Esportes

Nishikori vence francês, vai à final em Brisbane e tenta encerrar jejum

05/01/2019, 11h52

O japonês Kei Nishikori e o russo Daniil Medvedev vão decidir o Torneio de Brisbane, neste domingo, na Austrália. Mais experiente, o tenista do Japão tem ligeiro favoritismo e luta para encerrar um jejum de quase três anos sem troféus no currículo.

Para alcançar a decisão, o cabeça de chave número dois venceu neste sábado o francês Jeremy Chardy por 2 sets a 0, com duplo 6/2, em apenas 1h06min. Nishikori salvou os dois únicos break points cedidos ao rival e faturou quatro quebras de saque para fechar o duelo.

Atual número nove do mundo, o japonês quer coroar no domingo a sua recuperação no circuito, obtida gradualmente ao longo de 2018 após problemas físicos. Ele chegou a figurar em 39º no ranking, em abril do ano passado. Ao mesmo tempo, quer finalizar a seca de títulos, que dura desde fevereiro de 2016.

Para tanto, terá que superar o embalo de Medvedev. O quarto cabeça de chave, de 22 anos, vive boa fase desde o fim da temporada passada. Na quadra dura de Brisbane, torneio de nível ATP 250, ele vem apresentando grandes performances e já eliminou rivais como o escocês Andy Murray e o canadense Milos Raonic.

Neste sábado, ele despachou o francês Jo-Wilfried Tsonga por 2 a 0, com parciais de 7/6(8/6) e 6/2. Número 16 do mundo, Medvedev superou o atual 239º (ex-número 5) apesar dos 17 aces do rival. Tsonga, contudo, oscilou demais e cedeu 13 break points, dos quais três foram convertidos pelo russo.

Com dez aces e aproveitamento de 85% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço, Medvedev sofreu apenas uma quebra, na única chance dada ao francês, e confirmou a vitória e a vaga na final.

Nishikori e Medvedev vão se enfrentar pela terceira vez no circuito. Cada um venceu uma partida no retrospecto direto. Os dois duelos foram disputados no ano passado.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.