Esportes

Australiana vence tenista da casa e é campeã do Torneio de Zhuhai, na China

04/11/2018, 11h04

A tenista australiana Ashleigh Barty se sagrou campeã do Torneio de Zhuhai neste domingo ao vencer na final a local Wang Qiang, favorita da torcida chinesa. A 19ª do ranking venceu a 22ª pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h21min.

O torneio chinês é uma espécie de “lado b” do WTA Finals, que reuniu as oito melhores da temporada em Cingapura, no fim do mês passado. Zhuhai reuniu seis tenistas que ficaram de fora da maior competição desde fim de temporada e tinha a espanhola Garbiñe Muguruza como principal favorita – ela foi eliminada na semifinal por Qiang.

Na final deste domingo, Barty entrou em quadra no embalo da vitória sobre a alemã Julia Görges, atual campeã, na semifinal. Mesmo sem sacar tão bem quanto à rival, a australiana foi mais consistente ao longo da partida.

Ela chegou a sofrer duas quebras de serviço no primeiro set, mas levou a parcial ao faturar três. No segundo set, salvou dois break points e obteve mais uma quebra para confirmar a vitória.

Com o resultado, a tenista da Austrália conquistou seu segundo título na temporada – vencera também em Nottingham – e o terceiro na carreira. Ao mesmo tempo, garantiu pontuação para subir para o 15º lugar do ranking, sua melhor posição até agora.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Grupo é preso se preparando para arrombar agência dos Correios no setor Cidade Jardim

Presos fazem parte de uma facção criminosa do Rio de Janeiro, que já atuou em diversos crimes ocorridos em Goiás.
04/11/2018, 11h23

Um grupo de criminosos foi preso em flagrante, na madrugada deste domingo (4/11), enquanto tentava arrombar uma agência dos Correios no Setor Cidade Jardim, em Goiânia. As cinco pessoas presas fazem parte de uma facção criminosa do Rio de Janeiro, que já atuou em diversos crimes ocorridos em Goiás.

Grupo é preso se preparando para arrombar agência dos Correios no setor Cidade Jardim
Foto: Reprodução/Polícia Civil

Segundo informações da Polícia Civil (PC), Kleyton Correa do Nascimento, Paulo Henrique Santiago Ferreira, Jurandir José da Silva Neto, Lorena Marques Bandeira e Gleison Akira Toguiti foram presos em flagrante por policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) e do Grupo Antirroubo a Banco (GAB), no momento em que se preparavam para arrombar agência dos Correios.

Foram apreendidos com eles diversas ferramentas usadas para arrombar os caixas, como brocadeira, inúmeros discos de corte, lixadeiras, alavancas, bateria, furadeiras, além de um bloqueador de sinal com 18 antenas, um veículo produto de crime, e acessórios como luvas e roupas especiais.

Os presos e os produtos apreendidos foram encaminhados à Central de Flagrantes. Os integrante do grupo criminoso responderão pelos crimes de organização criminosa, uso de documento falso, tráfico de drogas e receptação de veículo.

Criminosos que tentavam arrombar agência dos Correios já eram investigados

Os suspeitos, que são do Mato Grosso e fazem parte de um grupo criminoso com sede no Rio no Janeiro, já atuaram em diversos crimes semelhantes em Goiânia e Região Metropolitana da capital. De acordo com a PC, eles ainda agiam com a participação de criminosos de dentro do Sistema Prisional.

Eles estavam sendo investigados pela Polícia Civil goiana por um furto qualificado, conhecido vulgarmente como “corte”, de uma agência do Banco do Brasil, no setor Bueno, em Goiânia, na madrugada do dia 23 de setembro de 2o18.

A ação da PC foi realizada em parceria com a Força Tarefa da Polícia Civil de Mato Grosso (PJC-GCCO-/PF/PM/PRF/SEJUDH).

Imagens: Mais Goiás 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Inep desmente notícia fake de que o Enem foi cancelado

Exame será aplicado normalmente neste domingo (4/11), às 13h30, horário de Brasília.
04/11/2018, 11h45

Circula nas redes sociais uma notícia falsa de que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi cancelado, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O exame será aplicado normalmente neste domingo (4/11), às 13h30, horário de Brasília.

Por meio das redes sociais, o Inep desmentiu os boatos: “Circula nas redes sociais uma imagem falsa, simulando uma notícia do G1, informando que as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foram canceladas após suspeitas de fraudes na região Norte e Nordeste. A imagem é #FAKE. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) confirma a aplicação do Exame em todas as unidades da federação neste e no próximo domingo, 4 e 11 de novembro. Apenas os portais e redes sociais do Ministério da Educação e do Inep são fontes oficiais de informações sobre o Enem.”

Enem 2018

Mais de 5,5 milhões de estudantes se inscreveram no Enem 2018. Hoje, primeiro dia de provas, serão aplicadas as questões de Linguagens, Ciências Humanas e Redação. No próximo Domingo (11/41), será a vez das provas de Ciências da Natureza e Matemática.

Os candidatos devem estar atentos ao horário de fechamento dos portões, uma vez que o horário de verão está vigente em dez Estados e no Distrito Federal.

E atenção, alunos! são proibidos os seguintes objetos: borracha; caneta de material não transparente; corretivo; dispositivos eletrônicos, como wearable tech, calculadoras, agendas eletrônicas, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, gravadores, pen drive, mp3, relógio e alarmes;  fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens; impressos e anotações; lápis; lapiseira; livros e manuais.

Antes de entrar na sala de prova, os participantes deverão guardar no envelope porta-objetos, fornecido pelo aplicador, o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados. Também deverão ser guardados todos os itens proibidos no Enem.

Imagens: Facebook 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Nova Caledônia vota contra independência da França, em plebiscito

A maioria dos moradores optou por continuar fazendo parte do território francês.
04/11/2018, 11h56

A maioria dos habitantes da Nova Caledônia que votaram neste domingo em um plebiscito sobre independência decidiu permanecer como parte da França, disse o presidente francês, Emmanuel Mácron. Em mensagem televisionada, Mácron disse que “não há outro caminho a não ser aquele do diálogo” para o futuro do arquipélago do Pacífico Sul.

O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, vai se reunir com autoridades na Nova Caledônia para discutir planos futuros. O plebiscito resultou de um processo iniciado há 30 anos para acabar com anos de violência entre apoiadores e opositores da independência. No total, 174 mil pessoas se registraram para votar.

O arquipélago foi anexado pela França em 1853, mas o povo nativo da região, Kanak, sofreu forte discriminação durante o regime colonial. A Nova Caledônia recebe cerca de 1,3 bilhão de euros ao ano em subsídios da França, e muitos temem que a economia seja prejudicada em caso de independência. Fonte: Associated Press.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Inep divulga tema da redação do ENEM: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na Internet

Tema foi divulgado pelo instituto minutos depois do início da prova.
04/11/2018, 14h42

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2018) acontece neste domingo (4/11), com provas de ciências humanas, línguas e redação. Após o fechamento dos portões, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) divulgou o tema da redação deste ano “Manipulação do Comportamento do Usuário pelo Controle de Dados na Internet”.

No ano passado o instituto surpreendeu ao definir como tema para a redação “Desafios para a formação de Surdos no Brasil”. O que vimos durante essa ano, foi a utilização da internet para propagar informação e em algumas ocasiões, elas sendo falsas, ou seja, as chamadas fake news.

A mestre e professora de Português, Janice Gomes classificou o tema da redação deste ano como “interessante” e colocou que é preciso analisar os textos que motivaram os examinadores a optarem por este tema para o ENEM 2018. Segundo a professora, a proposta desse ano, mais uma vez traz temas atuais para serem discutidos.

No entanto, com o tema abordado este ano ela diz que “a proposta é difere dos temas propostos nos últimos três anos, nos quais foram abordados temas que faziam o candidato refletir sobre problemas sociais como: a violência contra a mulher, a intolerância religiosa e a inclusão dos surdos. Temas que a sociedade normalmente evita discutir”.

Janice comenta que “o tema deste ano faz uma abordagem sobre o controle de dados do usuário e ele nos leva a pensar mais sobre a falta de segurança da internet, do que propriamente sobre as fake news”. A mestre e professora pontua as fake news são uma consequência da fragilidade da internet.

Confira outros temas de Redação do ENEM

1998: Viver e aprender

1999: Cidadania e participação social

2000: Direitos da criança e do adolescente: como enfrentar esse desafio nacional

2001: Desenvolvimento e preservação ambiental: como conciliar os interesses em conflito?

2002: O direito de votar: como fazer dessa conquista um meio para promover as transformações sociais que o Brasil necessita?

2003: A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo

2004: Como garantir a liberdade de informação e evitar abusos nos meios de comunicação

2005: O trabalho infantil na sociedade brasileira

2006: O poder de transformação da leitura

2007: O desafio de se conviver com as diferenças

2008: Como preservar a floresta Amazônica: suspender imediatamente o desmatamento; dar incentivo financeiros a proprietários que deixarem de desmatar; ou aumentar a fiscalização e aplicar multas a quem desmatar

2009: O indivíduo frente à ética nacional

2010: O trabalho na construção da dignidade humana

2011: Viver em rede no século 21: os limites entre o público e o privado

2012: Movimento imigratório para o Brasil no século 21

2013: Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil

2014: Publicidade infantil em questão no Brasil

2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil

2017: Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil

2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

Imagens: Facebook 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.