Trânsito

Ministro Alexandre Baldy conhece tecnologia de monitoramento da PRF

Sistema apresenta resultados expressivos no combate a crimes nas estradas.
26/11/2018, 21h30

Em reunião com representantes, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, conheceu nesta segunda-feira (26/11) o sistema de vídeo monitoramento da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O encontro, ocorrido no Edifício-Sede da PRF, tratou ainda de outros assuntos relacionados à segurança pública e mobilidade urbana.

Acompanhando pelo diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Dias, o ministro conferiu os resultados operacionais obtidos por meio do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (SPIA), tecnologia desenvolvida pela PRF.

Mesmo com o baixo efetivo, segundo Dias, o investimento nos sistemas de inteligência artificial policial trouxe positivos e expressivos no combate a crimes nas estradas. O diretor-geral da PRF afirmou ainda que a intenção é “expandir o sistema SPIA para todo Brasil, pois ele possibilita o acompanhamento de ocorrências em tempo real, dando uma vantagem para o policial.”

De acordo com Aloísio Neto, integrante do Escritório Regional de Gestão Estratégica da PRF no Ceará e um dos responsáveis pelo desenvolvimento do SPIA, a ferramenta tecnológica age por meio de sensores espalhados pelas rodovias do estado e tem auxiliado na localização e recuperação de veículos roubados ou furtados.

“Somente em 2018, o SPIA contribuiu para uma redução de 33,5% dos índices de crimes violentos contra o patrimônio; e de 30,9% em roubos de veículos em todo o estado do Ceará. Em relação ao índice de recuperação de veículos, o aumento foi de 43% entre 2017 e o ano anterior”, reafirmou Aloísio Neto.

Alexandre Baldy, como ministro das Cidades, investe em mobilidade urbana

Em um ano à frente do Ministério das Cidades, comemorado no último dia 22 de novembro, Alexandre Baldy aplicou em mobilidade urbana investimentos que somam R$ 352, 98 milhões. Foram realizadas importantes obras como Corredor Estrutural Leste em Uberlândia; VLT, Terminal de Integração e Corredores em Piauí; Complexo da Lagoinha em Belo Horizonte; Corredor e trecho de BRT em Belém; e investimentos para o BRT em Goiás.

O ministro das Cidades trabalhou também em prol de mudanças importantes no trânsito, como a Placa Padrão Mercosul, por meio do Denatran, e as versões digitais da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Via: PRF 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.