Goiás

Bombeiros preveem 20 horas de trabalho contra incêndio em tanque de usina em Serranópolis 

Incêndio começou na noite de ontem (15/11), após um tanque de álcool ser atingido por um raio.
16/11/2018, 19h50

Equipes do Corpo de Bombeiros e brigadistas ainda atuam no rescaldo do incêndio em tanque de álcool em uma usina de Serranópolis, região Sudoeste do Estado. As ações no local devem durar pelo menos mais duras horas, e ao todo, são previstas 20 horas de trabalho. O incêndio começou na noite de quinta-feira (15/11), após um dos tanques de armazenamento de Etanol ser atingido por um raio. Não houveram vítimas.

De acordo com o tenente-coronel, Hélio Cristiano do Carmo, que comanda a operação, as chamas já foram controladas e as equipes atuam na fase de rescaldo. “Estamos verificando se tem algum risco de tornar reignição do fogo e estamos avaliando também o risco e a temperatura de outros tanques. A previsão é de mais duas horas de serviço”, explica ao Dia Online.

Ao todo, 40 homens trabalham na ocorrência, sendo dez bombeiros e 30 brigadistas das usinas de álcool, tanto da enegértica onde ocorreu o incêndio como de usinas vizinhas. “Estamos atuando com dez caminhões de água e gastamos aproximadamente mil litros de espuma. O tanque atingido pelo raio estava abastecido com 5 milhões e 300 mil litros de álcool”, conta o tenente-coronel Hélio Cristiano.

Incêndio em tanque de usina em Serranópolis

Tudo começou após um dos tanques de álcool de uma usina, localizada na zona rural da cidade, às margens da GO-184, ser atingido por um raio, na noite de quinta-feira (15/11). Um vídeo mostra a altura das chamas no local, logo após o tanque ser atingido pela descarga elétrica. Chovia no momento do incidente. Reveja:

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o raio atingiu a válvula que possibilita o escoamento do álcool, o que não permitiu o transbordo do combustível. Durante a ação, foi necessário deixar que o fogo consumisse todo o álcool que estava no tanque, para assim aproximar do local e evitar que as chamas se alastrassem.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Com gol de pênalti de Neymar, Brasil ganha do Uruguai por 1 a 0 em Londres

Com a bola no pé, Neymar foi o responsável pelas principais jogadas de perigo da seleção.
16/11/2018, 20h20

De amistoso, a partida entre Brasil e Uruguai nesta sexta-feira, no Emirates Stadium, em Londres, não teve nada. Com entradas duras, carrinhos, muita briga pela bola, reclamações e oito cartões amarelos distribuídos pela arbitragem, o time do técnico Tite levou a melhor ao vencer por 1 a 0, graças a um gol de pênalti de Neymar. Agora, nesta terça-feira, a seleção volta a campo para enfrentar Camarões, novamente na capital inglesa, para fechar a temporada de 2018.

Se o treinador brasileiro queria usar o duelo diante dos rivais sul-americanos como um teste para a disputa da Copa América, principal competição do próximo ano e que será realizada no Brasil, o ponto alto foi o desempenho do atacante Neymar, melhor opção ofensiva da equipe e com uma postura bem diferente da que apresentou na Copa do Mundo na Rússia.

Com a bola no pé, Neymar foi o responsável pelas principais jogadas de perigo da seleção. Ele cobrou falta com perigo e fez um gol, mas a arbitragem corretamente marcou impedimento. Arriscou chutes de longe e teve ótima movimentação, principalmente pelo lado esquerdo do ataque, para tentar furar o bloqueio rival.

Neymar chama atenção em amistoso entre Brasil e Uruguai

Mas o que mais chamou atenção foi o comportamento de Neymar. Ele sofreu com as faltas uruguaias, mas levantou e seguiu o jogo. Não reclamou e revidou apenas jogando bola. Falou com o árbitro somente o necessário e como capitão da seleção. Enfim, teve uma postura que contrastou com a vista na Copa do Mundo, quando ele viu a sua fama de cai-cai superar as fronteiras internacionais.

E é esse tipo de Neymar que Tite quer ver na seleção, um jogador que é diferenciado e que se mantiver a postura apresentada diante do Uruguai na Copa América tem tudo para ajudar o Brasil a conquistar o título que não vem desde 2007, quando a equipe comandada por Dunga levantou o troféu na Venezuela.

Se Neymar brilhou, Douglas Costa ficou devendo. Ele não conseguiu levar a melhor sobre Laxalt e perdeu uma grande oportunidade de mostrar serviço. Do outro lado, os estreantes Mathias Suárez e Bruno Méndez tinham muita dificuldade para parar Neymar, Filipe Luís e quem mais caía pela esquerda do ataque brasileiro.

No primeiro tempo, apesar do domínio verde e amarelo, com posse de bola e até o gol anulado de Neymar, as melhores chances foram da seleção celeste. Na primeira, Suárez chutou forte, após vacilo de Danilo, e Alisson espalmou. A outra foi com Cavani, que chutou de primeira para boa defesa de Alisson após belo passe de Luis Suárez.

Na etapa final, o Uruguai voltou melhor, pressionou e quase marcou em cobrança de falta de Suárez. Tite percebeu que alguns jogadores não estavam rendendo e colocou Allan e Richarlison em campo. Pouco depois, Danilo acabou sofrendo pênalti. Após muita reclamação dos uruguaios, pois a bola tocou na mão do lateral-direito antes da falta, Neymar cobrou com perfeição e garantiu a vitória brasileira.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 1 x 0 URUGUAI

BRASIL – Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Walace, Arthur e Renato Augusto (Allan); Douglas Costa (Richarlison), Roberto Firmino e Neymar. Técnico: Tite.

URUGUAI – Campaña; Mathias Suárez (Lemos), Méndez, Cáceres e Laxalt; Vecino (Valverde), Torreira, Bentancur e Pereiro (Jonathan Rodríguez); Luis Suárez e Cavani. Técnico: Oscar Tabárez.

GOL – Neymar, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Douglas Costa e Walace (Brasil); Luis Suárez, Torreira, Mathias Suárez, Vecino, Cáceres e Cavani (Uruguai).

ÁRBITRO – Craig Pawson (Fifa/Inglaterra).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Emirates Stadium, em Londres (Inglaterra).

Imagens: El Pais 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Pastor, mulher e sobrinha morrem em Anápolis após enterro da irmã dele

Pastor João Batista Gomes voltava do enterro da irmã dele quando bateu de frente com um caminhão.
17/11/2018, 09h30

Uma família goiana não tinha se acostumado à ideia de perder um ente querido quando foram avisados de que outros três, que haviam acabado de sair do sepultamento em Itaberaí, morreram tragicamente quando chegavam a Anápolis.

O pastor evangélico João Batista Gomes, de 60 anos, foi se despedir da irmã dele. Quando voltava, tentou fazer uma ultrapassagem e bateu de frente com um caminhão. Além de João, morreram a mulher dele, Sueli Pereira de Matos Gomes, de 49, e a sobrinha Irene Lúcia Gomes, de 49. A filha de João e Sueli sobreviveu.

Além da igreja, João se dividia na atividade política. Ele era chefe de gabinete do vereador de Anápolis Mauro Severiano. Para o G1, Severiano contou que a família voltava do velório da irmão do pastor, em Itaberaí. “Enterramos a irmã dele em Itaberaí e voltamos para Anápolis. Eu vim na frente e ele saiu cerca de uma hora depois. É uma tragédia”, lamentou Severiano.

Ultrapassagem pode ter causado acidente em Anápolis

Pastor, mulher e sobrinha morrem em Anápolis após enterro da irmã dele
Carro bateu de frente com caminhão de frete. Foto: reprodução/ Corpo de Bombeiros

De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram que o carro do pastor bateu de frente contra o caminhão quando tentava fazer uma ultrapassagem. A causas dos acidente, contudo, devem ser esclarecidas apenas depois do resultado da perícia.

João Batista, Sueli e Irene morreram no local do acidente. Já a filha do casal foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital de Urgências de Anápolis (Huana). O caminhoneiro foi levado para a mesma unidade de saúde.

Os corpos foram liberados do Instituto Médico Legal (IML) no início da noite.

Acidente inusitado: ambulância

Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida em um acidente envolvendo uma ambulância e dois caminhões, na BR-153, entre São Luís do Norte e Ceres. O caso ocorreu no início da manhã do último domingo (11/11). Um dos veículos de carga transportava produto químico perigoso e a BR segue totalmente interditada para limpeza.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Cinco homens invadem casa, matam cachorro e executam jovem com 9 tiros, em Goiânia

A vítima tentou se esconder no banheiro, mas foi alcançada pelos criminosos.
17/11/2018, 12h01

Chovia quando pelo menos cinco homens pularam o muro, mataram um cachorro, arrombaram a porta da sala e atiraram pelo menos nove vezes em Gabriel Felipe Santos Silva, de 19 anos, por volta das 23h de sexta-feira (17/11). Ele estava em uma kitinete na Rua das Orquídeas, no Jardim Pompeia, em Goiânia.

O cachorro Pit Bull se irritou quando viu os homens pulando o muro e foi morto por um dos assassinos que passaram pelo quintal escuro da residência. O latido foi silenciado pelo primeiro tiro da noite.

O jovem tentou escapar, mas quando entrava no banheiro, foi alcançado pelos assassinos. Ele morava com um irmão e a cunhada, que estavam no quarto. Apavorados, esperaram a casa voltar a ficar em silêncio, abriram a porta e viram o corpo do jovem crivado de balas, de costas para o chão, como se tentasse se defender.

O irmão da vítima chamou os Bombeiros, que constaram que Gabriel estava morto. Enquanto isso, uma multidão de curiosos cercava a rua de asfalto molhado pela chuva e iluminada por giroflex de viaturas da Polícia Civil e Militar.

Crime em Goiânia: suspeita de execução

Usuário de drogas, Gabriel tem passagem por ato infracional quando ainda era menor de idade. Para o delegado plantonista que foi ao local do crime, Hellyton Carvalho, o crime tem características de execução. “Ele tentou se esconder no banheiro e ficou caído no chão, de costas, perto da sala”, descreveu.

Adjunto da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), o delegado Hellyton Carvalho, não adiantou nenhuma informação que pudesse indicar o que teria motivado a execução de Gabriel. “O caso será investigado por outro cartório”, informou Carvalho, assim que deixou o plantão, na manhã deste sábado (17/11).

O caso será investigado pelo delegado Marco Aurélio Ferreira, que deve iniciar os trabalhos na próxima segunda-feira (19/11). Na região em que ocorreu o crime, ninguém quis comentar o assunto. Apenas o irmão e a cunhada da vitima passaram algumas informações.

Até o final da manhã, o corpo de Gabriel Felipe permanecia no Instituto Médico Legal (IML) à espera de liberação da família,

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Rodada decisiva para Atlético Goianiense, Goiás e Vila Nova

Equipes jogam para superar inconstância dentro da competição e manter vivo o sonho do acesso.
17/11/2018, 12h07

Faltam apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro da Série B. Embora os três representantes do futebol goiano ainda tenham chances de alcançar o acesso à elite do futebol brasileiro, o único que depende das próprias forças é o Goiás.

Em determinado momento do segundo turno da competição foi possível sonhar com Goiás, Vila Nova e Atlético Goianiense na primeira divisão. No entanto, a campanha irregular das equipes nesta reta final de Série B pode tornar esse sonho em pesadelo.

A 37ª rodada reserva fortes emoções para o torcedor.

Atlético Goianiense

Dos três times goianos, o Atlético é o que está em situação mais complicada. Com 53 pontos e ocupando a oitava colocação, o Dragão precisa de um milagre para alcançar o acesso. A campanha irregular durante todo campeonato complicou o rubro-negro que não conseguiu emplacar uma sequência de bons resultados.

Sem vencer em casa desde o dia 04 de setembro, quando derrotou a Ponte Preta por 2 a 0, o Dragão enfrenta o São Bento nesta sexta-feira, 16, às 20h30 , no Estádio Antônio Aciolly. Para esta partida a equipe vem com três alterações em relação ao confronto contra o CSA. Gilvan, que estava suspenso na última rodada, retorna no lugar de Lucas Rocha. O jovem lateral-esquerdo Moraes ganha espaço com a suspensão de Jonathan e Vitinho ganha a vaga de Fernandes no meio-campo.

Provável escalação do Atlético para o confronto contra o São Bento: Klever; Alisson, Oliveira, Gilvan e Moraes; Pedro Bambu, Vitinho e João Paulo; André Luis, Júlio Cesár e Renato Kayser. Técnico: Wagner Lopes

Vila Nova

A esperança de ver o Vila Nova na Série A parecia distante para o torcedor Vila Nova após a goleada sofrida diante do Brasil de Pelotas, mas após a vitória sobre o Figueirense na última rodada e o tropeço das equipes que estão à frente trouxeram esperança ao Tigre.

Caso vença o Criciúma no Serra Dourada, às 19h30, neste sábado (17/11), a equipe colorada, que possui 55 pontos e está na sétima colocação, pode retornar ao G-4 e ir para o último jogo depende apenas de si. Para que isso aconteça o Colorado precisa torcer para que o Londrina não vença o confronto contra o CRB nesta sexta-feira e contar com derrotas de Goiás e Avaí.

O tigrão perdeu pontos importantes jogando como mandante dentro da competição e não tem mais margem para erro. Se quiser o acesso, a equipe comandada pelo técnico Hemerson Maria precisa da vitória para seguir vivo na briga por uma das vagas a elite do futebol nacional.

Provável escalação do Vila Nova contra o Criciúma: Rafael Santos; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Hélder; Geovane, Moacir, Mateus Anderson, Alan Mineiro e Juninho; Elias. Técnico: Hemerson Maria

Goiás

O único goiano a depender das próprias forças é o Goiás. O alviverde é o quarto colocado com 57 pontos e garante o acesso com mais quatro pontos. Uma vitória e um empate nos dois jogos que restam são o suficiente para que o Goiás volte à primeira divisão após o rebaixamento em 2015.

Mas se engana quem pensa que a vida do Esmeraldino será fácil. O adversário do próximo sábado (17/11) é o Oeste, clube que corre risco de ser rebaixado e busca os três pontos para se distanciar dos fantasma da terceira divisão. As equipes se enfrentam na Arena Barueri, às 21h00.

Para o duelo deste sábado, o Goiás não contará com Lucão, artilheiro da competição com 16 gols. O atacante cumpre suspensão automática pelo cartão amarelo recebido na partida contra o Coritiba. Com isso, Júnior Viçosa ganha vaga entre os titulares.

Provável escalação do Goiás contra o Oeste: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte e Ernandes; Gilberto Júnior, João Afonso e Giovanni; Michael, Júnior Viçosa e Rafinha (Maranhão). Técnico: Hermerson Maria

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.