Entretenimento

7 opções para curtir o fim de semana em Goiânia

Já estamos em 2019 e o primeiro fim de semana em Goiânia do ano, conta com boas atrações musicais pelas casas noturnas da cidade.
04/01/2019, 15h03

Já estamos em 2019 e o primeiro fim de semana em Goiânia do ano já apresenta bons motivos para tirar você de casa! Portanto, se pretende reunir os amigos para curtirem a noite juntos, dê uma olhadinha na listinha especial que preparamos e escolha o rolê que mais combina com vocês!

Por enquanto, as principais atrações da cidade ficam por conta de shows nas casas noturnas, ainda assim, é possível encontrar boas opções para todos os gostos. Dá uma olhada!

O que fazer neste fim de semana em Goiânia:

1 – Legião Urbana com 4 Estações, no Bolshoi Pub

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Bolshoi Pub

Para quem morre de saudades da brasiliense Legião Urbana, esta será uma boa oportunidade de reviver seus maiores sucessos. A cover “4 Estações” se apresenta no Bolshoi nesta sexta (4/01), a partir das 21 horas, para começar bem o fim de semana em Goiânia.

O público poderá esperar por um showzinho bem intimista, onde a banda interpretará os maiores sucessos da Legião. Vale a pena participar! Para conferir mais detalhes, confira a página do evento acessando o site do Bolshoi Pub.

2 – Breakdown faz tributo a Guns’n Roses, no Taberna Music Pub

Fim de semana em Goiânia

Nesta sexta (4/01), o Taberna recebe a banda Breakdown, tocando os grandes clássicos do famoso grupo norte-americano. O show está previsto para ter início às 21 horas, sendo que a entrada custa R$ 15 (valor sujeito a alteração após as 23h).

3 – MC GW + Paulo e Caique, na Santafé Hall

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução/ Santafé Hall

E para quem pretende curtir o fim de semana em Goiânia com muito funk, a boate Santafé Hall pode ser uma boa escolha. Nesta sexta (4/01) a casa recebe a partir das 22h10, ninguém menos que MC GW. Mas para quem ainda não dispensa um bom sertanejo, também será possível participar do show da dupla João Paulo e Caique. Para mais informações, confira a página do evento acessando o site da Santafé Hall.

4 – Ressaca do Réveillon, na Boate Toro

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

A Boate Toro, no Setor Marista, recebe neste sábado (5/01) a Ressaca do Réveillon, apresentando nomes como Xandão, Fogueteiro e Cleber Diniz, com o melhor do House e do funk para o público curtir. Vale lembrar que os aniversariantes do mês ainda contam com promoções exclusivas da casa! Para mais informações, entre em contato com os organizadores pelo WhatsApp: (62) 9 9109-2250

5 – Banda Trimurt, na Cerrado Cervejaria

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

Neste sábado (5/01), a Cerrado Cervejaria apresenta a Banda Trimurt, a partir das 22 horas, em um lindo tributo para Legião Urbana na primeira hora e, em seguida, dando sequência ao show com muito mais rock nacional e internacional.

A entrada custa R$ 20 – Promoção: duas pessoas chegando juntas pagam apenas uma entrada.

6 – Zé Ricardo e Thiago, na Santafé Hall

Fim de semana em Goiânia
Foto: Reprodução

A temporada de verão da Santafé Hall recebe a “Noite Old Parr”, com a dupla Zé Ricardo e Thiago, neste sábado (5/01), a partir das 22h10. Para conferir mais detalhes, acesse a página do evento pelo site da Santafé Hall.

7 – Liga Joe, na Cerrado Cervejaria

Fim de semana em Goiânia

A partir das 19 horas deste domingo (6/01), a Cerrado Cervejaria recebe a banda Liga Joe, um dos principais nomes do pop rock goiano. O couvert custa R$ 25 por pessoa, mas se duas pessoas chegarem juntas até as 20h, pagam apenas o valor de um.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Diários do líder da seita de Caiapônia trazem detalhes chocantes de abusos sexuais

O líder da seita de Caiapônia, Nilson Alves de Souza, foi preso no acampamento onde praticava os abusos, às margens da GO-221.

Por Ton Paulo
04/01/2019, 15h07

Os cadernos apreendidos pela Polícia Civil (PC) com o líder da seita de Caiapônia, que abusava sexualmente de crianças em troca de “favores espirituais”, trazem detalhes chocantes dos atos criminosos cometidos por ele contra os menores. Nilson Alves de Souza, de 42 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (4/1) num acampamento às margens da GO-221, entre Caiapônia e o município de Palestina de Goiás.

A prisão, que aconteceu no âmbito da Operação Anjo da Guarda 2, também ocorreu para Noêmia Cândida de Jesus, de 48 anos. A mulher levava suas netas, duas crianças de 7 e 10 anos e uma adolescente de 13, para participarem dos rituais e serem estupradas pelo homem.

Os diários apreendidos com Nilson, e que estão em poder da PC para análise, trazem detalhes chocantes dos abusos sexuais praticados por ele contra as menores. Em um dos trechos, Nilson diz que uma das crianças o “seduzia no acampamento”. Leia abaixo:

Tudo ficou mais forte foi quando mudamos para o acampamento. Lá [nome da menor] sempre me seduzia da mesma forma. Eu sempre reprimia ela (sic) mais ela não parava

Em um outro trecho dos diários, Nilson relata “toques na parte interna” de outra criança.

Também no acampamento teve o mesmo acontecimento com [nome da criança]: toques na parte interna dela, e só parou quando ela começou a sentir dores, (sic) mais com [nome da criança] continuei.

Diários do líder da seita de Caiapônia trazem detalhes chocantes de abusos sexuais
Foto: Reprodução/PC

Há, também, um trecho onde Nilson diz que deliberou chamar uma das crianças para participar de uma orgia, mas desistiu pois sabia que “ela não teria coragem”. O homem relata ainda que os abusos só pararam sete dias antes da mãe das crianças ir ao acampamento para buscá-las.

Pessoas de alto poder aquisitivo procuravam o líder da seita de Caiapônia, diz PC

Conforme constataram as investigações da Polícia Civil, Nilson Alves era procurado por pessoas com alto poder aquisitivo em busca de favores espirituais. Segundo o próprio Nilson, ele “incorporava entidades, que exigiam determinados favores e tipos de sacrifícios” às pessoas que solicitavam seus serviços espirituais.

O delegado responsável pelas investigações, Marlon Souza Luz, confirmou à uma emissora de TV local que o líder da seita pode ter abusado sexualmente também de outras crianças. A possibilidade mais vítimas está sendo investigada.

Foi confirmado até agora que Nilson abusou de três menores: duas crianças de 7 e 10 anos, e uma adolescente de 13. Os abusos na seita de magia negra eram realizados no acampamento sem-terra, e já vinham ocorrendo há cerca de cinco meses. De acordo com o delegado, o crime foi denunciado depois que a mãe das crianças notou uma mudança no comportamento dos filhos.

Os presos foram indiciados pelo crime de estupro de vulnerável.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Um morre em troca de tiros com a polícia e comparsas fogem após assalto à loteria, em Vianópolis

Suspeito que morreu na troca de tiros, tinha várias passagens pela polícia.
04/01/2019, 15h16

Um assalto a uma casa lotérica na noite da última quinta-feira (3/1) em Vianópolis, a 91 quilômetros de Goiânia, terminou com um suspeito morto durante uma troca de tiros com o Comando de Operações de Divisas da Polícia Militar do Estado de Goiás (COD) e com outros dois foragidos.

De acordo com as informações da polícia, três homens chegaram em um veículo GM Ágile branco e anunciaram o assalto à casa lotérica e fugiram em seguida. Uma viatura da PM fez a abordagem ao veículo em que os ladrões estavam em uma estrada vicinal, mas o motorista do carro perdeu o controle e colidiu com um barranco.

Veja o vídeo do momento em que os suspeitos fogem da loteria, após o assalto.

Os bandidos, após a colisão, abandonaram o carro e tentaram fugir a pé por uma mata da região. A equipe da PM acionou o apoio do COD da área para procurar pelos suspeitos do crime.

Suspeitos trocam tiros com a polícia um acaba morto e comparsas fogem

Durante as buscas pelos suspeitos do assalto, o COD os encontrou na mata. Os indivíduos, ao serem encontrados pela polícia, efetuaram vários disparos contra os policiais, que revidaram a agressão alvejando um dos rapazes, enquanto os outros dois suspeitos conseguiram fugir.

O suspeito baleado foi identificado como Lucas Arthur Ramos, de 28 anos, e chegou a ser socorrido e levado ao Pronto Socorro (PS) de Vianópolis. No entanto Lucas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O carro usado no crime foi apreendido pela polícia. Além do veículo, com Lucas a equipe encontrou uma pistola calibre 9 milímetros com kit rajada, dois carregadores, sendo um alongado, e 36 munições do mesmo calibre.

Conforme as informações da polícia, Lucas tinha passagens pelos crimes de roubo, receptação e tráfico de drogas. A ocorrência está em andamento e a polícia busca encontrar os outros dois suspeitos do assalto à casa lotérica na cidade.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Após reunião com procurador-geral de Goiás, Moro anuncia medida contra crime organizado

Moro confirmou que formará uma rede de inteligência com os MPs estaduais para combater o crime organizado no País.

Por Ton Paulo
04/01/2019, 15h37

Em uma reunião realizada com o procurador-geral de Justiça de Goiás e presidente do Conselho Nacional dos Procuradores Gerais dos Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), Benedito Torres, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou uma nova medida que visa combater o crime organizado no Brasil. Moro confirmou que formará uma rede de inteligência com os MPs estaduais para combater o crime organizado no País.

A reunião com o Dr. Benedito Torres aconteceu em dezembro, no dia 18, mas o anúncio de Moro foi divulgado na última quinta-feira (3/1). Segundo adiantado pelo O Globo , Moro quer formar uma “parceria inédita” com promotores e procuradores e construir uma rede de inteligência que possibilite a troca instantânea de informações.

O jornal se referiu à reunião entre membros do CNPG e Sérgio Moro. Também participaram da reunião os procuradores-gerais de Justiça do Pará, Gilberto Valente Martins; de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto; e do Ceará, Plácido Barroso Rios, além do subprocurador-geral do Rio de Janeiro, Marfan Vieira.

Em entrevista ao O Globo, o procurador-geral de Justiça de Goiás e presidente da CNPG disse que “foi um primeiro contato onde foi falado do alcance do MP no Brasil em termos de capilaridade”. Segundo ele, são 13 mil promotores e procuradores, de Leste a Oeste. “Vamos fazer essa integração para combater essa violência urbana terrível que assola o Brasil e para combater o crime organizado”, finalizou.

Procurador-geral de Justiça Goiás, Benedito Torres, foi empossado presidente do CNPG no ano passado

O procurador-geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres Neto, foi empossado no dia 28/6 do ano passado presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG). A solenidade foi realizada no auditório do MP de Goiás, em Goiânia, logo após a reunião ordinária do colegiado.

Torres sucede o PGJ de Santa Catarina, Sandro José Neis, num mandato de 1 ano. Também tomaram posse, na ocasião, o promotor de Justiça de Goiás Vinicius Marçal no cargo de secretário-executivo e os vice-presidentes regionais Paulo Cezar dos Passos (Centro-Oeste), Antônio Sérgio Tonet (Sudeste), Cleandro Alves de Moura (Nordeste), Fabiano Dallazen (Sul), Airton Pedro Marin Filho (Norte) e Leonardo Roscoe Bessa (MP da União).

Via: MP-GO 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem morre afogado no Lago Paranoá, em Brasília

O primo que estava com Jovilmar, afirmou aos bombeiros que os dois estavam ingerido bebidas alcoólicas antes dele pular no lago.
04/01/2019, 15h54

Um homem de 29 anos morreu afogado na manhã desta sexta-feira (4/1) no Lago Paranoá, em Brasília. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi chamado para resgatar a vítima.

O afogamento foi registrado próximo a Ponte JK, e conforme os bombeiros, a vítima foi identificada como Jovilmar Dias de Carvalho. Ele foi encontrado a 30 metros de distância da ponte e a 12 metros de profundidade.

Conforme as informações veiculadas pelo portal de notícias G1, o CBMDF afirmou que por cerca de meia hora tentou reanimar a vítima, no entanto Jovilmar não resistiu e morreu no local. Segundo os bombeiros, um primo dele que estava com ele na região chamou a equipe.

Veja o momento que os bombeiros tentam reanimar a Jovilmar:

O primo de Jovilmar, que não teve o nome divulgado, informou aos bombeiros que a vítima sabia nadar e que os dois estavam ingerido bebidas alcoólicas antes dele pular no Lago. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) isolou a área e a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) fez a remoção do corpo.

Outro caso de afogamento foi registrado em Goiânia

No dia 1 de janeiro de 2019, um caso de afogamento também foi registrado, no Jardim Mariliza, em Goiânia. Izamar Átila Macena, de 31 anos morreu afogado após mergulhar no córrego anjinho. O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) afirmou que o corpo da vítima foi encontrado depois de 10 minutos de buscas.

Conforme o CBMGO, o afogamento foi registrado por volta do meio-dia e meia, e um morador do bairro que passava no momento, viu Izamar mergulhar no córrego, mas estranhou a demora dele em voltar para superfície.

O morador ao perceber que a vítima não voltava a superfície acionou os bombeiros, que com uma equipe náutica e três agentes conseguiram encontrar o corpo da vítima no fundo do córrego. Para os bombeiros, Izamar bateu a cabeça nas pedras após mergulhar no córrego. Conforme o apurado pela reportagem do Portal Dia Online antes de mergulhar, Izamar havia ingerido bebida alcoólica.

Via: G1 
Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.