Goiás

Segurança de farmácia afirma que não queria matar o rapaz, em Goiânia

Versão apresentada por Selmar não convence, pois as imagens das câmeras de segurança mostram o momento que ele desfere o golpe, afirma delegada.
17/01/2019, 15h59

O segurança Selmar Pereira Silva, de 37 anos, foi preso na noite da última quarta-feira (16/1) após matar esfaqueado um morador de rua em frente a uma farmácia no setor Leste Universitário, em Goiânia, na noite da última terça-feira (15/1). Selmar foi apresentado pelaPolícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) nesta quinta-feira (17/1) e afirmou que não queria matar o rapaz.

Durante a apresentação do segurança e ao ser questionado pelos repórteres, Selmar chorou e afirmou que não queria fazer aquilo. Conforme publicação do G1, o vigilante afirmou que estava indo embora e que foi ameaçado por Danilo e no momento voltou e agrediu o morador de rua com um soco e em seguida sacou a faca.

“Quando dei o murro nele e o joguei no ferro, só queria jogar ele do outro lado, mas infelizmente eu peguei a faca, na tentativa dele ver e soltar. No momento que ele viu a faca se assustou e levou o peso dele e me levou também. Dá para perceber que eu puxo a faca rapidão”, declarou.

A versão apresentada pelo segurança da farmácia não convence a polícia

Apesar da versão narrada por Selmar à imprensa, a delegada do caso afirmou que ela não convence ninguém. Uma vez que as cenas foram registradas pelas câmaras de segurança da drogaria.

“São imagens fortes que mostram perfeitamente o segurança desferindo a facada no peito da vítima”, afirma a delegada. O segurança foi indiciado por homicídio duplamente qualificado em que a pena varia de 12 a 30 anos de reclusão.

O caso

Na noite da última terça-feira (15/1) o segurança de uma farmácia, Selmar, no setor Leste Universitário, em Goiânia, se envolveu em uma confusão com um morador de rua, Danilo. A briga entre os dois foi registrada pelas câmeras de segurança do estabelecimento. Durante a confusão, o Selmar atinge Danilo com um soco e tenta jogar a vítima do outro lado de uma grade de proteção, momento que o segurança segura o morador de rua pela camisa e desfere uma facada contra Danilo, que chega a se levantar após receber o golpe, mas cai momentos depois sem vida.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Esporte em Goiânia: 10 lugares ao ar livre para praticar

Quer praticar esporte em Goiânia mas não pretende investir dinheiro para isso? Felizmente a capital conta com excelentes lugares ao ar livre que são perfeitos para se exercitar e ainda manter contato com a natureza.
17/01/2019, 16h09

Para muitos, praticar esportes pode ser apenas um hobby para passar o tempo livre, no entanto, também sabemos que esse é um hábito importante para a manutenção de nossa saúde. Entre os maiores benefícios da prática esportiva podemos citar o aumento da capacidade cardíaca, mas vale lembrar que são importantes não apenas para o corpo mas também para a saúde mental, auxiliando até mesmo no desenvolvimento da sociabilidade do indivíduo. Portanto, se você está em busca de lugares para praticar esporte em Goiânia e, de preferência, ao ar livre, podemos te ajudar!

Nada melhor que praticar exercícios em contato com a natureza, não é mesmo? Caminhar enquanto respira o ar puro de um parque ou correr enquanto observa belas paisagens. Pensando nisso, nós aqui do Portal Dia Online preparamos uma listinha com 10 lugares ao ar livre para você praticar esportes. Confira!

Encontre o melhor lugar para praticar esporte em Goiânia:

1 – Parque Flamboyant

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução/ Facebook Parque Flamboyant

Na capital desde 2007, é um dos maiores parques de Goiânia. Para quem está em busca de um bom lugar para praticar esportes, certamente encontrará um ambiente bem propício para isso, já que o parque conta com cerca de 125 mil m² de extensão. Por ali é possível encontrar pistas de cooper internas e externas, sem contar que ainda possui estação de ginástica.

Sempre tem alguém no praticando exercícios por ali. Famílias e grupos de amigos também encontram no Parque Flamboyant um refúgio para descansar e colocar o papo em dia. Vale mencionar ainda que o ambiente em si é muito bonito, o que torna a experiência ainda mais agradável.

Endereço: R. 15, 103-157 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-080

2 – Parque Vaca Brava

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

O Parque Sulivan Silvestre, mais conhecido como Vaca Brava, também é uma excelente escolha para praticar esporte em Goiânia ao ar livre. Localizado no Setor Bueno, é de fácil acesso e sempre reúne diversas pessoas que praticam caminhada ou utilizam as estações de ginástica do local.

O ideal é ir no finalzinho da tarde, entre 18h e 19h. Ir durante as manhãs também é uma boa opção para quem tiver o horário livre. O parque conta com cerca de 79.800 m², sendo que ainda possui um lago, bosque e pistas para caminhada.

Endereço: Av. T-10, s/n – St. Bueno, Goiânia – GO, 74215-060

3 – Lago das Rosas

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

O Lago das Rosas foi o primeiro parque a ser implementado em Goiânia, por isso carrega consigo fortes traços de art déco, estilo arquitetônico predominante nos primeiros prédios da cidade. Considerado como um dos maiores, apresenta 315 mil m², oferecendo para seus visitantes muito contato com a natureza e atividades diversas.

Para quem está interessado em praticar esporte em Goiânia sem ter que pagar para isso, pode aproveitar o enorme espaço disponível no ambiente. Conta com pistas externas e internas para aqueles que quiserem praticar caminhada ou corrida, estação de ginástica, e ainda é possível andar de skate ou patins por ali.

Se quiser dar uma paradinha para descansar, pode aproveitar as sombras das frondosas árvores ali presentes, ou até mesmo passear de pedalinho no lago do parque.

Endereço: Alameda das Rosas, 957 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74110-060

4 – Bosque dos Buritis

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

Representando um dos mais bonitos cartões postais da cidade, o Bosque dos Buritis também é um dos mais antigos da capital. Com boa localização, se encontra no Setor Oeste e possui cerca de 124.800 m². Com ampla área verde, é ideal para quem adora praticar esportes ou se exercitar em meio a belas paisagens.

É possível encontrar pistas para caminhada e estação de ginástica, mas ainda vale mencionar os lagos e o bosque interno, que merecem um tempinho para serem apreciados.

Endereço: Av. Assis Chateaubriand – St. Oeste, Goiânia – GO, 74015-090

5 – Parque Areião

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

Com extensão de 215.021 m², o parque é capaz de atender às mais diversas necessidades. Recebe diariamente (mas principalmente aos finais de semana) grupos de amigos e famílias que decidem se reunir para aproveitar o espaço verde e colocar a conversa em dia. No entanto, ainda é muito comum ver pessoas praticando exercícios físicos pelo local.

Isso porque o parque conta com ampla pista de cooper, estação de ginástica e um campinho de futebol, sendo perfeito para quem realmente gosta de praticar esportes. Vale a pena visitar e aproveitar tudo que o ambiente tem para oferecer!

Endereço: Av. Areião, s/n – St. Pedro Ludovico, Goiânia – GO, 74820-370

6 – Parque Botafogo

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

Inaugurado no ano de 1989, o parque ficou ainda mais bonito após passar por um processo de revitalização. Embora conte com área reduzida em relação a outros parques, ainda é possível encontrar uma longa pista para caminhada, espaços para ginástica, quadras e outras atrações, sendo perfeito para praticar esportes. Se você pretende fazer isso ao mesmo tempo em que mantêm contato com a natureza e ar puro, sem dúvida é uma excelente opção.

Endereço: Marginal Botafogo, 1320 – St. Central, Goiânia – GO, 74055-235

7 – Jardim Botânico

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

Em Goiânia desde a década de 40, é a maior unidade de conservação da cidade, apresentando nada menos que um milhão de metros quadrados. Possui uma grande área fechada destinada à preservação de vida selvagem e vegetação, no entanto, a área aberta ainda conta com diversas atrações.

Para quem quiser praticar esporte em Goiânia, o espaço possui trilhas ecológicas e pistas para caminhada. Ainda é possível apreciar o lago e seu lindo borboletário.

Endereço: Av. Botafogo, 2981-3105 – St. Pedro Ludovico, Goiânia – GO, 74805-100

8 – Parque Marcos Veiga Jardim

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

E um dos melhores lugares para praticar esporte em Goiânia ao ar livre é, sem dúvida, o Parque Marcos Veiga Jardim. Diferente do restante dos parques da capital, o foco do ambiente é realmente oferecer atividades esportivas e de lazer para seus visitantes, já que em seus 55 mil m² é possível encontrar pistas para caminhada, quadras poliesportivas e de areia, pistas de skate e patins.

Endereço: Av. Ayrton Senna – Alphaville Araguaia, Goiânia – GO, 74884-591

9 – Praça Cívica

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução

Para quem deseja praticar esporte em Goiânia, a Praça Cívica também é um bom destino. Por conter amplo espaço livre, é perfeito para quem gosta de correr ou caminhar, andar de patins, skate ou bike. O ideal é ir no finalzinho da tarde, já que o local não conta com muita sombra. Por ali ainda é possível encontrar um espaço de compartilhamento de bicicletas.

Endereço: Praça Cívica, s/n – St. Central, Goiânia – GO, 74030-010

10 – Ciclofaixas e Ciclovias

Esporte em Goiânia: x lugares ao ar livre para praticar
Foto: Reprodução/ Pedal Goiano

E para quem pretende praticar esportes ao ar livre, as ciclofaixas e ciclovias da cidade também são boas opções e estão posicionadas em locais estratégicos, facilitando o acesso para públicos das mais distintas regiões. Apenas para que você tenha ideia, ao somar todas as pistas cicloviárias de Goiânia, é possível dizer que contamos com cerca de 100 km de estrutura. As principais se encontram na Avenida T-7, na Assis Chateaubriand e na Avenida T-63.

Via: Jornal Daqui 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Professores de Goiás cobram pagamento e ameaçam não voltar às aulas

Professores afirmam que só voltam após o pagamento dos salários de dezembro.
17/01/2019, 17h18

Os professores do Estado de Goiás se reuniram, na tarde desta quinta-feira (17), no centro de Goiânia, para uma manifestação em prol dos salários atrasados do mês de dezembro. Organizada pelo Grupo de Mobilização dos Professores do Estado de Goiás (MPG), os educadores foram convocados através das redes sociais e já confirmaram que só voltarão às aulas quando o débito for quitado.

O grupo admite agir de forma independente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás (Sintego). Durante o protesto foram utilizados cartazes e carros de som cobrando o pagamento da folha de dezembro.

Professores de Goiás afirmam que só vão voltar quando o pagamento for efetuado

A manifestação teve início no cruzamento da avenida Anhanguera com a Goiás e prosseguiu até a entrada do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, sede do governo. O movimento além de convocar os professores com os pagamentos atrasados, transmitiu alguns trechos do protesto ao vivo pela página do MPG.

Em um dos vídeos é possível ouvir um dos manifestantes afirmar: “Nós exigimos o pagamento dos salários de dezembro imediatamente e vamos voltar somente quando houver o pagamento desses salários”.

Veja o vídeo:

Cristiane Schmidt afirma que não adianta fazer greve

Após anunciar que o pagamento dos servidores do mês de dezembro só irão ser pagos a partir do mês de março e de forma parcelada, Cristiane Schmidt, em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (17), afirmou  que não adianta fazer greve. De acordo com Schmidt, o governo esta sendo transparente, e afirma que não há recursos para quitar os salários pendentes.

A declaração da secretária foi feita após ela entregar na última quarta-feira (16) os extratos bancários do Estado ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) para provar que não há dinheiro em caixa.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Corpo sem cabeça é encontrado no Rio Meia Ponte, em Goiânia

Corpo pode ser os restos mortais de uma cabeça encontrada no dia 13 de janeiro na calçada de um shopping.
17/01/2019, 18h12

Um corpo sem cabeça foi retirado pelo Corpo de Bombeiros Militar de dentro do Rio Meia Ponte, no setor Negrão de Lima, em Goiânia, na tarde desta quinta-feira (17/1).

Segundo a corporação, a retirada foi feita às 16h06min, após ter sido acionada sobre a ocorrência de busca de um corpo sem cabeça que estaria boiando no Rio Meia Ponte.

Em seguida, o corpo foi deixado aos cuidados da Polícia Militar. O corpo pode ser o que faltava de uma cabeça humana encontrada no início da manhã do último domingo (13/1), com um código marcado na testa foi  na calçada de um shopping da região norte de Goiânia.

A cabeça foi encontrada por volta de 8h30 na calçada do Shopping Passeio das Águas, na Avenida Perimetral Norte, por um pedestre que passava pelo local. A cabeça, que aparenta ser de um homem de aproximados 30 anos, tinha um código marcado na testa com as iniciais “TD2”.

Conforme apurado pela reportagem do Dia Online, o código seria uma gíria, abreviação de “Tudo Dois”, que significa “tudo tranquilo, tudo na paz”. A abreviação normalmente é utilizada pela facção carioca Comando Vermelho (CV).

A cabeça continua no Instituto Médico Legal(IML) de Goiânia. Segundo informações da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), ela estava próxima ao meio-fio da via, na calçada do shopping, com cortes na testa gravando a sigla mencionada.

Sigla em cabeça encontrada, em Goiânia

Embora nada tenha sido confirmado pela PC até o momento, a hipótese mais provável é que o caso da cabeça humana encontrada em frente ao shopping seja uma execução de origem do tráfico, uma vez que a sigla “td2” é comumente usada por gangues e facções.

Ao G1, a delegada Myrian Vidal, responsável pela investigação do homicídio, disse soube do corpo, mas que vai aguardar laudos para se pronunciar.

O corpo deve ser levado ao IML no início da noite.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

O que fazer em Formosa: lugares incríveis para conhecer

Procurando o que fazer em Formosa, no interior de Goiás? A cidade conta com destinos paradisíacos, perfeitos para aqueles que buscam descanso ou aventura.
17/01/2019, 18h21

E aí, já sabe qual será o destino de sua próxima viagem? Muitos preferem se aventurar em outros estados, conhecendo os pontos turísticos mais famosos do país e até mesmo do mundo, no entanto, é sempre válido lembrar que não é preciso ir muito longe para conhecer lugares simplesmente incríveis. Goiás está cheio de cidades turísticas para conhecer e aproveitar, portanto, se está procurando o que fazer em Formosa, podemos dar uma ajudinha!

Situada a 282 km de Goiânia e a 75 km de Brasília, a cidade de Formosa em Goiás é bem acolhedora, contando com pouco mais de 100 mil habitantes, de acordo com dados de 2016 do IBGE.

Considerada como uma das mais belas do estado, atrai turistas de todas as partes do país. A cidade é perfeita para quem tem o espírito aventureiro e ainda adora boas doses de adrenalina. Isso porque é possível encontrar diversas grutas, cavernas, cachoeiras com enormes quedas, trilhas e lugares perfeitos para a prática de rappel. Ficou curioso? Então dê uma olhadinha nos destinos que você não pode deixar de conhecer!

Procurando o que fazer em Formosa? Confira:

1 – Salto do Itiquira

o que fazer em Formosa_cidade de Formosa
Foto: Reprodução

Localizado no Parque Municipal do Itiquira, que é uma Unidade de Conservação aberta à visitação, o Salto é simplesmente maravilhoso e de fácil acesso. Para quem procura o que fazer em Formosa de Goiás este é um destino imperdível, ideal para passar o dia e relaxar.

É preciso pagar uma pequena taxa para entrar no parque, lembrando que os moradores da cidade possuem desconto, no entanto, vale bastante a pena levando em consideração todas as belezas e a experiência que o visitante poderá usufruir.

É possível chegar até o salto por meio de trilhas, sendo que a estrutura está em ótimas condições e o acesso é totalmente pavimentado. Com 168 m de queda livre, o Salto do Itiquira representa a sétima maior queda do país, considerado como o maior atrativo turístico do município. Cada minuto por ali vale a pena!

Ingressos: R$ 3 para moradores / R$ 10 para visitantes de outros lugares / crianças de 0 a 5 anos são isentos

2 – Buraco das Araras

o que fazer em Formosa_cidade de Formosa
Foto: Reprodução

O Buraco das Araras é uma atração à parte. Apenas para que você tenha ideia, é uma das maiores dolinas do Brasil (depressão circular em forma de funil, ocorrendo em superfícies de terrenos calcários), sendo a segunda maior em todo o Centro-Oeste.

Possui nada menos que 105 metros de profundidade e 295 de largura, sendo encontrado em meio a uma enorme floresta de samambaias. Para chegar ao local é necessário fazer trilhas que levam até uma caverna. Fazer rapel no buraco é uma experiência única e incrível, seguindo para um delicioso mergulho em um lago subterrâneo e de águas cristalinas.

Para participar de uma aventura como essa é importante contar com a orientação de um guia, mesmo que você já tenha experiência na prática de rapel. Afinal, ele poderá lhe auxiliar melhor, já que conhece o ambiente, te ajudando a ter uma experiência fantástica.

3 – Cachoeira do Bisnau

O que fazer em Formosa: lugares incríveis para conhecer
Foto: Reprodução

Para ter acesso à cachoeira é preciso seguir a mesma estrada que leva ao Sítio Arqueológico do Bisnau, em uma estradinha de terra que se encontra bem conservada. Chegando nas proximidades da cachoeira, é preciso fazer uma trilha para chegar até um poço.

Até aí o caminho é mais tranquilo, no entanto, para chegar na base da cachoeira é preciso percorrer por uma trilha de aproximadamente 2 km e com bastante obstáculos, não sendo recomendada para crianças, idosos e pessoas com dificuldades de locomoção.

Embora tenha difícil acesso, vale a pena conhecer a cachoeira, que é cercada por muita vegetação e tem aquele arzinho de um lugar inexplorado. A experiência é bem válida!

4 – Lagoa Feia

o que fazer em Formosa_cidade de Formosa
Foto: Reprodução

Para quem adora esportes e está buscando o que fazer em Formosa, a Lagoa Feia, que na verdade não tem nada a ver com o nome, pode ser o lugar perfeito. Seja para a prática de canoagem, passeio de lancha, jet ski, ou qualquer outro esporte aquático, o lago é ideal. Se localiza a apenas 5 km do centro da cidade e uma de suas principais atrações típicas fica por conta dos pedalinhos.

5 – Buraco das Andorinhas

o que fazer em Formosa_cidade de Formosa
Foto: Reprodução/ Foursquare

Um pouquinho mais distante, fica a aproximadamente 50 km do centro da cidade de Formosa, mas vale a pena o passeio. Assim como no caso do Buraco das Araras, se trata realmente de um buraco em meio a uma formação rochosa no lugar, que apresenta cerca de 60 metros de largura e 250 metros de profundidade.

Para chegar até o ambiente é preciso passar por uma trilha de nível médio, chegando a uma linda gruta com lagoa de águas cristalinas ao fundo. Também é um dos destinos preferidos por quem adora praticar rappel e fazer bons mergulhos. Ah, e vale lembrar que é bacana para quem gosta de observar pássaros, já que muitos se encontram por ali.

6 – EcoBocaina

o que fazer em Formosa_cidade de Formosa
Foto: Reprodução/ EcoBocaina

Se você procura o que fazer em Formosa, o EcoBocaina é um dos lugares que não pode deixar de conhecer. Localizado na Fazenda Bocaina, que fica entre a Rampa do Voo Livre e o Itiquira, possui aproximadamente 597 hectares. A área já está sendo preservada há mais de 31 anos, sendo que suas principais nascentes são a Fonte Bocaina, Reis Magos, Grota da Bocaina, Caititu, entre outras.

Seus principais objetivos são garantir a preservação do meio ambiente e a segurança de seus visitantes. Para que isso seja possível, as trilhas são bem sinalizadas e cada uma com cores distintas, parapeitos e cordas. A madeira das árvores caídas ainda é reaproveitada para fazer degraus, facilitando o deslocamento.

As trilhas contam com paisagens exuberantes, sendo possível admirar espetaculares mirantes que dão vista para o Vale do Paranã, para altos paredões, poços e cachoeiras de águas minerais. Para os mais aventureiros, é possível fazer rappel na cachoeira e até mesmo voo duplo de parapente.

Para saber mais, acesse o site: EcoBocaina

Telefone: (61) 99842-5858

Endereço: GO 116 (atual BR010) KM25, entrada da Rampa de Voo Livre Zona Rural, GO, 72800-000

7 – Sítio Arqueológico Toca da Onça

o que fazer em Formosa_cidade de Formosa
Foto: Reprodução

Situado a 7 km do centro da cidade, o Sítio Arqueológica Toca da Onça se encontra em uma reserva particular, sendo destino certeiro para quem busca o que fazer em Formosa e ainda adora vestígios históricos. Isso porque o ambiente possui uma rara formação de rochas calcárias, sendo que os visitantes ainda podem visualizar pinturas rupestres nas paredes que, segundo estudos, remontam a 4.500 anos.

Telefone para mais informações: (61) 3631-8926

8 – Cachoeiras do Indaiá

o que fazer em Formosa_cidade de Formosa
Foto: Reprodução

Esse é um excelente passeio na cidade de Formosa. Para ter acesso às cachoeiras é preciso fazer uma trilha de aproximadamente 4,5 km. O lugar é bem preservado e localizado em reserva particular, sendo necessário pagar ingresso equivalente ao valor de R$ 20 para entrar, que por sinal, é um bom investimento.

As Cachoeiras do Indaiá formam uma série de belíssimas quedas d’água, sendo que a maior delas conta com 30 metros de altura. Para quem adora mergulhar, este pode ser o lugar perfeito já que todas elas formam poços propícios para banho. A visitação pode ser feita todos os dias, das 6h às 18h.

9 – Caverna Escaroba

O que fazer em Formosa: lugares incríveis para conhecer
Foto: Reprodução

Para quem pretende ter uma experiência única na cidade de Formosa, a Caverna Escaroba é sem dúvida uma excelente escolha para visitar, mas também é para os mais corajosos. Para ter acesso é preciso descer de rappel por uma claraboia, ao fim, encontrando lindas formações rochosas. Ainda é possível encontrar uma cachoeira bem agradável, em parte, responsável por esculpir as pedras ao longo dos anos, criando uma paisagem incrível aos olhos.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.