Brasil

Réveillon na Paulista terá Gal Costa, Jorge Ben Jor e shows de humor

14/12/2018, 17h52

A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, 14, a programação oficial da festa de réveillon da Avenida Paulista. Desta vez, as principais atrações musicais da noite são os cantores Gal Costa, Jorge Ben Jor, Péricles e Diogo Nogueira. A cerimônia será comandada pelo apresentador Paulo Bonfá.

Na edição passada, o evento atraiu 1,7 milhões de pessoas. O contrato de prestação de serviços de planejamento, produção, execução e fiscalização da empresa contratada para o evento é de R$ 2,4 milhões.

A programação traz ainda a apresentação do grupo Rastapé, do músico Mestrinho e dos trios Virgulino e Sinhá Flor, que tocarão repertório em homenagem a Luiz Gonzaga e Dominguinhos. Nos intervalos das apresentações musicais, a programação trará performances do grupo de comédia Risadaria.

O palco principal será instalado no mesmo local na edição passada, próximo à esquina da Rua da Consolação. Como já anunciado, pela primeira vez, os fogos de artifício utilizados na virada não terão ruído, em respeito à Lei Municipal 16.897/18, que proíbe fogos na capital. A queima de fogos tem duração prevista de 10 a 15 minutos. Os cantores Gal Costa e Jorge Ben Jor devem estar no palco entre as 23h30 e 1h30.

O local será monitorado em tempo real pela Polícia Militar em um posto especial. Segundo a Prefeitura, seguranças privadas e bombeiros civis também prestarão apoio. Para chegar à área de shows, será necessário passar por uma revista preventiva, que não permitirá a entrada de pessoas com garrafas, latas, fogos de artifício, armas e objetos cortantes.

Programação do réveillon em São Paulo:

17h40: Risadaria

– Humorista: Filipe Pontes

18h às 19h30 – Forró na Virada

– Rastapé

– Mestrinho

– Trio Virgulino

– Trio Sinhá Flor

19h30: Risadaria

Humoristas: Edegar Agostinho, Victor Sarro e Fabiano Cambota

20h30 às 22h30:

Shows dos cantores Péricles e Diogo Nogueira

22h30: Risadaria

Humoristas: Juliano Gaspar, Paulo Vieira e MC Maloka

23h30 às 01h30:

Apresentação dos cantores Jorge Ben Jor e Gal Costa

2h30 às 4h:

Apresentação da Escola de Samba do Terceiro Milênio

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Praça Tamandaré é uma boa opção de lazer em Goiânia

Localizada no Setor Oeste, a Praça Tamandaré foi uma das primeiras da cidade e atualmente representa uma das melhores opções de lazer em Goiânia.
14/12/2018, 18h19

É com muito orgulho que podemos dizer que Goiânia é uma das cidades do Brasil que contam com maior concentração de áreas verdes. Apenas para que você tenha ideia, o censo do IBGE de 2010 qualificou a capital goiana como a cidade mais arborizada do país! Embora tenha mudado muita coisa de lá para cá, ainda temos bons motivos para nos orgulhar, já que a cidade é repleta de reservas, parques e praças que ainda nos reservam bons momentos de contato com a natureza, para manter a paz e tranquilidade. A Praça Tamandaré é um excelente exemplo disso.

Localizada no Setor Oeste, ambos se misturam com o comecinho da história goianiense. Isso porque o bairro fez parte do projeto de construção da capital, no entanto, seu processo de urbanização teve início apenas na década de 1950. Naquela época, o local onde a praça se encontra atualmente era apenas um grande terreno vazio e sem vida, que chegava a incomodar os moradores.

Praça Tamandaré e sua história

Praça Tamandaré
Foto: Reprodução

Felizmente, não demorou muito até que o lugar fosse melhor planejado e desenvolvido. Por ser uma das primeiras praças da cidade, representou um dos poucos pontos de encontro que os jovens poderiam usufruir naquela época, por volta das décadas de 70 e 80. Aqueles foram anos que inspiravam a rebeldia e o a busca por liberdade, instintos estes, que acabaram se materializando pela praça.

Quem visitava a Praça Tamandaré podia encontrar as melhores fontes intelectuais de toda a cidade. Por ali se concentravam poetas, escritores, músicos, artistas plásticos, publicitários e jornalistas, que sempre buscavam por dar vida a novas manifestações artísticas que incentivassem a população a ir em busca de conhecimento.

À medida que o tempo foi passando, a praça foi sofrendo inúmeras transformações que apenas acarretaram em benefícios para a população goianiense. Atualmente, seu público perdeu o caráter exclusivamente elitizado e se tornou uma boa opção de lazer para todas as pessoas, independente de idade ou classe social.

O lugar sempre atrai olhares, pois reserva um espacinho verde, cheio de natureza, em um setor onde menos se poderia esperar algo do tipo, já que é cercado por altos edifícios e trânsito turbulento. A Praça Tamandaré acaba representando a paz em meio ao caos, onde as pessoas costumam buscar como refúgio para esquecer um pouquinho os problemas e apenas relaxar.

Feira da Lua é realizada na praça

Praça Tamandaré
Foto: Reprodução

A Feira da Lua é a segunda maior feira ao ar livre de Goiânia, perdendo apenas para a Feira Hippie. Representando um ótimo passeio para as tardes de sábado, ela acontece justamente na Praça Tamandaré, que abre suas portas para cerca de 1.240 bancas e 10 mil visitantes por sábado. Muita coisa, não acha?

A feira teve início em 1993 e desde então é um dos lugares preferidos para compras em Goiânia. É possível encontrar de tudo por ali, desde artesanato e peças de vestuário, até alimentação e artigos de decoração. O melhor de tudo é que os preços costumam ser bem camaradas, não fugindo do orçamento.

Se você ficou interessado, a Feira da Lua em Goiânia acontece todos os sábados, das 16 horas às 22 horas, na Praça Tamandaré, no Setor Oeste.

O natal da praça

Praça Tamandaré
Foto: Reprodução/ G1

Embora disponha de uma história riquíssima e de diversas atrações, o período em que a população passa a lembrar ainda mais da praça é durante o fim de ano, especificamente devido ao natal. Isso porque a Prefeitura de Goiânia já transformou em tradição a decoração natalina do lugar, que sempre conta com elementos de tirar o fôlego e que chamam atenção de todos que passam por ali.

Além do encantador túnel de luzes, a praça ainda recebe a Vila do Papai Noel, parque de diversão e trenzinho da alegria. A decoração de 2018 conta com mais de 6 mil metros de cordões de lâmpadas e 7 mil conjuntos de LED, garantindo um brilho todo especial para a região.

Endereço: Av. Assis Chateaubriand, 640 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74130-011

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Matrículas na rede estadual podem ser confirmadas de hoje até 21 de dezembro

Efetivação deve ser feita pelo site www.matricula.go.gov.br.
14/12/2018, 18h32

Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce) abriu, nesta sexta-feira (14/12), o período para confirmação de matrículas na rede estadual de ensino. O prazo segue até o dia 21 de dezembro. De acordo com a pasta, a matrícula informatizada tem como objetivo eliminar filas nas escolas, democratizar o acesso e garantir o aproveitamento total da capacidade física das unidades escolares.

Para efetivar a inscrição é necessário entrar no site www.matricula.go.gov.br e fazer a consulta pelo número de solicitação e data de nascimento. Em seguida, é preciso ir à escola onde o aluno foi alocado e efetivar a matrícula levando os seguintes documentos pessoais e documentos escolares. Veja relação abaixo:

Documentos pessoais: RG, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento e comprovante de endereço atual.

Documentos escolares: Histórico Escolar, Ficha Individual e/ou declaração de transferência.

Matrículas na rede estadual de ensino

As matrículas para a rede estadual de ensino em Goiás começaram no dia 19 de novembro. A inscrição foi feita pela internet, informando os dados pessoais do aluno e três opções de escola. Depois disso, o estudante foi encaminhado para a escola mais próxima de seu residência. Para os alunos que já são matriculados na rede estadual, a renovação da matrícula foi feita diretamente na unidade escolar que ele frequenta.

A rede estadual de ensino foi destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). De acordo com dados do Ministério da Educação (MEC) Goiás pontuou 4,3 no Ensino Médio. Já no Ensino Fundamental II, a média foi 5,2, ou seja, 0,4 a mais que o estipulado (4,8).

No Ensino Fundamental I, Goiás apresenta crescimento de um ponto: o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) apresentou meta de 5,6, mas a rede estadual goiana fez 6,6. As provas foram realizadas em 2017.

Para o próximo ano, 900 novos professores devem ser convocados para atuar nas áreas de Matemática, Física, Química e Biologia. O concurso foi realizado em junho deste ano.

Via: SEDUCE 
Imagens: Fatos Desconhecidos 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Defesa diz que João de Deus se entregará: "Estamos procurando um local seguro"

Ao se entregar, médium deve ser trazido para Goiânia, onde prestará depoimento e ficará detido.
14/12/2018, 20h12

O médium João de Deus deve se entregar à polícia, segundo a defesa. “Vai se apresentar. Não sei quando, nem onde. Estou avaliando ainda”, disse o advogado Alberto Zacharias Toron, na tarde desta sexta-feira (14/12). Equipes policiais estão em busca do religioso desde o início da tarde de hoje, quando teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. João de Deus foi denunciado por mais de 300 mulheres que relataram abusos sexuais durante consultas espirituais ocorridas na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia.

Por meio de nota, a defesa informou ainda que pedirá habeas corpus contra a decisão, considerada como “ilegal e injusta”. Ao Metrópoles, o outro advogado de João de Deus, Thales Jayme, informou que negocia as condições de entrega com o delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes. “É pela integridade do seu João. É claro que ele não vai ficar foragido para sempre. Estamos procurando um local seguro”, explica.

Pedido de prisão de João de Deus

A Justiça aceitou nesta sexta-feira (14/12) o pedido de prisão preventiva do médium João de Deus, protocolado pela força-tarefa da Polícia Civil de Goiás, de acordo com a assessoria. O religioso de 76 anos, agora, pode ser preso a qualquer momento. João de Deus é alvo de inúmeras denúncias de abuso sexual, que explodiram recentemente. Ele é acusado, inclusive, de ter abusado da própria filha

Desde a última sexta-feira (7/12), o médium João de Deus se tornou um dos nomes mais noticiados na imprensa nacional e internacional depois que dez mulheres revelaram-se vítimas de abuso sexual, por meio do programa Conversa com Bial, da TV Globo. Os relatos encorajaram outras centenas de mulheres que também se sentiram abusadas.

Até quinta-feira (13/12), 330 mulheres denunciaram o médium ao Ministério Público de Goiás. João de Deus nega todas as acusações. Também nesta quinta, fiéis se reuniram em frente à ‘Casa’ em uma manifestação em prol de João de Deus. Eles seguravam cartazes com pedidos de amor desejando forças ao médium. Um dos protestantes, estrangeiro, ficou sentando por mais de nove horas com os olhos fechados e segurando o cartaz com a frase “Help João”.

Imagens: AmazonasAtual 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Receptador de carga roubada tenta suicídio ao ser encontrado pela polícia, em Aparecida de Goiânia

Uma negociação por parte dos policiais precisou ser feita para impedir o ato.

Por Ton Paulo
15/12/2018, 09h44

Uma abordagem da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) na madrugada deste sábado (14/12), na Vila Cruzeiro do Sul, em Aparecida de Goiânia, para encontrar uma carga roubada quase resultou em um suicídio. Uma equipe da Rotam, após denúncia, encontrou um suspeito de ter roubado uma carga de produtos hospitalares e, ao ser abordado, o homem quase tirou a própria vida com uma faca. Uma negociação por parte dos policiais precisou ser feita.

Segundo informações da assessoria da PM, a equipe da Rotam recebeu uma denúncia de que Marcelo Patrício Farias, de 48 anos, estava com uma carga de produtos hospitalares e agrotóxicos que havia sido anteriormente roubada. Por volta das 1h28 de hoje, então, a equipe policial encontrou Marcelo em sua casa, assim como a carga de origem suspeita, que estava na garagem.

Ao ser rendido, Marcelo, em um ato de desespero, sacou uma faca e colocou no próprio pescoço, ameaçando se matar na frente dos policiais. Foi preciso uma longa negociação e persuasão por parte dos policiais da Rotam para fazê-lo desistir da ideia.

Logo em seguida, Marcelo, ao ser questionado sobre seus documentos, apresentou uma documentação falsa. Ao realizar uma averiguação no local, a polícia descobriu máquinas e apetrechos para fazer documentos falsos.

Marcelo foi conduzido para a 4ª Delegacia de Polícia de Aparecida de Goiânia e autuado pelos crimes  de receptação (artigo 180 do Código Penal), uso de documento falso (artigo 304 e falsificação de documento público (artigo 297).

Na última quinta-feira, polícia apreendeu carga roubada de cadernos, em Anápolis

A Polícia Civil de Goiás (PC) deflagrou na última quinta-feira (13/12) uma operação que prendeu sete pessoas acusadas de vender cadernos de um carregamento roubado em Anápolis, distribuindo os produtos frutos de roubo em várias papelarias da região metropolitana de Goiânia. Dos sete que vendiam cadernos roubados, segundo a PC, quatro são proprietários de papelarias. A operação foi batizada pela polícia de Páginas da Vida.

A operação foi realizada pela Polícia Civil através da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DECAR), e as investigações tiveram início no mês de outubro, quando um carregamento de cadernos foi roubado no município de Anápolis, a 50 quilômetros de Goiânia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.