Trânsito

Crianças da mesma família morrem ao serem arremessadas de carro em Minas Gerais

Família seguia do DF para Sete Lagoas, onde comemorariam as festas de fim de ano.
22/12/2018, 14h08

Três crianças de uma mesma família morreram, na manhã de sexta-feira (21/12), ao serem arremessadas de um carro, após uma batida, em Paracatu, Minas Gerais. A família seguia de São Sebastião, no Distrito Federal, para Sete Lagoas, município mineiro, quando na altura de Paracatu, o motorista perdeu o controle da direção e bateu em um caminhão. O veículo ficou completamente destruído.

O acidente ocorreu por volta das 7h, na rodovia MG-188. No carro de passeio estavam quatro pessoas, sendo três delas as crianças que morreram. O motorista, identificado como Graciomar Alecrim da Silva, 40 anos, foi socorrido e internado em estado grave no Hospital Municipal de Paracatu.

Segundo informações de familiares, eles viajavam para comemorar as festas de fim de ano em Minas Gerais. A tragédia foi presenciada pela mulher de Gracioamar e outros parentes, que seguiam logo atrás em outro veículo.

Ao Correio Braziliense, o tio do motorista, o comerciante Orondino Alecrim da Silva, contou que todos ainda estão sem acreditar no que aconteceu. “Outro carro, onde estavam a mulher do Graciomar e mais familiares, vinha na sequência. Eles viram toda a tragédia. Estamos todos sem acreditar. A dor é enorme”, lamentou.

Crianças vítimas de grave acidente

Duas das crianças que morreram eram filhas de Graciomar, motorista do veículo, e o outro sobrinho. Elas foram identificadas como Isabela Duarte Silva, de 10 anos; Renato Duarte Silva, de 13 anos; e Hudson Henrique Queiroz de Fonseca, de 8 anos. Elas morreram antes mesmo da chegada do socorro.

Informações preliminares apontam que o carro, que ficou partido ao meio derrapou na pista. Já o caminhão, que transportava botijões de gás, tentou desviar, mas não teve tempo de impedir o impacto. A frente do veículo também foi destruída, mas o motorista sofreu ferimentos leves.

As crianças serão enterradas neste sábado (22/12), no Distrito Federal, sendo Isabela e de Renato, no cemitério da Cidade Ocidental; Hudson Henrique, na necrópole do Campo da Esperança, na Asa Sul.

Imagens: Correio Braziliense 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.