Goiás

Polícia prende traficante internacional em motel de Goiânia

O suspeito estava na posse de aproximadamente 700 quilos de maconha que, segundo a polícia, tem procedência estrangeira.

Por Ton Paulo
19/12/2018, 09h20

Um homem foi preso em um motel no fim da noite da última terça-feira (18/12), em Goiânia, por envolvimento no tráfico internacional. O suspeito estava na posse de aproximadamente 700 quilos de maconha que, segundo a polícia, tem procedência estrangeira. A droga seria distribuída em Goiânia e região metropolitana pelo traficante internacional.

A prisão de Thiago Rodrigues de Sousa, de 21 anos, foi feita por policiais da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana, a Rotam, após compartilhamento de informações com a Delegacia de Polícia Federal (DPF) de Anápolis.

De acordo com o Tenente João Júnior, da Rotam, os policiais chegaram até Thiago depois de receberam a informação de que ele estaria portando uma grande quantidade de drogas. Os policiais, então, foram até a residência do suspeito. Lá, encontraram uma mulher que contou aos policiais da Rotam que Thiago estava em um motel de Goiânia naquele momento.

Depois de a equipe identificar e localizar o motel, encontrou Thiago. Quando foi questionado pelos policiais, Thiago informou que tinha sob sua responsabilidade uma grande quantidade de drogas em uma casa no Bairro Goiá.

Os policiais da Rotam, então, foram ao local informado por Thiago, e lá encontraram aproximadamente 700 Kg de maconha, além de três veículos utilizados para o transporte da droga, sendo uma Hilux com registro de roubo e dois veículos em situação regular.

Tenente da Rotam conta que traficante internacional pode ter trazido droga do Paraguai

De acordo com o Tenente João Júnior, a procedência exata da droga está sendo investigada, mas já há uma suspeita. “Ainda não sabemos exatamente de qual país ela veio, mas suspeitamos que seja do Paraguai, de onde normalmente essa droga vem”, revela.

Diante disso, Thiago foi preso, a droga e os veículos foram apreendidos e conduzidos à Delegacia da Polícia Federal para a realização dos procedimentos legais.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Petrobras mantém preço médio da gasolina nas refinarias em R$ 1,6202 nesta quinta

A gasolina tem tido reajustes diários nas refinarias.
19/12/2018, 09h29

A Petrobras manteve o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, válido para esta quinta-feira, dia 20, em R$ 1,6202. Já o preço do diesel segue em R$ 1,8115 até o último dia de dezembro, conforme tabela disponível no site da empresa petrolífera. Em 6 de setembro, a diretoria da companhia anunciou que além dos reajustes diários da gasolina, terá a opção de utilizar um mecanismo de proteção (hedge) complementar.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Mulher é morta a tiros na calçada de casa, em Goiânia

Suspeitos efetuaram pelos menos sete disparos contra a vítima.
19/12/2018, 10h02

Uma mulher foi morta a tiros no início da noite da última terça-feira (18/12) na calçada de sua casa, no Bairro da Vitória, na região noroeste de Goiânia.

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) informou ao Portal Dia Online que a vítima foi identificada como Carla Marta Custódio. Segundo as informações da polícia, a vítima estava sentada na calçada ao lado da mãe e da filha adolescente, quando um carro de cor prata, parou em frente Carla, e dois deles encapuzados desceram, efetuaram pelo menos sete disparos de revólver calibre 38 contra a vítima e fugiram em seguida.

A polícia informou também que não foram encontradas nenhuma das cápsulas dos balas disparadas contra Carla. O delegado plantonista da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) Hellyton Carvalho, esteve no local para colher os depoimentos e levantar a motivação do crime.

De acordo com a polícia, as testemunhas não conseguiram anotar a placa do carro com os suspeitos e imagens de segurança próximo ao local do assassinato vão ser utilizadas, para identificar o veículo e os possíveis autores. Além disso, os policiais que estiveram no local apreenderam um celular da marca Samsung como uma das provas do crime, que pode auxiliar no trabalho dos investigadores a identificar a motivação e os suspeitos da morte de Carla.

Mulher morta a tiros em Goiânia

No último feriado de finados, no dia 2 de novembro de 2018, a advogada criminalista, Rina Mendes dos Santos, de 59 anos, foi morta a tiros, na praça Dona Gercina Borges Teixeira, no Conjunto Vera Cruz I, em Goiânia.

Segundo as informações divulgadas pela polícia, Rina teria saído para buscar uma quantia em dinheiro de um cliente, e no momento que estava passando pela praça, foi alvejada com disparos de arma de fogo. O caso segue sem solução até o momento e é investigado em segredo de justiça pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) de Goiânia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Deputados eleitos serão diplomados em Goiás

Ao todo serão diplomados 106 políticos.
19/12/2018, 10h30

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE/GO) realiza nesta quarta-feira (19/12), a diplomação dos eleitos, a solenidade começa às 10h, no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE).

Na ocasião, os eleitos receberão o diploma expedido pela Justiça Eleitoral para os cargos de governador, vice-governador, senador, deputado federal, e deputado estadual, bem como os suplentes de senador e os primeiros e segundos suplentes nos cargos de deputado federal e estadual, eleitos por Goiás.

Este ano foram eleitos um governador com vice-governador, 2 senadores com 4 suplentes, 17 deputados federais com 10 suplentes, e 41 deputados estaduais com 30 suplentes.

Para a expedição do diploma pela Justiça Eleitoral o eleito deve estar em dia com o serviço militar.

O Presidente do TRE-GO, Desembargador Carlos Escher, expediu o Ofício Circular n.º 25/2018, por meio do qual solicita aos candidatos eleitos e aos respectivos 1ºs e 2ºs suplentes do sexo masculino com idade até 45 anos que apresentem prova de quitação com o serviço militar para a confecção dos diplomas.

Para os eleitos que não puderem comparecer à solenidade, os mesmos deverão protocolar um requerimento no TRE/GO direcionado à Secretaria Judiciária solicitando o diploma.

Confira a lista dos políticos eleitos por Goiás em 2018: http://bit.ly/2UZG8Pt

Informações

Local: Tribunal de Contas do Estado de Goiás, avenida Ubirajara Berocan Leite, n 640 – Setor Jaó, Goiânia

Horário: 10 horas

Telefone: 3920-4210

Diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro

A cerimônia de diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro, e do seu vice, Antônio Mourão, foi no último dia 10 de dezembro. A solenidade aconteceu no Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Esse ritual é promovido desde 1951, quando Getúlio Vargas retornou à Presidência da República por meio do voto popular. Suspensa durante o regime militar – de 1964 a 1985 –, a solenidade retornou ao TSE após a redemocratização do país, em 1989, com a eleição de Fernando Collor de Mello.

Para receber o diploma, os candidatos eleitos precisam estar com o registro de candidatura deferido e as contas de campanha julgadas. De acordo com o Calendário Eleitoral deste ano, as solenidades de diplomação devem ocorrer até o dia 19 de dezembro.

Imagens: Altair Tavares 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Trabalhador ganha 3 dias de ausência para fazer exames preventivos de câncer

O decreto passa a prever até doze situações nas quais o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário.
19/12/2018, 10h57

Lei publicada nesta terça-feira, dia 18, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) garante ao trabalhador o direito de ausência ao serviço a fim de permitir a realização de exames preventivos de câncer.

Conforme a Lei nº 13.767, que altera o artigo 473 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário até três dias, em cada doze meses de trabalho, em caso de realização de exames preventivos de câncer devidamente comprovada.

Com a alteração, o decreto passa a prever até doze situações nas quais o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário, como casamento, nascimento de filho e doação voluntária de sangue, entre outras.

Imagens: coluna esplanada 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.