Goiás

Irmãos são presos suspeitos de matar estudante de Brasília, em Valparaíso

Suspeito contou a polícia que os dois fizeram uso de entorpecentes em um motel no sábado, e que Filipe se negou a pagar pelo produto, por isso decidiu mata-lo para levar carro, dinheiro e celular.
10/01/2019, 20h44

Três irmãos foram presos na tarde desta quinta-feira (10/1) em Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal (DF) suspeitos de participarem da morte do Estudante, Filipe Cezar dos Reis Almeida, de 28 anos, que foi encontrado em um córrego na zona rural da cidade com marcas de esganadura.

O delegado do 2º Departamento Regional  de Valparaíso, Rafael Abrão responsável pelas investigações efetuou a prisão dos três suspeitos. Os três foram identificados pelos primeiros nomes Waldiney, Adailton e Luis.

Estudante morto em Valparaíso não pagou pelas drogas

O estudante Felipe Cezar saiu de casa no sábado (5/1) e avisou a família que iria visitar uma amiga em Taguatinga no Distrito Federal e logo voltaria para casa. No entanto, o rapaz passou primeiro por Valparaíso e não deu mais notícias à família. No domingo (6/1) o corpo de Filipe foi encontrado em um córrego de Valparaíso e com marcas de esganadura. A partir do encontro do corpo do estudante a polícia começou a investigar o caso e chegou aos três irmãos presos nesta quinta-feira.

“Waldiney conta que conheceu Filipe no sábado e que os dois foram para um motel para consumir drogas, depois de usar os entorpecentes, ele alega que o rapaz não queria pagar pelo consumo e por isso decidiu mata-lo, para levar o dinheiro, celular e o carro”, afirma o delegado.

Conforme as informações repassadas pelo delegado, os dois entraram no carro e passaram na casa de um dos irmãos de Waldiney e pegou Adailton. “Dentro do veículo com ele em movimento ele começou a estrangular a vítima até ela ficar desacordada. Os dois irmãos colocaram o jovem no banco de trás e Adailton assumiu a direção, enquanto Waldiney estrangulava Filipe”, explica.

Irmãos são presos suspeitos de matar morador de Brasília, em Valparaíso
Foto: Divulgação/ Adailton

Segundo o delegado, após matar Filipe estrangulado, os dois irmãos deixaram o corpo da vítima em um córrego da cidade por volta das 6h da manhã. O corpo do estudante foi encontrado por moradores da região às 9h de manhã.

O irmão mais novo de Waldiney e Adailton, Luis também estaria envolvido no crime, porém o delegado afirmou que o mesmo foi preso por receptação por ter comprado o celular da vítima de um dos irmãos. Os três estão presos em Valparaíso, Waldiney e Adailton vão ser indiciados por latrocínio – roubo seguido de morte e Luis por receptação.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.