Mundo

Paralisação nos EUA causa fila nos aeroportos

Paralisação acontece desde 22 de dezembro de 2018.
22/01/2019, 09h38

O ausência de trabalhadores de segurança dos aeroportos americanos bateu recorde no fim de semana, causando longas filas nos pontos de checagem dos maiores aeroportos dos EUA. Autoridades culparam a paralisação do governo pelo número de faltas, que este ano ficou em 8% do total de funcionários, enquanto no ano passado, no mesmo período, a ausência foi de 3%.

Nesta terça-feira, 22, o Senado deve votar a proposta apresentada pelo presidente Donald Trump, no sábado, para destravar o impasse sobre o orçamento americano, que já dura mais de um mês. Ele propôs aos democratas uma extensão da proteção temporária a jovens imigrantes e para refugiados que fogem de zonas afetadas por desastres. Em troca, quer US$ 5,7 bilhões para financiar a construção de um muro na fronteira com o México. Líderes democratas, que detêm a maioria na Câmara, já disseram que rejeitam a proposta.

A Administração de Segurança do Transporte (TSA, na sigla em inglês) admitiu que muitos de seus trabalhadores não estão conseguindo lidar com a dificuldade de trabalhar sem receber pagamento. Como consequência, longas filas foram formadas em Nova York, Atlanta, Chicago e Miami. Pontos de checagem de vários aeroportos já vinham operando em plano de contingência.

O porta-voz da TSA, Michael Bilello, disse que a agência enviou agentes especiais para ajudar no trabalho dos pontos de checagem. Esses agentes normalmente são requisitados quando há eventos como o Super Bowl ou em caso de crises, como a passagem de grandes furacões.

Segundo o porta-voz, todos os agentes especiais disponíveis foram mandados para os aeroportos e a agência deve contratar mais deles. “Mas a capacidade da TSA ainda é limitada e, se for preciso, fechará mais pontos de checagem para garantir a segurança.”

Brent Bowen, professor de aviação da Universidade Aeronáutica Embry-Riddle, explicou que o pedido para que os servidores da TSA continuem trabalhando sem receber pode ter um impacto inevitável. “Não podemos esperar que qualquer grupo de pessoas trabalhe indefinidamente sem receber”, disse. “Isso os afeta moralmente. Eles estão preocupados com suas famílias. Quando isso acontece, você não pode focar no seu trabalho como faria em uma circunstância normal.”

Esforço coletivo

O especialista disse que os agentes da TSA têm um trabalho vital a desempenhar e afirmou que, ao lado dos servidores da Administração Federal de Aviação, eles têm sido perigosamente afetados pela paralisação do governo. Para ele, os EUA estão “brincando com fogo”.

Apesar do número recorde de faltas entre funcionários do setor de aviação em pontos de checagem de aeroportos americanos, no sábado, a agência disse que todos os 1,6 milhão de passageiros selecionados foram entrevistados dentro do padrão de 30 minutos da agência e cerca de 94% deles foram liberados em 15 minutos ou menos. (Com agências internacionais).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Professores sem salários aderem à paralisação em Goiás até decisão do Governo

Os trabalhadores em Educação, através do Sintego, optaram pela paralisação até na próxima quarta-feira. Algumas escolas, entretanto, ainda estão tendo aula hoje.

Por Ton Paulo
22/01/2019, 10h55

A assembleia geral de servidores do Estado, realizada na última segunda-feira (21/1) em frente ao Palácio Pedro Ludovico, em Goiânia, teve vários encaminhamentos, mas a Educação definiu que ficará paralisada até quarta-feira (23/1), quando o governo deverá dar uma resposta definitiva em mais uma rodada de negociação sobre o pagamento dos salários atrasados do mês de dezembro. A paralisação em Goiás tem ainda indicativos de greve, dependendo da decisão do Governo.

Durante a assembleia, uma comissão do Fórum foi convidada a dialogar com o secretário de Governo, Ernesto Roller, que novamente expôs a proposta de parcelamento dos salários de dezembro, que estão em atraso. Uma última proposta dos representantes sindicais foi apresentada ao governo, pagar os salários de dezembro em fevereiro.

O Governo de Goiás, então, pediu um dia de prazo para estudar a proposta e marcou para quarta-feira (23/1), uma nova reunião em que será dito sim ou não para os servidores e servidoras do Estado. Até lá, os trabalhadores da Educação decidiram fazer uma paralisação, com assembleias e reuniões regionais e locais, para discutir, com a comunidade escolar, a situação.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), não haverá aula na rede estadual de ensino nesta terça (22/1) e quarta-feira (23/1).

Entretanto, a reportagem do Dia Online entrou em contato com algumas escolas estaduais. Uma delas informou que hoje, terça, haverá aula normal, mas não puderam informar sobre amanhã. Já em outra, haverá aula somente meio período, e na quarta-feira haverá paralisação completa.

Paralisação em Goiás pode virar greve, dependendo da decisão do Governo

De acordo com o resultado que o governo apresentar na quarta-feira, uma assembleia específica da Educação será convocada, com o indicativo de greve. Pelo menos é o que diz Bia de Lima, presidente do Sintego.

“A grande maioria da nossa categoria continua com problemas, já que não recebeu o salário, décimo terceiro, férias, auxílio-alimentação, não recebeu o ‘Bônus Reconhecer’, a falta de professores e professoras, motivos pelo quais o Sintego chamou esta paralisação até quarta-feira, com uma nova assembleia a partir do resultado da próxima audiência. Todas as regionais do Sintego vão fazer manifestações e atividades localizadas nos quatro cantos de Goiás”, afirmou Bia de Lima, que também é coordenadora do Fórum em Defesa dos Servidores Públicos.

Bia afirmou ainda que “o governo é quem sabe se quer apenas uma paralisação, ou se quer greve geral”, e que diante das ações do governo é que os trabalhadores da Educação saberão como agir. “Vamos fazer outros atos, vamos trabalhar para que o governo compreenda em definitivo que nós só queremos uma única coisa: o pagamento do salário de dezembro de 2018”, afirmou.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Saúde

Em 2017, gestão de Goiânia gastou em média R$ 350 por pessoa na saúde

Dado foi divulgado nesta segunda-feira (21/1) pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).
22/01/2019, 11h04

Goiânia está entre as 2.800 cidades que gastaram cerca de R$ 403.07 com cada pessoa na área da saúde, entre os anos de 2013 e 2017. O levantamento foi feito pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), com base na declaração dos recursos próprios em Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS), feitas no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde.

Em 2017, a gestão goiana gastou pouco mais de R$ 350 (R$ 353,53) com cada pessoa. Segundo mostra o estudo, o valor gasto na saúde não ultrapassou R$ 400 em cinco anos, sendo que outras cidades, com menos de 5 mil habitantes, gastaram em média R$ 779,21 na saúde de cada cidadão neste mesmo ano.

Veja abaixo o valor gasto com saúde de cada morador de Goiânia nos últimos anos:

  • 2013: R$ 393,24;
  • 2014: R$ 334,98;
  • 2015: R$ 325,99;
  • 2016: R$ 346,01;
  • 2017: R$ 353,53.

Despesa na saúde de Goiânia e outros municípios brasileiros

Ainda de acordo com o levantamento, divulgado nesta segunda-feira (21/1), os municípios com menor população arcam proporcionalmente com uma despesa per capita maior. Já os municípios das regiões Sul e Sudeste foram os que apresentaram uma maior participação no financiamento do gasto público em saúde, devido sua maior capacidade de arrecadação.

O ranking nacional mostra também que as duas menores cidades do país apresentaram valores mais altos, sendo eles Borá (SP), que com 839 habitantes, lidera o ranking com aplicação de R$ 2.971,92 para cada morador; e Serra da Saudade (MG), onde as despesas foram de R$ 2.764,19 para cada um dos 812 habitantes.

De outro lado, o número de cidades com menor desemprenho foi maior. Veja abaixo:

  • Cametá (PA): R$ 67,54;
  • Bragança (SP): R$ 71,21;
  • Ananindeua (PA) R$ 76,83.

Melhores colocações entre as capitais

  • Campo Grande (MS): R$ 686,56;
  • São Paulo (SP): R$ 656,91;
  • Teresina (PI): R$ 590,71.

Menores gastos anuais com saúde

  • Macapá (AP): R$ 156,67;
  • Rio Branco (AC): R$ 214,36;
  • Salvador (BA) e Belém (PA): R$ 245.
Imagens: Sul Informação 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Oscar 2019 | Confira a lista completa de filmes e atores indicados

Entrega do prêmio acontece no dia 24 de fevereiro.
22/01/2019, 11h42

Saíram nesta terça-feira (22) os indicados ao OSCAR 2019 e filmes como “Green Book – O Guia”, “A Favorita”, “Roma” e “Nasce Uma Estrela” garantiram sua tão esperada vaga ao prêmio principal de Melhor Filme.

“Pantera Negra” fez história e é o primeiro filme de super-herói a ser indicado pela Academia como Melhor Filme. Além desta, o longa da Marvel foi também indicado a outras categorias como Melhor Roteiro Adaptado, Figurino e Fotografia.

O Oscar é uma cerimônia de premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e neste ano o evento completa 91 anos. Diferente do Globo de Ouro, cujos votantes são jornalistas, os votantes do Oscar são profissionais da própria indústria de cinema – desde atores, diretores, produtores até diretores de fotografia, músicos, figurinistas, animadores e outras categorias técnicas.

A entrega dos Oscars acontece dia 24 DE FEVEREIRO (domingo) e será transmitido aqui no Brasil, AO VIVO, pelo canal TNT à partir das 22h.

CONFIRA ABAIXO A LISTA COMPLETA DE INDICADOS AO OSCAR 2019:

Melhor Filme

  • Nasce Uma Estrela
  • Green Book – O Guia
  • A Favorita
  • Infiltrado na Klan
  • Bohemian Rhapsody
  • Roma
  • Pantera Negra
  • Vice

Melhor Direção

  • Adam McKay– “Vice”
  • Alfonso Cuáron – “Roma”
  • Yorgos Lanthimos – “The Favorite”
  • Pawel Pawlikowski – “Guerra Fria”
  • Spike Lee – “Infiltrado na Klan”

Melhor Atriz

  • Glenn Close – “A Esposa”
  • Lady Gaga – “Nasce Uma Estrela”
  • Olivia Colman – “A Favorita”
  • Melissa McCarthy – “Você Pode Me Perdoar?”
  • Yalitza Aparicio – “Roma”

Melhor Ator

  • Bradley Cooper – “Nasce Uma Estrela”
  • Rami Malek – “Bohemian Rhapsody”
  • Christian Bale – “Vice”
  • Viggo Mortensen – “Green Book – O Guia”
  • Willen Dafoe – “No Portal da Eternidade”

Melhor Ator Coadjuvante

  • Mahershala Ali – “Green Book – O Guia”
  • Richard E. Grant – “Você Pode Me Perdoar?”
  • Sam Rockwell – “Vice”
  • Adam Driver – “Infiltrado na Klan”
  • Sam Elliott – “Nasce Uma Estrela”

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Amy Dams – “Vice”
  • Regina King – “Se a Rua Beale Falasse”
  • Emma Stone – “A Favorita”
  • Rachel Weisz – “A Favorita”
  • Marina de Tavira – “Roma

Melhor Roteiro Original

  • A Favorita
  • First Reformed
  • Green Book – O Guia
  • Roma
  • Vice

Melhor Roteiro Adaptado

  • A Balada de Buster Scruggs
  • Infiltrado na Klan
  • Você Pode Me Perdoar?
  • Se a Rua Beale Falasse
  • Nasce Uma Estrela

Melhor Animação

  • Os Incríveis 2
  • Mirai
  • Homem-Aranha no Aranhaverso
  • WiFi Ralph
  • Ilha dos Cachorros

Melhor Documentário em Curta-Metragem

  • Black Sheep
  • Eng Game
  • Lifeboat
  • A Night at the Garden
  • Period. End of Sentence

Melhor Documentário em Longa-Metragem

  • Free Solo
  • Hale County This Morning, This Evening
  • Minding the Gap
  • Of Fathers and Sons
  • RBG

Melhor Filme Estrangeiro

  • Roma (México)
  • Cafarnaum (Líbano)
  • Guerra Fria (Polônia)
  • Nunca Deixe de Lembrar (Alemanha)
  • Assunto de Família (Japão)

Melhor Curta-Metragem

  • Detainment
  • Fauve
  • Marguerite
  • Mother
  • Skin

Melhor Curta em Animação

  • Animal Behavior
  • Bao
  • Late Afternoon
  • One Mall Step
  • Weekends

Melhor Canção Original

  • “Shallow” – Nasce Uma Estrela
  • “All the Stars” – Pantera Negra
  • “I´ll Fight” – RBG
  • “The Place Where Lost Things Go” – Mary Poppins Returns
  • “When A Cowboy Trades His Spurs For Wings” – A Balada de Buster Scruggs

Melhor Fotografia

  • Guerra Fria
  • A Favorita
  • Não Deixe de Olhar
  • Roma
  • Nasce Uma Estrela

Melhor Figurino

  • A Balada de Buster Scruggs
  • Pantera Negra
  • A Favorita
  • O Retorno de Mary Poppins
  • Duas Rainhas

Melhor Maquiagem e Cabelo

  • Vice
  • Duas Rainhas
  • Border

Melhor Mixagem de Som

  • Pantera Negra
  • Bohemian Rhapsody
  • O Primeiro Homem
  • Roma
  • Nasce Uma Estrela

Melhor Edição de Som

  • Pantera Negra
  • Bohemian Rhapsody
  • O Primeiro Homem
  • Um Lugar Silencioso
  • Roma

Melhores Efeitos Visuais

  • Vingadores: Guerra Infinita
  • Christopher Robin
  • O Primeiro Homem
  • Jogador Nº 1
  • Solo: Uma História Star Wars

Melhor Design de Produção

  • Pantera Negra
  • A Favorita
  • O Primeiro Homem
  • O Retorno de Mary Poppins
  • Roma

Melhor Montagem

  • Infiltrado na Klan
  • Green Book
  • Vice
  • A Favorita
  • Bohemian Rhapsody

Melhor Trilha Sonora Original

  • Pantera Negra
  • Infiltrado na Klan
  • Se a Rua Beale Falasse
  • Ilha dos Cachorros
  • O Retorno de Mary Poppins

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Suspeito de matar motorista de aplicativo é interrogado na Deic; investigação segue sob sigilo 

Vanusa da Cunha, de 36 anos, foi encontrada morta no domingo (20/1), em Aparecida de Goiânia.
22/01/2019, 12h02

Parsilon Lopes dos Santos, de 45 anos, preso suspeito de matar a enfermeira e motorista de aplicativo, Vanusa da Cunha Ferreira, de 36 anos, está sendo interrogado nesta terça-feira (22/1), na Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic). Segundo a Polícia Civil (PC), também foi cumprido um mandado de prisão temporária contra ele; as investigações correm sob sigilo.

Identificando-se como empresário de uma dupla sertaneja, Parsilon, conhecido como Camargo, foi preso na tarde de segunda-feira (21/1), um dia após o corpo de Vanusa ser encontrado no Jardim Copacabana, em Aparecida de Goiânia. O homem foi abordado por policias militares próximo à Mabel, também em Aparecida de Goiânia; no momento da prisão, ele confessou o crime.

Motorista de aplicativo é assassinada

corpo de Vanusa da Cunha foi encontrado na tarde de domingo (20/1), no Jardim Copacabana, em Aparecida de Goiânia. Mais cedo, o carro da motorista de aplicativo também havia sido encontrado próximo ao Polo Industrial, trancado e com a chave no parabrisas.

Vanusa, que era enfermeira do Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) e nas horas vagas atuava como motorista de transporte por aplicativo, estava desaparecida desde a madrugada de sábado (19/1). Na noite de sexta-feira (18/1), dia em que falou pela última vez com a mãe, ela havia sido acionada por dois passageiros, um empresário e um cantor sertanejo, que já tinha costume de atender.

Suspeito aparece em vídeo com motorista de aplicativo

Ainda na madrugada de sábado, Vanusa aparece em um vídeo, divulgado por Parsilon. Nas imagens, a motorista é chamada pelo nome de “Vanessa” enquanto está sentada em uma mesa de bar com a dupla e outro rapaz. Reveja:

A autópsia no corpo da motorista de aplicativo foi feita na manhã de segunda-feira (21/1). Vanusa da Cunha foi encontrada semi nua e com marcas de queimaduras nas costas. De acordo com o irmão da vítima, a causa da morte foi uma paulada na cabeça.

Imagens: Facebook 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.