Entretenimento

Fim de semana em Goiânia tem shows para todos os gostos

Procurando o que fazer neste último fim de semana em Goiânia antes da virada de ano? Então confira a listinha especial que preparamos para você!
28/12/2018, 14h19

Como o tempo passa rápido, não é mesmo? Nem parece, mas já estamos no último fim de semana em Goiânia do ano de 2018! Já aconteceram inúmeros eventos e festas que fizeram nossa alegria ao longo destes 365 dias e agora, chegamos ao fim! Mas nem por isso estes dias irão passar despercebidos na cidade.

A maior parte dos eventos deste fim de semana acontecerão em casas noturnas, levando aos palcos bandas locais e artistas que apresentarão diversos estilos, agradando aos mais variados gostos. Quer saber mais? Então confira a listinha especial que preparamos para você!

O que fazer neste fim de semana em Goiânia?

1 – Ir ao show da banda Groove Quintal, no Lowbrow

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Facebook Lowbrow

Se o seu fim de semana em Goiânia já começa nesta sexta, então aproveita para ir até o Lowbrow Lab Arte & Boteco. Além de muita bebida e comida boa, os clientes ainda poderão aproveitar um showzinho bastante intimista com a banda Groove Quintal, que apresentará um repertório com muito soul, rock, pop e MPB. A casa abre às 19h mas o show está previsto para ter início às 22h30.

2 – Ir ao show do Liga Joe, no Bolshoi

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Bolshoi Pub

Liga Joe é uma das maiores bandas de pop rock de Goiânia e dessa vez, tem apresentação marcada no Bolshoi Pub. O show acontece hoje (28/12) e tem o tema “Somos Tão Jovens”, onde interpretam grandes sucessos das bandas Queen, AC/DC, Bon Jovi, Legião Urbana, Titãs, Cazuza e muito mais.

Para conferir mais detalhes, acesse a página oficial do evento clicando aqui.

3 – Ir ao show da banda Rockover, em mais uma edição do Rock Legends

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

O fim de semana em Goiânia também vai ser porrada! O Taberna Music Pub promove nesta sexta (28/12) mais uma edição do Rock Legends, com a banda Rockover que interpretará ao vivo, grandes clássicos do Deep Purple, Metallica, Black Sabbath, Skid Row, Pantera, SOAD, Motorhead e muito mais!

A casa abre às 21h e vai rolar double caipiroska e double gin tônica até 23h. O valor é de R$ 10 e mulheres entram na faixa até 22h.

4 – Ir ao show do MC Gustta, no Santafé Hall

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Santafé Hall

Para quem curte um bom funk, a boate Santafé Hall leva aos palcos nesta sexta (28/12) ninguém menos que o MC Gustta! Para deixar a noite ainda melhor, a casa oferecerá serviço de open bar! O início está previsto para 22h10.

Para conferir detalhes, preços e incluir seu nome na lista, basta acessar a página oficial do evento clicando aqui!

5 – Ir ao show da Legião Urbana Cover, no Café Nice

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ O Que Rola

Os fãs goianienses de Legião Urbana terão a boa oportunidade de conferir de perto todo o talento de um dos principais covers de Renato Russo do país. Se apresentando nesta sexta (28/12), a partir das 23h no Café Nice, o mineiro Renato quase Russo, tem características semelhantes não apenas em sua voz, mas também em sua aparência.

Ao seu lado, também se apresentam Werner (guitarrista), Gustavo (baixo), Alexandre (teclado) e Raphael (bateria). A banda reviverá no palco a trajetória da Legião, encarnando seus integrantes. O valor do couvert é de R$ 20.

6 – Ir ao Barão x Cazuza, no Taberna Music Pub

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ O que Rola

O fim de semana em Goiânia conta com mais um excelente show no Taberna. No sábado (29/12), a casa recebe o projeto Puro Êxtase, que levará aos palcos grandes clássicos de Barão Vermelho e Cazuza, sendo possível ainda apreciar outras pedradas do Rock Brasuca!

A casa abre às 21h e vai rolar double caipiroska e double gin tônica até 23h. O valor é de R$ 15 e mulheres entram na faixa até 22h.

7 – Ir ao show do Breno & Caio Cesar, na Santafé Hall

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Santafé Hall

O fim de semana em Goiânia também conta com showzinho sertanejo dos gêmeos Breno & Caio Cesar. Acontece no sábado (29/12), na boate Santafé Hall a partir das 22h10. Para conferir detalhes, preços e incluir seu nome na agenda, acesse a página oficial do evento clicando aqui.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Mãe de criança estuprada pelo tio é ouvida, em Luziânia

No depoimento a mãe conta que o tio era de confiança da família e que os sobrinhos gostavam muito dele.
28/12/2018, 14h55

A mãe do menino de 3 anos estuprado pelo tio no último sábado (22/12) em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, foi ouvida na manhã desta sexta-feira (28/12) pelo delegado da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente da cidade, Danillo Martins Ferreira.

O tio do menino foi preso pela Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) e em um vídeo gravado, o mesmo confessa ter abusado do sobrinho, no entanto, o tio disse que “só passou a mão nas partes íntimas da criança”.

Mãe do menino estuprado pelo tio conta que estava fazendo uma mudança e deixou os filhos com ele

O depoimento da mãe da criança estava marcado para tarde da última quinta-feira (27/12) mas ela não pode comparecer. O horário e a data foram alterados para a manhã desta sexta-feira, a mulher compareceu e contou a razão de deixar os dois filhos com o tio durante o final de semana.

“A mãe contou que a família estava fazendo uma mudança e não encontrou outras pessoas com quem deixar as crianças, por isso deixou com o tio de um dia para outro, porque era alguém de confiança da família”, conta o delegado.

Danillo Martins conta ainda que a mãe relatou que além de ser alguém de confiança da família, as crianças gostavam muito desse tio e por isso resolveram deixar os meninos com ele.

“A mãe depois de buscar os meninos notou que o mais novo estava com um comportamento estranho, que ele ficava quietinho no sofá. E perguntou ao filho mais velho, que contou o que tinha acontecido”, relata. Ainda conforme o depoimento da mãe depois de tomar conhecimento do caso, ela procurou os médicos e chamou a polícia que efetuou a prisão do suspeito.

Exame comprovou o estupro

Embora tenha dito no vídeo que apenas passou a mão nas partes íntimas do sobrinho, o exame de corpo de delito feito no Instituto Médico Legal (IML) comprovou que houve conjunção carnal. O laudo do exame ainda informou que foram identificadas várias lesões na criança. O menino está com os pais e recebe todos os cuidados médicos.

Além do tio do menino que está preso, outras duas pessoas são investigadas pelo crime, entre elas um menor que estaria na casa do suspeito no dia do crime.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Câmara de Aparecida de Goiânia aprova Lei para tributar motoristas de Uber

Entre as mudanças aprovadas pelos vereadores estão a cobrança de tributos municipais aos motoristas, exigência de contratação de seguro de acidentes pessoais a passageiros (APP), entre outras.

Por Ton Paulo
28/12/2018, 15h48

Os vereadores da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia aprovaram nesta sexta-feira (28/12) um Projeto de Lei Complementar que dispõe sobre a regulamentação e fiscalização dos serviços de transporte por aplicativo, como Uber e 99Pop. Entre as mudanças aprovadas pelos vereadores estão a cobrança de tributos municipais aos motoristas, exigência de contratação de seguro de acidentes pessoais a passageiros (APP), entre outras. O Projeto de Lei foi aprovado em sessão extraordinária, realizada por meio de autoconvocação (sem custos ao erário).

O Projeto de Lei Complementar nº 102, aprovado hoje pelos vereadores de Aparecida de Goiânia, dispõe sobre a regulamentação e fiscalização do serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros, a exploração intensiva do viário urbano municipal, entre eles o Uber e o 99Pop.

A matéria traz algumas importantes exigências, tanto aos motoristas, quanto à plataforma tecnológica, como: efetiva cobrança dos tributos municipais devidos pela prestação do serviço; exigência de contratação de seguro de acidentes pessoais a passageiros (APP) e do seguro obrigatório de danos pessoais causados por veículos automotores de vias terrestres (DPVAT); exigência de inscrição do motorista como contribuinte individual do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); apresentar anualmente certidão negativa criminal, quanto aos crimes previstos no Código de Trânsito Brasileiro e adaptação que possibilite pleno acesso e utilização por pessoa com deficiência.

Com tributação dos motoristas de Uber, serviço do APP deve ficar mais caro em Aparecida de Goiânia

O projeto foi aprovado com uma emenda que altera também o tempo de utilização do veículo, enquanto os taxistas tinham que rodar em carros com até oito anos de uso, os aplicativos podiam utilizar com até dez anos, agora ambos poderão rodar em carros com até 10 anos de uso.

Um dos principais fatores que fazem com que os apps de transporte como Uber e 99Pop consigam manter seus preços abaixo dos tabelados por Táxis, é justamente a ausência de cobrança de alguns impostos.

Agora, com a cobrança dos impostos municipais aos motoristas de Uber e 99Pop, o serviço deve ficar mais caro.

A reportagem do Dia Online entrou em contato com a assessoria do app Uber, e aguarda um posicionamento.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Juiz nega pedido de bloqueio das contas do Estado de Goiás

Pedido foi feito pelo promotor Fernando Krebs, mas segundo o juiz plantonista não foi solicitado em caráter de urgência.
28/12/2018, 16h29

Mesmo com a atual situação financeira do estado, com atrasos dos salários dos servidores públicos e a falta de repasse, por exemplo, a hospitais gerenciados por Organizações Sociais (OS), o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) pediu essa semana que os bens e verbas do Estado fossem bloqueados. O pedido foi analisado e negado na última quinta-feira (27/12) pelo juiz plantonista Aureliano Albuquerque Amorim, da 4ª Vara Cível de Goiânia.

Para proferir a decisão o juiz plantonista analisou várias matérias publicadas em diversos sites da capital, onde o atual governador José Eliton (PSDB) e o governador eleito, Ronaldo Caiado (DEM), falaram sobre o pagamento dos servidores estaduais. O pedido do bloqueio foi feito pelo promotor Fernando Krebs, mas segundo Aureliano, como o período é de final de ano, é necessário que a demanda seja em caráter de urgência, o que autor da proposta não teria formalizado em seu pedido.

Caiado diz que tenta evitar calote; Zé Eliton afirma que vai pagar os salários de dezembro dos servidores públicos

Durante essa semana, o democrata durante entrevista coletiva na última quarta-feira (26/12), quando apresentou os novos secretários de sua gestão, afirmou que vai tentar solucionar o suposto calote aplicado pelo o atual governador, Zé Eliton, na folha de pagamento do funcionalismo público do mês de dezembro. Caiado afirmou na coletiva que não há previsão de pagamento para os servidores do Estado do mês corrente e que a folha nem foi empenhada pela atual gestão.

A resposta do governo veio na última quinta-feira (27/12), ou seja, um dia após as declarações de Ronaldo Caiado. Em nota enviada à imprensa, Zé Eliton afirmou que vai pagar os salários dos funcionários do mês de dezembro. Conforme a nota publicada pelo governo estadual, Goiás apresenta um cenário bem diferente de outros estados brasileiros, pois em 2018 pagou 13 folhas salariais, incluindo o 13º salário dos servidores estaduais, de acordo com a legislação vigente.

Via: O Popular 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Ministério Público de Goiás denuncia médium João de Deus

Desde o início das investigações, mais de 500 mulheres denunciaram o religioso por abuso sexual.
28/12/2018, 16h42

O Ministério público do Estado de Goiás (MPGO) protocolou na tarde desta sexta-feira (28/12) a primeira denuncia contra o médium João Teixeira, o João de Deus por violação sexual e estupro de vulnerável, na cidade de Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal.

O médium foi denunciado por mais de 500 mulheres por abuso sexual, durante os atendimentos na casa Dom Antônio de Loyola, em Abadiânia. As investigações sobre os abusos começaram após uma reportagem exibida no programa Conversa com Bial, da TV Rede Globo, no último dia 7 de dezembro de 2018.

A partir da matéria exibida foram criadas duas forças-tarefas, uma pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) que tem nove inquéritos contra o médium, e outra pelo MPGO que fez a primeira denúncia contra João de Deus na tarde de hoje.

Justiça converte prisão preventiva de João de Deus em domiciliar e bloqueia R$ 50 milhões das contas do médium

João de Deus está preso há 13 dias, pelas acusações de abuso sexual e posse ilegal de armas. Um dos pedidos de prisão preventiva do médium foi convertido em domiciliar com o uso de tornozeleira eletrônica. Vale lembrar que o pedido de prisão revertido em domiciliar é apenas em relação a posse ilegal de armas de fogo, encontradas em suas residências em Goiás. Neste caso, ele também deve pagar fiança de R$ 1 milhão.  O religioso vai permanecer preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, pelas denuncias de abuso sexual registradas contra ele.

Além de continuar preso pelas denúncias de violação sexual, a justiça determinou o bloqueio de R$ 50 milhões de reais de suas contas. Esse dinheiro por sua vez vai ser usado para reparar os danos causados as possíveis vítimas feitas pelo médium, ele seja condenado pelos crimes de abuso sexual.

A força-tarefa do MPGO, que investiga o caso, deve se pronunciar ainda nesta sexta-feira sobre a primeira denuncia apresentada contra o médium.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.