Goiás

Criminosos explodem caixas eletrônicos em Goiânia e Nova Crixás

Bandidos explodiram caixas eletrônicos de duas agências do Banco do Brasil.
10/01/2019, 09h54

Criminosos explodiram dois caixas eletrônicos durante a madrugada de hoje (10/1) no Setor Campinas, em Goiânia. Conforme a Polícia Militar (PM),  policiais que faziam a ronda próximo da agência bancária escutaram o barulho da explosão, mas quando chegaram no local os  suspeitos já tinham fugido.

Os suspeitos atacaram os caixas dos Banco do Brasil, localizado na Avenida Castelo Branco, no Setor Campinas. Testemunhas contaram que a explosão ocorreu por volta das 3h30 e que viram o momento em que quatro homens fugiram do local em um carro branco. Uma equipe de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) realiza uma varredura para encontrar os suspeitos.

Dois caixas eletrônicos foram explodidos. Contudo, com a força da explosão, outros quatros equipamentos ficaram danificados e agência destruída. De acordo com assessoria da Polícia Civil,  a Polícia Técnico-Científica foi acionada para fazer o levantamento do que foi levado pelos bandidos. Todavia, a quantia roubada ainda não foi contabilizada e nenhum suspeito foi preso.

A empresa de vigilância do banco enviou um segurança por volta das 5h. A gerente da agência também foi até o local para ajudar nas investigaçōes.

Bandidos também explodiram caixas eletrônicos em Nova Crixás

Conforme a PM, outra agência do Banco do Brasil foi atacada durante a madrugada de hoje. Criminosos explodiram os caixas eletrônicos da agência do Setor Central, em Nova Crixás, localizado a 383 quilômetros de Goiânia.

De acordo com a assessoria da PC, uma equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi até o local para atender a ocorrência. Até o momento não há informaçōes sobre os bandidos e valor que teria sido levado. O caso será investigado pelo Grupo Antirroubo a Banco (GAB) da Polícia Civil.

Polícia consegue impedir quadrilha de explodir caixas eletrônicos em Hidrolândia

Policiais da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas da Capital (ROTAM) impediram que uma quadrilha explodisse caixas eletrônico, no dia 1 de novembro de 2018, em Hidrolândia. Os criminosos trocaram tiros com os policiais durante a abordagem, e dois suspeitos que não tiveram os nomes divulgados foram alvejados e morreram no hospital. Os outros dois conseguiram fugir.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.