Mundo

Rússia está perto de concluir míssil nuclear hipersônico, diz Putin

26/12/2018, 18h36

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, informou nesta quarta-feira, 26, que a Rússia concluirá seu primeiro grupo de mísseis nucleares hipersônicos no ano que vem, dizendo que a medida significa que seu país agora tem um novo tipo de arma estratégica.

Putin discursou após supervisionar o que o Kremlin diz ter sido um teste prévio do novo sistema, chamado Avangard. “Esse teste, recém-encerrado, terminou com sucesso completo”, disse Putin em uma reunião de governo.

“A partir do próximo ano, 2019, as Forças Armadas da Rússia receberão o novo sistema estratégico intercontinental Avangard… é um grande momento na vida das Forças Armadas e na vida do país. A Rússia obteve um novo tipo de arma estratégica”.

Moscou disse que o novo sistema, uma de várias armas novas que Putin anunciou em março, é altamente manobrável, o que permite que escape de sistemas de defesa antimísseis facilmente.

Putin observou o teste desta quarta-feira remotamente a partir de Moscou. O Kremlin descreveu que o teste, dizendo que um míssil Avangard disparado de um local no sudoeste russo atingiu e destruiu com sucesso um alvo no extremo leste do país.

Em março Putin anunciou uma série de novas armas, inclusive o Avangard, num de seus discursos mais belicosos em anos, dizendo que ele é capaz de atingir quase qualquer ponto do globo e escapar de um escudo de mísseis montado pelos Estados Unidos.

Em março, Putin disse que seu país estava desenvolvendo apresentou novas armas nucleares, incluindo um míssil de cruzeiro e um drone submarino, ambos de propulsão nuclear, que seriam imunes aos sistemas de detecção inimigos.

Durante seu discurso sobre o estado da nação, o dirigente explicou que o míssil testado em 2017 tem “alcance praticamente ilimitado”, chega a uma grande velocidade e pode entrar em qualquer sistema antimísseis, transformando o escudo americano em algo “inútil”.

O drone submarino tem capacidade para transportar uma ogiva nuclear e poderia alcançar tanto porta-aviões quanto instalações costeiras. A Rússia apresentou também novos mísseis balísticos intercontinentais pesados, chamados Sarmat, que superam o alcance e o número de ogivas de seu antecessor.

“Ninguém no mundo tem algo igual por enquanto. É algo fantástico”, disse Putin em seu discurso, que foi acompanhado por vídeos projetados em uma tela com gráficos da trajetória do míssil sobrevoando o território americano e imagens de testes desses foguetes.

Perigo de escalada

Especialistas ouvidos pela imprensa internacional foram unânimes em dizer que o discurso de março marcava o começo de uma escalada na corrida armamentista, mas eles têm dúvidas se os mísseis já existem. “Essa tecnologia marca uma nova guerra fria e pode alterar o equilíbrio de poder no mundo, mas não está claro se Putin está dizendo que há um item no orçamento dizendo: ‘desenvolver propulsão nuclear para um míssil’, ou se é ‘temos um pronto e podemos usar em breve'”, escreveu em seu perfil no Facebook Douglas Barrie, analista do International Institute for Strategic Studies, em Londres.

A menos de 20 dias para as eleições presidenciais na Rússia, é provável que Putin esteja usando o discurso patriótico para instigar o nacionalismo bélico russo e levar mais eleitores às urnas. “Ele está dando às pessoas a imagem de um futuro desejado, e isso é atraente para sua audiência doméstica”, disse ao New York Times Aleksei Makarkin, vice-diretor do Center for Political Technologies, centro de estudos de Moscou. “O discurso de Putin é sob medida para mostrar que ele continua sendo a melhor alternativa para melhorar a economia e, ao mesmo tempo, transformar a Rússia em uma fortaleza sitiada.” (Com agências)

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Jovens morrem durante manobra perigosa com motocicleta no interior de Goiás; veja vídeo

Acidente ocorreu na tarde do último domingo (23/12), na pista do aeroporto de Sanclerlândia.
26/12/2018, 19h55

Dois jovens morreram e dois ficaram feridos após batida entre duas motocicletas, no momento em que eles faziam uma manobra perigosa na pista do aeroporto da cidade de Sanclerlândia, interior de Goiás. Um vídeo, gravado por uma amiga dos rapazes mostra como tudo aconteceu. Veja abaixo:

O acidente ocorreu na tarde do último domingo (23/12). Os jovens que morreram tinham aproximadamente 20 anos e foram identificados como João Vitor e Carlos Eduardo. Eles eram moradores de São Luís de Montes Belos e Mossâmedes, cidades próximas a Sanclerlândia.

Os feridos, que não tiveram os nomes relevados, foram encaminhados ao Hospital Municipal de Sanclerlândia por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Manobra perigosa com motocicleta

Segundo apurou o Jornal A Voz do Povo, o terreno onde aconteceu o acidente pertence ao município, no local funciona a pista de aeroporto da cidade. Um fonte revelou ao jornal  que o município não permite que motociclistas usem a área. “Praticamente toda semana somos obrigados a trocar o cadeado do acesso ao local. A Polícia Militar também tem feito a sua parte”, desabafa a fonte, que não quis se identificar.

Após o ocorrido, os moradores da cidade se mostraram indignados com a imprudência dos jovens motociclistas. Eles disseram ao jornal que não é a primeira que o grupo se reúne para praticar manobras perigosas em veículos no local.

Sem citar o nome, um policial militar de Sanclerlândia, por meio de áudios no WhatsApp também se mostrou revoltado com a ação. “Olha aí, pessoal do grupo serve de exemplo para o pessoal de Córrego do Ouro, tava todo mundo aqui, todo mundo correu, viu? Serve de exemplo, o pessoal tá aqui, morre não morre, e correu todo mundo, principalmente os do Córrego do Ouro, tinha uns 12 motoqueiros de lá aqui. A partir de hoje eles vão ver o que será a ação da Polícia Militar com esses motoqueiros irresponsáveis. Fica aí essa orientação, principalmente para os pais que deixam os filhos fazer isso”, disse o PM.

Imagens: Folha Z 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Em depoimento, mulher de João de Deus diz desconhecer relatos de crimes sexuais

Anna Keyla Teixeira foi ouvida na tarde desta quarta-feira (26/12), na DPCA, em Goiânia.
26/12/2018, 21h00

A mulher de João de Deus, disse, em depoimento, que desconhece relatos de supostos abusos sexuais cometidos pelo marido. Anna Keyla Teixeira Lourenço, de 40 anos, negou ainda saber de armas e dinheiro escondidos em propriedades dele, recolhidos pela Polícia Civil de Goiás durante cumprimentos de mandados de busca e apreensão. O depoimento, feito em tom declaratório, foi realizado na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), em Goiânia, na tarde de hoje (26/12).

João Teixeira de Farias, de 76 anos, e Anna Keyla estão juntos desde 2001 e têm uma filha de três anos. O religioso está preso desde o dia 16 de dezembro, após se entregar à polícia em Abadiânia. Ele é investigado por crimes sexuais, denunciados por centenas de mulheres do Brasil e algumas do exterior. De acordo com elas, os abusos ocorreram na Casa Dom Inácio de Loyola. Em um dos casos, concluído pela PCGO, o médium foi indiciado por violação sexual mediante fraude.

João de Deus presta 2º depoimento à polícia

Em depoimento prestado na manhã desta quarta-feira , o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, negou as acusações a ele atribuídas e disse que não abusou das mulheres que relatam os casos. O depoimento foi dado aos promotores da força-tarefa do Ministério Público de Goiás (MP-GO) que investiga as acusações de crimes sexuais apresentadas por centenas de mulheres do Brasil e do exterior.

A ida de João de Deus para o MP-GO teve uma pesada escolta policial, com carros blindados e policiais encapuzados. Uma viatura se posicionou na entrada do prédio para que, na saída do médium, sua imagem não fosse exposta.

De acordo o advogado Alex Neder em entrevista à Agência Brasil, que acompanhou o depoimento, os promotores de Justiça Luciano Miranda Meireles e Paulo Eduardo Penna Prado se fixaram em três dos casos que estão sendo apurados pelo MP goiano – segundo o qual já foram coletados 78 depoimentos formais de mulheres de todo o país que se apresentam como vítimas de abuso sexual de João Teixeira.

Segundo Neder, João de Deus respondeu a todas as perguntas, negando a todas as acusações. Neder ainda declarou que o médium não identificou a nenhuma das três denunciantes, e garantiu que não se lembra delas. Além disso, João de Deus reafirmou que os atendimentos “espirituais” que oferece ocorrem às vistas de muitas pessoas que frequentam a Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia.

Via: Extra UOL 
Imagens: O Sul 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Polícia impede estupro, em Goiânia

Suspeito mostrou o órgão genital para a adolescente, chamou a menina, que não foi até ele.
27/12/2018, 07h50

Um homem, de 50 anos, foi preso na noite da última quarta-feira (26/12) por tentativa de estupro contra uma adolescente, de 13, em uma praça do Jardim Bela Vista, em Goiânia. A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), afirmou que o suspeito parou o carro na praça, mostrou o órgão genital e chamou a menina, que não foi até ele, o homem então desceu do carro para ir em direção a adolescente, mas acabou sendo pego pela polícia.

A prisão do suspeito foi efetuada quando uma equipe do 31º Batalhão da Polícia Militar (31º BPM) fazia o patrulhamento pelo região. Os policiais viram que o homem estava em um carro do modelo VW/Gol e notaram que uma adolescente estava assustada próximo ao veículo.

Conforme as informações repassadas pela polícia, durante a abordagem, o condutor tentou fugir e não obedeceu a ordem de parada dos policiais. Alguns minutos após a primeira tentativa de abordar o homem, os policiais conseguiram deter o indivíduo.

Suspeito tem passagem por outra tentativa de estupro na mesma região

Os policiais que efetuaram a prisão do suspeito, acionaram o Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), e ao levantar a ficha do homem, a equipe foi informada que o mesmo tinha um registro de tentativa de estupro no mesmo local em que a abordagem aconteceu.

Com o suspeito detido pela polícia, a vítima foi fazer o reconhecimento do suspeito e confirmou aos policiais que o mesmo era o autor do crime. A menina relatou aos policias que o estupro só não foi consumado pois havia uma equipe policial próxima que impediu que o homem a colocasse dentro do veículo.

Com o reconhecimento por parte da vítima e abordagem policial, o homem foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil do Estado de Goiás, onde foi autuado por tentativa de estupro.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Corpo de Camata será velado e enterrado hoje em Vitória

O enterro está previsto para as 15h no Cemitério da Serra.
27/12/2018, 07h51

O corpo do ex-governador do Espírito Santo e ex-senador Gerson Camata (MDB), de 77 anos, assassinado a tiros por um ex-assessor em frente a um restaurante na Praia do Canto em Vitória, será velado e enterrado hoje (27). O velório será de manhã no Palácio Anchieta, sede do governo capixaba, aberto ao público.

O sepultamento está previsto para as 15h no Cemitério da Serra, na região metropolitana de Vitória. O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, decretou ontem (26) luto oficial de sete dias no estado pela morte de Gerson Camata.

O secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, Nylton Rodrigues, afirmou que Marcos Venício Moreira Andrade, de 66 anos, confessou ser o autor do disparoque matou o ex-governador. O acusado está preso. A arma utilizada no crime, sem registro, também foi apreendida pela Polícia Civil.

Segundo o secretário, Marcos Venício foi assessor de Gerson Camata por cerca de 20 anos e, atualmente, o ex-governador movia uma ação judicial contra o ex-auxiliar, na qual a Justiça já havia determinado o bloqueio de R$ 60 mil da conta bancária do autor do crime.

Imagens: Agência Brasil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.