Economia

Pis/Pasep começa a ser pago hoje

A partir de hoje (17), trabalhadores da iniciativa privada podem procurar a Caixa Econômica Federal.
17/01/2019, 11h30

Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores começaram a receber o pagamento do sétimo lote do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) 2018-2019, ano-base 2017. Podem receber o benefício os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro e os servidores públicos com final de inscrição 5. A estimativa da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos.

A partir de hoje (17), trabalhadores da iniciativa privada podem procurar a Caixa Econômica Federal. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-726 02 07. Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-729 00 01.

Os correntistas da Caixa Econômica Federal, instituição bancária responsável pelo pagamento do PIS (iniciativa privada), tiveram os valores depositados em suas contas nessa terça-feira (15).

Tem direito ao abono salarial ano-base 2017 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, teve remuneração mensal média de até 2 salários mínimos e seus dados foram informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado formalmente em 2017. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 998). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de R$ 84 – ou 1/12 do salário mínimo –, e assim sucessivamente.

Para os trabalhadores nascidos entre julho e dezembro, o Abono Salarial ano-base 2017 começou a ser pago em 2018. Os nascidos de janeiro a junho realizam o saque em 2019. O prazo final de recebimento para todos os trabalhadores favorecidos pelo programa é 28 de junho de 2019.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Com mudança da Seduce, alunos do IEG são remanejados para unidade no Leste Universitário

Transferência pode gerar economia de cerca de R$ 7,5 milhões ao Estado.
17/01/2019, 11h32

Todos os alunos do Instituto de Educação de Goiás (IEG) serão remanejados para uma unidade escolar no Setor Leste Universitário, em Goiânia. A decisão foi comunicada após reunião entre a secretária de Educação Fátima Gavioli, uma comissão de alunos, pais de alunos e professores, realizada nesta quarta-feira (16/1).

A mudança, que deve ser feita em 60 dias, ocorre depois que a Fátima anunciou que a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) será transferida de um prédio alugado, no valor de R$ 500 mil, para o prédio onde atualmente funciona o IEG. De acordo com ela, com a transferência, o Estado economizará cerca de R$ 7,5 milhões.

“Não há menor condição de pagar R$ 500 mil mensais, podendo chegar a R$ 700 mil com serviços de limpeza, enquanto temos um prédio com 200 e poucos alunos”, avaliou a secretária. “Com esse dinheiro podemos construir uma sede por ano.” Gavioli esclareceu ainda que a verba que antes era destinada ao aluguel será revestida à educação.

Remanejamento dos alunos do IEG

Já na próxima segunda-feira (21/1), início do ano letivo da rede estadual de ensino, os 202 alunos matriculados nas cinco turmas do IEG (8º e 9º anos do Ensino Fundamental e de 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio em tempo integral) estarão devidamente matriculados no Colégio Pré-Universitário, no Setor Leste Universitário, em Goiânia.

Se algum aluno tiver interesse em estudar em outra unidade próxima, a Seduce oferece opções como o Colégio Estadual Olga Mansur (Rua 243, Vila Montecelli), o Colégio Estadual Dom Abel SU (Rua 260, Setor Leste Universitário), de tempo integral; e o Colégio de Aplicação do IEG, que funciona em área anexa ao prédio do IEG.

Neste caso, a Secretaria informa que o aluno deve procurar pessoalmente a Coordenação Regional de Educação, Cultura e Esporte (Crece) de Goiânia, localizada na Rua R-17, nº 53, Setor Oeste, e informar a escola de sua preferência.

Economia na Educação

Em entrevista coletiva, a secretária explicou que a mudança não causará prejuízos aos alunos e nem aos professores da unidade, que também serão realocados para unidades próximas ao IEG. Para ela, a mudança é necessária, inclusive para se voltar a falar sobre as reivindicações dos servidores, como o auxílio alimentação.

“Onde vou cortar, vai doer. Preciso administrar fazendo economia para que possa apresentar ao governo de Goiás pedido de retomar a discussão sobre auxílio alimentação”, ressaltou. “Toda vez que eu pedir alguma coisa para a educação, o governo vai me perguntar de onde vou tirar o dinheiro. E eu tenho de dizer.”

Via: SEDUCE 
Imagens: SE Notícias 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Caminhão de pequi capota e deixa idoso ferido, em Pires do Rio

A carga de pequi ficou espalhada na pista, e tanto o motorista quanto o passageiro tiveram apenas ferimentos leves.

Por Ton Paulo
17/01/2019, 11h34

Um acidente envolvendo um caminhão carregado com pequi, tradicional fruto do Cerrado goiano, e um idoso, que conduzia o veículo, foi registrado na madrugada desta quinta-feira (17/1), na GO-020, próximo ao município de Pires do Rio, a 150 quilômetros de Goiânia. O caminhão de pequi teria capotado após soltar uma das rodas. A carga do fruto ficou espalhada na pista, e tanto o motorista quanto o passageiro tiveram apenas ferimentos leves.

O acidente ocorreu por volta das 5h50 no KM 165, na GO-020 sentido GO-050, próximo a Pires do Rio. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o caminhão, dirigido por um motorista de 68 anos, soltou uma das rodas, o que fez o condutor perder o controle e capotar, ficando no acostamento da pista. Havia também um passageiro a bordo do caminhão.

Tanto o idoso quanto o passageiro, que não tiveram suas identidades divulgadas, foram encaminhados com ferimentos leves para o Hospital Municipal de Pires do Rio. A reportagem do Dia Online segue tentando contato com a unidade de saúde para obter um boletim médico dos dois.

Veja abaixo as imagens do acidente. Carga de pequi ficou totalmente espalhada pela pista.

Caminhão de pequi capota e deixa idoso ferido, em Pires do Rio
Foto: Reprodução
Caminhão de pequi capota e deixa idoso ferido, em Pires do Rio
Foto: Reprodução

Além do caso de caminhão de pequi, acidente envolvendo capotamento de caminhão com óleo vegetal foi registrado no mês passado

Em dezembro do ano passado, uma carreta que transportava óleo vegetal tombou na entrada de um viaduto que dá acesso o anel viário que liga Guapó a Aparecida de Goiânia. No acidente, que ocorreu no dia 5/12, toda a pista lateral que faz margem à BR-060, que liga Guapó a Goiânia, ficou totalmente fechada neste momento. Na época, a PRF viu risco de contaminação ambiental, uma vez que o óleo vegetal transportado pelo veículo estava sendo absorvido pelo solo, podendo chegar ao córrego existente nas proximidades do local do acidente.

Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Newton Morais, o veículo de grande porte transportava cerca de 30.000 litros de óleo vegetal e, ao chegar na entrada de acesso ao viaduto, por volta das 9h50, acabou tomando na rodovia.

Ainda de acordo com o inspetor, toda a carga que era transportada pela carreta ficou esparramada na pista, o que obrigou a PRF e o Corpo de Bombeiros a interditarem a região.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

O passeio que terminou com duas mortes em cachoeira, em Cristalina

Menino de 9 anos e jovem de 18 caíram no buraco de uma cachoeira.
17/01/2019, 13h30

Uma família alugou uma van para aproveitar o finalzinho das férias das crianças em um passeio que terminou tragicamente na tarde da última quarta-feira (16/1), em uma fazenda no Município de Cristalina.

Um menino de nove anos e um rapaz, de 18, morreram afogados enquanto o grupo, formado por cinco adultos e três crianças, exploravam as pequenas ilhas de pedras que se formam perto a uma cachoeira de águas cristalinas.

Segundo informações do Bombeiros Militares de Cristalina, o grupo, que desconhece a geografia do local, entrou, um a um, dentro de um dos vãos, mas, em determinado momento, duas das crianças e o rapaz foram “engolidos” pela água e caíram em um buraco de cinco metros de profundidade. Apenas uma criança conseguiu ser resgatada pelo único adulto que sabia nadar.

O menino de nove anos ficou submerso, debaixo de uma das pedras, enquanto o rapaz foi levado pela correnteza para mais ao fundo.

Apenas com óculos Bombeiros resgatam corpos, em Cristalina

A equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada na tarde para o socorro, mas quando chegou ali, encontrou uma família desesperada, sem muita coisa a fazer senão chamar reforços. Logo depois, vieram especialistas em mergulho. Com os óculos, a visibilidade entre as pedras fica mais facilitada, dando mais chance para encontrar o corpo do rapaz.

Para o grupo chegar à cachoeira de difícil acesso, enfrentou uma árdua subida, escalando as pedras utilizando a vegetação. Próximo à paradisíaca e, neste caso, fatal cachoeira, eles se depararam com pedra, água e lodo.

No local, que não tem nenhuma placa, é sempre utilizado para passeios. A reportagem do Portal Dia Online não conseguiu confirmar, contudo, que a área, que fica em uma propriedade privada, o acesso é feito por meio de aluguel ou indevido.

Os corpos foram retirados da água com técnicas de salvamento e levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Luziânia. O nome dos envolvidos, contudo, foram preservados tanto pelo Corpo de Bombeiros quanto pelos funcionários do IML.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Internada, Beth Carvalho canta em cama de hospital e emociona fãs

Cantora está internada desde 8 de janeiro.
17/01/2019, 13h42

Apesar de ter sido internada às pressas no dia 8 de janeiro e estar no hospital até agora, Beth Carvalho foi incentivada por companheiros a cantar.

Deitada no leito e com sondas, a cantora, de 72 anos, ganhou uma roda de samba no quarto do Hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro.

A dupla Os Prettos, formada por Magnu Sousá e Maurílio de Oliveira, acompanham Beth Carvalho.

O vídeo viralizou nas redes sociais e pode ser conferido no seguinte endereço: https://www.instagram.com/p/BsqFMAYBUro/?utm_source=ig_embed

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.