Goiás

Assassino praticou ato sexual após morte de motorista de aplicativo, diz delegada

Na tentativa de fugir do agressor, Vanusa bateu a cabeça duas vezes e morreu.
23/01/2019, 14h36

Parsilon Lopes dos Santos, suspeito de matar a motorista de aplicativo Vanusa da Cunha Ferreira, de 36 anos, disse à imprensa na manhã desta quarta-feira (23/1) que errou e quer pagar pelo crime.

Ele confessou que matou após Vanusa se negar a ter relação sexual quando ela o deixou em um chácara após uma corrida particular.

“Foi uma fatalidade, errei e quero pagar. Me arrependo do que fiz”, disse Parsilon, que era conhecido como Camargo e se dizia empresário de uma iniciante dupla sertaneja.

Além de motorista de aplicativo, Vanusa era técnica em enfermagem. Para complementar a renda, ela rodava durante a noite e nos dias de folga.

A vítima foi encontrada morta no início da morte de domingo (20/1), horas depois de o carro dela, uma Gol vermelho, ter sido encontrado a alguns metros dali, no Jardim Copacabana, em Aparecida de Goiânia.

Parsilon perambula pelas ruas quando foi abordado por policiais militares e preso na segunda-feira (21/1).

Fotos, vídeo e estupro: o caso da motorista de aplicativo

Antes de matar Vanusa, Parsilon tirou fotos e filmou a vítima na noite de sexta-feira (18/1). Depois de ela desaparecer, familiares e amigos procuraram o homem, que enviou as fotos e vídeos.

No vídeo, Parsilon aparece com a dupla Zé Luccas e Matheus e outro músico – menor de idade – em um bar da capital.

Conforme adiantou com exclusividade o Portal Dia Online, a investigação da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) esclareceu que Parsilon agiu sozinho, depois que a dupla e um amigo, menor que toca violão, foi deixado na casa da mãe de um deles por volta das 4h.

“Na versão dele, ele diz que os dois estavam no carro e achou que tinha pintado um clima entre eles e aí começou a abraçá-la, fazer algumas brincadeiras”, disse a delegada responsável pela investigação, Mayana Resende.  “Ela negou, disse até que aquela não era a orientação sexual dela”, complementou a delegada.

“Ele contou que praticou atos libidinosos com a vítima depois que ela morreu”, contou a delegada.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Buracos na BR-153 começam a ser tapados nesta quarta-feira

PRF pede atenção redobrada aos motoristas.
23/01/2019, 15h25

Nesta quarta-feira (23/1) os buracos na BR-153 começaram a ser tapados. No momento, as equipes realizam serviços entre os quilômetros 368 e 372 da rodovia, no entroncamento da GO-080 com a BR-153 e o trevo de acesso a Jaraguá, interior de Goiás. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no local do serviços, os veículos estão transitando no esquema “pare e siga”, o que gera congestionamentos e demanda atenção redobrada dos motoristas.

A PRF alerta os motoristas para que reduzam a velocidade no trecho e tenham paciência, já que a pista é simples e qualquer ultrapassagem mal realizada pode resultar em acidentes graves. A corporação informou também que policiais rodoviários federais estão orientando o trânsito e auxilia condutores com os veículos danificados ou pneus furados por conta dos buracos ainda existentes na BR-153.

A operação tapa-buracos não tem previsão para encerramento, portanto, PRF reforça a necessidade de cuidados por parte dos motoristas, especialmente no trecho entre Anápolis e Ceres. Se possível, os motoristas devem evitar transitar por essa parte da rodovia.

Motoristas pedem melhorias na BR-153

O serviço de reparo no asfalto da rodovia teve início depois que motoristas protestaram contra os prejuízos e quantidade de acidentes que ocorrem na BR-153 devido às más condições do asfalto. No último dia 11, um grupo se reuniu próximo a Jaraguá pedindo melhorias na rodovia.

No dia 31 de dezembro, um motorista que passava pela BR-153, no trecho entre Anápolis e o trevo que dá acesso a Pirenópolis, interior Goiás, sinalizou um dos buracos da via com uma placa improvisada. O registro foi feito por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que substituíram o alerta feito pelo condutor por um cone.

Leitores do Portal Dia Online também relataram, por meio das redes sociais, que outros trechos da BR-153 apresentam péssimas condições, principalmente pela quantidade de buracos na via.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

"Como viver sem ti?", diz companheira de motorista de aplicativo assassinada em despedida emocionante

Pelo Facebook, Juliana Ferreira expôs toda a tristeza que está sentindo pela morte da amada.

Por Ton Paulo
23/01/2019, 15h32

Uma carta de despedida emocionante foi publicada hoje (23/1) pela companheira de Vanusa da Cunha Ferreira, a enfermeira e motorista de aplicativo desaparecida na última sexta-feira (18/1) e cujo corpo foi encontrado no Jardim Copacabana, em Goiânia, na tarde de domingo (20/1). Pelo Facebook, Juliana Ferreira expôs toda a sua tristeza que está sentindo pela morte da amada, e afirmou: “Meu amor, espero que um dia possamos nos encontrar novamente”. O caso da mulher assassinada chocou o estado de Goiás pelos requintes de crueldade.

A enfermeira e motorista do aplicativo aplicativo foi morta pelo empresário Parsilon Lopes dos Santos, após ele tentar manter relações sexuais com a moça e obter uma negativa. O homem, que foi preso na última segunda-feira (21/1), confessou o crime.

Pelo Facebook, a companheira de Vanusa fez uma despedida comovente para Vanusa. Em um post publicado em seu perfil pessoal, a moça lamentou profundamente a perda da amada e prometeu: “Levarei em meu coração as suas lembranças, pois apenas assim terei forças para aguentar a realidade”.

O crime foi executado quando a mulher fazia uma viagem particular para o empresário de uma dupla de músicos, a qual ela costumava sempre transportar quando eles vinham para Goiânia. que ceifou a vida de Vanusa abalou todo o estado de Goiás.

"Como viver sem ti?", diz companheira de motorista de Uber assassinada em despedida emocionante
Foto: Facebook

Leia abaixo a carta publicada por companheira de motorista de aplicativo assassinada

“🖤Não sei onde você está, se sabe o que falo, o que penso e o que sinto, mas sei que aqui só sinto uma tristeza imensa em saber que nunca mais terei você ao meu lado. A falta que fica é imensurável.Nunca pensei que seria tão difícil esse momento de despedida. A gente sabe que a vida é feita de começo e fim, mas não nos preparamos realmente para dizer adeus. Eu queria ser capaz de te abraçar e não te soltar nunca mais… Meu amor, espero que um dia possamos nos encontrar novamente.Aí, de onde estiver, me proteja. Coloque seus olhos em mim e me deseje coisas boas. Me indique o caminho e me espere. Um dia encontro você novamente, sei disso.Como viver sem ti?Você foi a minha companheira de vida, meu bem, Minha melhor amiga e o meu amor… Não sei como seguir em frente sem você ao meu lado. Levarei em meu coração as suas lembranças, pois apenas assim terei forças para aguentar a realidade. Por que tivemos que dizer adeus?#PARASEMPRE#AMORETERNO❤Descanse em paz meu Amor🖤”

"Como viver sem ti?", diz companheira de motorista de Uber assassinada, em despedida emocionante
Foto: Facebook

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Líder da oposição, Juan Guaidó se declara presidente interino da Venezuela

Dia segue com protestos contra e a favor de Nicolás Maduro.
23/01/2019, 16h35

O líder oposicionista Juan Guaidó se declarou presidente interino da Venezuela nesta quarta-feira. Atualmente presidente da Assembleia Nacional, Guaidó realizou o ato diante de milhares de manifestantes, em dia de protestos contra o governo do presidente Nicolás Maduro no país.

O parlamentar de 35 anos levantou sua mão direita e disse que estava “assumindo formalmente a responsabilidade do Executivo nacional”. Dezenas de milhares de pessoas marcham no país pedindo a queda de Maduro, que assumiu um novo mandato duas semanas atrás. Fonte: Associated Press.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

McDonald's prevê acelerar expansão no Brasil e abrir 20% mais vagas em 2019

Maior franquia independente do McDonalds no mundo, a Arcos Dorados encerrou o mês de setembro com 939 restaurantes no Brasil.
23/01/2019, 16h36

Cerca de 18 mil novas vagas de emprego devem ser geradas pelos restaurantes do McDonald’s no Brasil em 2019. Otimista com a recuperação do consumo, o presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados, Paulo Camargo, afirma que a meta é atingir o maior ritmo de expansão da rede desde o início da crise econômica brasileira.

“Depois de um período complexo, vislumbramos uma melhora no ambiente macroeconômico e percebemos uma melhora na confiança do consumidor, que nesse momento se sente um pouquinho mais a vontade pra gastar”, comentou Camargo. “Percebemos no nosso negócio essa mudança do sentimento das pessoas no último trimestre do ano e vemos a continuidade disso no início de 2019”, conclui.

Maior franquia independente do McDonalds no mundo, a Arcos Dorados encerrou o mês de setembro com 939 restaurantes no Brasil. Já houve inaugurações durante os meses finais de 2018, mas os números ainda não são públicos. Para 2019, no entanto, a meta é crescer ainda mais.

A companhia emprega majoritariamente jovens, que estão em sua primeira experiência no mercado de trabalho. Cerca de 90% do quadro de funcionários no Brasil é formado por colaboradores de até 25 anos. “Somos um negocio de mão de obra intensiva”, diz Camargo, que destaca ainda que a companhia treina e forma jovens que acabam seguindo carreiras fora da empresa. “Compreendemos isso quase como uma função social”, diz.

Investimentos

A meta da Arcos Dorados divulgada no ano passado era investir até R$ 1,25 bilhão no Brasil durante o triênio que se encerra em 2019. Os investimentos previstos incluíam expansão e modernização dos restaurantes, que passaram a incorporar novas tecnologias, como totens de autoatendimento. Em meio ao otimismo com a abertura de novos pontos de venda, a empresa deve, no entanto, atualizar a previsão de investimentos em breve.

“Já temos a liderança desse mercado (de alimentação) e pretendemos ampliá-la”, comentou Camargo. Ele considera que hoje seria preciso somar o faturamento de ao menos cinco das cadeias de fast food concorrentes para se atingir o tamanho do McDonald’s no Brasil. Ainda assim, enxerga oportunidades de expansão para novas cidades no interior ou mesmo bairros mais distantes do centro em grandes capitais.

O momento mais otimista vem depois de a Arcos Dorados ter passado por diversas mudanças na condução dos negócios. Camargo comenta que os anos da crise econômica no País, ocorrida a partir de 2015, foram anos de “defesa do fluxo de caixa”, ou seja, em que o investimento em expansão deixou de ser prioridade. Naquele momento, o McDonald’s ainda foi confrontado no Brasil com o crescimento das hamburguerias independentes e food trucks. Enfrentou o cenário lançando novas linhas de produtos “premium” e criando alternativas de baixo preço no cardápio, os chamados Clássicos do Dia.

“O período passado foi de busca de eficiências. Agora, estamos num momento de acelerar, de estar em novas cidades e inaugurar novos pontos de venda”, conclui Camargo.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.