Economia

Cobrança de tarifas bancárias sobre contas inativas em Goiás pode ser proibida

Norma é prevista em projeto de lei aprovado, em 2º votação, pela Câmara de Deputados; objetivo é garantir os direitos básicos do cliente.
09/11/2018, 17h06

Bancos não poderão mais cobrar tarifas bancárias de contas correntes inativas por mais de 120 dias, em Goiás. É o que determina o projeto de lei nº 2306/2017 aprovado, em segunda e definitiva votação, em 31 de outubro, na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego). O objetivo do projeto, que segue para sanção do governador, é garantir os direitos básicos do cliente.

De acordo com o projeto, os bancos devem comunicar ao cliente a não movimentação da conta corrente e consultar se há interesse em manter ou encerrar o serviço. Caso não haja manifestação do cliente, o banco será obrigado a encerrar a conta corrente sem qualquer prejuízo ao correntista.

Em caso de descumprimento da regra, a instituição bancária poderá sofrer penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor.

Cobrança das tarifas em Goiás é “abusiva”

“Não raro, chega ao nosso conhecimento reclamações de pessoas que informam que estão em débito com bancos sem terem mais qualquer vínculo com o mesmo”, relata Karlos Cabral (PDT), deputado estadual autor do projeto. Ele considera a cobrança de tarifas vinculadas a contas inativas abusivas, por entender que a inatividade da conta anula a qualquer prestação de serviços bancários.

“Muitas pessoas abrem conta salário em determinados bancos, indicados por empresas ou até pelo serviço público, e ao se desligarem, a falta de conhecimento das regras e o não mais recebimento de salário, induzem esses clientes a crerem que não terão qualquer problema e que o encerramento será automático, assim como a suspensão de cobrança das tarifas bancárias”, explica ainda Karlos Cabral (PDT).

De acordo com o site Direito e Consumo, com base no Código de Defesa do Consumidor, na conta corrente que não é movimentada pelo cliente, “presume-se a inexistência de prestação de serviços.” A mesma regra vale para conta corrente encerrada pelo correntista, mas posteriormente ativada pelo banco sem o consentimento do cliente.

Nestes dois casos caracteriza-se prática abusiva a cobrança de serviços não prestados ou a cobrança de serviços não contratados.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

"Horrível", diz mãe de jovem encontrada em caixa de papelão, em Goiânia

Gislaine de Sousa, mãe de Géssika, fala pela primeira vez sobre o assassinato cruel da filha.
09/11/2018, 17h06

Gislaine de Sousa de Oliveira Rezende, 45 anos, decide falar pela primeira vez sobre a filha, Géssika Sousa dos Santos, de 27, dez dias depois de o corpo dela ter sido encontrado dentro de uma caixa de papelão, na Praça do Trabalhador, em Goiânia, no dia 30 de outubro.

Géssica foi encontrada por volta de 5h da manhã, amarrada com fios e enrolada em um lençol. Em vídeos que circularam pelo WhatsApp, um homem abre a caixa com um pedaço de madeira, enquanto pelo menos dez pessoas filmam.

“Não tive coragem de reconhecer o corpo, nem assistir o vídeo. Nunca mais vi minha filha porque o caixão foi lacrado”, conta Gislaine ao Portal Dia Online.

Segundo um morador de rua contou para a Polícia Civil, dois homens abandonaram o corpo de Géssika a pouco mais de 300 metros da Rodoviária. Em seguida, um terceiro teria deixado a moto Fazer azul, ano 2007, ao lado da caixa com a vítima dentro.

Pouco ou nada se conhecia de Géssika, transformada em um corpo em exposição. Abandonada por volta de 1 da madrugada, o corpo da jovem foi revirado primeiro por curiosos, depois por peritos, que buscavam qualquer informação que revelasse a identidade dela.

Sem documentos, o número da placa foi utilizado por policiais militares para levantar a hipótese de que, pelo menos, sabiam quem era a mulher.

Com as notícias divulgadas pela imprensa, um irmão da jovem ligou para Gislaine. “Como minha filha tinha desaparecido na segunda-feira cedo, falei para ele ir lá com meu marido. Eu sentia que poderia ser ela”, conta. Era Géssika.

Antes de ter o corpo abandonado no Centro de Goiânia, vítima foi espancada

"Horrível", diz mãe de jovem encontrada em caixa na Praça do Trabalhador, em Goiânia
Géssika posa para fotografia em mostra encontrada ao lado de seu corpo. Foto: Facebook.

Gislaine não quer nem imaginar a violência que a filha passou. Segundo a perícia, Géssika foi brutalmente espancada, esfaqueada e ainda teve parte de dedos arrancados.

Mas poucos sabem que Géssika deixou duas filhas criadas pela avó há três anos. Uma de 7 anos e outra de 11. “A caçula nunca mais falou na mãe. Parece não se lembrar, mas mudou o comportamento. Ficou mais custosa”, conta Gislaine.

As meninas sentem falta da mãe, que ligava, enviava áudios e fotos pelo WhatsApp, nos intervalos do trabalho que conseguiu em uma vaga destinada para Pessoas com Necessidades Especiais (PNE), no Pão de Açucar. Géssika nasceu sem a visão do olho esquerdo. Visão monocular, definiriam oftalmologistas.

A deficiência nunca limitou a mulher encontrada morta dentro de uma caixa em um dos lugares mais movimentados de Goiânia. Ela sempre trabalhou, prestou vestibular para Direito na Fasam, cursou dois semestres, mas há um ano e meio desistiu. “Ela não conseguia conciliar a faculdade com a rotina do trabalho”, lembra Gislaine.

Feliz

Em suas folgas às quartas-feiras, a mulher não deixava de passar na casa mãe para ver as meninas. “Ela passava aqui e voltava para a casa dela, sempre muito feliz.”

Mais velha entre três filhos de Gislaine, Géssika não demonstrava que estava passando por algum problema. “Ela tinha sido promovida no trabalho. Ela gostava muito de trabalhar com o computador e ia sair do cargo de fiscal de loja. Ela disse que não ia mais ficar na loja, mas no escritório.”

No domingo (28/10) ela foi ver as filhas, mas não encontrou ninguém. “Eu tinha ido para minha sogra. E a gente se falou pelo telefone. Pedi para ela ir, mas não quis”, recorda. No mesmo dia, Géssika foi trabalhar. Na segunda-feira, saiu cedo e não foi mais vista com vida.

Na terça-feira, dia em que o Centro de Goiânia amanheceria misterioso, com o corpo em uma praça, a família tinha uma hipótese para o sumiço.

Gislaine relembra que, 7 meses antes de ser assassinada, Géssika sofreu um grave acidente. “Ela saiu da minha casa e bateu a moto em um carro. Ficou muito machucada. Quebrou o maxilar, os dentes e ficou com problema na mão. Ela veio aqui para casa e eu cuidei dela.”

A moto abandonada ao lado de Géssika foi comprada com o seguro do primeiro veículo que ficou destruído. “Ela sempre pensava em tudo. Depois do acidente, ela achou que ia morrer e chegou a fazer um seguro de vida. Não imaginou que morreria dessa forma, mas deixou as filhas amparadas.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Confira o que rola neste fim de semana em Goiânia

Procurando o que fazer neste fim de semana em Goiânia? Então confira as dicas que preparamos especialmente para você!
09/11/2018, 17h37

Preparado para aproveitar o fim de semana em Goiânia? Desta vez, muitos irão ficar em casa para poupar energias para o Enem, que tem sua segunda fase neste domingo (11 de novembro). No entanto, se esse não for o seu caso, a capital proporciona uma variedade de eventos capazes de agradar a todos os gostos.

Já está rolando o maior festival de cervejas artesanais do Centro-Oeste, e ainda será possível participar do show stand up de um dos maiores humoristas do Brasil. Também rola espetáculo de dança de uma das companhias mais respeitadas do mundo. Curioso? Então confira a listinha especial que preparamos para você!

O que fazer neste fim de semana em Goiânia?

1 – Participar do Piri Bier

Confira o que rola neste fim de semana em Goiânia

Se você é apaixonado por cervejas artesanais, provavelmente já ouviu falar sobre o Piri Bier. Em mais uma edição marcada para rolar na capital goiana, este é nada menos que o maior festival de cervejas especiais de todo o Centro-Oeste.

Teve início no dia 8 (quinta) e acontecerá no Passeio das Águas Shopping até o dia 11 de novembro (domingo). O público poderá contar com grande variedade de rótulos das melhores cervejas artesanais de Goiás e de tantas outras regiões do Brasil, que serão distribuídas pelos vários stands do evento.

E não pense que é apenas isso! Para animar a galera durante o evento, bandas locais irão se apresentar, a exemplo de Carne Doce (hoje, 9 de novembro) e a banda Branda amanhã (10 de novembro). O fim de semana em Goiânia promete!

Para saber mais, acesse nossa agenda cultural!

2 – Participar do espetáculo “Eu Comigo Mesmo”, de Rafael Portugal

Confira o que rola neste fim de semana em Goiânia

Se você é do tipo que acha que já riu de tudo nessa vida, está profundamente enganado. Para provar isso, o ator e humorista Rafael Portugal, integrante do canal “Porta dos Fundos”, virá até Goiânia apresentar seu mais novo espetáculo intitulado “Eu Comigo Mesmo”.

Ele se apresentará no Teatro PUC em uma turnê que dura dois dias, entre 10 e 11 de novembro (sábado e domingo). No primeiro dia o espetáculo tem início às 21 horas, enquanto no segundo, inicia às 19 horas.

Ao longo da apresentação, Rafael Portugal irá contar de forma bem descontraída, algumas das histórias mais engraçadas que já aconteceram em sua vida. Vale a pena participar!

Para saber mais, acesse nossa agenda cultural!

3 – Ir ao show da dupla Eddy e Bruno, na Villa Mix

Confira o que rola neste fim de semana em Goiânia

Se você é fã de um bom sertanejo, já pode anotar na agenda porque este fim de semana promete! No dia 10 de novembro (sábado), a dupla Eddy e Bruno chega em Goiânia para se apresentar no palco da casa noturna Villa Mix. O show está preciso para ter início às 22 horas.

A dupla promete cantar seus maiores sucessos e ainda embalar o público com canções consagradas do sertanejo. Para animar ainda mais a noite, o Vj André Melo também marcará presença. Como se não bastasse, o público ainda poderá aproveitar o open bar da casa, com cerveja, vodka, suco, refri e água. Não dá para perder!

Para saber mais, acesse nossa agenda cultural!

4 – Acompanhar a chegada do Papai Noel no Passeio das Águas Shopping

Confira o que rola neste fim de semana em Goiânia

Para quem tem crianças em casa, o Passeio das Águas pode representar um bom destino para hoje. O shopping receberá o Papai Noel e contará com apresentação do musical “Natal de Encantos”, e ainda terá outras apresentações com temas natalinos. Tudo acontecerá de forma gratuita na Praça de Alimentação.

O evento está previsto para ter início hoje às 20 horas. O fim de semana em Goiânia para a garotada pode ser bem mais divertido!

5 – Ir ao espetáculo Romeu & Julieta, do Ballet Nacional da Rússia

Confira o que rola neste fim de semana em Goiânia

Considerada como uma das mais respeitadas companhias de dança do mundo, a companhia Ballet Nacional da Rússia vem pela primeira vez ao Brasil apresentar seu espetáculo Romeu & Julieta.

O clássico de William Shakespeare será interpretado por 30 bailarinos em cena e acontecerá no dia 11 de novembro (domingo), às 20 horas no Teatro Vermelho.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Adolescente é morto a tiros, em Anápolis

Lucas só ia em casa para dormir segundo familiares.
09/11/2018, 18h06

O jovem Lucas Gabriel Morais da Silva, de 18 anos, foi morto a tiros próximo a residência da família, na tarde desta sexta-feira (9/11) na Rua Quilombo dos Palmas, no Parque Residencial Ander, na cidade de Anápolis a 55 quilômetros de Goiânia.

Quem esteve no local foi o delegado Vander Coelho titular do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis. Vander Coelho conta ao Portal Dia Online que a vítima foi alvejada por pelos menos seis disparos de arma de fogo.

Segundo o delegado, Lucas Gabriel, já tinha passagens pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

Adolescente só ia em casa para dormir

O envolvimento do jovem com o tráfico de drogas fez a família se afastar dele. “Os familiares estiveram no local, primeiro a mãe dele e depois o irmão, pois a casa da família ficava próxima ao local do crime. O irmão disse que estava afastado de Lucas Gabriel, pelo envolvimento que ele tinha com o tráfico e que Lucas só ia para casa para dormir e depois saia e ficava perambulando pela cidade”.

Segundo o delegado, no momento do crime chovia muito e não foi possível a perícia determinar com precisão onde os projéteis atingiram. Agora ele aguarda o resultado do exame cadavérico, para determinar com maior precisão as regiões do corpo que foram atingidas pelos disparos.

Vander Coelho titular da GIH, conta também que até o momento não há informações sobre os autores do crime ou sobre a motivação do mesmo. Segundo o delegado, como a família não tinha tanto contato com rapaz, os policiais vão procurar pessoas próximas a Lucas Gabriel, para poder identificar os assassinos e se a morte dele estaria relacionada ao tráfico de drogas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

NP Fight Brasil será atração neste sábado, em Goiânia

Evento revelou atleta que foi contratada recentemente pelo UFC.
09/11/2018, 18h10

O NP Fight Brasil vai movimentar o Ginásio do setor Sudoeste neste sábado, em Goiânia. O evento que terá 10 super lutas no cage, irá contar com três defesas de cinturão. Motivo pelo qual a comunidade da luta apelidou o evento de “Guerra de Cinturões”.

O NP Fight hoje é uma competição de tradicional no Estado de Goiás e começa a alcançar o cenário internacional, com atletas vindos da Argentina disputando a competição em solo goiano.

Lutadora revela no NP Fight é contratada pelo UFC

Foi um dos primeiros eventos a promover disputa de cinturão feminino nas artes marciais mistas em Goiás. responsável por revelar a lutadora Sarah Frota, “A Treta”, que recentemente foi contratada pelo UFC. Sarah é a primeira goiana a chegar na principal organização de MMA do Mundo.

Após mostrar que Goiás é capaz de revelar grandes atletas, vamos ao card de lutas desse final de semana no NP FIGHT 10. Raniere Silva, atual campeão da categoria até 61kg, fará a defesa do cinturão contra Henrique Marques.

Um dos atletas mais experientes de Goiás e difícil de ser batido, Elismar Carrasco espera fazer jus ao apelido “Carrasco” e defende a cinta dos 66 kg contra Paulo Irmão.

Outra defesa de cinturão será da atleta Karol Piret, que irá defender pela primeira vez o cinturão dos 57 kg contra a mineira Jully Jeniffer.

O combate entre Mateus Silva vs Cristian Silva na categoria até 70 kg abre o card principal.

Nesta sexta-feira (9/11) os lutadores passaram pela pesagem e agora aguardam o momento de subir ao cage amanhã.

Para quem gosta de MMA e quer comparecer ao evento, o preço das entradas varia entre R$ 30 nas arquibancadas e R$ 200 reais para acompanhar nas mesas próximas ao cage. O início do evento está previsto para as 19h (horário de Brasília).

Card Principal

Raniere Silva x Henrique Marques

Karol Piret x Jully Jenifer

Elismar Carrasco x Paulo irmão

Mateus Silva x Cristian Silva

Card preliminar

Até 90 kg – Adriano Napoli  vs Leon Soares;

Até 61 kg – João Vitor “GB” vs Wagner “Aranha

Até 70 kg – Klever “Gari” vs Cleidison “Jacaré”;

Até 77 kg – Thiago “Cowboy” vs João Paulo “Negão”;

Até 61 kg – Jackson “Lobo” vs Wilhan “Pit Bull”;

Até 57 kg – Itamar Dias vs Lucas “Kuririn”.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.