Goiás

MP-GO abre investigação para apurar irregularidades na aplicação de verba em parques estaduais de Goiás

Uma auditoria realizada em 2011 detectou deficiências em vários pontos na implantação das unidades de conservação de proteção integral do Estado.

Por Ton Paulo
12/12/2018, 16h07

Um procedimento administrativo foi aberto pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) para investigar a aplicação de recursos estaduais destinados a parques estaduais de Goiás, as chamadas unidades de conservação ambiental no estado. Uma auditoria realizada em 2011 detectou deficiências em vários pontos na implantação das unidades de conservação de proteção integral do Estado, que seriam incompatíveis com a verba que, teoricamente, foi aplicada.

A investigação será voltada para a aplicação dos recursos do Fundo Estadual do Meio Ambiente (Femas) nas unidades de conservação estaduais, ou seja, nos 13 parques estaduais em Goiás.

De acordo com o MP-GO, a necessidade de apuração tem como base indícios de irregularidades verificadas numa auditoria operacional feita pelo Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO) em 2011, que detectou deficiências técnicas, estruturais, operacionais e gerenciais na implantação das unidades de conservação de proteção integral do Estado.

Na portaria que dá início à investigação, o promotor de Justiça em substituição na 7º Promotoria de Justiça de Goiânia, Juliano de Barros Araújo, declara que os recursos oriundos de compensação ambiental devem ser empregados, principalmente, na criação e manutenção dos parques estaduais.

Secima terá que fornecer os dados detalhados sobre todos os parques estaduais de Goiás

Para dar direcionamento à investigação, o promotor solicitou que a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) forneça informações detalhadas dos recursos do Fema destinados à implantação e manutenção de unidades de conservação.

O promotor pediu ainda informações de cada parque estadual, como os atos de criação, dados sobre demarcação da área, planos de manejo, equipe de fiscalização das unidades, áreas do entorno e estruturas físicas implantadas nos parques. Além disso, o MP requereu que sejam feitas vistorias para verificar se há ocupações nas unidades.

A reportagem do Dia Online tentou entrar em contato com o Dr. Juliano para mais esclarecimentos sobre a abertura das investigações, mas o mesmo se encontrava em audiência.

Via: MP-GO 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Em reunião, Ronaldo Caiado reafirma apoio à gestão Jair Bolsonaro

O encontro com o presidente eleito no gabinete do governo de transição também contou a presença de membros da bancada do DEM na Câmara e no Senado.
12/12/2018, 16h37

O governador eleito do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado, participou de reunião com o Jair Bolsonaro, na manhã desta quarta-feira (12/12). A reunião no gabinete do governo de transição, em Brasília, contou a presença de membros da bancada do DEM na Câmara e no Senado.

Durante o encontro, ao analisar o momento político desafiador que o país enfrenta, Caiado diz que o DEM saberá fazer as mudanças necessárias exigidas pela sociedade e que o governo de Goiás estará à disposição da equipe de Jair Bolsonaro.

“O Democratas tem uma noção clara do momento político que nós estamos vivendo. Nós temos que saber vocalizar esse sentimento das mudanças necessárias com a sua voz, sua presença pelo Brasil afora, mostrando a nossa responsabilidade, nosso compromisso com a ética, com a eficiência e os resultados para o povo brasileiro. Esta bandeira é nossa. É sua. É do Democratas. Nós saberemos mudar o Brasil”, disse o governador eleito. “Pode saber que você (presidente Bolsonaro) terá um grupo de parlamentares que vai honrar essa mudança no país”, acrescenta.

Ronaldo Caiado e Jair Bolsonaro pregam parceria e união

Ronaldo Caiado ressaltou o interesse de firmar parceria entre o governo de Goiás e gestão do presidente eleito. O senador também comentou a convergência de pautas defendidas há anos pelos democratas com as propostas de Bolsonaro.

“Todos nós sabemos que esta pauta tem tudo a ver com tudo aquilo que nós defendemos durante todos os anos, enfrentando com uma coragem ímpar o PT durante 14 anos, na Câmara e no Senado Federal. E pode ter certeza de que vossa excelência (presidente Bolsonaro) terá de aliados os mais competentes e as mais competentes deputadas e senadoras”, afirma o senador.

O presidente eleito Jair Bolsonaro pediu união aos brasileiros para fazer o país “sorrir de verdade” e enfatizou patriotismo e resgate de valores em discurso.

“Temos que estar unidos. Dá para sairmos dessa situação e o mérito será de todos nós. Isso passa pela nossa união com patriotismo e resgate de valores abandonados na última década. Eu acredito no Brasil assim como vocês. Com esse coração verde-amarelo que bate em vocês vamos juntos mudar o destino do Brasil. Não teremos outra oportunidade. Essa é ímpar. Não tenho projeto de poder. Meu projeto é de Brasil. Faço um convite: vamos fazer esse Brasil sorrir de verdade”, diz Bolsonaro.

Segundo parlamentares presentes no encontro, Bolsonaro foi incisivo sobre o fim da reeleição em cargos do Poder Executivo. Ao comentar sobre a necessidade de uma reforma política, o presidente eleito disse apoiar o fim da reeleição, justamente por não ter interesse em poder pessoal.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Mercado Central de Goiânia: tradição e história em um só lugar

O Mercado Central de Goiânia é um dos principais pontos turísticos da cidade, guardando muito sobre a cultura e a história goiana.
12/12/2018, 16h54

Tradição, história e cultura são palavras que definem muito bem o que o Mercado Central de Goiânia tem a oferecer. Por ali é possível encontrar de tudo um pouco, em um espacinho compartilhado entre mais de 100 comerciantes que estão sempre dispostos a tratar seus clientes da melhor forma possível. Se você ainda não conhece o ambiente ou já faz muito tempo que não vai até lá, fica aqui o convite para uma próxima visita!

É incrível como a experiência de fazer compras pode ser completamente diferente no Mercado. Ali você encontra vendedores que mais parecem velhos amigos, já que o atendimento costuma ser cordial e bastante atencioso. E o que dizer sobre o aroma do lugar? Suas cores, os sons presentes e os corredores são características que transformam o local em algo único e inconfundível, mostrando o porquê de este ser também um dos principais pontos turísticos da cidade.

A história do Mercado Central de Goiânia

Mercado Central de Goiânia: tradição
Foto: Reprodução

A história do Mercado Central de Goiânia, também conhecido como Mercado Municipal, remonta ao finalzinho da década de 1940, já que muitos comerciantes alegam que o espaço existe desde 1947. Por outro lado, a prefeitura data o início das atividades do Mercado no ano de 1950, durante a gestão de Eurico Viana.

Independente da real data de sua fundação, vale lembrar que ele nem sempre esteve na Rua 3. Apenas para que você tenha ideia, seu primeiro endereço consta no local onde atualmente se encontra o Parthenon Center e foi apenas em 24 de outubro de 1986, que foi transferido para o local em que está hoje.

Mercado Central de Goiânia: tradição
Foto: Reprodução/ TripAdvisor

O Mercado foi criado com o objetivo de abastecer o gênero alimentício da cidade. No entanto, à medida que o tempo foi passando, novas propostas foram sendo adequadas ao ambiente, fazendo com que este não seja mais o seu enfoque.

Isso aconteceu devido ao crescimento de outros centros de compras que se espalhavam rapidamente por Goiânia. A concorrência acabou desestimulando não apenas o público mas também os comerciantes, que já não enxergavam mais nos mercados municipais uma boa alternativa de negócio.

A gestão daquela época decidiu tomar algumas medidas para resolver o problema. Uma delas foi a construção de um estacionamento, o que permitiria maior conforto para quem estivesse de passagem pelo Mercado Central de Goiânia. Hoje o local funciona normalmente, contanto com dois pisos destinados ao comércio, onde é possível encontrar variados tipos de produtos. Sem dúvida, é uma das principais referências da cidade!

Qualidade e preços baixos!

Mercado Central de Goiânia: tradição
Foto: Reprodução/ A Redação

Os maiores atrativos do Mercado Central existem desde a data de sua inauguração. É possível encontrar diversos tipos de produtos, que são sempre lembrados pela qualidade e preço baixo.

Sem dúvida, um dos pontos fortes do local abrange as variadas opções gastronômicas que os visitantes podem encontrar. Se você é apaixonado pela comida goiana, não perca tempo! É exatamente ali que você terá a oportunidade de saborear os melhores pratos!

Mas é claro que não para por aí! Queijos, pastéis, salgados, tortas, doces artesanais, sucos, cafés, entre outros, também podem ser consumidos no local. Ah, e não poderia faltar o nosso tão querido empadão goiano, já que o vendido ali é considerado por muitos como o melhor da cidade!

Mas para quem tem interesse em outros produtos, é possível encontrar peças feitas em couro (sandálias e botas, por exemplo), filtros de barro, panelas e utensílios em geral, raízes e medicamentos artesanais, açougue, dentre tantas outras coisas. Fato é que dificilmente você sairá de lá sem encontrar o que precisa!

Mais informações?

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 7h às 18 / sábado, das 7h às 15h / domingo, das 7h às 12h

Telefone: (62) 3524-1324

Endereço: Rua 3, 322 – St. Central, Goiânia – GO, 74643-010

Imagens: A Redação TripAdvisor 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Jovem é morto a tiros, em Goiânia

Umas das possibilidades considerada pela polícia é o envolvimento com tráfico de drogas.
12/12/2018, 17h02

O jovem Michael Crichiton Pereira, 18 anos, foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (12/12), na Rua VC 100, Conjunto Vera Cruz II, em Goiânia.

O delegado plantonista da Delegacia Estadual de Homicídios de Goiânia (DIH), Rômulo Figueredo, esteve no local e confirmou a informação ao Portal Dia Online. De acordo com o delegado, a vítima foi alvejada por cinco disparos e morreu no local.

Rômulo Figueredo afirmou que os moradores da região disseram que “ninguém viu nada” durante o assassinato. Conforme o delegado, a principal suspeita no momento é de que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

imagens cedidas por Bill Guerra.

O delegado informou à reportagem que vai voltar para a delegacia e fazer o levantamento para descobrir se Michael Crichiton tinha passagens pela polícia. Até o momento não há informações sobre autoria e motivação do crime. Caso vai ser investigado pela DIH.

Advogada criminalista é morta a tiros no Conjunto Vera Cruz I, em Goiânia

No o último dia de finados (2/11) a advogada criminalista Rina Mendes dos Santos, de 59 anos, foi morta a tiros dentro do carro, na praça Dona Gercina Borges Teixeira, no Conjunto Vera Cruz I, em Goiânia.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PM) foi chamada para atender a ocorrência e fazer o isolamento da área. A PM informou ao Portal Dia Online que testemunhas contaram que um outro carro se aproximou do veículo da advogada e os ocupantes efetuaram vários disparos contra ela e fugiram do local.

Ainda segundo as informações da polícia, nenhum suspeito foi identificado e não se sabe a motivação do crime. O caso agora será investigado pela Delegacia de Homicídios de Goiânia (DIH).

O delegado plantonista da DIH, Marco Aurélio, esta no local e espera a perícia finalizar o trabalho, para dar sequência ao início das investigações e esclarecer a motivação do assassinato da doutora Rina Mendes.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Daniel Messac deve deixar prisão até esta quinta-feira

Parlamentar passou por julgamento no início da tarde de hoje (12/12), na Corte Especial do Tribunal de Justiça de Goiás.
12/12/2018, 17h02

O deputado estadual Daniel Messac (PTB), preso desde a última sexta-feira (7/12), ganhou o direito de responder o processo em liberdade e deve deixar a prisão até esta quinta-feira (13/12). Ele passou por julgamento no início da tarde de hoje, na Corte Especial do Tribunal de Justiça de Goiás, em Goiânia.

De acordo com Gilles Gomes, advogado do parlamentar, ele deve ser liberado amanhã devido os trâmites legais. Ao Dia Online, o advogado afirmou que Daniel Messac estava ansioso pela saída, pois “quem não deve, não precisa se preocupar”. Por volta das 16h45 de hoje, a defesa seguia para o Núcleo de Custódia para dar a notícia da soltura ao deputado.

Prisão de Daniel Messac

Daniel Messac (PTB) foi preso durante desdobramento da Operação Embaraço. Ele é investigado por ter coagido testemunha da Operação Poltergeist, deflagrada em 2014 para apurar contratação de funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego). Segundo as investigações , ele é apontado como chefe do esquema. Além dele, outras 36 pessoas foram denunciadas.

Em depoimento ao Ministério Público de Goiás, prestado na última segunda-feira (10/12), o parlamentar negou a acusação. Por meio de nota, divulgada na sexta-feira, a defesa do deputado disse que a prisão era abusiva e ainda lamentou “profundamente que o Ministério Público tenha se utilizado de documentos inconsistentes, que se não forem explicados a contento pelo órgão de acusação, caracteriza fraude. Motivo que levou o Poder Judiciário a erro.”

Deputados pedem soltura de Daniel Messac

Na tarde de ontem (11/12), durante Comissão Mista na Assembleia Legislativa de Goiânia (Alego), parlamentares criaram uma comissão para pedir a soltura do Daniel Messac. Os deputados escolhidos Hélio de Sousa (PSDB), Jean Carlo (PSDB), Luiz Cesar Bueno (PT) e Cláudio Meirelles (PTC) pediam para que José Vitti, presidente da Casa, entrasse em contato com o Tribunal de Justiça para pedir a revogação da prisão do parlamentar, considerada inconstitucional.

Eles defendem que a prisão é ilegal, uma vez que ele tem foro privilegiado e que nenhum deputado quando é eleito e diplomado pode ser preso, exceto em flagrante. Até ontem (11/12), Daniel Messac estava detido no pronto-socorro do Núcleo de Custódia, pois o local não dispunha de cela especial, para quem possui ensino superior, vazia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.