Mundo

Campanha de Trump recebeu proposta de 'sinergia' com a Rússia, diz Promotoria

08/12/2018, 11h24

O ex-advogado pessoal do presidente norte-americano Donald Trump, Michael Cohen, esteve em contato em 2015 com um russo que ofereceu “sinergia política” à campanha eleitoral de Trump e propôs uma reunião entre o candidato à época e o presidente russo, Vladimir Putin. As afirmações constam nos documentos judiciais da equipe do promotor especial Robert Mueller.

Documentos da equipe de Mueller e de promotores de Nova York divulgados na noite de ontem mostram contatos previamente não revelados entre Trump e intermediários russos e sugerem que o Kremlin pretendia, desde cedo, influenciar a campanha de Trump, jogando tanto com as aspirações políticas quanto com interesses comerciais pessoais do então candidato à presidência dos Estados Unidos.

Segundo um dos documentos, Michael Cohen teria mantido contato com uma “pessoa de confiança” do governo da Rússia, que teria oferecido à campanha de Trump “sinergia política” e “sinergia em nível governamental”. O russo teria repetidamente proposto uma reunião entre Trump e Putin, dizendo que o encontro poderia ter um impacto “fenomenal”, “não apenas na política, mas em uma dimensão empresarial também”, dizem os promotores.

Em outro documento, a promotoria afirma que Paul Manafort, ex-chefe da campanha presidencial de Donald Trump, mentiu aos investigadores sobre seus contatos com um funcionário russo e com membros da administração Trump, incluindo em 2018. Fonte: Associated Press.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Presidente da Alego deve assumir pasta no governo Caiado, diz jornal

A possibilidade da ida de Vitti para a pasta seria em razão de sua atuação na articulação política na Alego.

Por Ton Paulo
08/12/2018, 12h25

O atual presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), José Vitti, do PSDB, seria um dos principais cotados para assumir a Secretaria da Indústria e Comércio, que vai ser recriada na gestão do governador eleito Ronaldo Caiado (DEM). A possibilidade da ida de Vitti para a pasta seria em razão de sua atuação na articulação política para a aprovação do projeto de Caiado que reduz incentivos fiscais para o setores produtivos em Goiás, gerando um impacto de R$ 1 bilhão no Estado. As informações são do Jornal Opção.

O presidente Vitti tem sido um aliado essencial para Caiado, no que concerne à aprovação de projetos na Alego. Uma importantíssima proposta do governador eleito, que propõe a redução de incentivos fiscais para a indústria em Goiás, foi aprovada com quantidade massiva de votos esta semana.

Os deputados da Assembleia Legislativa aprovaram o projeto da governadoria com o substitutivo do relator, o deputado Lívio Luciano (Podemos), que dispõe sobre a redução de incentivos fiscais a setores produtivos em Goiás. A proposta, já aprovada, vai gerar um impacto de aproximadamente R$ 1 bilhão na economia do Estado, uma vez que mudará os quadros de reinstituição dos incentivos, dos benefícios fiscais ou financeiros-fiscais e das isenções relativos ao ICMS. O projeto foi acordado após uma reunião entre Caiado e nomes do empresariado goiano.

Antes da votação do projeto, o presidente da Alego recebeu Ronaldo Caiado e líderes empresariais na sala da Presidência, para selar acordo ao projeto. Estiveram presentes Otávio Lage, da Adial; André Rocha da Sifaeg e Pedro Alves, presidente da Fieg, além do empresário Edwal Portilho.

José Vitti e Ronaldo Caiado são amigos há vários anos. No momento, o parlamentar é um de seus principais interlocutores.

Assessoria de Caiado diz que ainda nada foi confirmado

O assessor do governador eleito Ronaldo Caiado, Tony Carlo, disse, à reportagem do Dia Online, que nada está definido. “Não temos nada definido e nem confirmado ainda. Na semana que vem ele [Ronaldo Caiado] deve anunciar o nome para a pasta, mas por enquanto não tem nada confirmado”, declarou.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Manifestantes voltam às ruas de Paris contra medidas de Macron

O aumento dos impostos sobre combustíveis e o alto custo de vida na França, foram o estopim para as manifestações.
08/12/2018, 12h56

Pelo quarto fim de semana consecutivo, manifestantes tomaram as ruas da capital francesa neste sábado contra medidas do governo de Emmanuel Macron. Entre as insatisfações dos protestantes, estão o aumento dos impostos sobre combustíveis e o alto custo de vida na França.

Em marcha na região da Champs-Elysée, em Paris, os manifestantes autodenominados de “coletes amarelos” entraram em confronto com policiais, que dispararam bombas de gás lacrimogêneo e usaram canhões d’água para tentar dispersar a multidão.

Os protestos seguem tensos, mas a polícia parece ter melhor controle da situação do que na semana anterior, quando 130 ficaram feridos e outra centena de pessoas foram presas. Autoridades francesas estimaram 8.000 de “coletes amarelos” em Paris neste sábado, abaixo do observado na semana passada.

Houve protestos também em Bruxelas, capital da Bélgica. Aproximadamente 400 manifestantes se reuniram nos arredores dos prédios do governo e do parlamento belga. O grupo quebrou placas de sinalização e lançou pedras e outros objetos contra policiais, que revidaram com gás lacrimogêneo e canhões de água. Cerca de 100 pessoas foram presas preventivamente, segundo Ilse Van De Keere, porta-voz da polícia de Bruxelas.

Na Holanda, cerca de 100 pessoas se reuniram em uma manifestação pacífica no entorno do parlamento holandês em Haia. Fonte: Associated Press.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suspeito de estupro é preso depois de ser linchado por populares, em Aparecida de Goiânia

Suspeito aproveitou que o marido da vítima estava fora, para cometer o estupro.
08/12/2018, 14h32

Um homem que não teve o nome divulgado foi preso na noite da última sexta-feira (7/12) suspeito de estuprar uma mulher, no Setor Conde dos Arcos, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital. O crime aconteceu na quinta-feira (6/12) no Parque Atalaia.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), o suspeito aproveitou o momento em que a vítima estava sozinha em casa, pois o marido da mulher estava no trabalho.

Em posse das informações o indivíduo pulou o muro da casa, arrombou a porta, ameaçou a vítima com uma faca e a estuprou, e ficou aproximadamente duas horas na casa da vítima segundo a polícia.

Segundo a polícia, o rapaz voltou para sua casa e foi recebido por vizinhos que o lincharam. Conforme as informações divulgadas, o suspeito tentava vendar um celular para juntar dinheiro e fazer uma viagem no momento da sua prisão.

O rapaz foi preso pelo crime de estupro e os policiais descobriram que o suspeito possuem diversas passagens por roubo, receptação, furto e por outro estupro. Depois de ser preso o suspeito foi encaminhado para o 1° Distrito Policial de Aparecida de Goiânia.

Um outro estupro em Goiânia

Em outubro deste ano, um outro caso de estupro foi registrado no Jardim Novo Mundo em Goiânia, quando um homem pulou o muro da vizinha durante a madrugada e abusou sexualmente dela. Durante a ocorrência os dois entraram em luta corporal antes do abuso.

O suspeito foi preso por uma equipe das Rondas Ostensivas Municipais (ROMU) da Guarda Civil Metropolitana (GCM), no momento da prisão os policiais encontraram o autor do crime que era foragido da justiça por estupro deitado pelado na cama da vítima.

Um homem foi linchado pela população em Goianira suspeito de estuprar a vizinha

O caso foi registrado em setembro do ano passado, quando um homem, de 50 anos, foi linchado pela população do Setor Lago Azul 2, em Goianira, suspeito de ter estuprado a vizinha, uma criança de 12 anos.

Durante o linchamento, o homem precisou receber os primeiros atendimentos da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu).

Depois de receber tratamento médico, o homem foi preso e levado para a delegacia da Polícia Civil da cidade, onde confessou o estupro da criança.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Casal é resgatado dentro de casa amarrados e em chamas pelos Bombeiros, em Águas Lindas

Um homem, de 20 anos, e uma mulher de 30 estavam amarrados dentro da casa.
08/12/2018, 15h24

O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) da cidade de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal (DF) foi acionado na manhã deste sábado (8/12) para combater um incêndio a residência, no Parque Barragem Setor 1 e resgatar um casal que estava dentro da casa em chamas.

De acordo com a corporação, vizinhos da residência acionaram os bombeiros para combater o incêndio, no momento em que as equipes chegaram ao local, além do fogo, notaram que dentro da casa tinha um homem de aproximadamente 20 anos e uma mulher de 30 amarrados.

O CBMGO fez o resgate das vítimas que tiveram queimaduras de 1º, 2º e 3º graus por várias partes do corpo, prestaram os primeiros socorros as vítimas e os levaram para o Hospital Municipal Bom Jesus na cidade.

Depois de socorrer o casal, a corporação voltou as atenções para o combate ao incêndio na casa, que se concentrou em um dos quartos. De acordo com os bombeiros foram gastos durante a ocorrência, cerca de 200 litros de água para controlar o fogo.

Apesar das chamas terem atingido um quarto, o fogo não se espalhou para outros cômodos da casa. Segundo o CBMGO, como duas pessoas foram encontradas amarradas dentro da casa, e a característica criminosa os bombeiros chamaram a Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) para atender a ocorrência. Até o momento não há informações sobre quem amarrou o caso e colocou fogo na residência.

Incêndio em Goiânia

Em julho deste ano, o Corpo de Bombeiros, foi acionado para combater um incêndio em uma casa no Residencial Goiânia Viva, na Capital. No local também funcionava uma pequena confecção de roupas, onde o fogo teria começado. Um depósito de espumas também foi atingido pelas chamas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um casal, que morava na residência foi encaminhado ao Cais do Bairro Goiá para avaliação após inalarem fumaça. Nem o homem nem a mulher apresentavam ferimentos ou queimaduras.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.