Entretenimento

Globo de Ouro 2019: Veja a lista de indicados!

Premiação escolhe os melhores do cinema e da televisão.
06/12/2018, 14h03

Foram anunciados, nesta quinta-feira (06), os indicados ao Globo de Ouro 2019. A premiação reconhece os melhores do cinema e da televisão.

Com mais de 75 anos de história, o Globo de Ouro é formado pela Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood. A premiação reconhece os trabalhos cinematográficos e televisivos nos gêneros de drama e comédia (ou musical, para os filmes). Diferente do Oscar, o Globo de Ouro é realizado durante um jantar no Hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills.

O premiação do Globo de Ouro ocorre no dia 6 de janeiro de 2019 a partir das 23h. Será transmitido aqui no Brasil pelo canal pago TNT.

Veja a seguir a lista de indicados ao Globo de Ouro 2019:

CINEMA

Melhor Filme de Drama

Bohemian Rhapsody

Infiltrado na Klan

Nasce Uma Estrela

Pantera Negra

Se a Rua Beale Falasse

Melhor Filme de Musical ou Comédia:

A Favorita

Green Book: O Guia

Podres de Ricos

O Retorno de Mary Poppins

Vice

Melhor Diretor

Bradley Cooper – (Nasce Uma Estrela)

Alfonso Cuarón – (Roma)

Peter Farrelly – (Green Book: O Guia)

Spike Lee (Infiltrado na Klan)

Adam McKay (Vice)

Melhor Filme de Animação:

Os Incríveis 2

Ilha de Cachorros

Mirai

WiFi Ralph: Quebrando a Internet

Homem-Aranha no Aranhaverso

Melhor Filme Estrangeiro

Capernaum

Girl

Never Look Away

Roma

Shoplifters

Melhor Ator em Filme de Drama

Bradley Cooper (Nasce Uma Estrela)

Willem Dafoe (At Eternity’s Gate)

Lucas Hedges (Boy Erased: Verdade Anulada)

Rami Malek (Bohemian Rhapsody)

John David Washington (Infiltrado na Klan)

Melhor Atriz em Filme de Drama

Glenn Close – The Wife

Lady Gaga – Nasce Uma Estrela

Nicole Kidman – O Peso do Passado

Melissa McCarthy – Você Pode Me Perdoar?

Rosamund Pike – A Private War

Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical

Christian Bale – Vice

Lin-Manuel Miranda – O Retorno de Mary Poppins

Viggo Mortensen – Green Book: O Guia

Robert Redford – The Old Man and the Gun

John C. Reilly – Stan & Ollie

Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical:

Emily Blunt – O Retorno de Mary Poppins)

Olivia Colman – A Favorita

Elsie Fisher – Eighth Grade

Charlize Theron – Tully

Constance Wu – Podres de Ricos

Melhor Ator Coadjuvante

Mahershala Ali – Green Book: O Guia

Timothee Chalamet – Querido Menino

Adam Driver – Infiltrado na Klan

Richard E. Grant – Você Pode Me Perdoar?

Sam Rockwell – Vice

Melhor Atriz Coadjuvante

Amy Adams – Vice

Claire Foy – O Primeiro Homem

Regina King – Se a Rua Beale Falasse

Emma Stone – A Favorita

Rachel Weisz – A Favorita

Melhor Trilha Sonora Original

Ilha de Cachorros – Alexandre Desplat

Um Lugar Silencioso – Marco Beltrami

Pantera Negra – Ludwig Goransson

O Primeiro Homem – Justin Hurwitz

O Retorno de Mary Poppins – Marc Shaiman

Melhor Música Original:

“All the Stars” – Pantera Negra

“Girl in the Movies” – Dumplin’

“Requiem for a Private War” – A Private War

“Revelation” – Boy Erased: Verdade Anulada

“Shallow” – Nasce Uma Estrela

SERIADOS

Melhor Série de Drama

The Americans

Segurança em Jogo

Homecoming

Killing

EvePose

Melhor Ator em Série de Drama

Jason Bateman – Ozark

Stephan James – Homecoming

Richard Madden – Segurança em Jogo

Billy Porter – Pose

Matthew Rhys – The Americans

Melhor Atriz em Série de Drama

Caitriona Balfe – Outlander

Elisabeth Moss – The Handmaid’s Tale

Sandra Oh – Killing Eve

Julia Roberts – Homecoming

Keri Russell – The Americans

Melhor Série de Comédia

Barry

The Good Place

Kidding

O Método Kominsky

The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical

Sacha Baron Cohen – Who Is America?

Jim Carrey – Kidding

Michael Douglas – O Método Kominsky

Donald Glover – Atlanta

Bill Hader – Barry

Melhor Atriz em Série de Comédia ou Musical

Kristen Bell – The Good Place

Candace Bergen – Murphy Brown

Alison Brie – GLOW

Rachel Brosnahan – The Marvelous Mrs. Maisel

Debra Messing – Will & Grace

Melhor Série Minissérie ou Telefilme

The Alienist

O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story

Escape at Dannemora

Objetos Cortantes

A Very Englisch Scandal

Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme

Alan Arkin – O Método Kominsky

Kieran Culkin – Succession

Edgar Ramirez – O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story

Ben Whishaw – A Very English Scandal

Henry Winkler – Barry

Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme

Amy Adams – Objetos Cortantes

Patricia Arquette – Escape at Dannemora

Connie Britton – Dirty

Laura Dern – O Conto

Regina King – Seven Seconds

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme

Antonio Banderas – Genius

Darren Criss – O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story

Benedict Cumberbatch – Patrick Melrose)

Daniel Brühl – The Alienist

Hugh Grant – A Very English Scandal

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme

Alex Bornstein – The Marvelous Mrs. Maisel

Patricia Clarkson – Objetos Cortantes

Penelope Cruz – O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story

Thandie Newton – Westoworld

Yvonne Strahovski – The Handmaid’s Tale

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Falha mecânica em helicóptero provocou acidente que matou dono do Leicester

relatório da Agência de Investigação de Acidentes de Transporte Aéreo apontou que o mecanismo que liga os pedais ao rotor da cauda do helicóptero se desconectou.
06/12/2018, 14h28

Investigadores explicaram nesta quinta-feira que o acidente com helicóptero que transportava o proprietário do Leicester, Vichai Srivaddhanaprabha, e provocou a sua morte e a de outras quatro pessoas aconteceu por causa de uma falha mecânica.

Um relatório da Agência de Investigação de Acidentes de Transporte Aéreo (AAIB, na sigla em inglês) apontou que o mecanismo que liga os pedais ao rotor da cauda do helicóptero se desconectou, deixando de responder aos comandos do piloto. Assim, o helicóptero realizou uma curva incontrolável para a direita, girando até cair.

Empresário do setor varejista e proprietário do Leicester, o tailandês Srivaddhanaprabha foi um dos mortos do acidente ocorrido logo após uma partida do clube pelo Campeonato Inglês, um empate por 1 a 1 com o West Ham, realizado em 27 de outubro, no King Power Stadium. O acidente se deu nas proximidades do estádio, com o helicóptero caindo e depois pegando fogo no estacionamento.

O relatório divulgado pela AAIB ainda é preliminar, sendo que a investigação terá sequência, e foi apresentado após uma avaliação detalhada do sistema de controle do helicóptero.

As imagens do acidente, inclusive, indicavam que partes do rotor da cauda se soltaram no ar, momentos antes do acidente, que ocorreu apenas 40 segundos após a decolagem do helicóptero.

Vichai Srivaddhanaprabha adquiriu o Leicester em 2010 e conduziu o time na improvável conquista do título do Campeonato Inglês na temporada 2015/2016.

Imagens: Sportsnet 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

"Eu não quero que essa preta toque em mim!", grita mulher racista no metrô para uma passageira negra; veja o vídeo

Uma passageira do metrô, que assistia à cena, chega a dar voz de prisão para a mulher por crime de racismo.

Por Ton Paulo
06/12/2018, 14h30

Um vídeo que circula pelas redes sociais desde ontem (5/12) está gerando revolta e espanto por parte dos internautas. No vídeo, uma mulher em um surto de fúria grita termos racistas e outras ofensas contra uma passageira negra que, supostamente, teria tocado nela. A mulher, visivelmente descontrolada grita de forma repetida a frase “Eu não quero que essa preta toque em mim!”. Os demais passageiros intercedem, e uma passageira chega a dar voz de prisão para a mulher por crime de racismo. Caso ocorreu na semana passada na estação de Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro

A cena chocante de racismo explícito, que aconteceu no metrô carioca, foi registrado no celular de um dos passageiros que estava presente no momento, e que compartilhou na internet.

A mulher, não identificada, está visivelmente alterada e gritando ofensas racistas. Segundo ele, uma outra passageira, que é negra, teria “tocado em sua mão” sem sua permissão. Entre seus gritos, é possível ouví-la dizendo “Eu não quero que ela toque em mim! Tocou a mão em mim. Eu não quero que essa preta toque em mim”, diz, aos berros. “Essa mulher tocou em mim, essa mulher tocou na minha mão. Estão fazendo de propósito”.

Em um momento do vídeo, a mulher grita frases incoerentes, como “Hoje é aniversário da minha mãe, e ela não é minha mãe! Eu não sou parente dela!”. Alguns internautas chegaram a levantar a hipótese de que ela estaria em surto psicótico.

Na parada do metrô, alguns guardas da estação aparecem. Os passageiros, em uníssono, pedem para que eles tirem a mulher de lá, enquanto gritam “racista!”.

Já a mulher ofendida, é vista no vídeo imóvel, provavelmente chocada com a situação.

Vídeo mostra mulher racista gritando ofensas

Veja o vídeo que circula pelas redes e que mostra a mulher, em estado de descontrole, gritando ofensas racistas:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

81 crianças imigrantes foram separadas dos pais nos EUA após decisão judicial

Autoridades de imigração podem a separar a criança do parente somente em certos casos: sérias acusações criminais contra o pai ou mãe ou preocupações sobre a saúde e o bem-estar da criança, além de questões médicas.
06/12/2018, 14h38

O governo de Donald Trump separou desde junho deste ano 81 crianças imigrantes dos seus pais na fronteira entre os Estados Unidos e o México. A prática havia sido proibida por Trump e validada pela Justiça americana em junho deste ano, após pressão internacional.

Autoridades de imigração podem a separar a criança do parente somente em certos casos: sérias acusações criminais contra o pai ou mãe ou preocupações sobre a saúde e o bem-estar da criança, além de questões médicas. Esses avisos já estavam em vigência antes da polícia de tolerância zero que causou as primeiras separações na fronteira.

A partir de 21 de junho, um dia após Trump assinar o decreto, 76 adultos foram separados das crianças, segundo os dados do relatório. Desses, 51 foram criminalmente acusados (31 com histórico criminal e 20 por razões não especificadas), 9 foram hospitalizados, 10 tinham ligações com gangues, 4 tinham mandados de extradição e 2 foram separados por causa de violações de imigração e de ordens de remoção.

“O bem-estar das crianças em custódia é crucial”, disse a porta-voz do departamento de Segurança Nacional, Katie Waldman, que supervisiona a polícia de imigração. “Como nós já dissemos, e os números mostram, as separações são raras. Enquanto há um breve aumento durante o período de tolerância zero, com mais adultos acusados, os números retornaram aos níveis anteriores.”

Separações na fronteira

Durante o verão americano, mais de 2.400 crianças foram separadas. A prática levantou uma pressão global de grupos políticos, humanitários e religiosos que a consideraram cruel e impiedosa. Imagens de crianças chorando e de pais angustiados e confusos foram transmitidas na televisão e publicadas nos jornais.

De acordo com os dados do governo, de 19 de abril a 30 de setembro, 170 famílias foram separadas porque não havia parentesco entre os membros, o que incluiu 197 adultos e 139 menores de idade. Isso pode incluir avós ou outros parentes caso não haja provas da relação.

No ano fiscal de 2017, que começou em outubro de 2016 e terminou em setembro seguinte, 1.065 famílias foram separadas, o que significa uma criança e um parente. No total, 46 foram devido a fraude e o restante devido a preocupações médicas ou de segurança.

Waldman disse que os dados mostram “inequivocamente que contrabandistas, traficantes de pessoas e agentes nefastos estão tentando usar centenas de crianças para tirar proveito das leis de imigração, na esperança de ganhar entrada para os Estados Unidos”.

Milhares de imigrantes chegaram da América Central nas últimas semanas em caravanas. O republicano Trump usou os poderes de segurança nacional para regularizar os pedidos negados de asilo a qualquer um que tentar cruzar a fronteira ilegalmente, mas um juiz interrompeu o pedido enquanto hoje a ação judicial está em andamento.

A política de zero tolerância adotada neste ano foi feita para deter as famílias de cruzar a fronteira ilegalmente. Mas a medida pegou algumas agências federais desprevenidas. Não houve rastreamento dos pais com as crianças, muito porque, depois de 72 horas, as crianças iam para uma agência diferente, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos, que foi encarregado de cuidar do assunto.

Um relatório de outubro do departamento de Segurança Nacional descobriu que funcionários de imigração não estavam preparados para lidar com as consequências da política. A confusão na fronteira levou a desinformação entre os pais separados que não tinham como saber por que as crianças foram tiradas deles ou como chegar a elas. Uma detenção maior das crianças significa, no curto prazo, dificuldades em identificar e reunir as famílias. Fonte: Associated Press

Imagens: El Pais 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Marcos Pontes: ensino superior permanecerá com Ministério da Educação

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, cogitou transferir a responsabilidade para a pasta que será comandada pelo engenheiro.
06/12/2018, 14h47

Indicado para chefiar o Ministério da Ciência e Tecnologia, o engenheiro Marcos Pontes afirmou, nesta quinta-feira, 6, que o ensino superior permanecerá no Ministério da Educação. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, cogitou transferir a responsabilidade para a pasta que será comandada por Pontes.

“O Ensino Superior permanece com o ministério da Educação e essa relação com a ciência e tecnologia é primordial”, declarou Pontes durante coletiva de imprensa no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília.

Segundo o futuro ministro, a “colaboração com a educação é importante e tem andado muito bem”. Ele listou quatro pilares para a cooperação entre os ministérios que seriam o ensino de ciência e tecnologia no ensino fundamental; a importância da pesquisa básica; incentivo à inovação; e cooperações internacionais.

Ao longo do dia, Pontes organiza um encontro com representantes da comunidade científica no CCBB. Bolsonaro fez uma rápida aparição na reunião, pela manhã.

Imagens: Metrópoles - DF 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.