Goiás

Corpo é encontrado em lote baldio, em Águas Lindas

Segundo a polícia homem apresentava lesões no rosto, causas da morte ainda são desconhecidas.
15/01/2019, 15h11

O corpo de um homem de aproximadamente 50 anos foi encontrado na manhã desta terça-feira (15/1) em um lote baldio no Parque Barragem, setor 8, na cidade de Águas Lindas, Entorno do Distrito Federal (DF).

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) confirmou o caso ao Portal Dia Online e informou que a vítima não foi identificada até o momento. Conforme as informações da Polícia, uma pessoa chamou a Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) informando sobre o encontro do corpo no lote baldio.

Após a chegada da PM, o diretor de segurança do lote foi chamado e colocado a par do cadáver no terreno. De acordo com o Relatório de Atendimento Integrado (RAI) compartilhado entre PM e PC, a vítima apresentava lesões no rosto.

Polícia aguarda peritos para identificar de quem é o corpo encontrado no lote baldio

Segundo as informações  do RAI, o homem foi encontrado deitado, no lote, com uma bermuda xadrez e uma camiseta da seleção brasileira. Os policiais como não conseguiram identificar a vítima até o momento, chamaram os peritos do Instituto Médico Legal (IML) de Águas Lindas, para identificar o cadáver e as causas da morte.

A polícia afirmou também que nenhum amigo ou familiar da vítima apareceu para identificar o corpo. O caso vai ser investigado pela polícia e busca entender se o homem foi assassinado, ou a morte do senhor foi por causas naturais.

Corpo é encontrado, em Aparecida de Goiânia

Na última sexta-feira (11/1) o corpo de Luis Lins Gonzaga Xavier, de 45 anos, foi encontrado em um matagal, na Avenida W-1, no Jardim Bela Vista, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital.

Durante a ocorrência a policia informou ao Portal Dia Online que o corpo de Luis foi encontrado em um barranco, e precisou do apoio do Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO) para remover o corpo, que poderia cair no córrego. A autoria e motivação do crime são desconhecidos até o momento, o caso é investigado pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

13 bares para curtir um bom rock em Goiânia

Se você é fã do bom e velho rock'n roll, precisa conhecer os bares de rock em Goiânia, que sempre contam com shows de bandas locais e ambientes temáticos.
15/01/2019, 15h25

Dizem por aí que Goiânia é a capital do sertanejo, mas podemos garantir que não é apenas de bota e chapéu que se faz sua população. Apenas para que você tenha ideia, a cidade também representa um dos maiores cenários underground do país, com excelentes bandas, sendo que muitas acabam conquistando seu espaço na cena nacional. Portanto, se você é mais um apreciador de rock em Goiânia e está em busca de ambientes que façam seu estilo, preparamos uma listinha que pode ser bastante útil.

Nada melhor que unir música e uma cervejinha gelada, não acha? Pensando nisso, nós aqui do Portal Dia Online separamos os melhores bares de rock da cidade, que além de ambientes temáticos e deliciosas comidas e bebidas, ainda oferecem shows de bandas regionais para seus clientes. Dá uma olhada!

Os melhores bares de rock em Goiânia:

1 – The Dark Side Rock Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

O Dark Side foi planejado para ser um excelente espaço de lazer para a galera do rock em Goiânia, o bar conta com estrutura ampla e confortável, perfeito para receber shows e eventos de até médio porte.

Por ali é possível escutar do punk ao progressivo, contando ainda com boas pinceladas de blues, reggae e tudo que pode existir no espectro do rock. Como se não bastasse, os amantes de esportes também possuem seu lugar no ambiente, já que frequentemente o bar transmite eventos nacionais e internacionais, futebol, UFC, NBA e muito mais.

E para quem está realmente interessado em comer, o ambiente oferece um cardápio amplo, com várias opções de petiscos, caldos, sanduíches, frios, sobremesas e é claro, a tão amada cervejinha gelada! Vale a pena conferir!

Horário de funcionamento: quarta, quinta e domingo, das 18h30 às 2h / sexta e sábado, das 18h30 às 3h

Telefone: (62) 3954-0093

Endereço: Praça C. 114, 63 – quadra 332 lote 4 – Jardim America, Goiânia – GO, 74255-130

2 – Velvet36 Rock’n Roll Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Se você está em busca de um bom barzinho em Goiânia que abra as portas para o rock, esta também pode ser uma excelente opção. A decoração do ambiente é seu grande diferencial, com quadros e luzes por todos os lados, faz com que seus clientes sejam “transportados” para os clássicos pubs norte americanos.

Além de boa música, o bar ainda serve petiscos deliciosos e cervejas geladas para todos os gostos. É possível encontrar as melhores opções produzidas artesanalmente. Sem contar que ainda é possível aproveitar os drinques, sempre tendo uma opção para cada tipo de gosto.

Horário de funcionamento: terça a domingo, das 17h30 às 23h30

Telefone: (62) 3941-8549

Endereço: R. 36, 378 – St. Marista, Goiânia – GO, 74150-240

3 – Rocket 07

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

O bar, que também funciona como restaurante, conta com um ambiente bastante descontraído, ideal para curtir com os amigos. O cardápio conta com pratos fartos, petiscos, caipirinhas e outros drinques, sem falar na cervejinha gelada. O rock costuma comandar o som da casa, seja em música ambiente ou em showzinhos ao vivo.

Horário de funcionamento: segunda a quinta, das 17h30 à 1h / sexta, das 17h30 às 3h / sábado, das 11h30 às 3h / domingo,das 15h às 00h

Telefone: (62) 98117-5575

Endereço: Av. Portugal, 1010 – St. Marista, Goiânia – GO, 74150-030

4 – Hurricane Sports Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Este é também é um dos poucos lugares em Goiânia que unem os esportes ao bom e velho rock’n roll. Com um ambiente bem descontraído e temático, os clientes podem sempre ficar a vontade e aproveitar tudo que a casa tem para oferecer.

Com noites repletas de energias positivas, o bar sempre leva para a galera o que há de melhor do rock, glam, grunge e indie, seja dos anos 80, 90 2000 ou da atualidade. O importante é ir para curtir! O cardápio também é vasto e comporta bebidas e comidas para todos os gostos!

Horário de funcionamento: quarta e quinta, das 17h à 1h / sexta e sábado, das 17h às 2h / domingo, das 16h às 00h

Telefone: (62) 9 9669-8974

Endereço: Av. Assis Chateaubriand, 1259 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74130-011

5 – Woodstock Rock Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Para quem está em busca de bares de rock em Goiânia, este também representa uma das melhores escolhas na cidade. No cardápio é possível encontrar comidinhas variadas, cervejas geladas e drinques para todos os gostos.

Mas também vale falar sobre a decoração do ambiente e os detalhes em seus artigos, que juntos formam um espaço descontraído, perfeito para os amantes de um som pesado.

Horário de funcionamento: domingo, terça, quarta e quinta, das 18h às 2h / sexta e sábado, das 18h às 4h

Telefone: (62) 3285-2407

Endereço: Av. D, 1064 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74130-012

6 – Moby Dick Pub Goiânia

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Essa é mais uma das casas do rock em Goiânia. O ambiente possui uma decoração que chama atenção de quem quer que passe por ali, e vale também destacar o atendimento que é sempre muito cordial.

Diversos cantores e bandas locais se apresentam na casa. O cardápio é recheado de boas opções, com pratos fartos e saborosos, sem falar nos petiscos e bebidas da casa, que também são excelentes!

Horário de funcionamento: quarta e quinta, das 17h30 à 1h / sexta e sábado, das 17h30 às 4h / domingo, das 20h às 4h

Telefone: (62) 9 9204-6681

Endereço: Avenida Mutirão, 1932 DENTRO DA GALERIA CASABLANCA ESQUINA C, Av. T-8 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74215-240

7 – Identidade Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Este é um dos barzinhos alternativos mais queridos de Goiânia. Com a proposta de acolher bem todos que chegam na casa, respeitando a identidade de cada um, o ambiente oferece conforto e bom atendimento. O cardápio conta com opções variadas e para todos os gostos e fomes. Os drinques são excelentes e também contam com uma opção para cada gosto.

O bar é temático e possui decoração harmônica, sendo possível curtir sempre as melhores músicas ambientes ou showzinhos ao vivo, que costumam acontecer aos finais de semana. Os clientes podem contar com muito rock, pop rock, MPB e ainda um pouquinho de jazz e blues que costuma rolar de vez em quando.

Horário de funcionamento: terça a quinta, das 17h à 1h / sexta e sábado, das 17h à 1h30 / domingo, das 17h às 23h

Telefone: (62) 3988-2750

Endereço: R. R-14, qd. 54 lote 11 – Vila Itatiaia, Goiânia – GO, 74690-390

8 – Vai Tomá no Kuka Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Um dos mais famosos bares de rock em Goiânia, o Kuka sempre atrai pessoas de todas as partes da cidade. O bar é repleto de temas que envolvem o rock e motos, com decoração bastante atraente.

O cardápio conta com variedade de petiscos e drinques, sem contar que também é possível pedir aquela cervejinha gelada, aproveitando a oportunidade para experimentar também rótulos artesanais. Vale a pena conhecer!

Horário de funcionamento: terça a quinta, das 19h às 3h / sexta e sábado, das 19h às  5h / domingo, das 19h à 1h

Telefone: (62) 3942-7221

Endereço: Rua C 30 n.º 18 – Qd. 32 – Lt 10 – Jardim América – Jardim America, Goiânia – GO, 74265-200

9 – Toca do Mamute Rock Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Com um ambiente pequeno mas acolhedor, o Toca do Mamute é uma das melhores opções para quem pretende curtir um rock em Goiânia. É ideal para levar os amigos e manter um bom papo. O cardápio também é variado e conta com petiscos mais simples, no entanto, extremamente saborosos.

Também há cervejas e drinques para todos os gostos e tudo isso, em um espaço bem decorado e com ótimo atendimento.

Horário de funcionamento: terça e quarta, das 18h às 23h / quinta a sábado, das 18h às  00h

Telefone: (62) 9 8405-1145

Endereço: Avenida C-8, nº 551, em frente à praça C-5 – St. Sudoeste, Goiânia – GO, 74305-110

10 – Matuto Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

O Matuto se encontra no Setor Leste Universitário e é sem dúvida, um dos melhores bares de Goiânia. O objetivo do ambiente é fazer com que seus clientes vivenciem uma experiência completa enquanto estiverem por ali, que tenham realmente lembranças boas do local.

Além de oferecer mais de  70 rótulos de cervejas especiais e pratos diferentes em seu cardápio, visam garantir o bom atendimento, unindo sempre o bom gosto e a simplicidade. E é claro, para deixar tudo ainda mais harmônico, a playlist do lugar conta com muito rock para animar o público!

Horário de funcionamento: segunda, das 18h às 00h / terça a sexta, das 18h à 1h / sábado, das 12h às 00h

Telefone: (62) 3941-1708

Endereço: R. 242, 190 – Setor Leste Universitário, Goiânia – GO, 74603-190

11 – S4 Bar

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

Barzinho alternativo, conta com uma atmosfera bastante agradável e muita música boa! É perfeito para curtir com os amigos, aproveitando as cervejinhas geladas e os petiscos fartos da casa. Ah, destaque para os discos de carne que são simplesmente maravilhosos!

Por ali só toca rock nacional e internacional, mas ainda vale lembrar que o lugar é ambientado como boteco, com mesas e cadeiras de plástico. Outro ponto a destacar é que não passam cartão, portanto, vá prevenido para não ser pego de surpresa! Em compensação, representa um ótimo custo-benefício!

Horário de funcionamento: todos os dias, das 11h às 00h

Telefone: (62) 3255-8703

Endereço: 295, Rua T-64 – St. Bela Vista, Goiânia – GO, 74823-350

12 – Abrigô Coletivo

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

O ambiente é bastante aconchegante e alternativo. Excelente para levar os amigos e colocar as ideias em dia. O som conta com muito rock, pop rock e MPB, sem contar que o cardápio conta com petiscos, iscas e cervejas especiais com excelente custo-benefício. Vale a pena conhecer!

Horário de funcionamento: segunda a quinta, das 17h à 1h

Telefone: (62) 3637-9639

Endereço: R. 260, nº 661 – Setor Leste Universitário, Goiânia – GO, 74603-190

13 – Don Guina Pub

bares para curtir um bom rock em Goiânia
Foto: Reprodução

E este é um dos mais famosos bares de rock em em Goiânia, popular por oferecer o pior atendimento da cidade e se orgulhar muito disso! Pode parecer contraditório, mas as pessoas realmente conhecem o ambiente pelo mal atendimento (que é feito de forma proposital, mesmo assim, respeitoso) e sempre voltam lá por isso. Don Guina é o proprietário e também atende as mesas, sendo o maior responsável pela fama do bar, no entanto, os clientes sempre caracterizam a experiência como divertida e única na vida!

O local possui uma decoração exótica e bem diferente de tudo aquilo que se pode encontrar em Goiânia, atraindo atenção de todos. É um lugar sem frescuras e perfeito para quem adora a informalidade. O cardápio conta com pratos e petiscos fartos e extremamente saborosos, sem falar nas cervejas que sempre chegam geladinhas. Também é um dos melhores ambientes para curtir um rock em Goiânia. Vale muito a pena viver essa experiência!

Horário de funcionamento: todos os dias, das 17h à 1h

Telefone: (62) 98184-4800

Endereço: Av. 2ª Radial – Vila Redencao, Goiânia – GO, 74850-240

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

"Ele faz isso com muitas", diziam funcionárias de João de Deus para vítimas abusadas

Os promotores do MP-GO confirmaram uma vítima de 8 anos de idade, e também falaram sobre uma suposta conivência das funcionárias do médium nos abusos.

Por Ton Paulo
15/01/2019, 16h10

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (15/1), o Ministério Público de Goiás (MP-GO) falou sobre a nova denúncia apresentada contra o médium de Abadiânia, João Teixeira de Faria, o João de Deus. A nova denúncia, protocolada depois do depoimento do médium, prestado ontem (14/1) ao MP-GO, traz novos detalhes chocantes dos casos de abusos praticados por ele. Os promotores do MP-GO confirmaram uma vítima de 8 anos de idade, e também falaram sobre uma suposta conivência das funcionárias do médium, que chegaram a admitir para as mulheres abusadas que ele, João de Deus, “fazia aquilo [os abusos] com muitas”.

Participaram da coletiva os promotores Luciano Meirelles, Gabriella de Queiroz, Paula Moraes e Augusto César Souza. Os promotores deixaram claro que a apresentação da denúncia não significa o fim dos trabalhos de investigação por parte do Ministério Público.

A denúncia envolve 13 vítimas ao todos. Das 13, cinco não prescreveram, enquanto as outras oito, pelo tempo decorrido entre o fato criminoso e a denúncia feita, não podem mais ser punidos, segundo o Dr. Luciano Meirelles.

De acordo com a Dra. Gabriella de Queiroz, cinco delitos foram imputados a João de Deus na denúncia protocolada hoje. “Dos crimes imputados a João de Deus, quatro são por estupro de vulnerável e um por violação sexual mediante fraude”, confirmou.

A promotora revelou, ainda, que uma dezena de vítimas relatam que chegaram a reportar os abusos para funcionárias da Casa Dom Inácio de Loyola, onde aconteciam as ‘sessões espirituais’ e os abusos. Como resposta, as vítimas ouviam das funcionárias que aquilo era corriqueiro. “Elas [as vítimas] relataram que às vezes saíam dali muito “sujas”, não só com a secreção que aquele ato provocava, mas se sentindo “poluídas, impuras” com aquilo tudo” revela. Ela contou que, ao procurarem as funcionárias para relatar o abuso, elas ouviam o seguinte: “Minha filha, ele faz isso com muitas”.

O promotor Augusto César confirmou que as supostas participação e conivência das funcionárias nos abusos serão melhor avaliadas no decorrer das investigações.

João de Deus fez vítimas em mais de cinco estados

A promotora diz ainda que oito dos 13 casos relatados prescreveram, e, portanto, os relatos das vítimas foram usados somente como corroboração da denúncia. “Temos relatos [de abusos praticados por João de Deus] de 1990 até julho de 2018”, revela. Entre as vítimas, estão crianças, adolescentes e adultos, com idades variando de 8 a 47 anos. Quanto ao caso da vítima que foi abusada quando tinha 8 anos, e posteriormente com 13, entrou em prescrição, e foi usado somente como apoio da denúncia formal.

Já quanto às cinco vítimas que estão na denúncia, quatro são do Estado de Goiás e uma de São Paulo. As outras, cujos casos já prescreveram, são de vários estados, entre eles Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Santa Catarina, São Paulo e Goiás, assim como o Distrito Federal. Os relatos das vítimas foram colhidos pelos Ministérios Públicos respectivos de cada região.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Líder de seita e avó das vítimas são indiciados por estupro de vulnerável, em Caiapônia

No inquérito, uma adolescente de 14 anos, chegou a ser estuprada sete vezes, durante o período que esteve no assentamento da seita.
15/01/2019, 16h39

O delegado Marlon Luz, responsável pela Operação Anjo da Guarda 2, que terminou com a prisão do líder de uma seita religiosa e avó de três crianças, estupradas pelo líder religioso, concluiu o inquérito da operação. Após a conclusão das investigações, o delegado pediu o indiciamento dos dois presos pelos crimes de estupro de vulnerável praticados em rituais de magia negra contra três crianças de 3 a 10 anos e uma adolescente de 14.

Durante a operação foram presos Nilson Alves de Souza, de 42 anos e a avó das meninas, Noêmia Cândida de Jesus, de 48. A operação foi deflagrada no último dia 4 de janeiro de 2019, após denúncias de que as meninas estavam sendo abusadas sexualmente, durante os rituais, em um assentamento às margens da G0-221, na cidade de Caiapônia.

Acusados de estupro de vulnerável

O delegado do caso afirmou que o inquérito foi concluído no tempo hábil de 10 dias, e conta que o documento com as denúncias e os depoimentos das vítimas e dos acusados totalizaram mais de 300 páginas.

Segundo Marlon Luz, em entrevista a uma emissora local de Caiapônia, Nilson Alves e a avó das meninas foram indiciados por pelo menos 10 estupros, com uma adolescente estuprada pelo menos sete vezes, durante o período que esteve no acampamento.

“A avó vai responder pelo mesmo crime, porque primeiro ela tinha a função, na condição de familiar, de proteger essas vítimas, tanto as crianças como a adolescente. E ela, pelo contrário, além de induzir, as obrigou por meio de ameaças a manter relações sexuais com o líder da seita”, explica o delegado.

Conforme o delegado, os estupros foram praticados tanto com conjunção carnal, como em outros atos libidinosos diversos, principalmente em relação as crianças mais novas, sem ter a compreensão necessária sobre o que estava acontecendo.

Com a conclusão do inquérito em que pede o indiciamento do líder religioso e da avó pelos crimes de estupro de vulnerável, Marlon Luz afirmou que a manutenção da prisão dos acusados é necessária até a condenação do líder e da avó das meninas, para que as vítimas não sejam intimidas pelos dois acusados.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Dono de lava jato é morto a tiros, em Goiânia

Suspeitos depois de matar o proprietário do lava jato fugiram após o crime.
15/01/2019, 17h01

O dono de um lava jato foi morto a tiros no início da tarde desta terça-feira (15/1) na Vila Santa Helena, em Goiânia, em frente ao estabelecimento comercial. Os agentes da Polícia Civil da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) estão na cena do crime, e fazem o levantamento para identificar os autores e a motivação do assassinato.

Conforme as informações da DIH, a vítima foi identificada como Langer Ferreira, de 39 anos. A polícia afirmou que foi chamada pelo Centro de Operações da Polícia Militar do Estado de Goiás (Compom), após receber uma denúncia de que um homem tinha sido morto a tiros na Vila Santa Helena.

Suspeitos que mataram dono de lava jato estavam em dois carros

Uma testemunha do crime contou aos policiais que os suspeitos de matar o dono do lava jato estavam em dois carros, sendo um modelo VM/Voyage de cor preta e um outro modelo Fiat/Siena prata. Conforme as informações da policia, uma testemunha afirmou que após efetuarem os disparos, os suspeitos fugiram em direção ao Setor Urias Magalhães, na região noroeste de Goiânia.

A polícia afirmou também que a vítima, Langer também trabalhava como motorista de um aplicativo de transportes. Conforme as informações repassadas, os policiais fizeram buscas pela região, mas até o momento os suspeitos do crime não foram presos. Segundo a polícia, a vítima não possui nenhuma passagem pela polícia, a DIH não tem informações sobre a autoria ou motivação do crime e investiga o caso.

Morto a tiros em Anápolis

Na noite do último domingo (13/1), Benevides Gonçalvez da Costa conhecido como Bene, de 55 anos, foi morto a tiros o bairro da Lapa, em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia. O caso é investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis. O delegado titular do GIH de Anápolis, esteve na cena do crime e afirmou ao Portal Dia Online que no momento do assassinato Bene estaria chegando em casa, pois as portas do carro estavam abertas e ele estava com as chaves em mãos.

Conforme o delegado, testemunhas relataram que na casa da vítimas funcionava um ponto de venda de drogas, e por essa razão acredita que a motivação do crime tenha relação do envolvimento da vítima com o tráfico de drogas. O delegado afirmou também que a autoria e motivação do crime são desconhecidos.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.