Esportes

Estádio Serra Dourada: saiba mais sobre esse gigante de Goiás

O Estádio Serra Dourada é o maior de Goiás e além de receber grandes jogos de times locais, também sedia eventos de peso na capital. Confira!
19/11/2018, 15h56

Para os amantes do bom futebol, Goiânia conta com ótimas opções para sediarem importantes jogos, sejam eles de torneios, campeonatos estaduais, nacionais e até mesmo internacionais. Sempre que pensamos em grandes duelos dessa modalidade esportiva, lembramos também de um gigante goiano: o Estádio Serra Dourada.

Com ampla estrutura e considerado um verdadeiro complexo de entretenimento para os torcedores, o estádio ganha o título de reconhecimento como o maior de Goiás, com capacidade oficial para 50.049 espectadores, mas que por medidas de segurança, possui autorização para receber até 41.574 visitantes ao mesmo tempo.

E é ali, em meio a gritos, pulos, torcidas, choros e comemorações, que os torcedores se reúnem em uma grande festa dedicada a seus times de coração. E você, já fez alguma visita ao estádio?

Um pouquinho mais sobre o Estádio Serra Dourada

Estádio Serra Dourada: saiba mais sobre esse gigante de Goiás
Foto: Reprodução/ Mais Goiás

O Estádio do Governo de Goiás, mais conhecido como Estádio Serra Dourada, foi projetado pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha (vencedor do Prêmio Pritzker de 2006) e inaugurado ainda no ano de 1975, precisamente, no dia 9 de março. Já ficou no top 10 entre os maiores do Brasil, ocupando a sétima posição. No entanto, atualmente se encontra no vigésimo primeiro lugar.

Os torcedores sempre podem esperar por partidas dos principais times da cidade, como Atlético Clube Goianiense, Goiás Esporte Clube e Vila Nova Futebol Clube. Mas não pense que o lugar se resume a intensos e emocionantes jogos da modalidade.

Eventualmente, o campo do estádio também se transforma em um enorme palco para outros tipos de acontecimentos. Quem é que não se lembra do ano de 2013, quando Goiânia recebeu o ex-Beatle Paul McCartney? Pois bem, quem deu espaço para esse grande fenômeno do rock mundial foi exatamente o Estádio Serra Dourada.

Estádio Serra Dourada: saiba mais sobre esse gigante de Goiás
Foto: Reprodução/ IG

Apenas para que você tenha ideia, o músico se apresentou para um público superior a 40 mil pessoas, essas, vindas não apenas da capital mas também de todos os cantos do Brasil.

Durante quatro anos seguidos também foi a sede da Conferência Internacional Radicais Livres, evento religioso caracterizado como um dos maiores do país, reunindo milhares de jovens. Ainda vale lembrar que a parte externa do local também é utilizada para receber eventos.

O Villa Mix Festival acontece anualmente em seu estacionamento, que possui ampla estrutura e capacidade estimada para 10 mil vagas. O estádio é cercado por importantes vias de trânsito, localizado na região sul de Goiânia, às margens da BR-153, o que garante sua acessibilidade.

O jogo que entrou para a história

Estádio Serra Dourada: saiba mais sobre esse gigante de Goiás
Foto: Reprodução/ Estádio Serra Dourada

Perto de completar seus 44 anos, é fácil imaginar que alguns jogos simplesmente entraram para a história do estádio, permanecendo vivos ainda no imaginário daqueles que puderam estar presentes. O principal marco está sem dúvida na partida de inauguração, embora ainda carregue consigo algumas controvérsias.

O jogo de estreia aconteceu no dia 9 de março de 1975, em uma eletrizante partida entre a Seleção Goiana e a Seleção Portuguesa, onde os goianos acabaram ganhando de virada e encerrando o placar em 2 x 1.

Mas vamos lá. Se lembra que mencionamos que a capacidade oficial do estádio é para pouco mais de 50 mil pessoas? Uma curiosidade é que neste dia e em alguns jogos que aconteceram mais tarde, o público registrado se aproxima dos 80 mil! Exatamente, 80 mil pessoas reunidas em um mesmo lugar, que aparentemente nem mesmo teria tal capacidade.

A questão é que, para atender medidas legais e de segurança, a capacidade foi sendo reduzida ao longo dos anos até chegar na que conhecemos hoje. Em todo caso, o importante é que foi uma partida linda e inesquecível para os milhares de sortudos que puderam estar ali.

Outras curiosidades

Estádio Serra Dourada: saiba mais sobre esse gigante de Goiás
Foto: Reprodução

Com área total de 800 mil m², o Estádio Serra Dourada conta com 22 lanchonetes, 53 banheiros, 34 cabines para rádio, 4 vestiários para jogadores e 2 para árbitros, 2 salas para aquecimentos, 5 bilheterias, 7 portões de entrada e 12 de saída.

Seu gramado segue o mesmo padrão estipulado pela FIFA e CBF, com as dimensões de 105 x 68 metros, entrando para a lista entre os três melhores do Brasil.

Passadas informações técnicas, você tem ideia de quem foi o jogador que mais fez gols no estádio? Se sua resposta foi Túlio Maravilha, acertou! Foram 131 bolas colocadas na rede por ele. Vale lembrar que o estádio também acabou entrando para a história após o atacante Wendel Lira, do Goianésia, conquistar o Prêmio FIFA Puskás, com o gol mais bonito do ano de 2015.

Se você ainda não teve a oportunidade de presenciar um jogo no local, já deveria pensar em fazer isso. Mesmo para aqueles que não dão muita importância para futebol, sentir a energia vinda dos torcedores no estádio é uma experiência única e é sempre bacana!

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Viaduto que cedeu em São Paulo passará por elevação com macacos hidráulicos

Já foram instaladas duas estacas e construída uma janela de visita para acesso às estruturas do viaduto; assim que todas as estacas forem colocadas, começará o processo de elevação da estrutura que cedeu com macacos hidráulicos.
19/11/2018, 16h00

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou hoje (9) que mais oito estacas de sustentação serão colocadas no viaduto da Marginal Pinheiros que cedeu quase 2 metros na madrugada do último dia 15. Já foram instaladas duas estacas e construída uma janela de visita para acesso às estruturas do viaduto. Assim que todas as estacas forem colocadas, começará o processo de macaqueamento, ou seja, de elevação da estrutura que cedeu com macacos hidráulicos.

“A linha seguida pela Secretaria de Infraestrutura e Obras, do ponto de vista da engenharia, é a mais segura para dar tranquilidade não apenas para quem está trabalhando na obra, mas para quando pudermos liberar o viaduto, ter toda tranquilidade de que as pessoas vão trafegar com a maior segurança possível“, disse Covas, após a primeira reunião presencial do comitê de crise criado para cuidar da situação gerada pelo solapamento do viaduto, que fica perto da Ponte do Jaguaré, região oeste da capital.

O trânsito continua bloqueado na pista expressa da Marginal Pinheiros para que não se crie o efeito funil, mas, desde ontem (18), a Secretaria de Mobilidade de Transportes vem fazendo uma série de intervenções para ampliar os acessos entre a pista expressa e a local. “Serão mais de 10 intervenções que, ao final de 20 dias, vão permitir que nós liberemos mais trechos da marginal expressa enquanto dura o processo no viaduto”, explicou o prefeito.

Covas afirmou que, por enquanto, não há pretensão de liberar o rodízio em outras áreas além das já liberadas, mas é possível fazer uma reavaliação depois de quarta-feira, quando o trânsito na cidade deve se normalizar depois da volta dos paulistanos do feriado. “No momento, não há necessidade de alterar essa decisão, mas, se o trânsito se comportar de forma que necessite rever a posição, não há nenhum problema.”

Segundo o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, João Octaviano Machado Neto, a área em questão abrange um trecho de saída para os veículos que já estão deixando a área de rodizio. “Como é um local que deverá ter lentidão maior, pode ser que pessoas fiquem retidas e, nesse caso, poderiam ser autuadas. Não é coisa para induzir o uso da Marginal pinheiros na hora do rodízio. É para dar alternativa aos que já estão se deslocando para fora para que essas pessoas não sejam multadas por causa da lentidão”, afirmou.

Para o prefeito, a situação mostra que o trabalho de monitoramento e a análise feita no ano passado em todas as pontes e viadutos da cidade ficaram incompletos e são insuficientes. “Nós já havíamos percebido isso no ano passado quando iniciamos o processo de contratação que recentemente foi liberado pelo Tribunal de Contas do Município [TCM]. Esperamos concluir a licitação em janeiro para contratação de laudos mais estruturais para podermos balizar os projetos de recuperação.”

O objetivo da prefeitura é consultar o TCM para saber se é possível, por meio de contrato emergencial contratar esse mesmo laudo não para 33, mas para 185 pontes e viadutos da cidade.

O secretário municipal de Serviços e Obras, Vitor Levy Castex Aly, informou que ainda não há previsão de prazos ou custos da recuperação do viaduto, mas disse que o objetivo é preservar ao máximo a estrutura já existente para minimizar os transtornos à população. “A estrutura já está lá. Se conseguirmos recuperar, será mais breve do que tendo que remover e fazer outra obra. Todas as técnicas da engenharia foram utilizadas. A partir de hoje vamos começar a pensar como vamos recuperar.”

Imagens: Folhapress 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Operação de feriado reduziu em 4% o total de acidentes graves, diz PRF

Levantamento preliminar da corporação aponta que, ao todo, 1.093 feridos, entre condutores ou passageiros, foram socorridos pelas equipes em serviço; número 13% menor do que o constatado no ano passado (1.262).
19/11/2018, 16h26

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou a Operação Proclamação da República deste ano reduzindo em 4% o total de acidentes graves. Levantamento preliminar da corporação, divulgado hoje (19), aponta que, ao todo, 1.093 feridos, entre condutores ou passageiros, foram socorridos pelas equipes em serviço, número 13% menor do que o constatado no ano passado (1.262).

Ao todo, as equipes da corporação atenderam 243 ocorrências classificadas como graves, que resultaram em 74 mortes. O índice é superior ao de 2017, quando foram contabilizadas 73 vítimas fatais.

Outro indicador que registrou piora foi a notificação de condutores que não utilizavam equipamentos adequados ao transportar crianças, como bebê conforto, cadeirinha e assento de elevação. A quantidade de pessoas flagradas cometendo esse tipo de infração aumentou 81%, passando de 183 para 332 casos.

Em nota, a PRF destacou ainda que, ao longo dos cinco dias da operação, de um universo de 32.915 motoristas submetidos a testes de alcoolemia – como é chamado o teste de bafômetro -, 750 motoristas (2,2%) foram autuados.

Durante a ação, os agentes policiais também identificaram 4.143 ultrapassagens indevidas, consideradas pela corporação como um dos comportamentos mais perigosos nas rodovias. Além disso, 2.461 pessoas transitavam sem utilizar o cinto de segurança, infração considerada grave.

Crimes

As fiscalizações feitas no âmbito da operação, que chegaram a abranger 105.118 pessoas e 102.396 veículos, permitiram a apreensão de cerca de uma tonelada de maconha (993 kg) e de 120 mil pacotes de cigarros que seriam contrabandeados. Conforme consta do relatório da PRF, 495 pessoas suspeitas de cometerem os crimes foram detidas.

Imagens: Agência Brasil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Sequestrado, taxista de 81 anos é encontrado amarrado em lixão de Goiás

O idoso foi agredido e deixado amarrado no lixo.
19/11/2018, 16h37

Imagine seu avô ou bisavô todo sujo, amarrado com o cinto dele, no meio do lixão. Esta foi a cena encontrada por policiais militares quando se depararam com Antônio Domiciano de Souza, de 81 anos, em Anápolis, em Goiás, na noite do último sábado (17/11).

Mesmo com a idade, Antônio continuava dirigindo seu táxi pela cidade e municípios da região em seu carro Meriva no sábado, às 22h30, quando foi atender a uma corrida de quatro homens. Eles estavam armados com uma faca e a viagem terminaria em Niquelândia, onde o idoso seria agredido e amarrado, a 400 metros de uma estrada.

No caminho do local em que foi abandonado, o idoso foi agredido e colocado dentro do porta-malas do carro. Com pés e mãos amarrados, a vítima ficou no meio do lixo, com fome, sede e medo.

Idoso sequestrado em Goiás ficou apavorado

Por isso, quando foi encontrado por policiais, o idoso estava apavorado. A Polícia Militar só chegou até ele porque recebeu a denúncia de que dois dos sequestradores estavam em uma festa com o carro da vítima.

Antes de prender os criminosos, no entanto, os policiais tiveram de persegui-los por meio do matagal próximo à festa.

Logo depois, a PM encontrou outro suspeito na cidade, durante um patrulhamento. Depois do resgate, Antônio foi levado para atendimento médico, prestou depoimento, identificou os bandidos e voltou para casa.

Os suspeitos foram autuados por roubo com as qualificadoras de por terem agido em conjunto e por restringir a liberdade da vítima. Se condenados, podem pegar até 15 anos de prisão.

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos presos já forma presos anteriormente, mas o histórico criminal não foi informado.

Presos, o bando deve responder por roubo de veículo com restrição de liberdade da vítima e tortura. Caso fique constatado que eles tinham outros interesses financeiros, também deverão responder por sequestro e formação de quadrilha.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Plateia grita 'fica, Temer' durante evento, em Brasília

Os "pedidos" tiveram breve duração e ocorreram enquanto o presidente da CNM, Glademir Aroldi, fazia elogios à atual gestão em relação à atenção dedicada aos municípios.
19/11/2018, 16h42

O presidente Michel Temer participa, na tarde desta segunda-feira, 19, de encontro com prefeitos na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em Brasília. Integrantes da plateia do evento promovido pela CNM puxaram gritos de “fica, Temer”, despertando um sorriso do presidente.

Os “pedidos” tiveram breve duração e ocorreram enquanto o presidente da CNM, Glademir Aroldi, fazia elogios à atual gestão em relação à atenção dedicada aos municípios. “Nunca o movimento municipalista foi tão bem tratado pelo Palácio do Planalto”, afirmou Aroldi. Segundo ele, Temer foi o primeiro presidente da República a visitar a sede da entidade, em Brasília.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e ministros como Eliseu Padilha (Casa Civil) e Carlos Marun (Secretaria de Governo) também estão presentes no evento chamado de “Avanços na Pauta Municipalista”.

Imagens: A Crítica 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.