Goiás

Acidente entre ônibus e moto termina com um morto e um ferido, em Goiânia

Luíza estava na garupa da motocicleta no momento da colisão com ônibus.
19/01/2019, 13h48

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida na manhã deste sábado (19/1), após se envolverem em um acidente de trânsito com um ônibus do transporte coletivo, na Rua Rosemira Marques, no Parque dos Buritis, em Goiânia.

A Delegacia Estadual de Investigação de Crimes de Trânsito (DICT), afirmou que a colisão foi entre uma moto modelo Honda/Biz 125 ES contava com dois ocupantes no momento da batida. Conforme as informações da polícia o motorista da Biz foi identificado como José Orlando Silva e estava acompanhado da namorada Luíza Antônia de Moraes, de 52 anos.

A DICT afirmou que os dois trafegavam pela Rua Brandina Marques sentido à Rodovia dos Romeiros, GO-060. Enquanto o ônibus do transporte coletivo, conduzido pelo motorista Divino da Costa Quintanilha, de 69 anos, vinha pela Rua Rosemira Marques próximo a Trindade, ao chegar no cruzamento das ruas houve a colisão entre os veículos.

Passageira morreu no local do acidente

A polícia afirmou que a rua pela qual o motociclista trafegava com a namorada é sinalizada horizontalmente com um “Pare”. Conforme as informações repassadas pela polícia, Luíza que estava na garupa da Biz, não resistiu aos ferimentos e morreu no local, enquanto José Orlando foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) e encaminhado para o CAIS do Bairro Goiá e seu estado de saúde é estável conforme familiares de Luíza.

A DICT informou também que o motorista, Divino foi submetido ao teste do bafômetro, mas que o resultado foi negativo. O caso vai ser investigado pela DICT, para tentar entender o que pode ter provocado o acidente que terminou com uma mulher morta.

Adolescente morre em acidente de trânsito, em Goiânia

No último sábado o adolescente Arthur Gonçalves da Costa, de 14 anos, morreu após se envolver em uma acidente entre um carro e uma moto no cruzamento das ruas JC-302 e JC-201, no Jardim Cerrado VII, em Goiânia. A motorista do carro, Claudiane Marques Guimarães, de 33 anos, colidiu com a moto pilotada por Arthur, e perdeu o controle do veículo na sequência e bateu de frente com um poste. Arthur que usava a moto para trabalhar morreu no local, enquanto Claudiane teve ferimentos leves e foi levada para uma unidade hospitalar, onde passou pelo teste do bafômetro, que deu negativo.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Explosão em duto de gasolina já soma 66 vítimas fatais no México

Mais de 85 pessoas foram listadas como desaparecidas após o acidente.
19/01/2019, 14h16

Subiu para 66 o número de vítimas fatais na explosão de um duto perfurado ilegalmente no México, informou há pouco o governador do Estado de Hidalgo, Omar Fayad. Mais de 85 pessoas foram listadas como desaparecidas após o acidente, que ocorreu na cidade de Tlahuelilpan, a cerca de 100 quilômetros da Cidade do México.

O secretário municipal de saúde, Jorge Aguilar Lopez, declarou que o acidente precisa servir de exemplo para que toda a nação se junte aos esforços do presidente Andres Manuel Lopez Obrador em combater o furto de gasolina.

O acidente ocorreu apenas três semanas após o novo presidente, Andres Manuel Lopez Obrador, lançar uma ofensiva contra gangues de roubo de combustível, que já perfuraram torneiras perigosas e ilegais em gasodutos ao menos 12.581 vezes entre janeiro e outubro de 2018, numa média de cerca de 42 por dia.

Muitas pessoas levavam materiais precários para coletar o combustível furtado, como baldes e latas de lixo. Houve incêndios em casos anteriores, mas não na mesma escala e intensidade do ocorrido nesta sexta-feira.

A expectativa agora é de que Lopez Obrador intensifique os esforços no combate à prática, que provoca perdas anuais de US$ 3 bilhões à indústria petroleira. (Fonte: Associated Press)

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Corpo de jovem morto pelo pai da namorada é enterrado, em Goiânia

Douglas Yuri Ferreira Nunes, de 18 anos, foi assassinado pelo sogro por ciúmes.
19/01/2019, 15h40

O corpo de Douglas Yuri Ferreira Nunes, de 18 anos, morto pelo pai da namorada foi sepultado às 10h deste sábado (19/1) no Cemitério Municipal Jardim da Saudade, em Goiânia.

Kleber Juliano Pires de Oliveira, preso na noite de quarta-feira (16/1), assassinou Yuri com um tiro na nuca em uma casa na Rua Vanessa Ribeiro Santos, no setor Parque Tremendão.

O pai da namorada de Yuri foi preso em flagrante por policiais militares enquanto planejava ocultar o cadáver do jovem. O autor confessou que matou Yuri por não aceitar o namorado dele com a filha de 14 anos.

O corpo foi identificado pela família e liberado pelo Instituo Médico Legal (IML) no final da tarde de sexta-feira (18/1).

A família não quis dar detalhes sobre a vida do rapaz. No IML, um funcionário informou que nenhuma informação, além de dados documentais, foi repassada.

O  crime ocorreu na casa do autor , local da prisão de Kléber. Além do revólver usado para o assassinato, a polícia encontrou uma faca.

Existe suspeita de que a vítima foi torturada porque vizinhos ouviram gritos. No Registro de Atendimento Integrado (RAI), os policiais relatam que, “ao interrogar Kleber ouvimos que estava agindo por vingança já que este “Douglas” estaria tendo um caso amoroso com sua filha menor, de 14 anos, e que a havia seduzido a deixar a casa dos pais”.

Polícia não se manifestou sobre rapaz morto pelo pai da namorada

O  pai da namorada de Yuri combinou com ele um encontro na praça Edmundo Rocha e, em seguida, o convenceu a ir para a casa onde ocorreu o crime.

Segundo a Polícia Militar, é provável o rapaz morto pelo pai da namorada tenha sido torturado antes de morrer, o que pode ter ocasionado os gritos que chamaram a atenção dos vizinhos. Um policial militar vizinho acionou o Copom e participou da ação que prendeu o autor do crime.

A Delegacia Estadual Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) não quis se pronunciar sobre o assunto.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Governos anteriores dobraram pagamentos de terceiros ao invés de quitar folha de dezembro, afirma Caiado

"Não tem como fabricar dinheiro, temos e vamos enfrentar essa situação”, declarou Caiado.
19/01/2019, 16h03

Enquanto a novela do pagamento dos salários dos servidores do mês de dezembro de 2018 não desenrola, o Governador Ronaldo Caiado (DEM) em mais uma live na manhã deste sábado (19/1) em sua página no facebook, mostrou as contas do Estado. Conforme Caiado, o governo anterior além de não empenhar a folha de pagamento de dezembro dos servidores de alguns órgãos do governo, preferiu cumprir com os contratos de terceirizados empenhados durante a corrida eleitoral.

Caiado afirmou que nos últimos dois anos (2017 e 2018), o pagamento desses contratos praticamente dobrou em comparação com anos anteriores. Os números apresentados pelo governador mostram que os valores saíram de R$ 515,976 milhões em 2014 para R$ 455,146 milhões em 2015, de R$ 558,191 em 2016 para R$ 1,227 bilhão em 2017, e R$ 1,144 bilhão em 2018 e tanto Marconi Perillo como José Eliton (ambos do PSDB) passaram R$ 2,371 bilhões para terceirizados.

“Em vez de pagar os salários dos servidores públicos, o governo anterior deu prioridade para terceiros e isso é desrespeito com o funcionalismo, os cidadãos e o Estado”, declarou Caiado durante a live.

Salários de janeiro começam a ser pagos na próxima semana

Há duas semanas atrás, Caiado em outra live declarou que iria efetuar o pagamento de 80% dos salários dos servidores públicos do Estado do mês de Janeiro no próximo dia 25, e os outros 20% no mais tardar até dia 30. O democrata voltou a frisar que o governo anterior deixou uma dívida de R$ 3,4 bilhões de reais aos cofres públicos, pois além de não efetuar o pagamento dos servidores do mês de dezembro que gira em torno de R$ 1,3 bilhão existe uma outra dívida de R$ 1,8 bilhão com fornecedores e prestadores de serviço do Estado.

Governos anteriores dobraram pagamentos de terceiros, ao invés de quitar folha de dezembro afirma Caiado
Foto: Divulgação

Caiado voltou a afirmar que recebeu o Estado com apenas R$ 11 milhões em caixa, e mostrou durante coletiva de imprensa neste sábado (21/1) o extrato do Tesouro Estadual, com o montante de R$ 13.345.650,14.

“Não tem maquiagem, não tem contabilidade criativa, nem contorcionismo. Recebi o governo com R$ 11 milhões em caixa e R$ 3,4 bilhões em dívidas. Não tem como fabricar dinheiro, temos e vamos enfrentar essa situação”, declarou Caiado.

Salários de dezembro vão ser pagos a partir de março e parcelados

Na noite da última quinta-feira (17/1) a Secretária da Fazenda, Cristiane Schmidt, divulgou um cronograma para quitar a folha dos servidores do mês de dezembro de 2018. No cronograma, os funcionários públicos do Estado com menores salários começam a receber a partir de março de 2019, até chegar aos que tem vencimentos maiores em agosto de 2019. A proposta do governo não foi aceita, e em outra reunião na última sexta-feira (18/1) também terminou sem acordo entre os representantes dos servidores e o governo do estado.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Trump deve trocar proteção a jovens imigrantes por recurso para muro

A proposta protegeria imigrantes trazidos para os EUA ilegalmente quando crianças.
19/01/2019, 16h29

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve anunciar neste sábado que está aberto a trocar proteções para jovens imigrantes por recursos para o muro que deseja construir na fronteira com o México, disseram três fontes familiarizadas com os planos, que falaram sob condição de anonimato porque não estavam autorizadas a abordar o tema publicamente. A disputa sobre o muro na fronteira sul dos EUA causou uma paralisação parcial do governo, que está agora em sua quinta semana.

O vice-presidente Mike Pence, o genro de Trump Jared Kushner e o chefe de gabinete interino, Mick Mulvaney, têm trabalhado “sem parar” na proposta, de acordo com uma das fontes. A proposta protegeria imigrantes trazidos para os EUA ilegalmente quando crianças. Também estenderia proteções para aqueles que têm status de proteção temporária, um programa que permite que pessoas de certos países afetados por desastres naturais ou violência permaneçam nos EUA.

Trump deve fazer o anúncio da Casa Branca nesta tarde. A Casa Branca não quis dar detalhes sobre o que o presidente anunciará. De acordo com duas fontes familiarizadas com o plano, não era esperado que Trump assinasse um declaração de emergência, que ele havia considerado uma opção para contornar o Congresso.

Democratas estão agora propondo milhões de dólares para novos juízes de imigração e melhorias para os pontos de entrada do México, mas nada para o muro, disse um assessor da Câmara dos Representantes. Fonte: Associated Press.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.