Goiás

"Ele faz isso com muitas", diziam funcionárias de João de Deus para vítimas abusadas

Os promotores do MP-GO confirmaram uma vítima de 8 anos de idade, e também falaram sobre uma suposta conivência das funcionárias do médium nos abusos.

Por Ton Paulo
15/01/2019, 16h10

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (15/1), o Ministério Público de Goiás (MP-GO) falou sobre a nova denúncia apresentada contra o médium de Abadiânia, João Teixeira de Faria, o João de Deus. A nova denúncia, protocolada depois do depoimento do médium, prestado ontem (14/1) ao MP-GO, traz novos detalhes chocantes dos casos de abusos praticados por ele. Os promotores do MP-GO confirmaram uma vítima de 8 anos de idade, e também falaram sobre uma suposta conivência das funcionárias do médium, que chegaram a admitir para as mulheres abusadas que ele, João de Deus, “fazia aquilo [os abusos] com muitas”.

Participaram da coletiva os promotores Luciano Meirelles, Gabriella de Queiroz, Paula Moraes e Augusto César Souza. Os promotores deixaram claro que a apresentação da denúncia não significa o fim dos trabalhos de investigação por parte do Ministério Público.

A denúncia envolve 13 vítimas ao todos. Das 13, cinco não prescreveram, enquanto as outras oito, pelo tempo decorrido entre o fato criminoso e a denúncia feita, não podem mais ser punidos, segundo o Dr. Luciano Meirelles.

De acordo com a Dra. Gabriella de Queiroz, cinco delitos foram imputados a João de Deus na denúncia protocolada hoje. “Dos crimes imputados a João de Deus, quatro são por estupro de vulnerável e um por violação sexual mediante fraude”, confirmou.

A promotora revelou, ainda, que uma dezena de vítimas relatam que chegaram a reportar os abusos para funcionárias da Casa Dom Inácio de Loyola, onde aconteciam as ‘sessões espirituais’ e os abusos. Como resposta, as vítimas ouviam das funcionárias que aquilo era corriqueiro. “Elas [as vítimas] relataram que às vezes saíam dali muito “sujas”, não só com a secreção que aquele ato provocava, mas se sentindo “poluídas, impuras” com aquilo tudo” revela. Ela contou que, ao procurarem as funcionárias para relatar o abuso, elas ouviam o seguinte: “Minha filha, ele faz isso com muitas”.

O promotor Augusto César confirmou que as supostas participação e conivência das funcionárias nos abusos serão melhor avaliadas no decorrer das investigações.

João de Deus fez vítimas em mais de cinco estados

A promotora diz ainda que oito dos 13 casos relatados prescreveram, e, portanto, os relatos das vítimas foram usados somente como corroboração da denúncia. “Temos relatos [de abusos praticados por João de Deus] de 1990 até julho de 2018”, revela. Entre as vítimas, estão crianças, adolescentes e adultos, com idades variando de 8 a 47 anos. Quanto ao caso da vítima que foi abusada quando tinha 8 anos, e posteriormente com 13, entrou em prescrição, e foi usado somente como apoio da denúncia formal.

Já quanto às cinco vítimas que estão na denúncia, quatro são do Estado de Goiás e uma de São Paulo. As outras, cujos casos já prescreveram, são de vários estados, entre eles Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Santa Catarina, São Paulo e Goiás, assim como o Distrito Federal. Os relatos das vítimas foram colhidos pelos Ministérios Públicos respectivos de cada região.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Líder de seita e avó das vítimas são indiciados por estupro de vulnerável, em Caiapônia

No inquérito, uma adolescente de 14 anos, chegou a ser estuprada sete vezes, durante o período que esteve no assentamento da seita.
15/01/2019, 16h39

O delegado Marlon Luz, responsável pela Operação Anjo da Guarda 2, que terminou com a prisão do líder de uma seita religiosa e avó de três crianças, estupradas pelo líder religioso, concluiu o inquérito da operação. Após a conclusão das investigações, o delegado pediu o indiciamento dos dois presos pelos crimes de estupro de vulnerável praticados em rituais de magia negra contra três crianças de 3 a 10 anos e uma adolescente de 14.

Durante a operação foram presos Nilson Alves de Souza, de 42 anos e a avó das meninas, Noêmia Cândida de Jesus, de 48. A operação foi deflagrada no último dia 4 de janeiro de 2019, após denúncias de que as meninas estavam sendo abusadas sexualmente, durante os rituais, em um assentamento às margens da G0-221, na cidade de Caiapônia.

Acusados de estupro de vulnerável

O delegado do caso afirmou que o inquérito foi concluído no tempo hábil de 10 dias, e conta que o documento com as denúncias e os depoimentos das vítimas e dos acusados totalizaram mais de 300 páginas.

Segundo Marlon Luz, em entrevista a uma emissora local de Caiapônia, Nilson Alves e a avó das meninas foram indiciados por pelo menos 10 estupros, com uma adolescente estuprada pelo menos sete vezes, durante o período que esteve no acampamento.

“A avó vai responder pelo mesmo crime, porque primeiro ela tinha a função, na condição de familiar, de proteger essas vítimas, tanto as crianças como a adolescente. E ela, pelo contrário, além de induzir, as obrigou por meio de ameaças a manter relações sexuais com o líder da seita”, explica o delegado.

Conforme o delegado, os estupros foram praticados tanto com conjunção carnal, como em outros atos libidinosos diversos, principalmente em relação as crianças mais novas, sem ter a compreensão necessária sobre o que estava acontecendo.

Com a conclusão do inquérito em que pede o indiciamento do líder religioso e da avó pelos crimes de estupro de vulnerável, Marlon Luz afirmou que a manutenção da prisão dos acusados é necessária até a condenação do líder e da avó das meninas, para que as vítimas não sejam intimidas pelos dois acusados.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Dono de lava jato é morto a tiros, em Goiânia

Suspeitos depois de matar o proprietário do lava jato fugiram após o crime.
15/01/2019, 17h01

O dono de um lava jato foi morto a tiros no início da tarde desta terça-feira (15/1) na Vila Santa Helena, em Goiânia, em frente ao estabelecimento comercial. Os agentes da Polícia Civil da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) estão na cena do crime, e fazem o levantamento para identificar os autores e a motivação do assassinato.

Conforme as informações da DIH, a vítima foi identificada como Langer Ferreira, de 39 anos. A polícia afirmou que foi chamada pelo Centro de Operações da Polícia Militar do Estado de Goiás (Compom), após receber uma denúncia de que um homem tinha sido morto a tiros na Vila Santa Helena.

Suspeitos que mataram dono de lava jato estavam em dois carros

Uma testemunha do crime contou aos policiais que os suspeitos de matar o dono do lava jato estavam em dois carros, sendo um modelo VM/Voyage de cor preta e um outro modelo Fiat/Siena prata. Conforme as informações da policia, uma testemunha afirmou que após efetuarem os disparos, os suspeitos fugiram em direção ao Setor Urias Magalhães, na região noroeste de Goiânia.

A polícia afirmou também que a vítima, Langer também trabalhava como motorista de um aplicativo de transportes. Conforme as informações repassadas, os policiais fizeram buscas pela região, mas até o momento os suspeitos do crime não foram presos. Segundo a polícia, a vítima não possui nenhuma passagem pela polícia, a DIH não tem informações sobre a autoria ou motivação do crime e investiga o caso.

Morto a tiros em Anápolis

Na noite do último domingo (13/1), Benevides Gonçalvez da Costa conhecido como Bene, de 55 anos, foi morto a tiros o bairro da Lapa, em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia. O caso é investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis. O delegado titular do GIH de Anápolis, esteve na cena do crime e afirmou ao Portal Dia Online que no momento do assassinato Bene estaria chegando em casa, pois as portas do carro estavam abertas e ele estava com as chaves em mãos.

Conforme o delegado, testemunhas relataram que na casa da vítimas funcionava um ponto de venda de drogas, e por essa razão acredita que a motivação do crime tenha relação do envolvimento da vítima com o tráfico de drogas. O delegado afirmou também que a autoria e motivação do crime são desconhecidos.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Dia Gourmet

11 ótimos lugares para comer carne em Goiânia

Está em busca de um lugar para comer aquela carne em Goiânia? Felizmente a capital conta com restaurantes e churrascarias que oferecem carnes nobres e cortes especiais, garantindo qualidade e sabores únicos!
15/01/2019, 17h40

Seja bovina, suína, de peixe, de frango ou tantas outras opções… A verdade é que as carnes representam uma paixão nacional, simbolizando o prato principal da mesa de muitos brasileiros. Vale lembrar que o consumo em excesso pode acarretar em alguns problemas de saúde, no entanto, quando consumidas de forma equilibrada, podem ser ricas fontes de proteínas e de nutrientes necessários para a manutenção de nosso bem estar. Mas vamos lá, se você está em busca de um lugar bacana para comer carne em Goiânia, nós podemos te ajudar!

Portal Dia Online preparou uma listinha com restaurantes e churrascarias bastante populares na cidade. São lugares que sempre oferecem carnes nobres e cortes selecionados, proporcionando experiências gastronômicas únicas para seus clientes. Dá uma olhada!

Encontre um restaurante ou churrascaria para saborear aquela carne em Goiânia:

1 – Nativas Grill

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução

Se você pretende saborear uma deliciosa carne em Goiânia, o Nativas Grill é uma das opções certeiras! Presente no mercado goiano desde 2016, a churrascaria oferece para seus clientes um saboroso rodízio com variadas carnes e cortes selecionados.

Além disso, ainda é possível desfrutar de frios, queijos, buffet japonês, frutos do mar, saladas e massas no rodízio. Sem contar que os clientes ainda têm à sua disposição uma excelente carta de vinhos e até mesmo uma brinquedoteca para os pequenos se divertirem.

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 11h30 às 16h e das 18h às 00h / sábado, das 11h30 às 00h / domingo, das 11h30 às 23h30

Telefone: (62) 3242-0311

Endereço: Rua 89, 117 – St. Sul, Goiânia – GO, 74093-140

2 – Armazém do Churrasqueiro

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução

Churrascaria refinada, é uma excelente opção para saborear aquela carne em Goiânia! Os clientes podem sempre contar com cortes especiais e seletos, podendo optar ainda por vinhos de excelente qualidade para acompanhar.

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 16h / sábado e domingo, das 9h às 17h

Telefone: (62) 3245-2085

Endereço: R. 15, 2174 – St. Marista, Goiânia – GO, 74150-020

3 – Pobre Juan

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução

Com inspirações das típicas casas argentinas, o Pobre Juan é uma das casas de carnes mais conceituadas em todo o Brasil. Com unidades espalhadas pelo país, já se tornou uma das principais referências também em Goiânia.

É famoso por sua parrilla (grelha argentina) premium e por seus cortes de carnes nobres, selecionados a dedo. Como se não bastasse, a casa ainda oferece uma adega com excelente variedade de vinhos e um ofurô de cervejas. Confira o cardápio clicando aqui.

Horário de funcionamento: segunda a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h/ sexta, das 12h às 16h e das 19h às 00h / sábado, das 12h às 00h / domingo, das 12h às 22h

Telefone: (62) 3087-5556

Endereço: Flamboyant Shopping Center – Av. Dep. Jamel Cecílio, 3300 – Loja 6 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-907

4 – Parrilla Restaurante

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução

O restaurante serve pratos à la carte para seus clientes, com o melhor da cozinha uruguaia aliada à criatividade da tradicional cozinha brasileira. A casa é especializada em cortes uruguaios de carne, oferecendo sempre qualidade e sabores únicos para quem frequenta o ambiente. Além disso, ainda é possível contar com uma excelente carta de vinhos.

Horário de funcionamento: segunda, das 12h às 15h / terça a quinta, das 12h às 15h e das 18h às 23h30/ sexta e sábado, das 12h às 00h / domingo, das 12h às 18h

Telefone: (62) 3278-3966

Endereço: Número 2.218, Quadra 112-A, R. T-36, 2218 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74223-052

5 – Restaurante Cateretê

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução

Visando sempre valorizar o regionalismo, o folclore e a gastronomia local, o termo “cateretê” é utilizado para designar uma dança rural, mais conhecida por nós como “catira”. O restaurante foi inaugurado no ano de 1996, com a proposta de oferecer para seus clientes os mais seletos cortes de carne bovina, artesanalmente grelhados na chapa.

Essa, sem dúvida, continua sendo a especialidade da casa e é um excelente lugar para quem pretende comer uma boa carne em Goiânia. No entanto, à medida que o tempo foi passando também acrescentaram outros tipos no cardápio, como peixes, frango, suínos, cordeiro e outros. Vale a pena conhecer e experimentar essas delícias!

Horário de funcionamento: segunda, das 11h30 às 14h30 / terça a sexta, das 11h30 às 14h30 e das 18h às 23h30/ sábado, das 11h às 00h / domingo, das 11h às 22h30

Telefone: (62) 3285-3261

Endereço: Av. T-2, 318 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74210-010

6 – Matturado BBQ

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução

Inicialmente funcionando apenas como um food truck, o Matturado fez um sucesso estrondoso pela capital, o que possibilitou a abertura de um restaurante. Inaugurado no ano de 2017, apresenta um conceito inovador no quesito atendimento e qualidade de produtos e serviços.

No lugar é possível encontrar carnes e cortes nobres, sendo que o cliente ainda pode ter acesso a informações sobre como e onde foram produzidas, e até mesmo os cuidados que o animal teve até o momento do abate.

Horário de funcionamento: quarta a sexta, das 19h às 23h / sábado e domingo, das 12h30 às 15h30 e das 19h às 23h

Telefone: (62) 3921-5181

Endereço: Rua 9, 2439 – St. Marista, Goiânia – GO, 74150-130

8 – Bienna

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução/ Instagram Bienna

Um dos restaurantes mais famosos do Brasil, recentemente inaugurou uma unidade também em Goiânia. Localizado no prédio comercial mais alto do país, o Órion Business & Health Complex, oferece para seus clientes carnes nobres e exóticas, com cortes especiais.

Apenas para que você tenha ideia, é a casa de maior variedade em carnes do Brasil, com cerca de 48 tipos diferentes, incluindo jacaré, pato, coelho, rã e javali. Mas é claro que também é possível encontrar carnes mais tradicionais, como fraldinha, picanha, costela, maminha e tantas outras. O restaurante funciona com sistema à la carte.

Horário de funcionamento: segunda a quinta, das 17h às 00h / sexta a domingo, das 12h à 1h

Telefone: (62) 3251-1119

Endereço: Av. Mutirão, 2653 – St. Marista, Goiânia – GO, 74215-240

9 – JP Steakhouse

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução / JP Steakhouse

A churrascaria traz para Goiânia um novo conceito, sem essa de buffet montado ou rodízio de carnes no espeto. Da cozinha, saladas, risotos, ceviches, steak tartare, mini hambúrguer Angus, guarnições e petiscos já saem empratados. Enquanto isso, as carnes saem diretamente da parrilla para o prato do cliente.

É sem dúvida um dos melhores lugares para se comer carne em Goiânia, com sabores e opções impecáveis!

Horário de funcionamento: todos os dias, das 11h às 15h30 e das 19h às 00h

Telefone: (62) 3877-0204

Endereço: Rua 22 esquina Rua 17 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74120-130

10 – El Argentino

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia
Foto: Reprodução_restaurante

Para saborear uma deliciosa carne em Goiânia, o El Agentino também é uma excelente escolha! O menu da casa é recheado com variados tipos de carnes e cortes especiais. O destaque vai para as carnes nobres da raça Angus, valorizando os cortes argentinos. Além disso, ainda é possível pedir massas e sobremesas. É tudo uma delícia e vale a pena experimentar!

Horário de funcionamento: terça a quinta, das 11h30 às 14h30 e das 19h às 23h / sexta e sábado, das 11h30 às 14h30 e das 19h às 00h / domingo, das 11h30 às 16h

Telefone: (62) 3941-4008

Endereço: Rua 4, 394 – Salas 5,6 e 7 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74110-140

11 – Manda Picanha

ótimos lugares para saborear carne em Goiânia_restaurante
Foto: Reprodução

O Manda Picanha oferece um serviço pioneiro no Brasil, que visa atender as novas demandas do mercado. Assim, a casa vende carnes nobres e selecionadas para que você faça seu churrasco, estabelecendo uma relação próxima, já que elas saem diretamente do frigorífico para o consumidor final. É sem dúvida um dos melhores lugares para comprar carne em Goiânia! Confira a lista de produtos que a casa oferece clicando aqui!

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 9h às 20h / domingo, das 9h às 13h

Telefone: (62) 3639-0800

Endereço: Condomínio Galeria Caribe Center – Alameda Ricardo Paranhos, 140 – St. Marista, Goiânia – GO, 74180-050

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Caixa e BB começam a pagar abono do PIS/Pasep para nascidos até fevereiro

O valor a receber varia de R$ 84 a R$ 998, de acordo com o número de meses trabalhados no ano-base (2017).
15/01/2019, 18h25

A Caixa Econômica Federal paga, nesta terça-feira, 15, o abono salarial do PIS 2018/2019 (ano-base 2017) aos trabalhadores da iniciativa privada que nasceram em janeiro e fevereiro e são correntistas do banco. Na próxima quinta-feira, 17, o pagamento será liberado para os que nasceram nos dois primeiros meses do ano e não são clientes da instituição financeira. O valor a receber varia de R$ 84 a R$ 998, de acordo com o número de meses trabalhados no ano-base (2017).

Segundo a Caixa, estarão disponíveis R$ 2,57 bilhões para um total de 3,52 milhões de trabalhadores. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis para saque até 28 de junho de 2019.

O próximo calendário de saques na instituição é para os nascidos nos meses de março e abril, que ocorrerá no dia 19 de fevereiro. Para os nascidos em maio e junho, a liberação ocorre no dia 12 de março.

Já o Banco do Brasil, instituição responsável pela liberação do abono do Pasep aos servidores públicos, paga o benefício também no dia 17, para os participantes que possuam número final de inscrição 5.

Segundo a instituição, o benefício está disponível para aproximadamente 2 milhões de trabalhadores cadastrados no Pasep, em um valor total de R$ 1,763 bilhão. Do montante, cerca de 206 mil participantes receberão o volume de cerca de R$ 176 milhões no pagamento da próxima quinta-feira.

Segundo o BB, os pagamentos realizados a partir de 2 de janeiro de 2019 contemplam o novo valor do salário mínimo aprovado em 1º de janeiro de 2019, de R$ 998.

O pagamento dos participantes com número de inscrição final 6 e 7 se dará no dia 21 de fevereiro. Já para os que possuem número final 8 e 9, acontecerá no dia 14 de março.

Quem tem direito

Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2017 com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

A quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente no ano-base e varia de R$ 84 a R$ 998. Quem trabalhou durante todo o ano recebe o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo.

Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa. Os funcionários públicos devem procurar o Banco do Brasil.

Como saber?

Para saber se tem algo a receber de PIS, o trabalhador pode consultar o aplicativo Caixa Trabalhador, acessar o site www.caixa.gov.br/PIS ou ligar para 0800-726-0207, informando o número do PIS.

Para maiores informações sobre o Abono Salarial do Pasep, o leitor deve fazer uma consulta ao site do Ministério do Trabalho: trabalho.gov.br/abono-salarial ou no seguinte telefone: 158.

Para saber se o participante é vinculado ao PASEP, ele deve solicitar essa informação através da Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos seguintes telefone: 4004-0001 ou 0800 729 0001.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.