Goiás

Polícia desarticula quadrilha especializada em roubo de veículos em Goiânia

Após abordagem de um dos membros da quadrilha, no Setor Oeste, os policiais da Rotam descobriram os outros integrantes em uma loja de peças na Vila Canaã.

Por Ton Paulo
04/12/2018, 09h50

Uma quadrilha especializada em roubo e furto de carros em Goiânia foi desarticulada por uma equipe da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), no começo da noite de ontem (3/12). Após abordagem de um dos membros da quadrilha, no Setor Oeste, os policiais da Rotam descobriram os outros integrantes, que foram presos em uma loja de revenda de peças de veículos roubados.

De acordo com informações da Rotam, uma equipe fazia a patrulha no Setor Oeste, em Goiânia, por volta das 19h, quando abordou um indivíduo em atitude suspeita. O abordado, Alef Ramos da Silva, de 24 anos, tinha passagens por tráfico de drogas e roubo, e estava foragido do sistema prisional.

Durante a busca pessoal, Alef apresentou documentação falsa, foi quando a equipe policial constatou que ele era conhecido por fazer parte de uma associação criminosa especializadas no roubos e furtos de veículos. Na casa de Alef, a polícia encontrou uma pistola de calibre restrito, uma carabina calibre .38 e um bloqueador de sinais. O suspeito revelou, também, que guardava veículos produtos de crime em uma Chácara na zona rural da cidade de Varjão, interior de Goiás. Lá, foram recuperadas duas caminhonetes Toyota Hilux roubadas já com seus sinais identificadores adulterados.

Demais integrantes da quadrilha especializada em roubo de veículos em Goiânia foram presos na Vila Canaã

Outros membros da associação criminosa foram presos em em uma loja de revenda peças de veículos na região da Vila Canaã, em Goiânia. No local foram recuperados uma caminhonete Mitsubishi roubada, diversas peças de veículos roubados e um bloqueador de sinais. Foram presos no local Francisco Wilclecio da Silva, Wesley Alves Martins, que tem passagens por homicídio e receptação, e Gabriella Pereira Araújo.

Todos foram presos em flagrantes e autuados pelos crimes de associação criminosa, adulteração de sinal de veículo e receptação qualificada. Alef, além desses crimes, também foi autuado por porte ilegal de arma e uso de documento falso.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

TSE julga hoje prestação de contas da campanha de Bolsonaro

O julgamento é última formalidade para que Bolsonaro possa ser diplomado.
04/12/2018, 10h00

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga hoje (4), a partir das 19h, a prestação de contas da campanha eleitoral do presidente eleito Jair Bolsonaro. O julgamento é última formalidade para que Bolsonaro possa ser diplomado na próxima segunda-feira (10). Em seguida, ocorrerá a posse, que foi marcada para 1º de janeiro.

As contas serão julgadas pelo plenário do TSE, a partir do voto do relator, ministro Luís Roberto Barroso. De acordo com parecer do órgão técnico do TSE responsável pelo assunto, as contas de campanha do presidente eleito devem ser aprovadas com ressalvas.

Os analistas e técnicos da corte avaliaram como uma das irregularidades a devolução de depósitos feitos na conta bancária da campanha. O financiamento coletivo por meio de uma empresa sem registro prévio na Justiça Eleitoral também foi objeto de impropriedade pelos analistas. No entanto, a assessoria técnica não identificou prejuízo ao controle social das doações, pois a plataforma usada para arrecadação dos valores e a empresa subcontratada para o arranjo dos pagamentos foram previamente cadastradas no TSE.

O parecer menciona ainda o recebimento de doações de fontes não permitidas. É o caso de doadores que são permissionários do serviço público, como taxistas. Como se trata de doação cuja fonte pode ser desconhecida dos candidatos e partidos, o TSE possui uma jurisprudência que impede a responsabilização direta caso haja erros cometidos pelos próprios doadores. Assim, o órgão interno determina que os recursos referentes a essa irregularidade, transferidos ao PSL, partido de Bolsonaro, sejam recolhidos ao Tesouro Nacional.

Segundo a defesa de Bolsonaro, as questões pontuadas pelos técnicos do TSE não são suficientes para reprovação das contas. Sobre o caso das doações vedadas, o corpo jurídico do presidente eleito argumentou que a equipe de campanha já havia apresentado questionamento aos doadores com o objetivo de evitar possíveis irregularidades.

Ação de investigação

Na mesma sessão, está previsto o julgamento do uma ação na qual a campanha eleitoral do PT acusou Bolsonaro e seu vice, general Hamilton Mourão, de abuso de poder econômico durante as eleições. O partido alegou que os candidatos se beneficiaram do suposto constrangimento provocado pelo empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan. Segundo as alegações da chapa petista, Hang teria constrangido seus funcionários a votarem em Bolsonaro “sob ameaças de fechamento de lojas e dispensa”.

Imagens: Agência Brasil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Eliana registra primeiros passos de Manuela

‘Dia 3 de dezembro de 2018, o dia em que Manuela andou sozinha’, declarou apresentadora do SBT.
04/12/2018, 10h05

Aos 44 anos de idade, Eliana enfrentou uma segunda gravidez rodeada de cuidados. O desenvolvimento de Manuela e a saúde da apresentadora estavam em risco. Em maio, com medo de morrer, Eliana chegou a dizer que preparou o testamento e revelou que teve crises de pânico antes de a caçula nascer.

Os fãs da apresentadora do SBT se sensibilizaram durante a gestação, que teve todos os momentos compartilhados por ela nas redes sociais. Nesta segunda-feira, 3, Eliana dividiu com os seguidores o instante em que Manuela caminhou pela primeira vez.

No perfil oficial no Instagram, Eliana e o filho Arthur, de seis anos, estimulam Manuela a dar os primeiros passos sozinha. E a pequena conseguiu, para a alegria de todos, que comemoraram. “Que Deus abençoe seus passos, minha filha”, escreveu a apresentadora.

Imagens: Estadão 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Turma do STF julga habeas corpus de Lula

A defesa argumenta que a indicação do ex- juiz federal Sergio Moro para o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro demonstra parcialidade.
04/12/2018, 10h15

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar hoje (4), a partir das 14h, mais um pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Fazem parte do colegiado o relator do pedido, Edson Fachin, e os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello, Cármen Lúcia, e o presidente da turma, Ricardo Lewandowski.

No habeas corpus, os advogados de Lula argumentam que a indicação do ex- juiz federal Sergio Moro para o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro demonstra parcialidade do ex-magistrado e também que ele agiu “politicamente”. Moro irá assumir o Ministério da Justiça em janeiro. Ele era o responsável pelos processos da Lava Jato na 13ª Vara Criminal de Curitiba. A juíza Gabriela Hardt assumiu a função.

A defesa de Lula quer que seja reconhecida a suspeição de Moro para julgar processos contra o ex-presidente e que sejam considerados nulos todos os atos processuais que resultaram na condenação no caso do triplex de Guarujá (SP).

Em parecer enviado ao STF na semana passada, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou pela rejeição do recurso.

Ao analisar a argumentação da defesa de Lula, Raquel Dodge afirma que as acusações são “ilações infundadas”. “Quando proferiu a sentença acima mencionada [triplex], por óbvio, Sérgio Moro não poderia imaginar que, mais de um ano depois, seria chamado para ser ministro da Justiça do presidente eleito”, disse a procuradora.

De acordo com Dodge, desde que passou a ser processado, Lula “vem insistentemente” defendendo ser vítima de perseguição política. No entanto, os argumentos sobre a suspeição de Moro já foram julgados por mais de uma instância da Justiça e foram rejeitados.

Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação no caso confirmada pelo Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), que impôs pena de 12 anos e um mês de prisão ao ex-presidente, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Sergio Moro nega qualquer irregularidade em sua conduta e diz que a decisão de participar do futuro governo ocorreu depois de medidas tomadas por ele contra o ex-presidente.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Encontrado corpo de rapaz que desapareceu no Rio das Almas, no interior de Goiás

O Corpo de Bombeiros confirmou que se trata do corpo de Jefferson Mendanha, de 22 anos, desaparecido desde sábado (1/12).

Por Ton Paulo
04/12/2018, 10h52

Foi encontrado na noite de ontem (3/12) o corpo do jovem de 22 anos que desapareceu no Rio das Almas no último sábado (1/12), em Barro Alto, a 230 quilômetros de Goiânia. O Corpo de Bombeiros confirmou que se trata do corpo de Jefferson Mendanha, que, segundo relato de testemunhas aos bombeiros, estava pescando na região e depois de jogar uma tarrafa, caiu e sumiu no rio.

Segundo os bombeiros, as constantes chuvas e a correnteza forte no rio dificultaram as buscas pelo desaparecido, que envolveram bombeiros de Goianésia e Anápolis. A equipe náutica do 3º BBM, de Anápolis, encontrou a vítima que ficou sob responsabilidade do IML.

Encontrado corpo de rapaz que desapareceu no Rio das Almas, no interior de Goiás
Foto: Facebook

As equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas no sábado à tarde para iniciar a procura pelo jovem, e duraram todo o fim de semana, sendo retomadas na manhã da última segunda-feira.

Amigos do jovem que morreu no Rio das Almas lamentaram a morte do rapaz pelas redes sociais

O jovem de 22 anos havia desaparecido no sábado (1/12). De acordo com os bombeiros, Jefferson Mendanha desapareceu após cair no Rio das Almas, em Barro Alto, região central de Goiás. De acordo com a corporação, a suspeita é que a de que ele participava de uma pescaria e, quando lançou uma tarrafa na água, teria caído no rio.

Pelas redes sociais, a família e os amigos de Jefferson lamentaram a morte do jovem.

Um amigo, publicou uma homenagem a Jefferson:

“irmão, você era um pedaço de mim e uma das partes mais importantes da minha vida, e desde que partiu levou com você esse pedaço grande do meu coração que te pertencia. Sei que nunca superarei sua perda, e que todas as manhãs vou acordar com a esperança que a sua partida tenha sido apenas um pesadelo. Recordo tudo que vivemos juntos, e me conforta a ideia de que voltarei a vê-lo na eternidade. Te Amo meu irmão”

Encontrado corpo de rapaz que desapareceu no Rio das Almas, no interior de Goiás

Um outro, que era vizinho do rapaz, também publicou:

“Sempre com o sorriso no rosto, um amigo pra todas as horas, o vizinho que sempre passava pra bater um papo saber como estava as coisas, aquele que motivava, zoava sempre…”

Encontrado corpo de rapaz que desapareceu no Rio das Almas, no interior de Goiás

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.