Saúde

Homens dizem cuidar mais da saúde após participar de pré-natal

Envolvimento do pai no nascimento da criança é principal estímulo.
08/11/2018, 10h11

Oito em cada dez homens presentes em consultas de pré-natal passaram a ficar mais cuidadosos com a própria saúde, segundo pesquisa divulgada hoje (08/11) pelo Ministério da Saúde. O estudo indica que 72,25% dos pais ou cuidadores entrevistados pela pasta participaram das consultas de pré-natal com suas parceiras. Desse total, 80,71% afirmaram que esse envolvimento os motivou a cuidar melhor de sua saúde.

“Os dados demonstram que a paternidade é a principal porta de entrada do homem na unidade de saúde para que ele também se cuide”, informou o ministério.

Nesta terceira etapa da pesquisa Saúde do Homem, Paternidade e Cuidado, foram feitas 37.322 entrevistas com pais ou cuidadores que assumiram a figura paterna e que acompanharam o pré-natal, parto e pós-parto de crianças nascidas no Sistema Único de Saúde (SUS) no ano de 2015.

O objetivo do estudo, de acordo com a pasta, é obter dados sobre acesso, acolhimento e cuidados com a saúde masculina nos serviços públicos de saúde e levantar informações sobre o envolvimento do pai no pré-natal e no nascimento da criança. A coleta de informações foi feita entre março de 2017 e março deste ano.

Falhas

Embora a pesquisa aponte maior conscientização em relação à saúde, ainda é alto o número de homens que não têm na sua rotina o cuidado com a saúde. Quando questionados sobre o costume de buscar estabelecimentos públicos de saúde, 36,36% dos entrevistados afirmaram não ter o hábito de ir a esses locais. Desse total, 47,57% (6.455) informaram como motivo nunca ter precisado, falta de interesse ou não gostar de hospital.

“Muitos agravos poderiam ser evitados caso os homens realizassem, com regularidade, as medidas de prevenção”, destacou o ministério.

Novembro Azul

O tema da campanha Novembro Azul este ano é Homem, da Infância à Velhice, Cuide de Sua Saúde, de Novembro a Novembro. A proposta, segundo a pasta, é chamar a atenção da população, dos gestores e dos profissionais de saúde para a importância de olhar para a saúde do homem de forma integral, e não apenas para a questão da próstata.

Ao longo de todo o mês, o ministério vai intensificar ações de comunicação nas redes sociais, na TV e no rádio, além da realizar eventos relacionados à campanha. No próximo dia 14, ocorre o 4º Fórum Ser Homem: Discutindo Políticas Públicas para a Saúde do Homem, no Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília.

O encontro é uma parceria com o Instituto Lado a Lado, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Serviço Social do Comércio (Sesc) e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Já nos dias 21 e 22, a pasta promove o Simpósio Internacional: Saúde do Homem Integral e a Construção e Planejamento de Linha de Cuidado Participativa.

O evento será no Hospital Regional do Paranoá, em Brasília, com a presença de Noel Richardson, representante da Irlanda, primeiro país a implantar a política de saúde do homem. Também participa do encontro o professor da Universidade de Brasília (UnB) Muna Muhammad Odeh.

Números

Dados do ministério mostram que, em 2017, foram registrados, no SUS, 533 milhões de atendimentos ambulatoriais e 4,3 milhões de procedimentos hospitalares em homens. No mesmo período, no âmbito da estratégia Pré-Natal do Parceiro, foram registradas 3.795 consultas e 31.732 exames de detecção do HIV e sífilis no parceiro ou na gestante.

O Sistema de Informações de Mortalidade da pasta msotra que, em 2016, 736.842 homens morreram em todo o país. Entre as principais causas de morte estão: tipos diversos de câncer (112.272), como próstata, fígado, pulmonar e de pele; doenças do coração (68.018); agressões (56.409); acidentes (84.139), em especial de transporte (31.565); doenças cerebrovasculares (51.753) e gripe e pneumonia (41.695).

Imagens: Agência Brasil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Lesionado, Coutinho fica até 3 semanas fora do Barça e deve desfalcar a seleção

Coutinho sofreu uma pequena ruptura no músculo da perna.
08/11/2018, 10h24

O Barcelona confirmou que Philippe Coutinho sofreu uma pequena ruptura do músculo bíceps femoral da perna esquerda e ficará afastado dos gramados de duas a três semanas. Com o resultado dos exames, divulgados nesta quinta-feira, o jogador vai perder os dois próximos amistosos da seleção brasileira, contra Camarões e Uruguai, respectivamente nos dias 16 e 20 de novembro, em Londres.

O brasileiro sofreu a lesão durante o empate com a Inter de Milão, por 1 a 1, na terça-feira, em jogo válido pelo Grupo B da Liga dos Campeões. O meia foi decisivo no confronto e deu a assistência no gol marcado por Malcom, aos 37 minutos do segundo tempo.

Com o prazo de recuperação dado pelo clube catalão, Coutinho ficará de fora de dois compromissos do Campeonato Espanhol, contra Betis e Atlético de Madrid, e deve perder ao menos um jogo da Liga dos Campeões, diante do PSV.

Segundo a imprensa espanhola, Ousmane Dembélé e Malcom brigam pela vaga de titular na equipe de Ernesto Valverde. Quem está recuperado da lesão no cotovelo e pode reforçar o Barcelona no domingo é o argentino Lionel Messi, que foi desfalque nos últimos cinco compromissos da equipe.

Mesmo com problemas de lesões nesta primeira metade da temporada europeia, o Barcelona lidera o ‘grupo da morte’ da Liga dos Campeões e está na ponta do Campeonato Espanhol, no qual volta a atuar neste domingo, contra o Betis, em casa.

Imagens: UOL 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Indicação de Tereza Cristina para Agricultura é 'muito positiva', avalia Famato

Tereza Cristina foi convidada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.
08/11/2018, 10h38

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) divulgou nota parabenizando a escolha da presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O presidente da Famato, Normando Corral, afirmou: “É produtora rural, tem liderança no setor e preside a FPA. Consideramos a indicação muito positiva. Tem o total apoio do Sistema Famato”.

Tereza Cristina foi anunciada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro no fim da tarde desta quarta-feira (7). Ela já era uma das favoritas a ocupar o posto. A Famato representa os sindicatos rurais de Mato Grosso.

Imagens: O Globo 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Casa do deputado estadual Daniel Messac é alvo de busca e apreensão

Daniel Messac é apontado como líder do grupo criminoso.
08/11/2018, 10h45

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de Goiás (GAECO-MPGO) cumpre, na manhã desta quinta-feira (8/11), dois mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão. Um dos mandados de busca e apreensão é cumprido na casa do deputado estadual Daniel Messac (PTB), que foi apontando como chefe de um esquema criminoso descoberto pela polícia em 2014.

A ação visa prender preventivamente um ex-policial federal, exonerado do cargo em abril deste ano e o pastor de uma igreja evangélica, por atrapalharem as investigações de uma organização criminosa. Onde coagiram uma das testemunhas da Operação Poltergeist deflagrada em 2014, para investigar a contratação de “funcionários fantasmas” para trabalhar na Assembleia Legislativa de Goiás.

Além dos integrantes do Gaeco, participam do cumprimento dos mandados nesta quarta-feira agentes da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), promotores de Justiça e o Centro de Inteligência (CI) do MPGO.

O desembargador João Waldeck de Sousa, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), foi o responsável por determinar o cumprimento do mandado de busca e apreensão na casa do deputado, uma vez que o parlamentar possui foro privilegiado.

Segundo as informações, os presos serão ouvidos ainda hoje e levados posteriormente para à Casa de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia.

Deputado era líder do esquema

O deputado estadual Daniel Messac foi denunciado na Operação Poltergeist como líder do esquema, em abril de 2015, que contratava funcionários fantasmas para Assembleia Legislativa e para prefeitura de Goiânia. Além de Messac outras 36 pessoas foram denunciadas na operação por envolvimento no esquema.

A assessoria de imprensa do deputado informou ao Portal Dia Online que no momento apenas acompanha os agentes do MP e PC, e que ele não vai se manifestar no momento.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Onyx, Moro, Mourão, coronel Ferreira e Frota já estão no centro de transição

Moro já foi confirmado para o Ministério da Justiça e Segurança Pública.
08/11/2018, 10h50

O ministro extraordinário e coordenação da equipe de transição do novo governo, Onyx Lorenzoni, despacha na manhã desta quinta-feira, 8, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, onde estão concentrados os trabalhos da transição.

O juiz Sérgio Moro, confirmado para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, também já está no local, onde participa de reuniões. A pauta dos encontros de Moro nesta quinta são medidas de combate à corrupção que o futuro governo poderá apresentar ao Congresso Nacional.

Já chegaram ao local o vice-presidente eleito Hamilton Mourão e o deputado eleito Alexandre Frota (PSL-SP). O coronel Oswaldo Ferreira também chegou ao local e disse que inicia nesta quinta as conversas para o Programa de Parcerias de Investimento (PPI). O militar informou que iniciará o contato com todas as áreas de infraestrutura.

Imagens: Revide 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.