Mundo

UE: posse de Maduro afasta chance de solução negociada na Venezuela

10/01/2019, 17h28

A Europa alertou que a decisão de Nicolás Maduro de seguir adiante com sua posse, apesar dos protestos internacionais, afasta a possibilidade de um acordo negociado para a crise que assola a Venezuela. Mas, Bruxelas rejeita qualquer tipo de intervenção e insiste que apenas um entendimento entre as partes na crise venezuelana irá retirar o país do caos.

Num comunicado emitido nesta quinta-feira, 10, a chefe da diplomacia da UE, Federica Mogherini, diz que o bloco “lamenta profundamente que seu pedido por novas eleições presidenciais de acordo com padrões democráticos reconhecidos internacionalmente foi ignorado e que o presidente Maduro está iniciando um novo mandato com base em eleições não-democráticas”.

“Isso, apenas afasta ainda mais a possibilidade de uma solução constitucionalmente negociada, enquanto a situação política, econômica e social no país fica cada vez mais grave e o impacto da crise na estabilidade da região aumenta”, alertou Mogherini.

A italiana lembrou que, em maio de 2018, a UE alertou que a eleição presidencial na Venezuela não havia sido “nem livre e nem justa”. “Seu resultado não tem qualquer credibilidade, já que o processo eleitoral não deu as garantias necessárias para uma eleição inclusiva e democrática”, insistiu.

“A UE pede que Maduro reconheça e respeite o papel e independência da Assembleia Nacional, como uma instituição eleita democraticamente, que solte todos os presos políticos, garanta o estado de direito, direitos humanos e liberdades fundamentais e que lide de forma urgente com as necessidades da população”, apelou a chefe da diplomacia em Bruxelas.

Num recado também ao governo americano, a UE rejeitou de forma indireta a ideia de uma intervenção. “A UE continua convencida de que apenas uma solução pacífica democrática e política possa ser o caminho sustentável para que a Venezuela saia da crise”, disse. Os europeus indicaram ainda que estão engajados com parceiros internacionais e regionais para discutir como podem ajudar a “criar as condições exigidas para um processo político com credibilidade entre os diferentes atores venezuelanos”.

“Nesse aspecto, a UE reitera sua vontade de manter os canais de comunicação abertos”, destacou.

Apesar disso, o bloco não descarta novas sanções. “A UE continuará a manter um monitoramento atendo aos desenvolvimento e fica pronta para reagir por meio de medidas apropriadas a decisões a acres que possam minar ainda mais as instituições e princípios democráticos, o estado de direito e direitos humanos”, alertou.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Centro de Convenções Goiânia: um dos maiores centros de eventos em Goiás

O Centro de Convenções Goiânia (CCGO) é uma das melhores opções de Goiás para comportar eventos de grande porte, sejam shows, feiras, exposições e muito mais!
10/01/2019, 17h33

Localizado exatamente no coração da cidade, no Setor Central, o Centro de Convenções Goiânia (CCGO) fica em meio a três das principais vias de acesso da capital, bem pertinho de uma rede hoteleira extensa e de excelente qualidade. O espaço é perfeito para a realização ou participação de eventos, contando com uma estrutura imponente, com amplo estacionamento coberto e equipe treinada para sempre garantir o melhor atendimento para seus contratantes e o público em geral.

Apenas para que você tenha ideia, este é um dos maiores e mais modernos centros de eventos em todo o estado, com capacidade para realizar até seis eventos simultâneos. Os espaços são climatizados, garantindo ainda mais conforto para quem vai até lá, possuindo ainda um estacionamento interno com 700 vagas comuns e áreas para depósito e descarga. Não é à toa que sempre é escolhido pelos maiores eventos realizados na capital.

Um pouquinho mais sobre o Centro de Convenções Goiânia

Centro de Convenções Goiânia: um dos maiores centros de eventos de Goiás
Foto: Reprodução/ CCGO, Teatro Rio Vermelho

Inaugurado pelo governo estadual em abril de 1994, atualmente o CCGO é administrado pela Porto Belo Engenharia e Comércio. Sua estrutura conta com 51.086 m², distribuídos em dois diferentes pavilhões destinados para a realização de feiras, um com 5.013 m² e outro com 3.820 m², ambos no pavimento térreo.

Ainda é possível encontrar, no 1º andar, uma área de 1.861,80 m² destinada a exposições, englobando um auditório que oferece 600 lugares e 12 salas confortáveis, sendo que a maior delas conta com 400 lugares e a menor, com 65.

Como se não bastasse, ainda é possível encontrar 3 salas no Pavilhão Azul, 2 áreas externas dos pavilhões, 3 espaços multiuso, 1 lanchonete e 1 restaurante de comidas típicas. Ah, e vale lembrar que ainda há o espaço do Teatro Rio Vermelho, bastante utilizado para a realização de eventos de médio e grande porte no segmento corporativo.

Centro de Convenções Goiânia: um dos maiores centros de eventos de Goiás
Foto: Reprodução/ CCGO, Auditório Lagoa Azul

Poucos são os espaços parecidos na região Centro-Oeste, fazendo com que o Centro de Convenções Goiânia seja sempre ponto de destaque. Seu atendimento é diferenciado e garante apoio logístico e operacional durante a realização de eventos no ambiente.

É ideal para receber congressos, feiras, formaturas, shows, espetáculos culturais, convenções, palestras, eventos corporativos e sociais e muito mais. Para mais informações você pode acessar o site do CCGO, basta clicar aqui!

Espaços do local

1 – Teatro Rio Vermelho

2 – Auditório Lagoa Azul

3 – Salas

4 – Exposições:

  • Espaço Cerrado
  • Pavilhão Verde
  • Pavilhão Azul

5 – Espaços Multiuso:

  • Espaço Goyas
  • Sala Paranaíba
  • Hall da Rua 30

Telefone para contato: (62) 3219-3300

Endereço: Rua 4, 1400 – St. Central, Goiânia – GO, 74025-020

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suspeito de tráfico internacional é preso, em Valparaíso

Carros eram roubados e trocados por drogas no Paraguai, para serem revendidas no Distrito Federal e no Entorno.
10/01/2019, 18h56

Um homem foi preso na última quarta-feira (9/1) na cidade de Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal (DF) suspeito de tráfico de drogas internacional e integrar uma organização criminosa especializada nesse tipo de crime.

A prisão do suspeito foi efetuada devido a um mandado de prisão expedido contra o suspeito. O homem foi identificado como Jeferson de Matos Melo, de 30 anos, e foi preso pelos policiais civis da cidade de Valparaíso.

O comando da operação que terminou com a prisão de Jeferson, foi do delegado Rodrigo Mendes. “Nós recebemos uma denúncia anônima de que ele estaria escondido na cidade de Valparaíso”, conta o delegado.

Conforme o delegado, o caso foi repassado primeiro para o 1º Departamento Policial de Luziânia, que após receber as denúncias foi até a delegacia de Valparaíso pediu o apoio para cumprir o mandado de prisão. “Os policiais fizeram campana no local das denúncias, mas não conseguiram efetuar a prisão inicialmente. Depois de fazer levantamentos, até mesmo entrando em contato com a cidade de Ponta Porã, no Mato Grosso do sul (MS), no final da tarde retornamos ao local e conseguimos dar cumprimento ao mandado”, explica o delegado.

Roubava carros e os trocava por drogas no Paraguai

Segundo Rodrigo Mendes, Jeferson faz parte de uma organização criminosa especializada nesse tipo de crime, e que a maioria está presa, mas um segue foragido e outro morreu em confronto com a polícia.

“Eles roubavam carros de alto valor como caminhonetes Hylux, Frontier e passavam com os veículos por Ponta Porã (MS), os levando para a cidade de Juan Pablo Caballero, no Paraguai. E lá eles trocavam os carros por drogas para revender no Distrito Federal e no Entorno”, conta o delegado.

Após a prisão do suspeito, a polícia gravou um vídeo em que ele confessa os crimes, e que estava com uma Frontier para levar para o município paraguaio. Conforme o vídeo, o suspeito afirma que iria trocar o veículo por 300 kg de maconha para revender no DF e no Entorno.

Veja o vídeo abaixo:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Ronaldo Caiado cancela cobranças do Ipasgo e multas de contas do Detran e Saneago

Determinação é válida apenas para os servidores públicos que estão com os salários do mês de dezembro atrasados.
10/01/2019, 19h52

Após se reunir com o setor agropecuário de Jataí, a 327 quilômetros de Goiânia, e com professores do município nesta quinta-feira (10/1), o governador Ronaldo Caiado (DEM) cancelou as cobranças do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo) e de multas em contas do Detran e Saneago.

A decisão de Caiado é em virtude do governo anterior não ter quitado os salários dos servidores públicos do mês de dezembro. Nem ao menos empenhar a folha para pagar o funcionalismo público.

Com a adoção da medida, o governador visa amenizar os problemas dos servidores que não receberam os salários do mês passado. Durante sua visita a cidade de Jataí, Caiado falou sobre a situação financeira que o Estado vive “Eu não posso fazer empréstimo, porquê não tenho autorização, mas peço auxílio aos prefeitos para que me ajude a não deixar faltar comida e remédios para os servidores públicos, e assim que tiver dinheiro em caixa, eu vou pagar”, afirma o governador em vídeo

Servidores não vão pagar juros de multa e taxas do Detran em determinação do governador

A decisão do governador é emergencial e cancela a cobrança do Ipasgo do mês de dezembro. O mesmo vale para os servidores que foram multado pelo Detran e não tiveram condições de pagar, por não receberem os seus salários. Especificamente no caso do Detran, Caiado determinou que não sejam cobrados os juros e as taxas do órgão do servidor no momento que for quitar a multa.

A decisão acerca do Detran vale até o dia 25 de janeiro, quando o governador anunciou pagar 80% da folha salarial dos servidores do mês de janeiros e os outros 20% até o dia (30/1). Além do Ipasco e o Detran multas em contas da Saneago também foram canceladas pelo governador.

Caiado afirmou por meio de sua assessoria que gostaria de estender a decisão até a Enel energia, mas que não tem poder de suspender as multas do servidores com a empresa devido a venda da Companhia de Energia Elétrica do Estado de Goiás (CELG). “Nos solidarizamos com os funcionários públicos e vamos corrigir essa injustiça que o governo anterior cometeu contra eles ao não pagar seus salários”, disse.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Irmãos são presos suspeitos de matar estudante de Brasília, em Valparaíso

Suspeito contou a polícia que os dois fizeram uso de entorpecentes em um motel no sábado, e que Filipe se negou a pagar pelo produto, por isso decidiu mata-lo para levar carro, dinheiro e celular.
10/01/2019, 20h44

Três irmãos foram presos na tarde desta quinta-feira (10/1) em Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal (DF) suspeitos de participarem da morte do Estudante, Filipe Cezar dos Reis Almeida, de 28 anos, que foi encontrado em um córrego na zona rural da cidade com marcas de esganadura.

O delegado do 2º Departamento Regional  de Valparaíso, Rafael Abrão responsável pelas investigações efetuou a prisão dos três suspeitos. Os três foram identificados pelos primeiros nomes Waldiney, Adailton e Luis.

Estudante morto em Valparaíso não pagou pelas drogas

O estudante Felipe Cezar saiu de casa no sábado (5/1) e avisou a família que iria visitar uma amiga em Taguatinga no Distrito Federal e logo voltaria para casa. No entanto, o rapaz passou primeiro por Valparaíso e não deu mais notícias à família. No domingo (6/1) o corpo de Filipe foi encontrado em um córrego de Valparaíso e com marcas de esganadura. A partir do encontro do corpo do estudante a polícia começou a investigar o caso e chegou aos três irmãos presos nesta quinta-feira.

“Waldiney conta que conheceu Filipe no sábado e que os dois foram para um motel para consumir drogas, depois de usar os entorpecentes, ele alega que o rapaz não queria pagar pelo consumo e por isso decidiu mata-lo, para levar o dinheiro, celular e o carro”, afirma o delegado.

Conforme as informações repassadas pelo delegado, os dois entraram no carro e passaram na casa de um dos irmãos de Waldiney e pegou Adailton. “Dentro do veículo com ele em movimento ele começou a estrangular a vítima até ela ficar desacordada. Os dois irmãos colocaram o jovem no banco de trás e Adailton assumiu a direção, enquanto Waldiney estrangulava Filipe”, explica.

Irmãos são presos suspeitos de matar morador de Brasília, em Valparaíso
Foto: Divulgação/ Adailton

Segundo o delegado, após matar Filipe estrangulado, os dois irmãos deixaram o corpo da vítima em um córrego da cidade por volta das 6h da manhã. O corpo do estudante foi encontrado por moradores da região às 9h de manhã.

O irmão mais novo de Waldiney e Adailton, Luis também estaria envolvido no crime, porém o delegado afirmou que o mesmo foi preso por receptação por ter comprado o celular da vítima de um dos irmãos. Os três estão presos em Valparaíso, Waldiney e Adailton vão ser indiciados por latrocínio – roubo seguido de morte e Luis por receptação.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.