Goiás

O que fazer em Anápolis: os melhores destinos para conhecer

Está procurando o que fazer em Anápolis? A cidade conta com destinos imperdíveis para moradores e visitantes, seja por seus parques abertos ou por suas atrações noturnas.
16/01/2019, 17h34

De acordo com dados de 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade de Anápolis conta com cerca de 381.970 habitantes, colocando-a na posição de terceiro maior município do estado de Goiás. Também representa a segunda maior força econômica, já que a cidade se firmou como um grande polo industrial, principalmente pelo crescimento e desempenho do setor farmacêutico. Quem olha por esse lado acaba tendo a falsa ideia que não há muito o que fazer em Anápolis quando se trata de lazer e diversão, mas podemos garantir que não é bem assim.

Na verdade, é possível encontrar bons lugares para conhecer e frequentar, seja para aqueles que preferem fazer um bom passeio durante o dia ou mesmo para as pessoas que preferem a vida noturna. Parques e bares são os pontos fortes, no entanto, ainda dá para conhecer museus que contam um pouquinho mais sobre a história do município. Dá uma olhada!

Procurando o que fazer em Anápolis?

1 – Visitar o Parque JK

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução

Para quem não abre mão de estar em contato com a natureza, o Parque JK é uma excelente opção. Também conhecido entre a população da cidade como “Lago Praia”, já existe há décadas e não faz muito tempo que passou por uma boa revitalização.

Com ampla área verde e um lago bem ao centro, diariamente atrai diversas pessoas que estão em busca de momentos para relaxar ou que pretendem aproveitar as sombras para praticarem atividades físicas.

É perfeito para fazer caminhada, andar de bicicleta, skate, patins, ou simplesmente deitar na grama e observar o sol se pôr. Vale a pena conhecer e passar uma tarde no local!

Endereço: JK Nova Capital, Anápolis – GO, 75114-670

2 – Conhecer o Museu Histórico

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução

O Museu Histórico Alderico Borges de Carvalho, também conhecido apenas como Museu Histórico de Anápolis, é sem dúvida um bom destino para quem busca o que fazer em Anápolis.

Idealizado pelo professor Jan Magalinsli, foi inaugurado no ano de 1971, funcionando em um casarão que já pertenceu ao líder político Coronel Zeca Batista. Por ali, é possível encontrar um acervo completamente dedicado a recontar a história da cidade.

Embora seja pequeno e não conte com muitos artigos, com certeza vale a pena fazer uma visita, principalmente para aqueles que adoram conhecer um pouquinho mais sobre o lugar em que se encontram no momento.

Funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 18h

Telefone para mais informações: (62) 3902-1193

Endereço: R. Cel. Batista, 323 – St. Central, Anápolis – GO, 75020-080

3 – Conhecer a Catedral Bom Jesus da Lapa

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução

Localizada no coração de Anápolis, bem na rua principal, a catedral é um verdadeiro Patrimônio Histórico anapolino. Seu interior é marcado por algumas artes sacras, sem contar que os detalhes dos vitrais ainda garantem uma beleza à parte.

Bem iluminada, conta com estrutura não muito grande mas sua arquitetura externa também é de encher os olhos. Vale a pena fazer uma visita! Para quem se interessar em participar das missas, acontecem de segunda a sábado.

Telefone para mais informações: (62) 3324-2428

Endereço: Praça Bom Jesus, s/n, Av. Goiás – St. Central, Anápolis – GO, 75001-970

4 – Ir até o Ginásio Internacional Newton de Faria

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução

Com estrutura sempre lembrada por se parecer bastante com uma nave espacial, o ginásio se encontra bem localizado, no centro de Anápolis, e é perfeito para quem pretende conhecer um amplo espaço esportivo e ainda participar de suas atividades.

Apenas para que você tenha ideia, o espaço já sediou dois Grand Prix internacionais de futsal. Um dos pontos fortes também vai para o estacionamento, que é amplo e comporta diversos veículos ao mesmo tempo sem gerar tumulto.

Telefone para mais informações: (62) 3902-1125

Endereço: Av. Sen. José Lourenço Dias – St. Central, Anápolis – GO, 75020-010

 5 – Parque da Cidade

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução

O parque é um bom lugar para fazer um passeio pela cidade. Um dos principais problemas é que ele parece sofrer com as consequências de um relapso abandono, apresentando falhas de iluminação durante a noite, o que pode representar perigo para quem se aventurar por ali.

No entanto, durante o dia ainda vale a pena a visita. É possível encontrar playgrounds para as crianças brincarem, estações de ginástica, pista para corrida e muito mais.

Endereço: Av. Brasil Sul, 11664-11962 – Cidade Jardim, Anápolis – GO

6 – Se divertir no Centro Cultural Joana Dark

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução/ Festas e Shows

E para quem procura o que fazer em Anápolis durante as noites, esta é sem dúvida uma das melhores escolhas. Joana Dark é um pub de ambiente fechado mas com aquele climinha intimista que todo mundo adora.

Com decoração medieval, é perfeito para shows e eventos temáticos da cena underground. É possível ir com os amigos para dançar, beber ou comer, já que o ambiente também oferece um cardápio diverso e boa carta de bebidas. Vale a pena ter essa experiência!

Funcionamento: quarta, sexta e sábado, das 22h às 5h

Telefone: (62) 3943-9246

Endereço: Av. Sen. José Lourenço Dias, 1726 – St. Central, Anápolis – GO, 75023-160

7 – Conhecer o Underground Pub

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução

Aqui temos mais uma excelente opção para quem pretende curtir as noites de Anápolis, principalmente para os amantes de um bom rock’n roll. Este é um dos poucos lugares da cidade que abrem espaço exclusivamente para esse estilo, recebendo eventualmente bandas de renome no estado de Goiás

Com um ambiente alternativo, é a pedida certa para quem pretende se divertir e ainda ter a oportunidade de tomar deliciosos drinques e aquela cerveja geladinha. Para mas informações, confira o Instagram do pub clicando aqui!

Funcionamento: aberto de terça a domingo

Telefone para mais informações: (62) 9 9482-2284

Endereço: 800, Av. Universitária – Maracanã, Anápolis – GO, 75083-310

8 –  Aproveitar o Brick House Club

o que fazer em Anápolis
Foto: Reprodução

O bar é um dos mais elogiados e frequentados da cidade. É garantia de uma noite divertida e regada a deliciosas comidas e bebidas, ideal para levar os amigos!

Frequentemente a casa recebe artistas e bandas que realizam showzinhos ao vivo e contagiam a todos. O clima do lugar é bastante descontraído, sem contar que ainda conta com decoração mais rústica, com paredes de tijolos aparentes.

Funcionamento: quarta, das 17h às 00h30 / quinta a sábado, das 17h às 3h / domingo, das 15h às 00h

Telefone para mais informações: (62) 3701-1429

Endereço: R. 14 de Julho, 1252 – St. Central, Anápolis – GO, 75025-020

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Segurança de farmácia que matou morador de rua é preso, em Goiânia

Vídeo mostra momento em que vítima é esfaqueada.
16/01/2019, 17h53

A Polícia Civil prendeu na tarde desta quarta-feira (16/1) o segurança Selmar Pereira Silva, de 37 anos, que foi filmado esfaqueando até a morte Danilo Gomes Sousa Amaral, 19 anos, que estava em situação de rua na noite da última terça-feira (15/1), em frente à drogaria Primavera, no Setor Leste Universitário, em Goiânia.

Selmar teria matado Danilo após se irritar com ele por pedir dinheiro aos clientes do estabelecimento.

A delegada responsável pelo caso, Magda D´Avila, da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), vai conceder entrevista coletiva às 20h desta quarta-feira.

Selmar esfaqueou Danilo por volta das 21h20 em frente à Drogaria, onde era segurança. As câmeras de segurança do comércio foram fundamentais para identificar o autor do homicídio, o segurança que trabalhava na farmácia há cerca de 10 meses.

Nas imagens, enquanto o segurança Selmar parece gritar, a vítima permanece de braços cruzados. Selmar se afasta um pouco da vítima, mas volta e inicia as agressões, empurrando-o para além de um para-peito. Uma mulher tenta ajudar, momento em que o segurança tira uma faca da cintura e inicia as agressões.

O pedinte chega a permanecer de pé por alguns instantes, sangrando, mas cai logo em seguida, se retorcendo.

Toda a cena foi testemunhada por duas pessoas que estavam no local. Uma delas, uma moça, pediu socorro pelo celular.

Crime em Goiânia: segurança não tem curso

Ao Dia Online, o sócio-proprietário da drogaria onde trabalhava o vigilante disse que Selmar não tinha nenhum curso ou treinamento específico para atuar no estabelecimento. “Ele só olhava o local e conversava mais grosso com os usuários de drogas que ficam ali perto, mas não tinha nenhum curso ou treinamento não”, informou.

O dono da drogaria ainda disse que não havia, até o momento, nenhum histórico de violência por parte de Selmar. Questionado sobre a faca que Selmar portava, o dono da farmácia declarou que não tinha conhecimento dela. “Se a gente soubesse que ele andava com essa faca, já teria sido demitido”, diz.

Por último, o homem disse que, após o incidente, o segurança não voltou mais no estabelecimento. “Ele sumiu, desapareceu, depois de ontem”, conta.

No momento do crime, Selmar usava uma camiseta com o brasão da Polícia Militar de Goiás (PM). À reportagem do Dia Online, a PM negou qualquer ligação do vigilante com a corporação.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Tarifas de embarque em aeroportos terão aumento de 5,39%

Os novos valores poderão ser aplicados depois de 30 dias que a Infraero fizer a divulgação oficial do reajuste.
16/01/2019, 19h05

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou hoje (16) reajuste de 5,39% para o teto das tarifas de embarque, conexão, pouso e permanência nos aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Os novos valores poderão ser aplicados depois de 30 dias que a Infraero fizer a divulgação oficial do reajuste.

As tarifas aeroportuárias são valores pagos aos operadores do setor pelas companhias aéreas, pelo operador da aeronave ou pelo passageiro. Segundo a Anac, a tarifa de embarque é a única paga pelo passageiro e tem a finalidade de remunerar a prestação dos serviços, instalações e facilidades disponibilizadas aos passageiros.Com o reajuste, a tarifa máxima dos passageiros em embarques domésticos passará de R$ 31,27 para R$ 32,95..

Nas viagens internacionais, a tarifa máxima de embarque aumentará de R$ 112,83 para R$ 115,82. Os valores valores já incluem o adicional do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) de US$ 18, o correspondente a R$ 57,47.

De acordo com a Anac, o reajuste foi aplicado considerando a inflação acumulada entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018, medida pela variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

Responsável por cerca de 60% do movimento aéreo no país, a Infraero administra mais de 50 terminais que operam voos regulares e não regulares, voos domésticos regionais e nacionais e também internacionais. Entre eles, destacam-se aeroportos de grande movimentação como Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e do Recife, além de terminais regionais como Campina Grande, na Paraíba, Juazeiro do Norte, no Ceará, e Montes Claros, em Minas Gerais.

Imagens: Agência Brasil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suspeito de integrar facção criminosa morre em confronto com a polícia, em Goiânia

Comandante do Graer afirmou que suspeito poderia fazer parte do Comando Vermelho.
16/01/2019, 20h12

Um homem suspeito integrar uma facção criminosa conhecida, morreu na tarde desta quarta-feira (16/1) após trocar tiros com uma equipe do Grupo de Rádio Patrulha Aéreo (Graer), no Residencial Santa Fé, em Goiânia.

Portal Dia Online conversou com o Major Barbosa, comandante do Graer, que confirmou o caso. Segundo o Major, a corporação recebeu uma denúncia anônima de que no setor tinha um homem com armamentos e drogas na sua residência.

“Nós fomos averiguar a denúncia e quando chegamos a casa em que o suspeito estava, o mesmo nós recebeu com tiros, a equipe revidou e alvejou o rapaz que morreu no local”, conta.

Suspeito fazia parte de uma facção criminosa conhecida

Segundo o comandante do Graer, a ocorrência está em andamento, mas na casa do suspeito, os policiais encontraram drogas e várias munições de calibre 38 e outras armas. Além das munições e os entorpecentes, a polícia afirmou que encontrou na residência documentos falsos ou adulterados, com o suspeito.

Conforme o Major, o rapaz foi identificado inicialmente como Lucas Sousa, no entanto, o comandante afirmou que vai ser preciso esperar os peritos para confirmar se este realmente é o nome do rapaz.

“Ele integrava uma facção criminosa, provavelmente o Comando Vermelho (CV), mas só após as investigações da Polícia Civil, vai ser possível determinar se o rapaz integrava o CV ou outra facção”, explica o Major.

Depois de roubar carro, ladrão é morto em troca de tiros

Na última segunda-feira (14/1) um suspeito de roubar um carro do modelo VW/Fox, morreu na rua N-002, no Setor das Nações, em Goiânia após troca de tiros com equipes das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM).

A informação inicial que chegou ao Portal Dia Online era de que durante o confronto três indivíduos teriam sido baleados e mortos durante o confronto. Porém, o Tenente George do ROTAM Comando, afirmou que apenas um homem morreu na troca de tiros e não três.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Diplomada diretoria e conselho da OAB e CASAG

"Essa gestão deixa de ser uma promessa para ser uma gestão consolidada e reconhecida", afirma presidente da Casag.
16/01/2019, 20h45

A solenidade de Diplomação dos membros eleitos para o mandato de 2019 a 2021 na Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Goiás (OAB-GO) e na Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (CASAG) aconteceu na noite do dia 15 de janeiro (terça-feira), no Centro de Cultura, Esporte e Lazer da Advocacia (CEL). Autoridades de todo o país, como o governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado, e o presidente do Conselho Federal da OAB, Cláudio Lamachia, compareceram ao evento.

Para a gestão 2019/2021 da Caixa de Assistência foram diplomados: Rodolfo Otávio Mota (presidente), David Soares da Costa (vice-presidente), Valéria Alves dos Reis Menezes (secretária-geral), Nadim Neme Neto (secretário-geral adjunto), Carlos Eduardo Ramos Jubé (tesoureiro) e os diretores adjuntos: Haroldo Ferraz Araújo, Antônio Carlos de Jesus Rodrigues, Victor Gustavo Lobo Cortez Amado, Ponciano Martins Souto e Wilton Martins de Oliveira.

Na diretoria da OAB-GO, receberam o diploma: Lúcio Flávio de Paiva (presidente), Thales José Jayme (vice-presidente), Jacó Coelho (secretário-geral), Roberto Serra da Silva Maia (tesoureiro) e Delzira Menezes (secretária-geral adjunta).

Presidente da Casag afirma que eleição referenda o trabalho desenvolvido nos últimos três ano

Diplomada diretoria e conselho da OAB e CASAG
Foto: Divulgação/Casag

Para o presidente reeleito da CASAG, Rodolfo Otávio Mota, a escolha da chapa “Pra Frente OAB” nas eleições do dia 30 de novembro referendaram o trabalho de expansão executado tanto pela Caixa de Assistência quanto pela OAB-GO nos últimos três anos. De acordo com o presidente, o objetivo inicialmente proposto de aproximar a CASAG da advocacia goiana foi conquistado com ações efetivas como a regionalização e o Programa de Valorização aos Advogados e Subseções (PROVAS), mas, neste mandato, deverá alcançar novos patamares para fazer com que a CASAG seja parte da rotina dos advogados e advogadas de Goiás.

Em seu discurso de posse, o presidente reeleito da OAB-GO, Lúcio Flávio Siqueira de Paiva, reafirmou o compromisso da entidade com a guarda dos preceitos e garantias constitucionais, elegendo as prerrogativas da advocacia e melhores condições de trabalho, sobretudo para os profissionais lotados no interior do estado, como as principais metas dos próximos três anos de gestão.

O presidente do Conselho Federal, Claudio Lamachia, celebrou êxitos e união da advocacia, comprometido com os valores democráticos e rememorou a criação da Procuradoria das Prerrogativas, fato relevante e importante para a advocacia goiana.O governador Ronaldo Caiado relembrou a importância social da Ordem dos Advogados do Brasil e afirmou que a entidade tem como compromisso garantir os direitos constitucionais e direito do cidadão e das minorias. “OAB é mais que uma entidade dos advogados. Ela é do Brasil”, afirmou.

Além do presidente da OAB, Claudio Lamachia, e do governador Ronaldo Caiado, a solenidade contou com a presença de presidentes de OAB de sete estados, presidentes e diretores de Caixas de Assistência dos Advogados de outros quatro estados, presidentes de subseções da OAB-GO, representantes do poder Judiciário, como o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, o desembargador Gilberto Marques Filho, do Ministério Público, do governador Ronaldo Caiado, do vice-governador Lincoln Tejota, deputados, vereadores, e advocacia em geral.

Gestão da Casag passa a ser vista de forma consolidada e reconhecida afirma Rodolfo Otávio

Para o presidente da CASAG, Rodolfo Otávio Mota, o prestígio da diplomação é a grande diferença da solenidade se comparada à de 2016. “É a forma com que a sociedade civil nos vê hoje, como novas lideranças verdadeiramente instituídas e com legitimidade de defender não só os advogados, mas a sociedade civil como um todo. Acho que esse é um marco. Essa gestão deixa de ser uma promessa para ser uma gestão consolidada e reconhecida, com notoriedade sobre o que fez e aclamação. Agora, vamos ter uma interlocução muito maior com os poderes instituídos e isso vai redundar em benefícios para a sociedade civil e para os advogados de maneira mais específica”, explica Rodolfo.

Para os novos diretores, as expectativas de trabalho em benefício da classe são altas. Durante a diplomação, o vice-presidente da CASAG, David Soares da Costa Júnior, reconheceu os avanços obtidos pela Caixa de Assistência nos últimos anos e espera contribuir com os novos desafios da entidade. “Agora, vamos entrar para somar. Tenho certeza de que, com a nossa ajuda e a experiência que o Rodolfo e o Jubé possuem na Caixa, vamos fazer um trabalho ainda melhor”, disse.

O secretário-geral adjunto da CASAG, Nadim Neme Neto, concorda: “Os três primeiros anos foram de construção, de novos projetos. Com o que foi plantado, pudemos colher agora os frutos e vamos implementar novos projetos, parcerias e benefícios para a advocacia de todo o estado, caminhando junto com a Ordem”.

A secretária-geral, Valéria Alves dos Reis Menezes, enfatizou a necessidade de atenção aos profissionais lotados nas subseções para os próximos projetos da CASAG. “A advocacia goiana pode esperar, desta gestão, muito trabalho! Vamos trazer cada vez mais o advogado do interior para próximo da Caixa de Assistência e de seus benefícios” disse a secretária-geral, Valéria Alves dos Reis Menezes.

Via: CASAG 
Imagens: CASAG 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.