Economia

Novo presidente da Caixa nega alta de juro do crédito imobiliário para classe média

Ele afirmou na cerimônia de posse dos novos titulares dos bancos públicos, em Brasília, que "quem é classe média tem de pagar mais".
08/01/2019, 16h12

O novo presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, negou nesta terça-feira, 8, que o banco vai aumentar os juros do crédito imobiliário para a classe média. Na segunda-feira, na cerimônia de posse dos novos titulares dos bancos públicos, em Brasília, ele afirmou que “quem é classe média tem de pagar mais”. “Ou vai buscar no Santander, Bradesco, Itaú. Na Caixa, vai pagar um juro maior que o do Minha Casa, certamente, porque vai ser um juro de mercado”. Segundo Guimarães, porém, a declaração foi reproduzida de forma distorcida pelos veículos de imprensa.

Após participar da cerimônia de transmissão de cargo do novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, no Rio, Guimarães esclareceu que sua afirmação foi uma constatação matemática, já que o menor juro do mercado no crédito imobiliário é o do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV).

Guimarães qualificou a forma como suas declarações foram publicadas de “desonestidade intelectual” e disse que não é “correto matematicamente” comparar o crédito imobiliário do MCMV com o crédito para a classe média. “É óbvio que o juro para a classe média, que não é o MCMV, por definição matemática, é maior. Aí, vocês (a imprensa) trocaram o que falei para dar manchete. Agora, matematicamente, o MCMV para pobre é menor. Foi o que falei”, disse Guimarães. ()

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Material escolar pode ter variação de 233%, em Goiânia

Procon Goiás orienta os consumidores a pesquisar pelo menos três papelarias e comprar os produtos mais baratos encontrados em cada uma delas.
08/01/2019, 16h19

Além da preocupação com o valor das matrículas para o ano escolar de 2019, a outra aflição dos país ou responsáveis é com o valor do material para o ano letivo. Pensando nisso, o Procon Goiás divulgou na última sexta-feira (4/1) uma pesquisa sobre o valor encontrado para este ano nas papelarias.

Durante a pesquisa, o Procon Goiás visitou 10 papelarias e observou 122 itens que estão na lista de materiais escolares para o ano letivo de 2019. O órgão constatou que houve um aumento médio de 1,64% no valor do material escolar para este ano, em comparação com 2018.

Material Escolar com aumento de 233%

Além dos 122 produtos listados, a pesquisa também orienta os consumidores a terem cuidado redobrado com instituições de ensino que estão incluíndo produtos proibidos na listagem. Durante a pesquisa, o Procon Goiás analisou produtos idênticos, e constatou uma variação de 233% de uma papelaria para outra.

Entre os materiais escolares com preços observados durante a pesquisa, está a borracha número 40 da marca “Mercur”, que foi encontrada com o menor preço de R$ 0,30 e o com o valor de R$ 1,00 que mostra a variação de 233% de uma papelaria para outra.

Outro ponto levado em consideração durante a pesquisa de preços sobre o material escolar, em 2019, foi a compra de marcas conhecidas. E conforme os dados divulgados, adquirir os materiais de marcas famosas pode encarecer a compra em até 134,57%. Durante a pesquisa por exemplo, o Procon encontrou uma caixa de lápis de cor grande com 24 unidade da “Faber Castell” com valor de R$ 32,84, enquanto em outras papelarias, as equipes encontraram o mesmo produto sendo comercializado por R$ 14,00.

Para quem busca economizar na hora da compra do material escolar do filho, o Procon indica fazer um fracionamento no momento de adquirir os produtos. A orientação do órgão é para o consumidor listar pelos menos três papelarias, fazer a pesquisa de preços e após esse levantamento, comprar os produtos mais baratos encontrados em cada estabelecimento.

Via: Procon Goiás 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Pousadas em Goiânia: 8 lugares confortáveis e muito baratos

Muitas pousadas em Goiânia representam um excelente custo-benefício, com opções de conforto e preços bem acessíveis. Sempre há uma opção para cada tipo de necessidade.
08/01/2019, 16h28

Após escolher seu destino, o passo mais importante é saber onde você ficará hospedado. O ideal é que o lugar tenha qualidade e ofereça serviços que estejam de acordo com suas expectativas, afinal, de nada adianta fazer uma viagem dos sonhos se a sua estadia não estiver a altura. Mas vale lembrar que para garantir qualidade e conforto, não é preciso desembolsar altos valores. Em uma viagem para a capital goiana, por exemplo, é possível encontrar opções bem acessíveis e que ainda oferecem toda hospitalidade que você merece. As pousadas em Goiânia são excelentes alternativas.

Por característica, contam com um ambiente bem mais modesto do que de um hotel, no entanto, dispõem de um clima bastante familiar e acolhedor, já que a maioria delas é comandada por seus próprios donos. Assim, as pousadas da cidade são perfeitas para quem deseja ficar em um lugar mais simples, seja para viagens a trabalho ou em passeio com a família. Confira!

Pousadas em Goiânia:

1 – Pousada Zé do Alamin

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução

Situado no Setor Bueno, um dos setores de melhor localização na cidade, é excelente para quem pretende ter bons momentos de descanso e ainda estar perto das badalações da vida noturna. Isso porque está próximo de excelentes bares, restaurantes e boates da cidade.

O ambiente em si é bonito, amplo e arejado, contando com aquele climinha familiar que todo mundo adora. O café da manhã é bem servido e o atendimento dos proprietários é incrível, deixando qualquer um a vontade. É sem dúvida uma das melhores pousadas em Goiânia.

Valor: diária a partir de R$ 250, para grupo de 3 pessoas

Telefone para mais informações: (62) 3252-1098

Endereço: quadra 98, lote nº 1.922, R. T-35, 20 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74223-230

2 – Pousada Ana Poipa

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução

Para quem busca por pousadas em Goiânia com preços mais acessíveis, esta pode ser uma excelente opção. O ambiente é bastante simples mas não deixa a desejar em nada. Os proprietários do lugar são bastante atenciosos, fazendo com que seus clientes se sintam sempre a vontade.

O edifício, datado de 1996, fica a apenas 6 km da Rodoviária da cidade e dispõe de quartos com Wi-Fi, sendo que alguns ainda contam com uma pequena cozinha com microondas. A pousada conta com terraço para a prática de outras atividade. É ideal para casais!

Valor: diária a partir de R$ 80, para 2 pessoas (cama de solteiro)

Telefone para mais informações: (62) 3261-5282

Endereço: Rua 14, 291 – Aeroviario, Goiânia – GO, 74440-440

3 – Pousada das Amendoeiras

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução/ Booking

Localizado no Setor Bueno, também é uma excelente opção para aqueles que querem ficar pertinho de bons pontos turísticos de Goiânia. Suas acomodações contam com quartos com terraço, sendo que todos eles ainda oferecem uma mesa de trabalho.

Os hóspedes podem contar também com um café da manhã continental, que é  servido todos os dias. Como diversão, é possível encontrar uma boa piscina ao ar livre. É perfeito para quem está passando por Goiânia a trabalho, por exemplo.

Valor: diária a partir de R$ 205

Telefone para mais informações: (62) 3285-3911

Endereço: Avenida T2, 452 – Setor Bueno – St. Bueno, Goiânia – GO, 74215-010

4 – Pousada do Gui-Gui

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução

Entre as pousadas de Goiânia, esta também é uma das melhores opções. Localizada bem pertinho do aeroporto, conta com acomodações para até 5 pessoas, com um ambiente aconchegante e preços bastante acessíveis.

Apenas para que você tenha ideia, todos os quartos contam com guarda-roupa, banheiro privativo, ar condicionado e TV. Diariamente é servido um café da manhã continental na área. A recepção também oferece serviços de ajuda, caso você precise de dicas para se locomover na cidade. Para mais informações, você pode acessar o site do local clicando aqui.

Valor: diária a partir de R$ 120

Telefone para mais informações: (62) 3264-7893

Endereço: Av. Vera Cruz, 2254 – Quadra 136 Lote 08 – Jardim Guanabara, Goiânia – GO, 74675-830

5 – Hostel Pousada Jaó

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução

Localizado a apenas 4,5 km do centro de Goiânia, o Hostel Pousada Jaó oferece recepção com atendimento 24 horas, serviço de translado para o aeroporto e cozinha compartilhada, tudo pensando no bem estar de seus hóspedes.

Os quartos contam com Wi-Fi gratuito, TV, ar condicionado, frigobar e mesa de trabalho. É válido lembrar ainda que a maior parte das instalações dispõem de varanda. Diariamente é possível se deliciar com um saboroso buffet no café da manhã. com frutas, sucos naturais e pães. É uma das pousadas em Goiânia com melhor custo-benefício.

Valor: diária a partir de R$ 120

Telefone para mais informações: (62) 3626-0562

Endereço: Alameda Maracanã, Quadra 91 – Lote 2 – St. Jao, Goiânia – GO, 74674-150

6 – Hostel 7

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução

Perto de bons bares e restaurantes, o Hostel 7 é mais uma excelente opção de hospedagem em Goiânia. Conta com piscina ao ar livre, Wi-Fi gratuito, recepção com atendimento 24 horas e oferece ainda um barzinho interno.

Os dormitórios contam com banheiros compartilhados, computador, máquina de lavar roupa e roupas de cama. O buffet de café da manhã é gratuito, servido todas as manhãs na sala de refeições. É uma excelente escolha! Para conferir mais detalhes, acesse o site do lugar clicando aqui.

Valor: diária a partir de R$ 105

Telefone para mais informações: (62) 3877-6077

Endereço: Av. T-2, lt 4 , qd 107 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74210-005

7 – Pousada Cerrado

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução/ Pousada Cerrado

Construída em 2005, possui localização privilegiada e se encontra próxima a grandes hipermercados, ao Shopping Flamboyant (um dos maiores da cidade) e ao Centro Cultural Oscar Niemeyer. É uma das pousadas em Goiânia que atendem às mais diversas necessidades, seja para quem está em uma viagem de negócios ou para aqueles que estão fazendo um passeio em família.

Todas as suas acomodações contam com ar-condicionado, frigobar, TV, WI-Fi e telefone, sem contar que ainda são bem decoradas e possuem um clima bem descontraído. Também oferecem café da manhã gratuitamente.

Para fazer um tour em 360º pelos ambientes da pousada ou para fazer sua reserva, acesse o site do local clicando aqui.

Valor: diária a partir de R$ 165

Telefone para mais informações: (62) 3281-0708

Endereço: Avenida E, Qd. B, Lt. 13, 1073 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-030

8 – Pousada Marista

Pousadas em Goiânia
Foto: Reprodução

Localizada a 8 km da Estação Rodoviária, os quartos do ambiente contam com Wi-Fi, ar-condicionado, banheiro privativo, TV e roupas de cama. Tudo é bastante limpinho e bem arrumado, sendo que a decoração conta com ares rústicos, garantindo um charme a mais para o ambiente.

Vale destaque também para o atendimento no local, que sempre conta com muita cordialidade e deixa todos a vontade. O café da manhã servido por ali também é excelente. É uma das pousadas em Goiânia com melhor custo-benefício. Vale a pena conferir!

Valor: diária a partir de R$ 169, para grupos de até 3 pessoas

Telefone para mais informações: (62) 3281-5556

Endereço: R. 1124, Nº169 – St. Marista, Goiânia – GO, 74175-080

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Após 35 anos no ar, 'Vídeo Show' chega ao fim na Globo

Programa passava por séria crise de audiência.
08/01/2019, 16h36

Após várias tentativas de melhorar a audiência do Vídeo Show, inclusive com mudanças constantes de apresentadores após a saída da boa dupla Otaviano Costa e Monica Iozzi, o programa chegará ao fim na sexta, 11. A atração estava há 35 anos no ar, mostrando os bastidores das produções da Globo.

A informação foi dada sem alardes pela emissora, no material distribuído para imprensa com a programação de janeiro.

Com o fim do Vídeo Show, a partir da próxima segunda, dia 14, a Sessão da Tarde passa a ir ao ar mais cedo, às 14h.

Atualmente, o programa é apresentado por Sophia Abraão e Joaquim Lopes.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suspeito de matar mulher a paneladas presta depoimento, em Caiapônia

Marco alegou em seu depoimento que agiu em legítima defesa, pois Clarice o teria ameaçado de morte com uma faca.
08/01/2019, 16h58

O suspeito de matar uma mulher a paneladas, no assentamento Banco da Terra, em Caiâponia, a 334 quilômetros de Goiânia, na noite da última segunda-feira (7/1), prestou depoimento na polícia nesta terça-feira (8/1).

Marco Aurélio Gomes, de 29 anos, é o principal suspeito do crime, pois segundo a Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) que investiga o caso, o homem foi o último a estar com Clarice Inácia da Mata Silva, de 52 anos, no dia do crime e deixou a carteira de identidade cair na residência da vítima.

O suspeito compareceu a delegacia da cidade na manhã desta terça-feira acompanhado de um advogado e prestou depoimento. O delegado Marlon Silva ouviu o relato de Marco Aurélio, que alegou legítima defesa.

Segundo o delegado, Marco estava com Clarice na noite do crime, os dois estavam bebendo e depois foram para a casa da mulher. Conforme o depoimento do suspeito, ele e a vítima tiveram relações sexuais.

Marco afirmou durante o depoimento, que os dois tiveram um desentendimento e que Clarisse o ameaçou de morte com uma faca. De acordo com Marlon Silva, o suspeito informou que jogou um vaso contra ela e que Clarisse ficou desacordada.

Morta a paneladas

Segundo o delegado, o suspeito conta que aproveitou que a vítima estava desacordada, foi até a cozinha e pegou uma panela de pressão que usou para agredi-la. No relato, Marco conta ao delegado que ao perceber que a mulher estava desacordada foi até um pastor do assentamento e contou o caso.

Conforme as informações repassadas, o pastor foi até a casa da mulher e constatou a morte de Clarice. Em seguida, Marco chegou a fugir do local, mas deixou a carteira de identidade cair, o que possibilitou a polícia identificar o suspeito do homicídio.

Marco se apresentou espontaneamente e afirmou ter emprego e endereço fixo, com essas informações, ele foi liberado após prestar o depoimento. Conforme o delegado, esse é o procedimento padrão uma vez que não há indícios para fazer um pedido de prisão em desfavor do suspeito e que o mesmo deve responder pelo crime em liberdade, caso Marco não esteja pensando em fugir da região.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.