Trânsito

Obra em bueiro no Goiânia Viva deixa pontos de ônibus sem atendimento; veja novos trajetos

Ação, que busca prevenir erosões e alagamentos no local, devem durar 40 dias.
24/11/2018, 12h14

Na manhã desta sexta-feira (23/11), a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) iniciou as obras para ampliação de um bueiro na principal via de acesso ao Residencial Goiânia Viva. Com isso, a Avenida Gabriel Henrique de Araújo precisou ser totalmente interditada. A previsão é que as obras sejam concluídas em 40 dias.

Será instalado no local um novo bueiro celular triplo, que tem como objetivo aumentar a vasão do Córrego Taquaral, diminuindo os impactos das fortes chuvas e evitando ao mesmo tempo a formação de erosões e alagamentos na via.

Opção de acesso ao Residencial Goiânia Viva

Para o andamento das obras, o trânsito na Avenida Gabriel Henrique de Araújo passou alterações. Motoristas e pedestres que costumam fazer o trajeto, poderão usar rotas alternativas que dão acesso ao Setor Goiânia Viva, como a BR-060, Rua das Magnólias, Rua Padre Monte, Avenida Leste/Oeste e Avenida Tóquio. Outra opção é passando pelo Anel Viário.

Linhas de ônibus afetadas no Goiânia Viva

Segundo a Rede Metropolitana de Transporte Coletivos (RMTC), algumas rotas de ônibus também passarão por mudanças durante as obras. Ao todo, oito pontos (2829, 2954, 2828,2818,2827,2819,2820 e 2817) ficarão temporariamente sem atendimento de embarque e desembarque.

As linhas 932 (Terminal Vera Cruz / Terminal Goiânia Viva/Terminal Bandeiras) e 614 (Direto/Terminal Goiânia Viva/Terminal Bandeiras) serão desviadas, de acordo com estudados da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC). Os trajetos das duas linhas serão desviados passando pelo Bairro Goiá sentido Terminal Goiânia Viva.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Motorista de aplicativo é sequestrado durante assalto em Goiânia e resgatado pela ROTAM 

Crime ocorreu na noite desta sexta-feira (23/11), no Jardim Balneário Meia Ponte.
24/11/2018, 14h40

Um motorista de aplicativo foi resgatado por policias da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM) durante a noite desta sexta-feira (23/11), em Goiânia, após se vítima de um assalto seguido de sequestro. O homem, de 54 anos, havia sido acionado pelo aplicativo de transportes para fazer uma viagem do Jardim Balneário Meia Ponte ao Conjunto Itatiaia.

No local de início da partida, dois homens entraram no veículo e durante o trajeto renderam o motorista, que preferiu não ter o nome revelado, usando uma faca e uma chave de roda. Ele foi amarrado e colocado no porta-malas do carro. A ação durou cerca de 30 minutos.

Suspeitos foram presos no Conjunto Itatiaia, em Goiânia

Os sequestro teve fim quando uma viatura da Rotam, que fazia patrulha pelo Conjunto Itatiaia, local que seria o fim da viagem, percebeu que os dois homens agiam de forma estranha no veículo. Os suspeitos, identificados como Clayson Pereira Porto, de 21 anos, e Marcelo da Silva Santos, de 20 anos, foram abordados e presos em flagrante.

O que mais chamou atenção da equipe policial, foi que no momento da abordagem os dois jovens estavam com o veículo parado em uma região escura e de pouco movimento no bairro. Ao perceber a ação, o motorista sequestrado conseguiu abanar as mãos, por cima do porta-mala que não tinha tampão, para pedir ajuda.

Os homens ainda tentaram fugir, mas foram rendidos pelos policiais. Clayson e Marcelo foram levados à Central de Flagrantes e vão responder por roubo mediante sequestro.

Violência

Em Goiás, só em 2018, foram registrados mais de 10 casos de violência envolvendo motoristas de aplicativos. As ocorrência envolvem assaltos, latrocínio, tentativa de latrocínio e sequestro.

De acordo com indicadores da criminalidade, apresentados em agosto deste ano pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás, as ocorrências de roubo e furto de veículos apresentaram queda de 35,51%, porém os número ainda é alto, sendo 11.340 casos. Uma média de 54 veículos roubados ou furtados por dia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Pagamento da primeira parcela do 13º salário deve ser feito até 30 de novembro

Em cidades onde houver feriado, prazo final é dia 29/11.
24/11/2018, 17h08

Próxima sexta-feira, dia 30 de novembro, é o prazo final para o pagamento da primeira parcela do 13º salário de 2018. Nas cidades que tiverem feriado no dia, como o Distrito Federal que comemora o Dia do Evangélico, a data limite é dia 29 de novembro. A segunda parcela deve ser paga até 20 de dezembro.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), este ano, 84,5 milhões pessoas devem receber o 13º salário. Ao todo, são 48,7 milhões de trabalhadores ativos e 35,8 milhões de aposentados e pensionistas.

O Dieese prevê também que com os pagamentos, R$ 211,2 bilhões sejam injetados na economia, sendo R$ 139 milhões de empregados formais ativos. O valor médio do benefício é de R$ 2.320 por pessoa.

Do valor total em benefícios, o Centro-oeste fica com 8,9% dos pagamentos. A menor taxa é registrada no Norte – 4,7% e a maior na região Sudeste, com 49,1%, seguida do Sul com 16,6% e Nordeste também com 16%.

Quem tem direito ao 13º salário

O 13º salário, gratificação natalina, é previsto na Lei 4.749/1965, que determina que o pagamento do benefício seja feito em duas vezes e que a primeira seja quitada entre 1º de fevereiro e 30 de novembro.

Tem direito a gratificação, quem trabalhou por 15 dias ou mais durante o ano. Quem se desligou da empresa deve receber pagamento proporcional ao período trabalhado. O trabalhador demitido por justa causa não tem direito ao 13º.

De acordo com o Ministério do Trabalho, “é proibido que convenção e/ou acordo coletivo de trabalho reduzam o 13º salário. Para os contratos intermitentes, o empregado recebe também o proporcional, mas ao final de cada prestação de serviço.”

O trabalhador que não receber a primeira parcela até a data limite deve procurar as Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho para registrar uma reclamação. A empresa que não efetuar o pagamento no prazo pode ser autuada por um auditor-fiscal do Ministério do Trabalho e pagar multa pela infração.

Imagens: Rádio Progresso 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Imigrantes não serão aceitos até que pedidos de asilo sejam aprovados, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump divulgou a informação em seu perfil no Twitter.
24/11/2018, 22h16

O presidente americano, Donald Trump, confirmou em sua conta no Twitter que os imigrantes que chegarem à fronteira dos Estados Unidos com o México não serão aceitos no país até que seus pedidos de asilo sejam integralmente aprovados por órgãos de Justiça.

“Imigrantes na fronteira sul não serão aceitos nos EUA até que suas solicitações sejam individualmente aprovadas na corte”, escreveu Trump. “Todos ficarão no México. Se for alguma razão se tornar necessário, nós FECHAREMOS nossa fronteira sul”, ameaçou ainda.

Segundo Trump, imigrantes só serão permitidos no país legalmente. Hoje, aqueles que chegam à fronteira americana e solicitam asilo podem permanecer nos EUA enquanto aguardam julgamento, que pode levar anos.

Mais cedo, membros da equipe do presidente eleito do México, Andrés Manuel López Obrador, afirmaram estar em contato com o governo americano para um plano imigratório nesse sentido, mas negaram que haja algo concreto.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Polícia prende quatro por tráfico de drogas, em Goiânia

Com os suspeitos foram apreendidos 350 kg de maconha e 50 munições de calibre 380.
25/11/2018, 09h11

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) por meio das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM) prendeu na madrugada deste domingo (25/11), quatro pessoas por tráfico de drogas, no Setor Marabá, região noroeste de Goiânia.

A polícia informou ao Portal Dia Online que uma equipe da ROTAM, em patrulhamento pela região encontrou um veículo Fiat Pálio com dois suspeitos identificados como Sandro Júnior Nascimento e Augusto Inácio Diamante, em atitude suspeita.

Os policiais abordaram o veículo e encontraram dentro do carro alguns tabletes de maconha, os dois presos então indicaram a equipe, a casa em que tinham comprado a droga.

Os policiais se deslocaram até a residência e encontraram outro veículo do mesmo modelo do primeiro, saindo da casa com dois suspeitos. A equipe abordou o carro, e identificou Hemerson Alves Carvalho e Tais Parreira Cunha, com eles a equipe encontrou outros tabletes de maconha.

Cães farejadores procuraram por mais entorpecentes, durante a prisão dos suspeitos por tráfico de drogas

Com os quatros suspeitos presos, a polícia se deslocou até o centro de distribuição da droga, onde encontrou uma grande quantidade de maconha, balança digital de precisão, um carro do modelo Renault/Logan. De acordo com a corporação, os entorpecente apreendidos somaram 350 kg de maconha.

Durante a ocorrência os policiais acionaram o Batalhão da Polícia Militar de Choque com o comando de Policiamento de Cães (BPMCHOQUE/CPCÃES), para procurar por mais entorpecentes. Os cães não encontraram drogas, mas acharam uma caixa com 50 munições de calibre 380.

Além dos 350kg de maconha encontrados com os suspeitos, na casa de Tais, aproximadamente 10kg do entorpecente e uma balança de precisão também foram apreendidos pela polícia. Os quatro suspeitos foram presos por tráfico de drogas e encaminhados à Central de Flagrantes (CF) onde foram autuados pelo crime, e os entorpecentes, carros e munições foram apreendidos.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.