Walter Cruz (Stephan James, protagonista de Se a Rua Beale Falasse, o novo filme de Barry Jenkins, ganhador do Oscar por Moonlight – Sob a Luz do Luar). Mas logo dá para perceber que há algo sombrio no ar.

Colin (Bobby Cannavale), o chefe de Heidi, a pressiona para conseguir as informações e fala de medicação. Também encontramos Heidi no futuro, trabalhando como garçonete numa lanchonete sem glamour. “Me interessou muito discutir o trauma”, disse Esmail. “Há duas reações: você tenta apagar ou enfrentar. Acho que é isso o que a série pergunta: se houver como apagar o trauma, isso cura ou é pior? No caso de Heidi, que está no papel de terapeuta, qual sua obrigação moral: esconder ou confrontar?”

Como em Mr. Robot, as grandes corporações estão no centro da conspiração.

“A arte é um sinal de seu tempo”, disse Esmail. “E eu acredito que há algo no ar sobre a ganância das empresas, especialmente desde o colapso financeiro de 2008, do qual ainda estamos nos recuperando. Quantos responsáveis pela crise foram presos? Dá para contar numa mão. Não quero dizer que todas as empresas são vilãs, mas há uma falta de confiança no momento no capitalismo em geral e em grandes corporações especificamente.”

Visualmente, Esmail também imprime sua marca. “Não queria simplesmente adaptar o podcast, mas encontrar uma maneira de contar visualmente sem ser redundante. No podcast, em muitos momentos, como estamos contando algo que foi no passado, a tensão se perde. E na televisão podemos estar com os personagens nessa jornada. Então havia mais oportunidades de suspense. O podcast tinha essa homenagem a Hitchcock, era uma oportunidade divertida de usar o tom, a música.” Brian De Palma, seguidor de Hitchcock, também foi uma inspiração. Quando Heidi está no futuro, o formato de tela muda, ficando quadrado. “Ela não vê o panorama completo. Está encaixotada como personagem. Conforme ela descobre mais, isso muda.”

Apesar de Homecoming marcar a estreia de Julia Roberts numa série de televisão – ela tinha feito o filme The Normal Heart para a HBO -, a atriz não pensou muito no assunto. “Nem passou pela minha cabeça o aspecto tela grande-tela pequena. Minha televisão é bem grande”, disse a atriz, com um sorriso.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Confira o que está funcionando e o que está fechado em Goiânia no feriado de hoje

Alguns estabelecimentos funcionam em horário especial na capital ao longo do feriadão. Outro não abrem. Confira aqui o que funciona e o que não funciona nesse feriado do Dia de Finados.

Por Ton Paulo
02/11/2018, 08h08

Hoje, sexta-feira (2/11), celebra-se nacionalmente o Dia de Finados. É uma data respeitável e que tem um grande significado para a maioria da população. Normalmente, milhões de pessoas vão aos cemitérios homenagear a memória de entes queridos que já se foram.

Em Goiânia, assim como no resto do país, é feriado, e uma parte dos comércios fica de portas fechadas.

Confira agora o que está funcionado e o que não está neste Dia de Finados na capital:

Bancos

A Associação de Bancos (Asban) informou que as agências bancárias localizadas em Goiânia estão fechadas no feriado. Os canais alternativos de atendimento bancário, como caixas eletrônicos, internet banking e mobile banking, ainda podem ser utilizados normalmente.

Transporte coletivo

Ao longo do feriado, os ônibus em Goiânia e região metropolitana vão circular com planilhas especiais. A equipe de fiscalização da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) vai monitorar o serviço do transporte coletivo.

Para atender à população neste período, a CMTC ainda determinou que o serviço seja reforçado com viagens extras, que devem ser colocadas em circulação caso haja necessidade.

Saúde municipal

Segundo a Prefeitura de Goiânia, os casos de urgência e emergência estão sendo atendidos nas unidades de saúde da Capital que funcionam 24 horas por dia conforme classificação de risco, ou seja, com priorização das situações mais graves.

O Centro Municipal de Vacinação, no setor do Pedro Ludovico, fica aberto das 8h às 18h, e oferecerá as vacinas de rotina. Já o departamento de Controle de Zoonoses pode ser acionado pelos telefones 3524-3131 ou 3524-3130 quando presenciados casos de animais agressivos.

Em caso de mordida, a pessoa ferida deve procurar com urgência a unidade de saúde mais próxima.

Para as situações de urgências e emergências em residências, locais de trabalho e vias públicas, a população deve acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) pelo número 192, que conta com Central de Regulação, profissionais e veículos de salvamento.

Unidades de saúde 24 horas que funcionam no feriado em Goiânia:

– Cais Amendoeiras

– Cais Bairro Goiá

– Cais Campinas

– Cais Cândida de Morais

– Cais Chácara do Governador

– Cais Deputador João Natal (Vila Nova)

– Cais Finsocial

– Cais Guanabara III

– Cais Novo Mundo

– Ciams Novo Horizonte

– Ciams Urias Magalhães

– Centro de Referência em Ortopedia e Fisioterapia – Crof

– Hospital e Maternidade Dona Iris

– Maternidade Nascer Cidadão

– Pronto Socorro Psiquiátrico Wassily Chuc

– Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Residencial Itaipu

– Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região Noroeste (Funcionamento das 8 às 18h)

– Centro Municipal de Vacinação (Ao lado do Ciams Pedro Ludovico)

Vapt Vupt

As unidades do Vapt Vupt ficam abertas em horário especial ao longo do feriadão. Segundo a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), por meio da Superintendência de Gestão do Vapt Vupt, nenhuma unidade abre hoje, dia 2 de novembro.

Entretanto, no sábado (3/11), as unidades que atendem em regime de plantão funcionarão em horários especiais. Confira abaixo o detalhamento:

As unidades fixas e padrão da capital e do interior, que funcionam 12 horas diárias (segunda a sexta-feira), vão atender em regime de escala.

Vão ser três horários para as seguintes unidades:

Unidades da Capital

Das 7h às 12h – Unidades Fixas: Central do Servidor, Campinas, Mangalô, Praça da Bíblia, Shoppings Araguaia e Lozandes; Unidades Padrão: DETRAN e IPASGO;

Das 7h às 13h – Unidades Padrão SCTI – TELEATENDIMENTO;

Das 8h às 13h – Unidades fixas: Shopping Buena Vista, Shopping Cerrado, Cidade Jardim, Passeio das Águas e Portal Shopping;

Unidades do interior

Das 7h às 12h – Águas Lindas, Anápolis (Anápolis Sul), Garavelo (Aparecida de Goiânia), Goianésia, Itumbiara, Trindade-Centro, Rio Verde, Senador Canedo, Palmeiras de Goiás e Novo Gama;

Das 8h às 13h – Anápolis (Anashopping), Valparaíso de Goiás, Trindade Maysa e Aparecida de Goiânia: Shoppings Buriti e Aparecida Shopping;

Obs: As unidades que fecham no dia 2 retomam o atendimento normal na segunda-feira (5/11).

Guarda Civil

A segurança dos prédios e logradouros públicos do município – como escolas, parques e unidades de saúde – continua sendo realizada diariamente pelos agentes da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia, que começou a intensificar desde a última quinta-feira, 1° de novembro, o patrulhamento nos cemitérios públicos municipais.

A ação vai durar até o dia 3/11 , período de grande movimentação de visitantes. O objetivo é resguardar a segurança interna e externa destes locais, prevenindo contra pequenos delitos. Os guardas também estarão preparados para auxiliar a população durante a visita.

Lazer

Como nos anos anteriores, o Zoológico de Goiânia não tem expediente nesta sexta-feira, 2/11, voltando normalmente na sábado, 3/11, das 8h30 às 17h.

A entrada é R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia). Crianças de até 12 anos pagam valor de meia e até os três anos entram de graça.

Shoppings

Goiânia Shopping

Lojas: das 14h às 20h

Alimentação e Lazer: das 10h às 22h30

Buriti Shopping

Lojas e quiosques: 10h às 22h

Praça de Alimentação e Lazer: das 10h às 22h

Araguaia Shopping

Lojas e quiosques: das 08h30 às 20h30

Praça de alimentação e Lazer: das 10h às 22h30

Shopping Cerrado

Lojas, praça de alimentação e lazer: das 10h às 22h

Aparecida Shopping

Lojas: 10h às 22h

Praça de Alimentação e Lazer: 10h às 22h

Passeio das Águas

Lojas e quiosques: 10h às 22h

Espaço de Alimentação e Lazer: 10h às 22h30

Restaurantes Externos: 12h às 23h

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Presos fazem buraco em laje e fogem de presídio em Ceres

Os detentos aproveitaram o horário de passagem dos presos do regime semiaberto para conseguir fugir.

Por Ton Paulo
02/11/2018, 09h24

Dois detentos da unidade prisional do município de Ceres, a 180 quilômetros de Goiânia, conseguiram fugir na noite da última quinta-feira (1/11). Os presos usaram um buraco feito por eles mesmos na laje da cobertura do presídio.

De acordo com o assessor da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Antonio Delio, a fuga aconteceu por volta das 20h30 da noite de ontem, durante o horário de passagem dos presos do regime semiaberto.

Cairo César de Souza Antunes Serrano, 25 anos, Mateus Rosa Machado, 21 anos, e Tiago Silva Souza, 26 anos, aproveitaram o horário e empreenderam fuga por meio de um buraco feito na laje da cobertura da unidade.

Segundo Antonio Delio, os presos fizeram o buraco com pedaços de ferro da estrutura da cela.

Após subirem no telhado, os três detentos saltaram a porta da administração da unidade e fugiram.

Entretanto, policiais civis que chegavam à unidade no momento perceberam a fuga e conseguiram prender Tiago Silva Souza a tempo

As forças policiais foram comunicadas e estão em busca dos outros dois foragidos. Tanto Cairo César quanto Mateus Rosa cumpriam pena por furto, enquadrados no artigo 155 do Código Penal.

Foi determinada abertura de sindicância para apurar as circunstâncias do fato.

Em Cristalina, detentos também conseguiram fugir pelo teto do presídio

Em julho deste ano, quatro detentos do presídio do município de Cristalina, a 390 quilômetros da capital, empreenderam fuga de maneira semelhante.

Os presos conseguiram fugir de um presídio na cidade de Cristalina, no interior do Estado, na madrugada de sábado (21/7), durante uma tentativa de fuga em massa. Eles serraram grades e arrombaram o teto da cela para sair.

Agentes cercaram a unidade e tiveram que realizar disparos de advertência para conter uma tentativa de fuga em massa no local. De acordo com a Polícia Militar, logo após a fuga um ônibus foi rendido na BR-040 e os passageiros tiveram os pertences roubados.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Governador Zé Eliton assina decreto que libera calote em servidores estaduais

A assinatura do decreto por Zé Eliton foi duramente criticada por Ronaldo Caiado em sua conta oficial no Instagram.

Por Ton Paulo
02/11/2018, 10h21

O governador Zé Eliton, do PSDB, assinou um decreto no último dia 31 de outubro que libera o calote nos servidores públicos do Estado para os meses de novembro e dezembro. O decreto, que foi publicado no Diário Oficial (D.O.) na última quinta-feira (1/11), foi criticado pelo governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) através de suas redes sociais.

O decreto de n° 9.346, de 31 de outubro de 2018, foi assinado por Zé Eliton e publicado no D.O. em 1º de novembro, ontem, e revoga formalmente o artigo 45 do Decreto nº 9.143, de 22 de janeiro de 2018.

O texto de decreto, na íntegra, especifica que “fica revogado o art. 45 do Decreto nº 9.143, de 22 de janeiro de 2018”, e que o “Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com produção de efeitos a partir de 1º de novembro de 2018”.

Este artigo, agora sem validade, faz parte do decreto que estabelece normas complementares de programação e execução orçamentária, financeira e contábil para o exercício de 2018. Em seu texto, o artigo 45 especifica que “As despesas com pessoal e encargos sociais, oriundas das folhas de pagamento, bem como com estagiários e respectiva taxa de administração, deverão ser empenhadas e liquidadas dentro do respectivo mês de competência”.

Sua revogação, que já consta no decreto, libera o governo para deixar de fazer os pagamentos aos servidores nos respectivos meses trabalhados, o que constitui calote.

Ronaldo Caiado condenou o ato de Zé Eliton

Através de sua conta oficial no Instagram, Ronaldo Caiado, eleito governador nestas eleições, comentou a assinatura do decreto em tom duro de crítica.

Veja abaixo na íntegra o texto publicado pelo governador eleito:

“O governador José Eliton assinou decreto que é um calote anunciado contra os servidores públicos do Estado de Goiás. Ele assume que não vai pagar os salários de novembro e dezembro do funcionalismo.”

Zé Eliton rebate e afirma que continuará pagando normalmente

Após a publicação do governador eleito Ronaldo Caiado, Zé Eliton, por meio de sua assessoria, afirmou que o pagamento da folha dos servidores continuará seguindo o cronograma dos últimos três anos, e que ele, Zé Eliton, está determinado a cumprir as vinculações constitucionais do atual exercício.

Leia a nota na íntegra, redigida por Afrânio Cotrim Júnior, coordenador da Equipe de Transição do Governador Zé Eliton:

NOTA OFICIAL

O Governo de Goiás esclarece que o pagamento da folha salarial continuará seguindo o cronograma dos últimos três anos. Na última quinta-feira, foram depositados os salários de outubro com os vencimentos de até R$ 3,5 mil, que representam 70% dos servidores estaduais, e o restante será quitado neste mês. Assim, a folha salarial dos servidores estaduais está absolutamente em dia.

Da mesma forma, o Governo de Goiás seguirá o cronograma para o pagamento das folhas de novembro e dezembro, de acordo com o que determina a Constituição, que prevê a quitação até o décimo dia do mês seguinte.

O governador José Eliton tem garantido que irá saldar, até 31 de dezembro, os compromissos financeiros do seu mandato. O decreto publicado no último dia 31 apenas confirma o que determina a Constituição sobre as obrigações para a execução orçamentária e financeira do atual exercício (2018). O decreto também cumpre uma determinação do Tribunal de Contas do Estado(TCE) sobre a limitação de empenhos para exercícios seguintes, além do teto de gastos definido pela Constituição Estadual.

O governador José Eliton está determinado a cumprir as vinculações constitucionais do atual exercício. O governador tem pautado o trabalho da transição com respeito e transparência. Atendeu nesta semana as demandas por informações da equipe do governador eleito Ronaldo Caiado. Já foram enviadas mais de 5 mil páginas de dados para atender as primeiras solicitações.

Entretanto, lamentamos que o governador eleito Ronaldo Caiado persista em não descer do palanque — mesmo com o processo eleitoral tenha se encerrado há um mês — ao afirmar nas redes sociais que o atual governo promoverá um calote contra os servidores estaduais. Por diversas vezes a mesma informação falsa, disseminada pelo senador e por seus apoiadores, foi contestada pelo governador José Eliton durante a campanha eleitoral.

Afrânio Cotrim Júnior Coordenador da Equipe de Transição do Governador José Eliton”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem sofre tentativa de assassinato em frente a uma academia em Aparecida de Goiânia; veja o vídeo

No vídeo, é possível ver um homem saindo de um carro e atirando várias vezes contra um rapaz, que consegue fugir e entrar numa academia.

Por Ton Paulo
02/11/2018, 12h12

Um homem sofreu uma tentativa de assassinato em frente a uma academia no setor Vila Brasília, na manhã desta quinta-feira (1/11), em Aparecida de Goiânia. Nas imagens captadas pela câmera de segurança do estabelecimento, é possível ver o rapaz correndo para dentro da academia, perseguido por um homem armado.

A academia, que fica na Rua Antonio Paraguassu, na Vila Brasília, próximo ao Setor dos Afonsos, foi o único abrigo que o rapaz que quase foi assassinado encontrou. De acordo com o dono do estabelecimento, era por volta de 10h40 da manhã quando tudo aconteceu.

Conforme é possível ver nas imagens da câmeras de segurança, o rapaz andava tranquilamente pela calçada, quando um carro encosta ao seu lado. Do veículo, sai um homem que atira diversas vezes na direção dele, que consegue se desviar das balas e correr.

Logo em seguida, conforme é possível ver nas imagens da câmera interna, o rapaz entra correndo na academia com o homem armado logo atrás. Outros dois homens que estavam no local, professores da academia, como confirmado pelo dono, se assustam e também correm.

De acordo com o responsável pela academia, que não quis se identificar, o rapaz se trancou no banheiro, conseguindo se salvar. Quando viu que não conseguiria executar o crime, o autor dos disparos fugiu.

A polícia foi chamada e ouviu o rapaz que, segundo informações do dono da academia, fazia uso de tornozeleira eletrônica. Ele foi liberado depois de prestar depoimento aos policiais.

A reportagem do Dia Online tenta contato com a corporação policial, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

Momento da tentativa de assassinato foi registrado pelas câmeras

As câmeras de segurança da academia flagraram o exato momento em que o rapaz é abordado e quase morto. As imagens captaram também o momento em que ele entra em desespero na academia para se esconder.

Veja abaixo:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.