Goiás

Emenda aprovada pelos vereadores de Goiânia impede a retirada de descontos do IPTU

Emenda foi aprovada por unanimidade pelos vereadores.
07/12/2018, 11h32

Os vereadores de Goiânia aprovaram na última quinta-feira (6/12), em primeira votação e por unanimidade, uma emenda que impede que a Prefeitura retire os descontos do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) no próximo ano.

O projeto, que é de autoria dos vereadores Elias Vaz (PSB), Lucas Kitão (PSL) e Alysson Lima (PRB), propõe uma alteração no projeto do Paço modificando lei 9.704 de dezembro de 2015, a qual fala sobre a Planta de Valores Imobiliários de Goiânia.

A emenda foi aprovada junto com o projeto enviado à casa pelo prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), em que prevê o aumento da faixa de imóveis que vão ter o valor do IPTU reajustado de acordo com a inflação. Atualmente apenas imóveis avaliados em R$ 200 mil reais pagam esse valor, a proposta do prefeito é que o imposto com o reajuste com a inflação chegue a imóveis com valor de R$ 500 mil.

Os imóveis que tem um valor venal maior que R$ 200 mil na regra atual e as residências com valor venal acima de R$ 500 mil na proposta da prefeitura, vai ter o imposto reajustado por faixas que variam de 5 a 15% por ano, acima da inflação.

Notificação enviada aos moradores de Goiânia por irregularidades na casa

A Prefeitura de Goiânia enviou para 543 mil residências da capital uma notificação, em que informa que o contribuinte precisa atualizar os dados cadastrais do imóvel junto ao Paço. Isso pelo fato do contribuinte por alguma razão ter feito alguma alteração na casa e não ter avisado ao município.

O vereador Elias Vaz (PSB) afirmou que as notificações enviadas pela prefeitura são absurdas  e explicou como pode acontecer “Por exemplo uma casa vizinha ao lado da outra, pode ser até um conjunto semelhante até, o morador fez uma alteração na casa e o outro não, vai pagar o dobro do imposto do seu vizinho, o que é uma injustiça fiscal”.

“Se tais parágrafos não forem suprimidos, o Paço poderá aumentar em 200% e até 300% o valor do imposto. Não vamos aceitar isso”, conclui o vereador.

Como o projeto enviado pela Prefeitura foi acolhido com a emenda, a proposta agora vai para a Comissão de Finanças da Câmara (CCF) e caso aprovado ele volta para segunda e última votação na casa.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Vingadores 4: Assista ao primeiro trailer do aguardado filme

Filme chega aos cinemas brasileiros em 2 de maio de 2019.
07/12/2018, 11h42

A Disney divulgou nesta última XXX (XX) o primeiro trailer de VINGADORES 4, a continuação do aguardado sucesso da Marvel Studios.

A Disney liberou o trailer do aguardado Vingadores 4. O filme é continuação de “Guerra Infinita” e traz uma galáxia desolada após o estalo de Thanos que matou metade da galáxia no longa anterior.

No elenco temos Robert Downey Jr., Chris Evans, Mark Ruffalo, Scarlet Johansson, Chris Hemsworth e Karen Gillan. A direção é dos irmãos Joe e Anthony Russo.

O filme estreia nos cinemas brasileiros em 2 de maio de 2019.

Assista a seguir ao trailer de Vingadores 4:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Menina de 11 anos morre após levar tiro acidental na nuca, em Aparecida de Goiânia

Ainda não informações sobre um possível vínculo de parentesco entre a menina e o autor do tiro acidental, que está foragido e já teve o nome divulgado.

Por Ton Paulo
07/12/2018, 11h45

Uma menina de 11 anos morreu nesta sexta-feira (7/12), após ser baleada com um tiro na nuca, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. De acordo com a Polícia Civil, a principal suspeita é que o disparo tenha sido involuntário. Ainda não há informações sobre um possível vínculo de parentesco entre a menina e o autor do tiro acidental, que está foragido.

De acordo com o delegado Klayter Camilo, do Grupo de Investigação de Homicídio (GIH) de Aparecida de Goiânia, Patrick Suet, de 18 anos, teria disparado contra a menina de 11 anos, acertando-a na nuca. Ainda segundo Klayter, caso ocorreu por volta da 1h30 desta sexta-feira, em um ponto comercial localizado na Avenida das Nações, no Setor Vera Cruz, em Aparecida de Goiânia.

O delegado ainda disse, em entrevista ao Dia Online, que a “Delegacia está apurando detalhes do caso para entender o que realmente aconteceu”. Conforme disse o delegado, a principal suspeita é que o disparo tenha sido feita de maneira acidental.

“A criança morreu após ser atingida por um tiro na nuca, ao que parece, acidental. O socorro chegou a ser acionado, mas a menina morreu ainda no local do ocorrido”, conta

O caso ocorreu por volta de 1h desta sexta-feira, em um ponto comercial que fica na Avenida das Nações, no bairro Vera Cruz, em Aparecida de Goiânia.

O corpo da criança foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Outra criança morreu após levar tiro acidental, em Carmo do Rio Verde

Em novembro deste ano, um menino de sete anos morreu após ser atingido na cabeça enquanto brincava com outras duas crianças, de 10 e 2 anos, com a arma do padrinho, na chácara da família em Carmo do Rio Verde.

A vítima foi socorrida, levada para Ceres e, depois, para o Hugol, em Goiânia, onde teve morte cerebral, segundo a família.

Conforme o delegado, ocorreria a festa de aniversário do dono da arma no local, naquele dia. Porém, quando o menino se feriu, não havia nenhum adulto por perto.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Nenhuma agenda nos próximos 12 meses tirará Previdência da pauta, diz Maia

Presidente da Câmara afirmou ainda que a defesa enfática da reforma da Previdência pode ter sido um dos motivos de ele ter "sofrido" para se reeleger.
07/12/2018, 13h13

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fez enfática defesa da importância de se dar continuidade aos debates sobre a reforma da Previdência no Congresso. “Não haverá nenhuma outra agenda nos próximos 12 meses que possa superar, tirar da pauta, a reforma da Previdência. Nada do que a gente possa discutir aqui ou em qualquer ambiente pode superar o tamanho do problema previdenciário”, disse Maia, durante evento do setor de químicos organizado pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), nesta sexta-feira, 7, em São Paulo.

Maia aproveitou a oportunidade para destacar as dificuldades enfrentadas pelo País, tanto na área econômica como política, e aproveitou para elogiar a atuação conjunta do Executivo e Judiciário na aprovação de reformas como a trabalhista e o teto dos gastos. “Muita coisa foi feita entre os poderes em temas que estavam travados há muitos anos”, afirmou.

Ele lembrou que muitos políticos e alguns opositores criticam o teto dos gastos, que seria uma forma de barrar os investimentos em saúde e educação. Segundo o presidente da Câmara, o que impede investimentos nestas áreas não é o teto dos gastos. “O problema de não termos investimentos em saúde e educação é porque o Brasil gasta em despesas obrigatórias quase todo o seu orçamento”, cravou.

Maia afirmou ainda que a defesa enfática da reforma da Previdência pode ter sido um dos motivos de ele ter “sofrido” para se reeleger a deputado federal.

Cemig

O presidente da Câmara dos Deputados defendeu também a importância para o setor sobre o projeto que permite financiamento barato para empresas que constroem gasodutos e exploram serviços de gás no País. Entretanto, a questão do perdão de dívidas da Cemig, “parte polêmica do projeto”, segundo Maia, não deve ser aprovada.

“O texto é importante para questão do gasoduto, mas a questão da Cemig é tema polêmico. Ou a Câmara pode retirar a questão da Cemig ou pode ter um compromisso com esse ou o próximo governo de veto a este ponto”, disse Maia, já na saída de evento promovido pela Abiquim.

Maia lembrou que o próximo governo é contra o perdão da dívida da Cemig. Segundo o deputado, a proposta pede que o governo devolva à Cemig recursos de usinas que a empresa nem tem mais. Maia disse que há espaço do projeto avançar ainda neste ano, ou retirando o ponto da Cemig ou com o compromisso de veto dos dois governos desta parte. “Mas a parte do gasoduto me parece interessante o Brasil, que está muito atrasado no setor.”

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo da última terça-feira, a disputa pelos mais de R$ 100 bilhões que podem ser arrecadados com o megaleilão do pré-sal só aumenta e a partilha dos recursos está sendo usada como moeda de troca para que outras pautas polêmicas passem junto.

Na Câmara, o projeto que divide os recursos do Fundo Social do Pré-Sal com Estados e municípios foi usado para permitir o perdão a uma dívida bilionária da Cemig, além de financiamento barato para empresas que constroem gasodutos e exploram serviços de gás.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem tenta matar ex-namorada com chumbinho no leite, em Iporá

Casal terminou o relacionamento há um mês.
07/12/2018, 13h33

Um homem identificado como Eudes Rodrigues foi preso na noite da última quinta -feira (6/12) pela Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), suspeito de tentar matar a ex-namorada envenenada com chumbinho em uma garrafa de leite, na cidade de Iporá, a 216 quilômetros de Goiânia.

A Polícia informou ao Portal Dia Online que foi chamada pela vítima depois de receber a garrafa de leite do ex-namorado. A mulher contou que havia terminado o relacionamento com Eudes há cerca de um mês que ele levou a garrafa de leite para ela na noite da última quinta-feira.

Homem tenta matar ex-namorada com chumbinho no leite, em Iporá
Foto: Reprodução

Conforme o relato aos PM’s, após receber o litro com leite, a vítima resolveu ferver e coar a bebida. No entanto, ao ferver o líquido e coar, a moça percebeu que havia chumbinho – veneno usado para matar ratos – no leite.

Suspeito de colocar chumbinho no leite é preso, em Israelândia

Ao ser informada sobre o caso, a polícia começou as buscas pelo ex-namorado da vítima na cidade de Iporá, mas só o encontraram Eudes na cidade vizinha Israelândia, a 189 quilômetros da capital.

A polícia informou que o suspeito, durante a prisão, confessou ter colocado o chumbinho no leite que deu para a ex-namorada. Com a confissão e as informações levantadas durante a ocorrência, Eudes foi preso em flagrante e vai responder pelo crime de tentativa de homicídio.

Em São Simão, homem foi preso ao tentar matar a mulher a facadas na frente dos filhos

Tony Joseph Silva Araújo, 25 anos, foi preso após tentar matar a mulher dele, Milena Aparecida de Oliveira Silva, de 20, na tarde da última quinta-feira (15/11), em São Simão, a 366 km de Goiânia.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o desespero da mulher após o marido esfaqueá-la pelo menos cinco vezes. No chão, Milena pede socorro e demonstra medo de morrer.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.