Goiás

Depois de participar de racha, homem é esfaqueado em Goiás

Elisael desferiu dois golpes de faca, um no abdômen e outro no pescoço de Herondico.
23/12/2018, 19h01

Um homem foi esfaqueado e outro preso por tentativa de homicídio, na manhã desde domingo (23/12), após se envolverem em um acidente, durante um racha, na GO-164, na cidade de Goiás, a 148 quilômetros de Goiânia, antiga capital do Estado.

O delegado plantonista da cidade, Gustavo Cabral confirmou o caso ao Portal Dia Online. “Realmente houve um racha, um dos veículos colidiu com o outro, após o acidente, o condutor de um dos carros desceu e deu duas facadas, sendo uma no pescoço e outra no abdômen da vítima”, conta.

Os dois envolvidos no racha foram identificados como Herondico Gomes, de 48 anos, que foi esfaqueado. E Elisael Gonzaga de Castro, de 35 anos, suspeito de esfaquear a vítima.

Homem esfaqueado foi encontrado por familiares na rodovia próximo a um rio

Gustavo Cabral informou que Herondico foi encontrado mais tarde por familiares em um rio próximo a rodovia. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) e levado para o Hospital de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lages (HUGOL). De acordo com as informações repassadas, Herondico está internado e seu estado de saúde é estável.

“Elisael alega que a vítima foi em sua direção com a faca, momento que o autor das facadas, tomou a arma da vítima e desferiu as facadas”, afirma o delegado.

O delegado plantonista afirmou à reportagem que no momento da briga, uma testemunha que acompanhava Elisael, interveio e separou a briga entre os dois. No entanto, a pessoa que não teve o nome divulgado, afirmou que não estava no local, no momento em que o autor desferiu as facadas.

Elisael foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e levado para a delegacia da cidade de Goiás.

Presidente eleito Jair Messias Bolsonaro, foi esfaqueado durante a campanha

Durante sua campanha à Presidência da República, o então candidato na época Jair Messias Bolsonaro (PSL), foi esfaqueado, durante uma passeata na cidade de Juiz de Fora (MG). O até então candidato, foi socorrido e não participou de nenhum dos debates do segundo turno, por recomendação médica, vindo a ser eleito presidente do Brasil ao final da corrida presidencial.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.