Educação

Inscrições para Mais Médicos serão prorrogadas

Ataques cibernéticos ao sistema motivaram adiamento do prazo.
22/11/2018, 16h01

O Ministério da Saúde vai prorrogar as inscrições para a nova seleção de profissionais no Programa Mais Médicos – inicialmente previstas para terminar no próximo domingo (25). O anúncio foi feito hoje (22) pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, em Petrolina (PE).

Por meio de nota, a pasta informou que a decisão foi tomada em razão da alta procura por parte dos médicos e também por conta de “ataques cibernéticos” ao sistema de inscrição.

“Apesar dos ataques, não houve invasão, mas isso acaba tornando o sistema mais lento. Por isso, estamos estudando nova data de efetivação das inscrições”, disse o ministro.

De acordo com o comunicado, os novos prazos devem ser definidos ainda na tarde de hoje. A prioridade das vagas será mantida para médicos formados no Brasil ou para os que revalidaram o diploma no país.

Segundo a pasta, o sistema do Mais Médicos recebeu mais de 1 milhão de acessos simultâneos no momento da abertura das inscrições para o novo edital – mais que o dobro do total de profissionais em atuação no Brasil. “Desde ontem, a quantidade de acessos se mantém alta, como tentativa de derrubar o site”, reforçou a nota.

“O departamento de Informática do SUS [Sistema Único de Saúde] identificou a maior parcela dos robôs e máquinas programadas que estão promovendo os ataques ao site do Mais Médicos. Na manhã desta quinta-feira, a equipe de segurança do sistema atuou isolando e protegendo a rede desses ataques”, completou o ministério.

Até a manhã de hoje, haviam sido contabilizadas 6.394 inscrições para a nova seleção de profissionais do Mais Médicos. O edital, publicado na última terça-feira (20), oferece 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que antes eram ocupadas por médicos do acordo de cooperação feito com Cuba.

“Desde que identificamos esses ataques estamos acompanhando de perto e os problemas estão sendo sanados. A nossa expectativa é de que já nesta tarde tudo seja normalizado”, informou Occhi.

Outra mudança anunciada pelo ministro é a que vai permitir que o médico já inscrito possa se apresentar no município de forma imediata e não mais no dia 3 de dezembro.

Conselho

O Conselho Federal de Medicina (CFM) informou hoje que já havia encaminhado ofício ao ministério solicitando a revisão dos prazos para inscrição no Mais Médicos. O documento destaca a instabilidade da plataforma desde o primeiro dia de funcionamento e avalia como exíguo o prazo para os profissionais se inscreverem no programa.

Para a entidade, o período previsto no edital é curto e desproporcional diante das decisões que devem ser tomadas pelo médico. Junto ao ofício, o CFM enviou um levantamento com informações sobre a demografia médica brasileira, que permite verificar “o considerável volume de profissionais com CRM em condições de contribuir com o Mais Médicos”.

Imagens: Veja 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Operação prende 61 por exploração sexual de crianças na internet

Esta é a terceira fase da Operação Luz na Infância, que foi deflagrada hoje em 18 estados e no Distrito Federal; ao todo, 300 policiais federais e 725 policiais civis participam das ações.
22/11/2018, 16h12

Operação que visa coibir exploração sexual infantil na internet prende 61 pessoas, segundo balanço divulgado hoje (22) pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. As ações seguem até amanhã e mais pessoas podem ser detidas.

“Queremos deixar claro aquilo que já disse anteriormente: não existe anonimato em rede social, não existe impunidade em rede social e a Polícia Federal tem condições de chegar a quem cometer esses crimes”, disse o ministro em coletiva de imprensa.

Segundo o ministro, a operação busca não apenas aqueles que produzem esse tipo de conteúdo, mas também quem compartilha e quem guarda os arquivos no computador. A pena prevista para os crimes variam de 2 a 8 anos de prisão. Jungmann diz que os mandados de busca e apreensão foram expedidos após análise de 500 mil arquivos.

Esta é a terceira fase da Operação Luz na Infância, que foi deflagrada hoje (22) em 18 estados e no Distrito Federal. Ao todo, 300 policiais federais e 725 policiais civis participam das ações.

Pela primeira vez, a operação contou com apoio internacional dos Estados Unidos e da Argentina. “Esse é um crime asqueroso porque ele macula e profana a nossa juventude e as nossas crianças. Evidentemente isso as compromete e compromete também o nosso futuro”, disse Jungmann.

Luz na Infância

A Operação Luz na Infância teve início em outubro de 2017, quando foram cumpridos 157 mandados e 112 abusadores foram presos. Na segunda fase, ocorrida em maio de 2018, 579 mandados de busca foram cumpridos e 251 pessoas foram presas.

Imagens: Metrópoles - DF 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Vídeo mostra motociclista sendo arrastado por enxurrada durante chuva

Os vídeos mostram o desespero de outros motociclistas, no Distrito Federal.
22/11/2018, 16h22

Um vídeo mostra um motociclista sendo arrastado pela enxurrada durante chuva forte no Distrito Federal no fim da tarde e na noite de quarta-feira (21/11).

Além do motociclista, a água levou produtos de lojas, que foram invadidas pelo temporal. Em algumas ruas do DF, buracos no asfalto prejudicavam a fuga de motoristas apavorados. “Não tem nem 15 dias que taparam com cimento, mas já abriram de novo. Ficam sendo remendados há cinco anos”, diz o comerciante Robério de Souza, 31 anos, para o Metrópoles.

“Qualquer chuvinha que vem já fica um rio”, também conta para o Metrópoles, Marisa Martins, 38, funcionária de um comércio na região. Ainda segundo ela, alguns vizinhos sofreram com a chuva porque tiveras suas casas invadidas. Por sorte, ainda disse ela, a chuva forte foi registrada após o expediente. “Mas, quando chove, ninguém consegue passar pela rua a pé”.

O site Metrópoles divulgou imagens que circulam nas redes sociais que mostram os transtornos que a chuva provocou, complicando, inclusive, o trânsito.

Veja vídeo de motociclista sendo arrastado

Para fugirem do caos que a chuva provocou e para não serem arrastados, motoqueiros faziam o que podiam para escapar da força da água. Em imagens postadas em uma página de notícias da cidade, uma leitora registrou o momento em que motociclistas se apoiam em carros e um deles é carregado pela forte enxurrada na rua do DF.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de que as chuvas continuem nos próximos dias. Para esta quinta-feira (22), as temperaturas mínima e máxima variam entre 17ºC e 24ºC. A umidade relativa do ar fica entre 95% e 55%. O tempo deve permanecer encoberto a nublado, com chuvas isoladas. Durante o temporal de quarta (21), foram registrados 23,6 milímetros na região do Gama.

É bom evitar contato com cercas de arame, grades, tubos metálicos, linhas telefônicas, de energia elétrica e qualquer objeto ou estrutura metálica.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Vereador de Quirinópolis tem carro roubado

Vereador teve que explicar brasão do Estado de Goiás na carteira para os bandidos.
22/11/2018, 16h29

O vereador Marcos Cabral (MDB) de Quirinópolis, a 293 quilômetro de Goiânia, teve o carro roubado na madrugada desta quinta-feira (22/11) no Bairro Talismã, no município. O veículo foi recuperado pela Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) próximo a um canavial, após troca de tiros entre os bandidos e a PM.

De acordo com as informações divulgadas pela polícia, o vereador contou que estava na porta da casa de um amigo aguardando para vir a Goiânia. Neste momento dois homens em uma moto se aproximaram por trás do carro. O vereador descreveu que o passageiro desceu da motocicleta vestido com um blusão e com uma arma na mão anunciando o assalto.

Vereador de Quirinópolis teve que explicar brasão do Estado na carteira

O vereador contou à polícia que o bandido pegou o celular e sua carteira, ao ver o brasão do Estado de Goiás, o ladrão questionou se a vítima era policial, ao que o parlamentar explicou que era vereador da cidade. Depois de explicar o brasão na carteira, os bandidos pediram para que Marcos Cabral, abaixasse a cabeça e não olhasse para trás, momento em que os indivíduos fugiram com o carro.

Vereador de Quirinópolis tem carro roubado
Foto: Reprodução

A PM foi informada sobre o assalto e durante patrulhamento na região da Lagoa do Bauzinho, 15 minutos depois, o carro passou pelas equipes, quando os policiais começaram a perseguir o veículo. A polícia afirmou ao Portal Dia Online que os dois suspeitos que estavam no carro, efetuaram disparos contra os policiais, ao que os PMs revidaram, em três oportunidades.

Em um canavial, na cidade de Rio Verde, os suspeitos continuaram a fuga trocando tiros com a polícia. Segundo a PM, equipes do Comando de Operação de Divisas (COD) também participou das buscas pelos bandidos, no entanto eles não foram encontrados.

O carro do vereador foi recuperado com um capacete do lado do passageiro, que supostamente pertenceria há um dos ladrões. No entanto, o celular, a carteira e uma quantia de R$ 1.530 reais não foram recuperados.

Portal Dia Online tentou entrar em contato por telefone com o vereador, mas até a publicação desta reportagem, nenhuma das ligações foram atendidas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Trump ameaça fechar fronteira com México e não descarta paralisação do governo

Em pleno feriado local do Dia de Ação de Graças, Trump lembrou a repórteres que autorizou o envio de milhares de soldados na fronteira e disse que eles poderão usar força letal contra os imigrantes "se tiverem de fazer isso".
22/11/2018, 16h52

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou nesta quinta-feira fechar a fronteira entre seu país e o México, caso seu governo conclua que a situação dos imigrantes em território mexicano está “fora de controle”. Além disso, ele não descartou que seu governo possa sofrer uma paralisação parcial em dezembro, se a oposição democrata não aprovar mais dinheiro para a construção de um muro.

Em pleno feriado local do Dia de Ação de Graças, Trump lembrou a repórteres que autorizou o envio de milhares de soldados na fronteira e disse que eles poderão usar força letal contra os imigrantes “se tiverem de fazer isso”. Sobre os imigrantes e refugiados acampados na cidade fronteiriça mexicana de Tijuana, vindos da América Central em busca de uma vida nova nos EUA, Trump disse que há “uma situação muito ruim” na cidade. “Se vemos que é incontrolável”, então “fecharemos a entrada ao país durante um período de tempo até que consigamos controlá-la. Toda a fronteira”. Trump disse “esperar que não tenha de fazer isso”, mas argumentou que eventualmente poderia “não ter opção”.

O presidente tampouco descartou a possibilidade de paralisação parcial do governo em dezembro, caso os legisladores se neguem a destinar bilhões de dólares à construção de um muro fronteiriço com o México. Segundo ele, “certamente” isso pode ocorrer, por causa da questão da segurança fronteiriça, “do qual o muro é parte”. Trump falou a repórteres em seu clube de golfe na Flórida. Fonte: Associated Press.

Imagens: Piauí Hoje 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.