Goiás

Adolescente é morto a tiros, em Anápolis

Lucas só ia em casa para dormir segundo familiares.
09/11/2018, 18h06

O jovem Lucas Gabriel Morais da Silva, de 18 anos, foi morto a tiros próximo a residência da família, na tarde desta sexta-feira (9/11) na Rua Quilombo dos Palmas, no Parque Residencial Ander, na cidade de Anápolis a 55 quilômetros de Goiânia.

Quem esteve no local foi o delegado Vander Coelho titular do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis. Vander Coelho conta ao Portal Dia Online que a vítima foi alvejada por pelos menos seis disparos de arma de fogo.

Segundo o delegado, Lucas Gabriel, já tinha passagens pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

Adolescente só ia em casa para dormir

O envolvimento do jovem com o tráfico de drogas fez a família se afastar dele. “Os familiares estiveram no local, primeiro a mãe dele e depois o irmão, pois a casa da família ficava próxima ao local do crime. O irmão disse que estava afastado de Lucas Gabriel, pelo envolvimento que ele tinha com o tráfico e que Lucas só ia para casa para dormir e depois saia e ficava perambulando pela cidade”.

Segundo o delegado, no momento do crime chovia muito e não foi possível a perícia determinar com precisão onde os projéteis atingiram. Agora ele aguarda o resultado do exame cadavérico, para determinar com maior precisão as regiões do corpo que foram atingidas pelos disparos.

Vander Coelho titular da GIH, conta também que até o momento não há informações sobre os autores do crime ou sobre a motivação do mesmo. Segundo o delegado, como a família não tinha tanto contato com rapaz, os policiais vão procurar pessoas próximas a Lucas Gabriel, para poder identificar os assassinos e se a morte dele estaria relacionada ao tráfico de drogas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

NP Fight Brasil será atração neste sábado, em Goiânia

Evento revelou atleta que foi contratada recentemente pelo UFC.
09/11/2018, 18h10

O NP Fight Brasil vai movimentar o Ginásio do setor Sudoeste neste sábado, em Goiânia. O evento que terá 10 super lutas no cage, irá contar com três defesas de cinturão. Motivo pelo qual a comunidade da luta apelidou o evento de “Guerra de Cinturões”.

O NP Fight hoje é uma competição de tradicional no Estado de Goiás e começa a alcançar o cenário internacional, com atletas vindos da Argentina disputando a competição em solo goiano.

Lutadora revela no NP Fight é contratada pelo UFC

Foi um dos primeiros eventos a promover disputa de cinturão feminino nas artes marciais mistas em Goiás. responsável por revelar a lutadora Sarah Frota, “A Treta”, que recentemente foi contratada pelo UFC. Sarah é a primeira goiana a chegar na principal organização de MMA do Mundo.

Após mostrar que Goiás é capaz de revelar grandes atletas, vamos ao card de lutas desse final de semana no NP FIGHT 10. Raniere Silva, atual campeão da categoria até 61kg, fará a defesa do cinturão contra Henrique Marques.

Um dos atletas mais experientes de Goiás e difícil de ser batido, Elismar Carrasco espera fazer jus ao apelido “Carrasco” e defende a cinta dos 66 kg contra Paulo Irmão.

Outra defesa de cinturão será da atleta Karol Piret, que irá defender pela primeira vez o cinturão dos 57 kg contra a mineira Jully Jeniffer.

O combate entre Mateus Silva vs Cristian Silva na categoria até 70 kg abre o card principal.

Nesta sexta-feira (9/11) os lutadores passaram pela pesagem e agora aguardam o momento de subir ao cage amanhã.

Para quem gosta de MMA e quer comparecer ao evento, o preço das entradas varia entre R$ 30 nas arquibancadas e R$ 200 reais para acompanhar nas mesas próximas ao cage. O início do evento está previsto para as 19h (horário de Brasília).

Card Principal

Raniere Silva x Henrique Marques

Karol Piret x Jully Jenifer

Elismar Carrasco x Paulo irmão

Mateus Silva x Cristian Silva

Card preliminar

Até 90 kg – Adriano Napoli  vs Leon Soares;

Até 61 kg – João Vitor “GB” vs Wagner “Aranha

Até 70 kg – Klever “Gari” vs Cleidison “Jacaré”;

Até 77 kg – Thiago “Cowboy” vs João Paulo “Negão”;

Até 61 kg – Jackson “Lobo” vs Wilhan “Pit Bull”;

Até 57 kg – Itamar Dias vs Lucas “Kuririn”.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Frutas e legumes ficam mais caros; tomate e limão apresentam aumento de mais de 20%

Além dos alimentos, foi constatado ainda aumento significativo de 1,71% no preço dos combustíveis.
09/11/2018, 19h11

Alimentos como frutas, legumes, raízes e tubérculos, aves e ovos ficaram mais caros, de acordo com a pesquisa do Índice do Custo de Vida (ICV), realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). Os dados apontaram ainda que entre os itens que tiveram os preços elevados, o tomate e o limão se destacam com um aumento de 21,99% e 23,44%, respectivamente, deixando as compras da cesta básica bem mais caras. Além dos alimentos, foi constatado ainda aumento significativo no preço dos combustíveis.

Ao todo, os alimentos subiram 0,90% na mesa dos consumidores, sendo 1,67% para os produtos in natura e semielaborados; 0,33% para a alimentação fora do domicílio; e, 0,31% para a indústria da alimentação. Já os combustíveis, pertencentes ao grupo Transporte do ICV, registraram aumento de 1,71%.

Nesta categoria, os transporte o subgrupo transporte individual registrou taxa de 2,50%; devido aos reajustes nos preços médios dos combustíveis (3,76%): diesel (2,15%), gasolina (2,79%) e álcool (6,87%).O subgrupo transporte coletivo variou -0,04%.

Tomate e limão aumentam mais de 20%

Segundo a pesquisa, os legumes apresentaram maior aumento, sendo ao todo 10,05%. Os que mais se destacam são: tomate, com 21,99% e pimentão, com 17,15%. Em Goiânia, o quilo desses alimentos pode ser encontrado em feiras e supermercados custando de R$ 4 a R$ 8. Já entre as frutas, que ficaram 4,56% mais caras, o destaque fica no valor médio do limão, que teve aumento de 23,42%, seguido do maracujá, com 15,05%, pera, 6,81% e laranja, 6,72%.

Entre os alimentos denominados raízes e tubérculos, a batata apresentou elevação de 11,07%, a mandioquinha de 8,96% e a mandioca, 2,52%. Em contrapartida, a cenoura ficou 3,83% mais barata, seguida da beterraba, com 3,94%  e cebola, 7,29%, que pode ser encontrada de até R$0,49 (quilo) nas prateleiras.

De acordo com os dados do Dieese, o preço médio das aves subiu 3,58% e o dos ovos, caiu -1,63%. Já o preço das carnes subiram 0,74%, resultando em aumento de 0,71% e 1,42% nos cortes bovinos e suínos, respectivamente.

Imagens: Mundo Husqvarna 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Goiânia recebe 'loja gratuita' de roupas para moradores de rua; saiba como doar

Além de poder escolher suas roupas e calçados, os moradores de rua receberão atendimento odontológico, kit higiene, corte de cabelo e alimentação.
09/11/2018, 20h13

No próximo dia 25 de novembro, Goiânia receberá a 4ª edição projeto The Street Store (Loja de Rua), que oferece roupas e calçados gratuitos para moradores de rua. O diferencial da ação é que eles podem escolher suas próprias roupas, como se estivessem em um comércio comum. Mas para isso aconteça, a ação conta com a doação de roupas e calçados, brinquedos, livros, acessórios, agasalhos, cobertores e tudo que estiver em condições de uso. O período de coleta já está aberto!

Este ano, os moradores de rua receberão ainda atendimento odontológico, kit higiene, corte de cabelo, alimentação, além de poder curtir algumas atrações culturais. O evento, idealizado por um grupo de voluntários, será no Mercado Aberto, localizado na da Av. Paranaíba, em Goiânia, das 8h às 14h.

The Street Store Goiânia: como ajudar?

A 4ª edição do The Street Store, que conta com a ajuda de mais de 50 voluntários, espera atender ao menos 400 moradores de rua ao longo do dia. E você também pode ajudar na ação. Para isso, basta doar itens que você não usa mais, como roupas e calçados masculinos; femininos e infantis; brinquedos, livros, acessórios, agasalhos e cobertores. A organização ressalta “doe o que você não usa mais, não o que vai jogar fora.”

 O período de coleta dos materiais já está aberto. Veja abaixo a lista de pontos de arrecadação em Goiânia:

  • Faculdade Estácio de Sá – Estação Goiânia: Avenida Goiás, nº 2151, Centro.
  • UFG: Faculdade de Medicina UFG e Faculdade de Educação UFG
  • Faculdade Senai Ítalo Bologna: R. Armogaste José da Silveira, St. Centro Oeste
  • Colégio Simetria: Rua 6, nº 489 – Feliz
  • Brasal Incorporações: Avenida 136, nº 246, Qd. 238 – Setor Marista
  • The Body Shop: Goiânia Shopping
  • The Body Shop: Passeio das Águas
  • Academia da Coluna Vertebral: Rua 32, Esq. 15 – Setor Marista.
  • Instituto Pro Make-up Hair: Avenida Perimetral, nº 2185, Qd. R8, Rua L-10 – Setor Oeste
  • Câmara Municipal de Goiânia: Av. Goiás, nº 2001 – Setor Central

Saiba mais sobre o The Street Store Goiânia pelas redes sociais @thestreetstoregoiania.

Imagens: Portal da RMC 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Goiás é derrotado e acesso só na última rodada

Com a derrota e as vitórias dos adversários, Goiás deu chances deles sonharem com o acesso.
09/11/2018, 23h36

O Goiás poderia ter conquistado o acesso nesta rodada, mas jogando fora de casa, o time de Ney Franco foi derrotado pelo placar de 1 a 0 pelo Coritiba, no Estádio Couto, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Um dos detalhes que também impediu o Goiás de comemorar o acesso nessa rodada, além de a derrota para o Coritiba, foi a vitória da Ponte Preta, na noite desta sexta-feira (9/11) sobre o Juventude, em Caxias do sul. E o esmeraldino precisava que o adversário não saísse vitorioso do duelo.

O Jogo

Enquanto os donos da casa não correm risco de cair e sequer têm chances de brigar por uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série A. O jogo começou bem aberto e movimentado de lado a lado.

Mas a primeira grande oportunidade foi do Goiás, antes dos dois minutos da etapa inicial, Michael foi lançado e ia saindo na cara do gol, no entanto não teve domínio e a zaga do coxa cortou afastando o perigo.

Depois disso foi uma chance clara de gol demorou a aparecer, mas quando surgiu foi a favor dos donos da casa, Alecsandro recebeu, o goleiro Marcos saiu e o atacante do coxa encobriu o defensor esmeraldino, era só cabecear e abrir o placar, mas de forma caprichosa a bola acertou a trave.

Apesar dessas grandes duas oportunidades de ambos os lados, o que prevaleceu foi a falta de criatividade e pontaria de ambas as equipes, para descer para o intervalo com o placar sem gols.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Goiás também começou bem, pressionando, mas com a zaga do Coritiba atenta, para não tomar o gol. E foi uma blitz pelos menos nos três primeiros minutos, mas parando na defesa adversária.

A resposta do coxa veio aos 7′ da etapa final, depois de cobrança de escanteio pela ponta esquerda, a bola foi alçada na área e Alecsandro apareceu para cabecear, mas o goleiro Marcos defendeu evitando o gol do Coritiba.

Aos 27′ o balde de água fria no time de Ney Franco, Chiquinho ergueu a bola dentro da área e Rafael Lima deu um toquinho tirando do goleiro Marcos, abrindo o placar, Coritiba 1 x 0 Goiás.

Com a derrota e os resultados da noite dessa sexta-feira, o acesso do Goiás não só foi adiado, como colocou um monte de time na briga pela vaga nas duas últimas rodadas da competição.

Para sair com pelo menos um ponto e não deixar de somar, o técnico Ney Franco mandou o time para cima e aos 36′ o atacante Rafinha fez o goleiro Rafael Martins, espalmando a bola para lateral.

Apesar de tentar o time do Goiás não conseguiu o empate e com a derrota abriu o caminho para os adversários que estão atrás dele sonharem com o acesso à elite do futebol nacional.

Para conquistar o acesso, o time comandado por Ney Franco precisa vencer as duas partidas que restam, independente dos outros jogos. Na próxima rodada mais uma partida fora de casa, dessa vez contra o Oeste em Barueri.

Escalações Coritiba x x x Goiás

Coritiba (PR): Rafael Martins, Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa, Abner (William Matheus), Vitor Carvalho, Simião (Júlio Rush), Matheus Bueno, Chiquinho, Guilherme Parede e Alecsandro.

Técnico: Argel Fucks

Goiás: Marcos, Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte, Gilberto, Ernandes, Giovanni (Renato Cajá), Felipe Gedoz (Madson), Maranhão (Rafinha), Lucão e Michael.

Técnico: Ney Franco

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.